BRINQUEDOTECAS - TIPOS
HOSPITALAR
Sofrimento físico e emocional, riscos de vida e procedimentos cirúrgicos são
coisas que ...
Quando uma criança se encontra hospitalizada, é privada de seu ambiente,
afastada da família, amigos, escola, brinquedos, ...
os relacionamentos com a família e amigos. Mas o sucesso da brinquedoteca
terapêutica depende da qualificação de profissio...
cognitivo e físico. A brinquedoteca tem uma mensagem a dar para a escola porque
pode ajudar as crianças a formarem um bom ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Brinquedotecas

307 visualizações

Publicada em

Tipos de brinqedotecas

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
307
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Brinquedotecas

  1. 1. BRINQUEDOTECAS - TIPOS HOSPITALAR Sofrimento físico e emocional, riscos de vida e procedimentos cirúrgicos são coisas que podem estar passando pela vida de uma criança que se encontra no leito de um hospital. Quando a criança hospitalizada dispõe de uma brinquedoteca, o carinho, a diversão, a distração, aumento da autoestima e esperança de voltar a sua vida normal podem amenizar a dor e o sofrimento pelo qual ela talvez esteja passando. Visto que a criança foi afastada de suas atividades escolares, seu aprendizado pode ser prejudicado, na brinquedoteca é possível estimular o desenvolvimento cognitivo. Objetivos da Brinquedoteca Hospitalar: Prover para as crianças um ambiente para que possam brincar e conhecer outras crianças que estão hospitalizadas. Objetivos específicos: Fornecer às crianças brincadeiras e jogos em grupo para socialização das mesmas; Identificar os benefícios das atividades para o desenvolvimento infantil. Valorizar o ato de brincar; Partilhar momentos de alegria; Desenvolver a linguagem corporal, e oral; Aumentar o convívio social; Promover a continuidade do desenvolvimento global; Realizar atividades psicomotoras; Preservar a saúde emocional; Preparar a criança para situações novas, procedimentos e consequências que estes procedimentos podem trazer; Proporcionar um ambiente agradável para os familiares e acompanhantes interagir com a criança; Proporcionar alegria e distração. A lei n°11.104/05 (SANTIAGO, 2007) no Brasil tornou obrigatória a instalação de Brinquedotecas nos hospitais. A finalidade da Brinquedoteca Hospitalar é humanizar a saúde e promover o lúdico. É um ambiente que valoriza a saúde, o brincar e a cidadania. A Brinquedoteca ajuda a amortecer os efeitos das doenças e seus tratamentos, também a auxiliar no apoio familiar. A criança que é internada deve dar continuidade ao seu desenvolvimento físico, motor e de linguagem, atividades psicomotoras podem ser trabalhadas na brinquedoteca auxiliando no desenvolvimento das crianças.
  2. 2. Quando uma criança se encontra hospitalizada, é privada de seu ambiente, afastada da família, amigos, escola, brinquedos, podendo ter prejuízos cognitivos, físicos e afetivos. O brincar pode ajudar a criança à liberar emoções reprimidas, na elaboração de conflitos, acelerar a recuperação psicomotora e na adaptação à novas situações. Viegas, 2008, afirma que "A presença de jogos e brinquedos relacionados aos problemas que esteja vivendo, ou então, se algum deles puder ser levado até o paciente abandonado de estímulos alegres o cenário clínico no qual se encontra, deduz-se que esse contexto fará a diferença, contribuindo para uma recuperação mais eficaz e rápida, amenizando a dor e a angústia". Estar hospitalizada pode ser estressante para a criança e seus familiares, a gravidade da doença e o tempo de permanência podem influenciar no desgaste. A família é prejudicada de diversas formas, sua rotina é alterada, passam parte do dia no hospital, os gastos aumentam, o desgaste acaba não sendo só da criança, mas de toda a família. CIRCULANTE/ITINERANTE: Embora esse tipo de Brinquedoteca tenha os mesmos objetivos das outras, ela funciona dentro de um