SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 33
Baixar para ler offline
O sistema nervoso pode ser
estruturalmente dividido em duas
partes:
1- Sistema nervoso central (SNC)
que consiste do encéfalo e da medula
espinal;
2- Sistema nervoso periférico
(SNP) composto por nervos, gânglios
e terminações nervosas.
Sistema Nervoso
Unidades Funcionais: Células Gliais e Neurônios
• produzem mielina
• isolam grupos neuronais
• regulam as propriedades do
botão terminal
• guiam a migração neuronal
• captam NT e excessos iônicos
• fornecem suporte ao SN
• formam a barreira hemato-
encefálica
• aparentemente auxiliam a
nutrição neuronal
•removem escórias
Unidades Funcionais: Células Gliais e Neurônios
Neurônios - Classificação estrutural e funcional
Origem do Sistema Nervoso
A placa neural se dobra em etapas para formar o tubo neural
Formação do tubo e cristas neurais
Tubo neural:
• encéfalo
• medula espinal
Crista neural:
• n.simpáticos
• n.parassimpáticos
• n.entéricos
• med. Supra-renal
• cls. Schwann
• músculos lisos
• melanócitos
Placa alar neurônios sensoriais
Placa basal neurônios motores
Sulco limitante neurônios viscerais
Lâmina do teto plexos coróides
Desenvolvimento do tubo neural – Medula espinal
Desenvolvimento do tubo neural – Medula espinal
Estágios sucessivos do desenvolvimento do tubo neural
Geração de um novo eixo neural em embriões de anfíbio
Vias de indução neural em embriões de Xenopus
Eixo dorso-ventral:sinalização pela Sonic Hedgehog e BMP
Influência de aferências
Propriedades regionais
Sinalização pela notch – identidade celular
Controle da notch pela numb
Destino neural: controle pela notch em vertebrados
Vias de migração na crista neural
Geração e migração neuronal no córtex de mamíferos
Hipótese do fator neurotrófico
Roger Sperry, 1940 – experimentos de rotação do olho.
Direcionamento axonal
Os axônios das células ganglionares seguem uma via complexa até o
tecto óptico.
Direcionamento axonal
Cone de crescimento
Eixo central
(microtúbulos)
Lamelipódios e
filopódios
(actina)
Sinais de direcionamento do cone de crescimento
Eliminação sináptica após o nascimento
“Once development was ended, the fonts of growth and
regeneration of the axons and dendrites dried up irrevocably.
In adult centers, the nerve paths are something fixed and
immutable: everything may die, nothing may be regenerated.”
Ramon y Cajal
1843-1926
Joseph Altman – década de 60, uso de timidina triciada mostrando
células em divisão principalmente na zona subventricular
(SVZ) e no giro dentedo do hipocampo.
Michael Kaplan e col. – década de 70 e início de 80, uso de timidina
triciada e microscopia eletrônica mostrando células
marcadas com morfologia de neurônio no giro dentedo do
hipocampo.
Fernando Nottebohm e Steve Goldman – década de 80, novas células em
regiões mediando aprendizado do canto em canários. Uso
de timidina triciada, ultraestrutura e eletrofisiologia
mostrando que essas células eram neurônios.
Bartlett, Reynolds, Weiss e col., Temple (camund.) e Ray, Gage e col.
(rato), – década de 90, isolamento e cultivo de células
tronco em cultura. Diferenciação em glia e neurônios.
Aprolifereção poderia levar a neurogênese.
Stanfield and Trice – década de 90, uso de timidina triciada fluorogold
mostrando a projeção DG > CA3. Uso de BrdU e
imunohistoquímica.
Kuhn e col. No grupo do Gage – uso de BrdU e imunohistoquímica com
marcadores específicos para glia e neurônios.
Corte sagital de camundongo adulto corado
com Nissl.
Hipocampo
Desenvolvimento do sistema nervoso
Desenvolvimento do sistema nervoso

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso
Simone Alvarenga
 
Fisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
Fisiologia Humana 5 - Sistema CardiovascularFisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
Fisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
Herbert Santana
 

Mais procurados (20)

Medula Espinhal - Macroscopia
Medula Espinhal - MacroscopiaMedula Espinhal - Macroscopia
Medula Espinhal - Macroscopia
 
