Lição 12 lança o teu pão sobre as águas

5.612 visualizações

Publicada em

Subsídios preparado pelo Ev. Natalino das Neves

Publicada em: Educação
2 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.612
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
33
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
57
Comentários
2
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lição 12 lança o teu pão sobre as águas

  1. 1. LIÇÕES BÍBLICAS - CPAD 4º TRIMESTRE DE 2013 Lição 12 Lança o Teu Pão Sobre as Águas Prof. Ms. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br
  2. 2. ACESSE O VÍDEO COM OS COMENTÁRIOS REFERENTE A ESTE ARQUIVO EM UM DOS ENDEREÇOS ABAIXO: www.redemaoamiga.com.br www.natalinodasneves.blogspot.com.br
  3. 3. Texto áureo“ “"Lança o teu pão sobre as águas, porque, depois de muitos dias, o acharás“ (Ec 11.1).
  4. 4. Verdade prática (Lições bíblicas do professor) “Lançar o pão sobre as águas é fazer o bem e ter esperança quanto a um futuro desconhecido.”
  5. 5. LEITURA BÍBLICA: 1 - Lança o teu pão sobre as águas, porque, depois de muitos dias, o acharás. 2 - Reparte com sete e ainda até com oito, porque não sabes que mal haverá sobre a terra. 3 - Estando as nuvens cheias, derramam a chuva sobre a terra, e, caindo a árvore para o sul ou para o norte, no lugar em que a árvore cair, ali ficará. 4 - Quem observa o vento nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará. 5 - Assim como tu não sabes qual o caminho do vento, nem como se formam os ossos no ventre da que está grávida, assim também não sabes as obras de Deus, que faz todas as coisas.
  6. 6. LEITURA BÍBLICA: 6 - Pela manhã, semeia a tua semente e, à tarde, não retires a tua mão, porque tu não sabes qual prosperará; se esta, se aquela ou se ambas igualmente serão boas. 7 - Verdadeiramente suave é a luz, e agradável é aos olhos ver o sol. 8 - Mas, se o homem viver muitos anos e em todos eles se alegrar, também se deve lembrar dos dias das trevas, porque hão de ser muitos. Tudo quanto sucede é vaidade. 9 - Alegra-te, jovem, na tua mocidade, e alegre-se o teu coração nos dias da tua mocidade, e anda pelos caminhos do teu coração e pela vista dos teus olhos; sabe, porém, que por todas essas coisas te trará Deus a juízo. 10 - Afasta, pois, a ira do teu coração e remove da tua carne o mal, porque a adolescência e a juventude são vaidade.
  7. 7. OBJETIVOS PROPOSTOS Após esta aula, o aluno deverá estar apto a: 1. Saber como viver uma vida com propósito*. 2. Decidir viver uma vida dinâmica com fé e esperança*. 3. Viver a vida com responsabilidade diante de Deus e dos homens*. 4. Aplicar na sua prática diária o conteúdo aprendido. * Objetivos propostos na revista Lições Bíblicas da CPAD.
  8. 8. INTRODUÇÃO • O tempo presente, realmente é um “PRESENTE” de Deus para nós. • O que fazemos no presente impactará no futuro. • As mudanças são constantes, não podemos basear somente no status atual. • Quem pratica o bem e faz o melhor para pessoas não tem que se preocupar com e retorno no futuro, receberá o melhor DELE.
  9. 9. I. VIVENDO COM PROPÓSITO
  10. 10. I. VIVENDO COM PROPÓSITO 1. Tomando atitude para o bem: • Devemos tomar atitudes positivas e objetivas “hoje” para termos um retorno no “amanhã”. • Quantos pessoas estão colhendo hoje o que plantaram no passado (bem ou mal). • Por isso, é preciso pensar antes de agir. Consultar Deus e viver em busca de fazer sua vontade.
  11. 11. I. VIVENDO COM PROPÓSITO 2. Evitando a passividade: • Não devemos agir com passividade = “Quem observa o vento nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará” (Ec 11:4). • A passividade pode ser vista em todos os sentidos. • Entretanto, o contexto recomenda não sermos passivos principalmente com as pessoas necessitadas (Ec 11:1-2). Exemplo do NT: Gl 2:10. • Não sabemos o dia de amanhã! Quem ajudamos hoje poderá nos ajudar amanhã, mesmo que não tenhamos essa intenção - reconhecimento.