veículo que pode ser um ônibus ou um caminhão, ou até mesmo um trailer se constituindo em uma alternativa para se atingir comunidades mais distantes ou para atender vários locais em forma de rodízio. Pode se referir também a uma espécie de carrinho que circula por todos os espaços da instituição, seja escola, hospital, etc. Permite que todos tenham acesso a brinquedoteca personalizada, na qual oferece uma seleção de brinquedos e atividades, onde cada um a possui um acervo adaptado para cada situação e ambiente. Elas têm o mesmo objetivo das outras Brinquedotecas. Pode funcionar no pátio de uma escola, creche, praça, igreja, presídios, museus, etc. No Brasil já tem muitas Brinquedotecas Circulantes, mantidas pelas prefeituras de algumas cidades. TERAPÊUTICA: Brinquedotecas terapêuticas são aquelas que usam as atividades lúdicas para ajudar as crianças a superarem algumas dificuldades específicas. Tem por finalidade proporcionar estimulação e os benefícios do brincar, orientar pais de crianças portadoras de necessidades especiais, ceder brinquedos, enriquecer
  3. 3. os relacionamentos com a família e amigos. Mas o sucesso da brinquedoteca terapêutica depende da qualificação de profissionais especializados bem como de supervisão eficiente de especialistas. É preciso também que haja cooperação e apoio dos pais da criança, pois são eles que convivem por mais tempo com a criança e que consequentemente darão seguimento ao processo de estimulação em casa. Participar de jogos bem divertidos com os companheiros de grupo de pais pode ser de muita ajuda, proporcionando descontração e aliviando as tensões. ESCOLAR: As brinquedotecas em instituições de ensino têm finalidades, que excedem o âmbito da infância, alcançando tanto os pais como os profissionais da educação. A brinquedoteca na escola opera também como um ambiente de educação para os pais, que, ao contemplarem as brincadeiras de seus filhos, passam a compreendê-los melhor. Os pais e professores têm muito que aprender com as crianças, e, por meio das brincadeiras e dos jogos infantis elas dão o seu recado à sociedade, exibindo o que gostam, o que podem e o que necessitam para se desenvolverem integralmente. A Brinquedoteca Escolar, que se encontra dentro da instituição de ensino na maior parte das escolas brasileiras, busca assegurar o desenvolvimento integral da criança, com cantos. Ex: canto do faz de conta, do construtor, da leitura é importante reconhecermos que não é apenas um lugar cheio de brinquedos e jogos, mais do que isso, é um setor pedagógico na qual se preocupa em privilegiar o brincar como principal método na construção de identidade e autonomia das crianças pequenas. Pois enquanto a criança brinca, naquele prazeroso momento ela estará adquirindo varias habilidades, expressando seus sentimentos, exercendo a linguagem, trocando informações e experiências com os demais companheiros e assim desenvolvendo sua aprendizagem. Podemos apresentar como função de uma brinquedoteca escolar os seguintes objetivos: resgatar para o âmbito da escola o caráter lúdico das atividades pedagógicas; oferecer para a criança no seu espaço escolar uma variedade de brinquedos; estimular a interação entre pais e filhos por meio dos jogos; valorizar o ato de brincar, respeitando a liberdade, a criatividade e a autonomia, possibilitando assim a formação do autoconceito positivo da criança (PAZ, 1997); e mais, passar para os professores e pais o conhecimento sobre a importância do brinquedo para a criança e o significado que ele tem para o seu desenvolvimento afetivo, social,
  4. 4. cognitivo e físico. A brinquedoteca tem uma mensagem a dar para a escola porque pode ajudar as crianças a formarem um bom conceito de mundo onde a afetividade é acolhida, a criatividade estimulada e os direitos da criança respeitados. Em conclusão podemos afirmar o quanto é importante para as crianças as brinquedotecas nos tipos existentes.

×