Avaliação do Desempenho da Balança Dinâmica dos Transportadores de Correia pela Corrente do Motor de Acionamento<br />Trab...
Transportadores de Correia<br />21TC017300 – Hematita<br />21TC018400 – Itabirito<br />
Britagem Primária<br />Mina<br />Britagem<br />Pilha Pulmão de Hematita<br />21TC017300<br />Britador de Hematita<br />21T...
Balança Integradora Dinâmica<br />Acoplada na estrutura do transportador.<br />Pesagem de material a granel em movimento.<...
Balança Integradora Dinâmica<br />Diagrama de funcionamento<br />Sensor de Velocidade<br />
Balança Integradora Dinâmica<br />Unidade Eletrônica<br />Plataforma de Pesagem<br />
Problemas<br />Operação desqualifica informação da balança sem embasamento técnico.<br />Fabricante indica período de cali...
Possibilidade de Medir pela Corrente<br />A corrente dos motores de acionamento são medidas instantaneamente.<br />Os valo...
Vazão Instantânea e Corrente<br />
Cálculo do Acionamento<br />Método: Acionamento de transportadores maiores que 100 metros.<br />Peso do material na correi...
Cálculo do Acionamento<br />Método: Acionamento de transportadores maiores que 100 metros.<br />Peso do material na correi...
Cálculo do Acionamento<br />Método: Acionamento de transportadores maiores que 100 metros.<br />Tensão efetiva da correia ...
Potência Efetiva e Corrente do Motor<br />
Potência Efetiva e Corrente do Motor<br />
Velocidade do Rotor<br />Conhecendo a velocidade da correia, chega-se à velocidade do rotor.<br />Os motores dos transport...
Coleta e Análise<br />Amostras de peso e corrente.<br />Período de 1 ano de amostragem.<br />Comportamento linear: regress...
Peso<br />O peso descrito no Método CEMA equivale a todo o minério sobre o transportador.<br />O totalizador da balança fe...
Peso<br />3<br />1<br />2<br />Balança Integradora<br />A<br />B<br />Totalizado<br />Não <br />Totalizado<br />
Corrente<br />Cada diferença de totalizador tem um valor de corrente associado.<br />O peso sempre é valor inteiro e pode ...
PIMS<br />ProcessInformation Management Systems. Sistemas que adquirem dados de processo de diversas fontes, armazena num ...
Menor Variância, Maior Confiabilidade<br />Maior Variância<br />Menor Variância<br />Menor Variância<br />Pouco Peso<br />...
Critérios de Amostras<br />Funcionando Remoto.<br />Faixas mais altas de peso.<br />Uma quinzena antes e depois do evento....
Dados Tratados<br />
21TC017300 – Circuito de Hematita<br />03 abr 2009: Calibração em atendimento ao plano.<br />Antes da calibração a balança...
21TC017300 – Circuito de Hematita<br />05 mai 2009: Troca do sensor de velocidade.<br />Sensor perde contato com a correia...
21TC017300 – Circuito de Hematita<br />Comparando as correções de 03 abr e 05 mai:Aumento no valor médio de corrente.<br /...
21TC017300 – Circuito de Hematita<br />24 jun: Calibração em atendimento ao plano.<br />No período: Alinhamento de roletes...
Modelo Ideal<br />Perfis de calibração comparados com eventos de manutenção.<br />O valor médio de corrente pode aumentar ...
21TC017300 - Inclinação<br />
21TC017300 - Amplitude<br />
21TC018400 - Inclinação<br />
21TC018400 - Amplitude<br />
Distribuição da Corrente do Motor<br />
Variação do Atrito com o Tempo<br />Raspadores<br />Tambores<br />
Variação do Atrito com o Tempo<br />Guias<br />Roletes<br />
Conclusão<br />Parte da potência do motor é consumida em atrito.<br />A variação de atrito com o tempo é particularidade d...
Conclusão<br />Para associar o peso sobre o transportador com uma corrente seria necessário conhecer a função que descreve...
Fim<br />Obrigado a todos.<br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