  12. 12. Aplicação prática Você tem plantado o bem? O que pensa que colherá no futuro? No que depender de você, ajude quem precisa de sua ajuda!
  13. 13. II. VIVENDO COM DINAMISMO
  14. 14. II. VIVENDO COM DINAMISMO 1. A imobilidade da árvore caída (vivendo do passado): • A chuva pode ser previsível, mas se a chuva for torrencial, acompanhada de vendaval, pode derrubar arvores. • Tem pessoas que são como as árvores caídas depois de uma chuva com vendaval: caídas diante da calamidade e vivendo do passado. • Uma árvore caída fica imóvel, mas o ser humano pode se levantar de um tombo e mudar a situação!
  15. 15. II. VIVENDO COM DINAMISMO 2. O movimento do vento e das nuvens (vivendo o presente): • Cuidado para não dar atenção demasiada aos ventos e às nuvens e não semear nada, pois também não colherá nada (ver contexto agrícola da época). • Muitas pessoas ficam com medo das previsões pessimistas, vivem com medo do que pode vir à frente. • Na sabedoria clássica, preguiça e inércia são sinônimos de estultícia. • Seja dinâmico, vá a luta, confie em Deus e faça a sua parte!
  16. 16. II. VIVENDO COM DINAMISMO 3. Vivendo com esperança: • Imagine se os agricultores diante da imprevisibilidade não plantasse? O que seria da humanidade? • Olhe a vida de forma positiva, mesmo diante da imprevisibilidade. Não desanime! Lute! • Semeie o bem e tenha firmeza na esperança do cuidado de Deus. Ele fará germinar a sua semente.
  17. 17. Aplicação prática Você tem vivido do passado? Você tem recuado diante das adversidades? Tema e confie em Deus! Siga em frente! Deus é contigo!
  18. 18. III. VIVENDO COM RESPONSABILIDADE
  19. 19. III. VIVENDO COM RESPONSABILIDADE • O versículo nove traz uma recomendação aos jovens. Idade das principais escolhas da vida. • Quantos coisas você faria diferente hoje? • O autor incentiva o jovem a viver a vida, o PRESENTE, com intensidade. • Entretanto, lembra que de tudo que for feito se dará conta. • Portanto, viva a vida intensamente, mas debaixo do temor de Deus!
  20. 20. Aplicação prática Você tem vivido com intensidade? Aproveitado o momento presente? Seja feliz, viva com otimismo, mas com responsabilidade. Prestaremos conta!
  21. 21. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  22. 22. Nesta lição nos aprendemos que:
  23. 23. 1. Devemos viver o presente, mas também pensar no futuro.
  24. 24. 2. Devemos plantar o bem para colhermos também o bem.
  25. 25. 3. Devemos viver intensamente a vida presente, mas com responsabilidade, pois no futuro estaremos diante do Justo Juiz.
  26. 26. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CERESKO, Anthony R. A Sabedoria no Antigo Testamento. São Paulo: Paulus, 2004. GONÇALVES, José. Sábios conselhos para um viver vitorioso. Rio de Janeiro: CPAD, 2013. HUGHES, R. Kent. Disciplinas do ser humano Cristão. 3.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2004. KIDNER, Derek. A Mensagem de Eclesiastes. São Paulo: ABU, 2004. NEVES, Natalino das. Livros Poéticos. Curitiba: Editora Unidade, 2011.
  27. 27. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS NICCACCI, Alviero. A Casa da Sabedoria: vozes e rostos da sabedoria bíblica. São Paulo: Paulinas, 1997. RAVASI, Gianfranco. Coélet. São Paulo: Edições Paulinas, 1993. RENDTORFF, Rolf. Antigo Testamento: uma introdução. São Paulo: Editora Academia Cristã, 2009. STORNIOLO, Ivo. Trabalho e Felicidade: O Livro do Eclesiastes. São Paulo: Paulus, 2002.
  28. 28. IEADSJP – Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais www.adsaojosedospinhais.com.br www.redemaoamiga.com.br Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva Pr. Vice-Presidente: Eurico Deraldo Santana Co-pastor da sede: Josué Barros Abreu Sup. da EBD: Ev. Ismael Nascimento Oliveira Comentários: Ev. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br natalino6612@gmail.com (41) 8409 8094 / 3076 3589

×