Medresumos 2016 neuroanatomia 15 - núcleos da base e centro branco medular
Medresumos 2016   neuroanatomia 15 - núcleos da base e centro branco medularMedresumos 2016   neuroanatomia 15 - núcleos da base e centro branco medular
Medresumos 2016 neuroanatomia 15 - núcleos da base e centro branco medular
 
Aula de Revisão - Neuroanatomia
Aula de Revisão - NeuroanatomiaAula de Revisão - Neuroanatomia
Aula de Revisão - Neuroanatomia
 
Aula 08 sistema nervoso
Aula 08   sistema nervosoAula 08   sistema nervoso
Aula 08 sistema nervoso
 
Sistema nervososensorialsomatico
Sistema nervososensorialsomaticoSistema nervososensorialsomatico
Sistema nervososensorialsomatico
 
Desenvolvimento Neuropsicomotor, Reflexos e Reações
Desenvolvimento Neuropsicomotor, Reflexos e ReaçõesDesenvolvimento Neuropsicomotor, Reflexos e Reações
Desenvolvimento Neuropsicomotor, Reflexos e Reações
 
Nervos cranianos
Nervos cranianosNervos cranianos
Nervos cranianos
 
11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso
 
Neuroanatomia Inicial
Neuroanatomia Inicial Neuroanatomia Inicial
Neuroanatomia Inicial
 
Fisiologia - Potencial de Ação no neurônio
Fisiologia - Potencial de Ação no neurônioFisiologia - Potencial de Ação no neurônio
Fisiologia - Potencial de Ação no neurônio
 
1º aula introdução a fisiologia
1º aula   introdução a fisiologia1º aula   introdução a fisiologia
1º aula introdução a fisiologia
 
Núcleos da base
Núcleos da baseNúcleos da base
Núcleos da base
 
Introdução a Neuroanatomia e Neurofisiologia
Introdução a Neuroanatomia e NeurofisiologiaIntrodução a Neuroanatomia e Neurofisiologia
Introdução a Neuroanatomia e Neurofisiologia
 
Fisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
Fisiologia Humana 5 - Sistema CardiovascularFisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
Fisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
 
Nucleos da base
Nucleos da baseNucleos da base
Nucleos da base
 
Revisão neuroanatomia
Revisão neuroanatomia Revisão neuroanatomia
Revisão neuroanatomia
 
Sistema límbico
Sistema límbicoSistema límbico
Sistema límbico
 
SISTEMA SENSORIAL (olho e visão)
SISTEMA SENSORIAL (olho e visão)SISTEMA SENSORIAL (olho e visão)
SISTEMA SENSORIAL (olho e visão)
 
Princípios de neuroanatomia
Princípios de neuroanatomiaPrincípios de neuroanatomia
Princípios de neuroanatomia
 
Sistema sensorial humano
Sistema sensorial humanoSistema sensorial humano
Sistema sensorial humano
 

Destaque

Aula ombro [modo de compatibilidade]
Aula ombro [modo de compatibilidade]Aula ombro [modo de compatibilidade]
Aula ombro [modo de compatibilidade]
Natha Fisioterapia
 
Cinesiologia introducao planos e eixos
Cinesiologia  introducao planos e eixosCinesiologia  introducao planos e eixos
Cinesiologia introducao planos e eixos
Natha Fisioterapia
 
Visao geral do sistema nervoso
Visao geral do sistema nervosoVisao geral do sistema nervoso
Visao geral do sistema nervoso
Natha Fisioterapia
 
Apostila cinesioterapia basica
Apostila cinesioterapia basicaApostila cinesioterapia basica
Apostila cinesioterapia basica
Natha Fisioterapia
 
Kabat aula pratica cabeça e pescoço
Kabat   aula pratica cabeça e pescoçoKabat   aula pratica cabeça e pescoço
Kabat aula pratica cabeça e pescoço
Natha Fisioterapia
 
Movimento voluntario e postura
Movimento voluntario e posturaMovimento voluntario e postura
Movimento voluntario e postura
Natha Fisioterapia
 
Biomecanica dos sistema osseo [modo de compatibilidade]
Biomecanica dos sistema osseo [modo de compatibilidade]Biomecanica dos sistema osseo [modo de compatibilidade]
Biomecanica dos sistema osseo [modo de compatibilidade]
Natha Fisioterapia
 