AvaliaçãO Do Desempenho Da BalançA DinâMica Dos Transportadores

2.471 visualizações

Publicada em

Apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso - Avaliação do Desempenho da Balança Dinâmica dos Transportadores

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.471
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

AvaliaçãO Do Desempenho Da BalançA DinâMica Dos Transportadores

  1. 1. Avaliação do Desempenho da Balança Dinâmica dos Transportadores de Correia pela Corrente do Motor de Acionamento<br />Trabalho de Conclusão de Curso<br />Aluno: Nelcy Estevam Araújo<br />Orientador: Prof. Edgard Torres<br />
  2. 2. Transportadores de Correia<br />21TC017300 – Hematita<br />21TC018400 – Itabirito<br />
  3. 3. Britagem Primária<br />Mina<br />Britagem<br />Pilha Pulmão de Hematita<br />21TC017300<br />Britador de Hematita<br />21TC018400<br />Pilha Pulmão de Itabirito<br />Britador de Itabirito<br />
  4. 4. Balança Integradora Dinâmica<br />Acoplada na estrutura do transportador.<br />Pesagem de material a granel em movimento.<br />Controle da produção.<br />Dosagem de material.<br />Proteção dos equipamentos.<br />Fabricantes: Schenk, Engeletro, Thermo Ramsey.<br />
  5. 5. Balança Integradora Dinâmica<br />Diagrama de funcionamento<br />Sensor de Velocidade<br />
  6. 6. Balança Integradora Dinâmica<br />Unidade Eletrônica<br />Plataforma de Pesagem<br />
  7. 7. Problemas<br />Operação desqualifica informação da balança sem embasamento técnico.<br />Fabricante indica período de calibração desconsiderando particularidades.<br />Valores informados pela mina e pelo beneficiamento divergem constantemente.<br />Mecânica interfere na balança sem solicitar sua calibração. <br />Não há recurso para avaliar a qualidade da informação da balança.<br />
  8. 8. Possibilidade de Medir pela Corrente<br />A corrente dos motores de acionamento são medidas instantaneamente.<br />Os valores de corrente são armazenados em bancos de dados.<br />Possíveis perturbações na corrente tem menor impacto que as possíveis perturbações na indicação da balança.<br />A presença de minério sobre o transportador influencia na corrente do motor.<br />
  9. 9. Vazão Instantânea e Corrente<br />
  10. 10. Cálculo do Acionamento<br />Método: Acionamento de transportadores maiores que 100 metros.<br />Peso do material na correia (kgf/m) <br />Peso da correia (kgf/m) <br />Altura (m) <br />Tensão para vencer o atrito dos acessórios (kgf) <br />Resistência à rotação dos roletes<br />Comprimento do Transportador (m)<br />Tensão efetiva da correia (kgf)<br />
  11. 11. Cálculo do Acionamento<br />Método: Acionamento de transportadores maiores que 100 metros.<br />Peso do material na correia (kgf/m) <br />Comprimento do Transportador (m)<br />
  12. 12. Cálculo do Acionamento<br />Método: Acionamento de transportadores maiores que 100 metros.<br />Tensão efetiva da correia (kgf)<br />Velocidade da correia (m/s)<br />Potência efetiva (HP)<br />
  13. 13. Potência Efetiva e Corrente do Motor<br />
  14. 14. Potência Efetiva e Corrente do Motor<br />
  15. 15. Velocidade do Rotor<br />Conhecendo a velocidade da correia, chega-se à velocidade do rotor.<br />Os motores dos transportadores trabalham em faixas de corrente que podem ser linearizadas.<br />
  16. 16. Coleta e Análise<br />Amostras de peso e corrente.<br />Período de 1 ano de amostragem.<br />Comportamento linear: regressão linear.<br />Períodos de amostragem: antes e depois de uma calibração.<br />
