Projeto Six Sigma

608 visualizações

Publicada em

Resumo do projeto realizado durante processo de certificação Green Belt.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
608
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto Six Sigma

  1. 1. Redução do tempo médio de classificações e avaliações Green Belt: Nathan Aurélio de Medeiros
  2. 2. Definição do ProjetoDesafios do projeto:Melhora da velocidade de entrega e qualidade dos produtos de certificação e avaliação, aosclientes;  Aumento da produtividade, através da automatização de processos;  Disseminação da cultura Seis Sigma no Centro.Justificativa: Dados coletados no período de janeiro de 2007 a março de 2008 mostram queo tempo médio de certificação de oficinas é de 84,4 dias, o de rastreadores de veículos(SBRV) é de 89,7 dias e o de rastreadores de caminhões (SBRC) é de 90,4 dias.Através de pesquisa de satisfação realizada junto aos clientes diretos, obteve-se um índicede quase 35% entre Regular e Péssimo quanto ao tempo total de execução do trabalho: Prazo total para execução do trabalho 34,79%Objetivo: Reduzir o tempo médio da prestação de serviço de avaliações e certificações
  3. 3. Definição do ProjetoEscopo do projeto: Desde a aprovação da proposta até a entrega dadocumentação final (relatório) ao clienteMétricas de Processo:Tempo médio de certificação de oficinasTempo médio de avaliação de bloqueadores e rastreadores de veículosTempo médio de avaliação de bloqueadores e rastreadores de caminhõesMétricas de Acompanhamento:Pesquisa de satisfação dos clientesMétrica Financeira: Não há métrica financeira direta a ser apresentada.
  4. 4. Ferramentas de Definição e Medição: Levantamento da situação antes do projeto Pareto para detecção das principais ocorrências de demora naEscopo do projeto entrega do produto final delimitado erepresentado pelo SIPOC (FEPSC) Histograma sobre os intervalos de Histogramas sobre o tempo total de atendimento tempo do processo
  5. 5. Ferramentas de Definição e Medição: Levantamento da situação antes do projeto Medições Complementares de atendimento porPesquisa de satisfação com o cliente regiões e intervalos de execução do processo Gráficos de Linha dos Processos de Certificação de Oficinas e Avaliação de Caminhões (SBRC)
  6. 6. Ferramentas de Análise e Melhoria: Identificação de causas e implantação de ações Fluxograma dos processos de Certificação de Oficinas e Avaliação Ishikawa para detecção das principais de Veículos (SBRV) e Caminhões (SBRC) causas de demora na entrega Análise dos modos Priorizar as ações Análise de MetasEncontrar as causas da decorrentes do resultado para estipular as potenciais de falha dasdemora na entrega por do 5 Porquês por meio da metas do projeto ações implementadas meio do 5 Porquês Matriz de Priorização por meio do FMEA
  7. 7. Ferramentas de Análise e Melhoria: Identificação de causas e implantação de ações Identificação de cada uma das açõespara as causas levantadas no 5 Porquês Análise Estatística Two-Sample T confirmando o resultado do projeto com as ações implementadas Detalhamento de implantação de cada uma das ações propostas
  8. 8. Ferramentas de ControleFluxo de Controle para acompanhamento Plano de Comunicação dos resultadosdo projeto após a implantação das ações alcançados decorrentes do projeto a todos os envolvidos Gráficos de Controle para acompanhamento do projeto após a implantação das ações
  9. 9. Principais Causas, Ações e Evidências Causa Ação Evidências de Implantação TérminoClientes Informação do Estabelecer novo processo parademoram para gestor da área sobre apresentação da documentaçãoenviar o novo procedimento 26/09/2008 e validação na data da visita nodocumentação aos colaboradoresnecessária cliente envolvidosConfecção deselos realizada Internalizar confecção de selos Selo matriz paraexternamente 15/08/2008 de certificação ediçãogerando demorae custoPrestadoresdemoram a Desenvolver formulário on-lineenviar os Formulário on-line para preenchimento do check- 02/09/2008formulários para para preenchimento list de certificaçãoreduzir custoscom postagem