Biomecanica musculos [modo de compatibilidade]
Biomecanica musculos [modo de compatibilidade]Biomecanica musculos [modo de compatibilidade]
Biomecanica musculos [modo de compatibilidade]
Natha Fisioterapia
 
Biomecanica dos sistema articular [modo de compatibilidade]
Biomecanica dos sistema articular [modo de compatibilidade]Biomecanica dos sistema articular [modo de compatibilidade]
Biomecanica dos sistema articular [modo de compatibilidade]
Natha Fisioterapia
 
Aula detectores do ambiente
Aula detectores do ambiente Aula detectores do ambiente
Aula detectores do ambiente
Nathalia Fuga
 

Destaque (20)

Cortex motor
Cortex motorCortex motor
Cortex motor
 
Aula ombro [modo de compatibilidade]
Aula ombro [modo de compatibilidade]Aula ombro [modo de compatibilidade]
Aula ombro [modo de compatibilidade]
 
Esclerose multipla
Esclerose multiplaEsclerose multipla
Esclerose multipla
 
Cinesiologia introducao planos e eixos
Cinesiologia  introducao planos e eixosCinesiologia  introducao planos e eixos
Cinesiologia introducao planos e eixos
 
Cerebelo
CerebeloCerebelo
Cerebelo
 
Visao geral do sistema nervoso
Visao geral do sistema nervosoVisao geral do sistema nervoso
Visao geral do sistema nervoso
 
Apostila cinesioterapia basica
Apostila cinesioterapia basicaApostila cinesioterapia basica
Apostila cinesioterapia basica
 
Kabat aula pratica cabeça e pescoço
Kabat   aula pratica cabeça e pescoçoKabat   aula pratica cabeça e pescoço
Kabat aula pratica cabeça e pescoço
 
Movimento voluntario e postura
Movimento voluntario e posturaMovimento voluntario e postura
Movimento voluntario e postura
 
Biomecanica dos sistema osseo [modo de compatibilidade]
Biomecanica dos sistema osseo [modo de compatibilidade]Biomecanica dos sistema osseo [modo de compatibilidade]
Biomecanica dos sistema osseo [modo de compatibilidade]
 
Biomecanica musculos [modo de compatibilidade]
Biomecanica musculos [modo de compatibilidade]Biomecanica musculos [modo de compatibilidade]
Biomecanica musculos [modo de compatibilidade]
 
Biomecanica dos sistema articular [modo de compatibilidade]
Biomecanica dos sistema articular [modo de compatibilidade]Biomecanica dos sistema articular [modo de compatibilidade]
Biomecanica dos sistema articular [modo de compatibilidade]
 
Controle motor do movimento
Controle motor do movimentoControle motor do movimento
Controle motor do movimento
 
áCidos nucleicos
áCidos nucleicosáCidos nucleicos
áCidos nucleicos
 
Divisão celular
Divisão celularDivisão celular
Divisão celular
 
Aula detectores do ambiente
Aula detectores do ambiente Aula detectores do ambiente
Aula detectores do ambiente
 
Tecido nervoso
Tecido nervosoTecido nervoso
Tecido nervoso
 
Músculo
MúsculoMúsculo
Músculo
 
Sna enfermagem
Sna  enfermagemSna  enfermagem
Sna enfermagem
 
Neoplasias
NeoplasiasNeoplasias
Neoplasias
 

Semelhante a Desenvolvimento do sistema nervoso

Histo II - Sist. Nervoso
Histo II - Sist. NervosoHisto II - Sist. Nervoso
Histo II - Sist. Nervoso
Pedro Guarnier
 
Sistema nervoso2
Sistema nervoso2Sistema nervoso2
Sistema nervoso2
mariabraz
 

Semelhante a Desenvolvimento do sistema nervoso (20)

Estrutura..
Estrutura..Estrutura..
Estrutura..
 