  17. 17. Peso<br />O peso descrito no Método CEMA equivale a todo o minério sobre o transportador.<br />O totalizador da balança fecha contato na forma de pulso para cada tonelada passada.<br />Para conhecer o peso, basta encontrar a variação do totalizador no tempo necessário para preencher o transportador.<br />
  18. 18. Peso<br />3<br />1<br />2<br />Balança Integradora<br />A<br />B<br />Totalizado<br />Não <br />Totalizado<br />
  19. 19. Corrente<br />Cada diferença de totalizador tem um valor de corrente associado.<br />O peso sempre é valor inteiro e pode ser um item de agrupamento.’<br />Utilizar média do valor de corrente para cada valor de peso.<br />
  20. 20. PIMS<br />ProcessInformation Management Systems. Sistemas que adquirem dados de processo de diversas fontes, armazena num banco de dados histórico e os disponibiliza através de diversas formas de representação.<br />
  21. 21. Menor Variância, Maior Confiabilidade<br />Maior Variância<br />Menor Variância<br />Menor Variância<br />Pouco Peso<br />Peso Médio<br />Carga Completa<br />
  22. 22. Critérios de Amostras<br />Funcionando Remoto.<br />Faixas mais altas de peso.<br />Uma quinzena antes e depois do evento.<br />Coletadas 402.290 amostras e somente 72.318 atendiam aos parâmetros.<br />
  23. 23. Dados Tratados<br />
  24. 24. 21TC017300 – Circuito de Hematita<br />03 abr 2009: Calibração em atendimento ao plano.<br />Antes da calibração a balança estava indicando para mais.<br />Perfil após a calibração utilizado como referência.<br />
  25. 25. 21TC017300 – Circuito de Hematita<br />05 mai 2009: Troca do sensor de velocidade.<br />Sensor perde contato com a correia.<br />Indicação de maior vazão.<br />Sem interferências mecânicas na mesma data.<br />
  26. 26. 21TC017300 – Circuito de Hematita<br />Comparando as correções de 03 abr e 05 mai:Aumento no valor médio de corrente.<br />Execução do plano de lubrificação do transportador, reduzindo o atrito.<br />
  27. 27. 21TC017300 – Circuito de Hematita<br />24 jun: Calibração em atendimento ao plano.<br />No período: Alinhamento de roletes da balança, troca das guias, troca de rolamento do mancal.<br />Variação brusca no perfil, com mudança de ângulo.<br />
  28. 28. Modelo Ideal<br />Perfis de calibração comparados com eventos de manutenção.<br />O valor médio de corrente pode aumentar ou diminuir com a calibração.<br />A inclinação da reta de regressão sofre alterações no ângulo.<br />
  29. 29. 21TC017300 - Inclinação<br />
  30. 30. 21TC017300 - Amplitude<br />
  31. 31. 21TC018400 - Inclinação<br />
  32. 32. 21TC018400 - Amplitude<br />
  33. 33. Distribuição da Corrente do Motor<br />
  34. 34. Variação do Atrito com o Tempo<br />Raspadores<br />Tambores<br />
  35. 35. Variação do Atrito com o Tempo<br />Guias<br />Roletes<br />
  36. 36. Conclusão<br />Parte da potência do motor é consumida em atrito.<br />A variação de atrito com o tempo é particularidade do componente.<br />Não há valor de atrito em função do tempo do componente ou horas trabalhadas.<br />A parcela resultante de potência para acionamento da parte mecânica não é constante.<br />
  37. 37. Conclusão<br />Para associar o peso sobre o transportador com uma corrente seria necessário conhecer a função que descreve a variação de atrito de cada componente com o tempo.<br />Assim seria conhecida somente a parte da potência para carregar somente o minério e, conseqüentemente, sua corrente.<br />Tensão para vencer o atrito dos acessórios (kgf) <br />
  38. 38. Fim<br />Obrigado a todos.<br />
  39. 39. Transportadores de Correia<br />

×