  10. 10. Principais Causas, Ações e Evidências Causa Ação Evidências de Implantação TérminoResponsável esperaacumular grande Desenvolver sistema para Sistema de relatóriosquantidade de disponibilizar relatórios via 03/10/2008 webrelatórios para solicitar internetgravação de CD’s Inclusão de funcionalidade Cartas geradas de geração de cartas e diretamente no 21/11/2008 etiquetas no sistema sistema ScorpionGeração decertificados e cartassão feitasmanualmente Inclusão de funcionalidade Certificado gerado de geração de certificados 21/11/2008 no sistema no sistema Scorpion
  11. 11. Resultados do ProjetoTempo Médio – Certificação de Oficinas Tempo Médio – Avaliações SBRV Tempo Médio – Avaliações SBRCRedução do tempo médio de Redução do tempo médio de Redução do tempo médio decertificação de oficinas de 84,4 para certificação de oficinas de 89,7 para certificação de oficinas de 90,4 para49 dias (redução de 42%) e redução 46,6 dias (redução de 48%) e 67 dias (redução de 26%) e reduçãodo desvio padrão de 27,4 para 8,4. redução do desvio padrão de 15,1 do desvio padrão de 37,5 para 9,8. para 6,9. Incremento em 39% na satisfação de Pesquisa de Satisfação Prazo total para execução do trabalho clientes referente ao prazo total para realização dos trabalhos (redução do nível de insatisfação de 34,79% para 9,30%) medido por pesquisa
  12. 12. Benefícios Obtidos Redução em 42% no tempo médio de certificação de oficinas Redução em 48% no tempo médio de avaliações de Sistemas de Bloqueio e Rastreamento de Veículos (SBRV) Redução em 26% no tempo médio de avaliações de Sistemas de Bloqueio e Rastreamento de Caminhões (SBRC) Incremento em 39% na satisfação de clientes referente ao prazo total para realização dos trabalhos (redução do nível de insatisfação de 34,79% para 9,30%) medido por pesquisa Economia de R$ 77.475,70 (Pós DMAIC) com a melhoria, automatização e internalização de processos Redução do gasto unitário de certificações/avaliações em 94% por unidade (de R$ 260,81 para R$ 14,86 considerando apenas esforços internos) Maior e melhor aproveitamento de mão-de-obra interna através da automatização de processos manuais e redução de retrabalhos Melhor controle no acompanhamento das certificações e avaliações realizadas
  13. 13. ConclusõesO projeto permitiu tratar de um problema que ocorreu devido ao crescimento e inovação dos produtos dosquais ele trata, e que não tiveram seu processo ajustado com as evoluções.Sua implantação permitiu não somente reduzir o tempo médio da execução dos trabalhos e aumentar asatisfação dos clientes, mas também aumentou a satisfação dos colaboradores diretamente ligados àstarefas, com a exclusão de grande parte dos trabalhos manuais e constantes retrabalhos. Aumentoutambém a satisfação dos fornecedores de serviços ligados diretamente ao processo com sua automatizaçãoe melhor gestão das atividades de cada fornecedor e do produto de cada cliente.Possibilitou a criação de um canal personalizado de comunicação entre a empresa e o cliente, agregandoum valor imensurável para fidelização do mesmo e comercialização de outros produtos da empresa além daclara evolução do produto entregue, mostrando a constante evolução do Centro.“Este projeto foi um divisor de águas na forma como administrávamos nossas atividades. Além de atingir osobjetivos, explícitos na documentação do projeto, também foi fundamental no que diz respeito a outrosbenefícios, principalmente relacionados à disseminação da metodologia para outros trabalhos que estamosdesenvolvendo. Quanto à atingir as nossas expectativas, os números relacionados à redução de tempo esatisfação dos clientes internos e externos falam por si.”(Emerson Feliciano – Supervisor Técnico – CESVI BRASIL)“O maior ganho que tivemos com este projeto 6 Sigma não foi a redução de tempo de execução eretrabalhos ou o aumento da produtividade, qualidade e satisfação do cliente…Foi o crescimento intelectual e profissional da equipe que participou… principalmente do seu líder” (José Aurélio Ramalho – Diretor Operacional – CESVI BRASIL)

×