Histo II - Sist. Nervoso
Histo II - Sist. NervosoHisto II - Sist. Nervoso
Histo II - Sist. Nervoso
 
aula sinapse.pdf
aula sinapse.pdfaula sinapse.pdf
aula sinapse.pdf
 
Neuroanatomia 20
Neuroanatomia 20Neuroanatomia 20
Neuroanatomia 20
 
Tecido nervoso
Tecido nervosoTecido nervoso
Tecido nervoso
 
Sistema nervoso2
Sistema nervoso2Sistema nervoso2
Sistema nervoso2
 
06 sistema nervoso central-snc
06 sistema nervoso central-snc06 sistema nervoso central-snc
06 sistema nervoso central-snc
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Aula_nervoso.pptx
Aula_nervoso.pptxAula_nervoso.pptx
Aula_nervoso.pptx
 
introd a neuro, filogenese, embriologia e divisão do Sistema Nervosos
 introd a neuro, filogenese, embriologia e divisão do Sistema Nervosos introd a neuro, filogenese, embriologia e divisão do Sistema Nervosos
introd a neuro, filogenese, embriologia e divisão do Sistema Nervosos
 
snc.ppt
snc.pptsnc.ppt
snc.ppt
 
04 EMBRIOLOGIA SN.ppt
04 EMBRIOLOGIA SN.ppt04 EMBRIOLOGIA SN.ppt
04 EMBRIOLOGIA SN.ppt
 
Estrutura..
Estrutura..Estrutura..
Estrutura..
 
Aula_sistema nervoso.pdf
Aula_sistema nervoso.pdfAula_sistema nervoso.pdf
Aula_sistema nervoso.pdf
 
Anatomia do sistema nervoso periférico
Anatomia do sistema nervoso periféricoAnatomia do sistema nervoso periférico
Anatomia do sistema nervoso periférico
 
Transmissao sinaptica
Transmissao sinapticaTransmissao sinaptica
Transmissao sinaptica
 
Fisiologia1 - SN
Fisiologia1 - SNFisiologia1 - SN
Fisiologia1 - SN
 
Tecidonervoso 151025142143-lva1-app6892
Tecidonervoso 151025142143-lva1-app6892Tecidonervoso 151025142143-lva1-app6892
Tecidonervoso 151025142143-lva1-app6892
 
INTRODUCAO_A_NEUROANATOMIA_E_NEUROFISIOL.pdf
INTRODUCAO_A_NEUROANATOMIA_E_NEUROFISIOL.pdfINTRODUCAO_A_NEUROANATOMIA_E_NEUROFISIOL.pdf
INTRODUCAO_A_NEUROANATOMIA_E_NEUROFISIOL.pdf
 
O sistema nervoso
O sistema nervosoO sistema nervoso
O sistema nervoso
 

Mais de Natha Fisioterapia (20)

Semiologia ortopedica 0
Semiologia ortopedica 0Semiologia ortopedica 0
Semiologia ortopedica 0
 
Semiologia ortopedica exame
Semiologia ortopedica   exameSemiologia ortopedica   exame
Semiologia ortopedica exame
 
Paralisia cerebral
Paralisia cerebralParalisia cerebral
Paralisia cerebral
 
Manuseios
ManuseiosManuseios
Manuseios
 
Fisio pediatria enfermidades-infano_juvenis
Fisio pediatria   enfermidades-infano_juvenisFisio pediatria   enfermidades-infano_juvenis
Fisio pediatria enfermidades-infano_juvenis
 
Dnpm
DnpmDnpm
Dnpm
 
Avaliaçao neo
Avaliaçao neoAvaliaçao neo
Avaliaçao neo
 
Avaliacao fisica completa do neonato
Avaliacao fisica completa do neonatoAvaliacao fisica completa do neonato
Avaliacao fisica completa do neonato
 
Aprendizado motor
Aprendizado motorAprendizado motor
Aprendizado motor
 
Shantala
ShantalaShantala
Shantala
 
Quebra de padroes
Quebra de padroesQuebra de padroes
Quebra de padroes
 
Internação
InternaçãoInternação
Internação
 
Exercicios de fortalecimento em idosos
Exercicios de fortalecimento em idososExercicios de fortalecimento em idosos
Exercicios de fortalecimento em idosos
 
Estatudo do idoso
Estatudo do idosoEstatudo do idoso
Estatudo do idoso
 
Dor no idoso
Dor no idosoDor no idoso
Dor no idoso
 
Atendimento domiciliar do idoso
Atendimento domiciliar do idosoAtendimento domiciliar do idoso
Atendimento domiciliar do idoso
 
Atendimento domiciliar ao idoso problema ou solucao
Atendimento domiciliar ao idoso  problema ou solucaoAtendimento domiciliar ao idoso  problema ou solucao
Atendimento domiciliar ao idoso problema ou solucao
 
A familia e seu ciclo vital
A familia e seu ciclo vitalA familia e seu ciclo vital
A familia e seu ciclo vital
 
Saude do idoso
Saude do idosoSaude do idoso
Saude do idoso
 
Sarcopenia
SarcopeniaSarcopenia
Sarcopenia
 

Desenvolvimento do sistema nervoso

  • 1. O sistema nervoso pode ser estruturalmente dividido em duas partes: 1- Sistema nervoso central (SNC) que consiste do encéfalo e da medula espinal; 2- Sistema nervoso periférico (SNP) composto por nervos, gânglios e terminações nervosas. Sistema Nervoso
  • 2. Unidades Funcionais: Células Gliais e Neurônios • produzem mielina • isolam grupos neuronais • regulam as propriedades do botão terminal • guiam a migração neuronal • captam NT e excessos iônicos • fornecem suporte ao SN • formam a barreira hemato- encefálica • aparentemente auxiliam a nutrição neuronal •removem escórias
  • 3. Unidades Funcionais: Células Gliais e Neurônios
  • 4. Neurônios - Classificação estrutural e funcional
  • 6. A placa neural se dobra em etapas para formar o tubo neural
  • 7. Formação do tubo e cristas neurais Tubo neural: • encéfalo • medula espinal Crista neural: • n.simpáticos • n.parassimpáticos • n.entéricos • med. Supra-renal • cls. Schwann • músculos lisos • melanócitos
  • 8. Placa alar neurônios sensoriais Placa basal neurônios motores Sulco limitante neurônios viscerais Lâmina do teto plexos coróides Desenvolvimento do tubo neural – Medula espinal
  • 9. Desenvolvimento do tubo neural – Medula espinal
  • 10. Estágios sucessivos do desenvolvimento do tubo neural
  • 11. Geração de um novo eixo neural em embriões de anfíbio
  • 12. Vias de indução neural em embriões de Xenopus
  • 16. Sinalização pela notch – identidade celular
  • 17. Controle da notch pela numb
  • 18. Destino neural: controle pela notch em vertebrados
  • 19. Vias de migração na crista neural
  • 20. Geração e migração neuronal no córtex de mamíferos
  • 21. Hipótese do fator neurotrófico
  • 22. Roger Sperry, 1940 – experimentos de rotação do olho. Direcionamento axonal
  • 23. Os axônios das células ganglionares seguem uma via complexa até o tecto óptico. Direcionamento axonal
  • 24. Cone de crescimento Eixo central (microtúbulos) Lamelipódios e filopódios (actina)
  • 25. Sinais de direcionamento do cone de crescimento
  • 27. “Once development was ended, the fonts of growth and regeneration of the axons and dendrites dried up irrevocably. In adult centers, the nerve paths are something fixed and immutable: everything may die, nothing may be regenerated.” Ramon y Cajal 1843-1926
  • 28. Joseph Altman – década de 60, uso de timidina triciada mostrando células em divisão principalmente na zona subventricular (SVZ) e no giro dentedo do hipocampo. Michael Kaplan e col. – década de 70 e início de 80, uso de timidina triciada e microscopia eletrônica mostrando células marcadas com morfologia de neurônio no giro dentedo do hipocampo. Fernando Nottebohm e Steve Goldman – década de 80, novas células em regiões mediando aprendizado do canto em canários. Uso de timidina triciada, ultraestrutura e eletrofisiologia mostrando que essas células eram neurônios. Bartlett, Reynolds, Weiss e col., Temple (camund.) e Ray, Gage e col. (rato), – década de 90, isolamento e cultivo de células tronco em cultura. Diferenciação em glia e neurônios. Aprolifereção poderia levar a neurogênese.
  • 29. Stanfield and Trice – década de 90, uso de timidina triciada fluorogold mostrando a projeção DG > CA3. Uso de BrdU e imunohistoquímica. Kuhn e col. No grupo do Gage – uso de BrdU e imunohistoquímica com marcadores específicos para glia e neurônios.
  • 30. Corte sagital de camundongo adulto corado com Nissl.