LBJ Lição 8 - A igreja e os dons espirituais

1.792 visualizações

Publicada em

Subsídios para lições bíblicas da CPAD elaborados pelo Pastor Natalino das Neves (IEADC-Sede).
Assista aos demais vídeos com estudos bíblicos e baixe os arquivos de slides referentes aos vídeos no blog:
http://goo.gl/PPDRnr

Publicada em: Educação
0 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.792
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
92
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
131
Comentários
0
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

LBJ Lição 8 - A igreja e os dons espirituais

  1. 1. TEXTO DO DIA "Portanto, irmãos, procurai, com zelo, profetizar e não proibais falar línguas." (1 Co 14.39)
  2. 2. SÍNTESE Os dons espirituais são presentes dados por Deus à sua Igreja para edificação do Corpo de Cristo.
  3. 3. TEXTO BÍBLICO 1 Coríntios 12.1-11
  4. 4. 1 Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes. 2 Vós bem sabeis que éreis gentios, levados aos ídolos mudos, conforme éreis guiados. 3 Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: Jesus é anátema! E ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo. 4 Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. 5 E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. 6 E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos. 7 Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um para o que for útil. 8 Porque a um, pelo Espírito, é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; 9 e a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar; 10 e a outro, a operação de maravilhas; e a outro, a profecia; e a outro, o dom de discernir os espíritos; e a outro, a variedade de línguas; e a outro, a interpretação das línguas. 11 Mas um só e o mesmo Espírito opera todas essas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.
  5. 5. INTRODUÇÃO
  6. 6. INTRODUÇÃO • O assunto desta lição é os dons espirituais. • Esse assunto tem sido alvo de debates nos últimos 100 anos, por ocasião do surgimento do Movimento Pentecostal. • O que a Bíblia diz a respeito dos dons? • Será que são válidos para os nossos dias?
  7. 7. I - DEFININDO O QUE SÃO DONS ESPIRITUAIS
  8. 8. 1. O que são os dons espirituais • Dons espirituais são poderes ou capacitações sobrenaturais, dadas pelo Espírito Santo, à pessoas em sua Igreja. • Não são talentos naturais, aprendidos ou aperfeiçoados pelo uso de técnicas humanas. • Essas dotações são divididas entre o povo de Deus pela escolha do Espírito Santo, que age "repartindo particularmente a cada um como quer" (1 Co 12.11).
  9. 9. 2. Não são um sinal de superioridade espiritual. • Como os dons espirituais são presentes de Deus, não podem ser um designativo de superioridade ou de santidade pessoal. • Os dons dados por Deus não se baseiam em um grau de santidade adquirido por um crente. • O fato de ter dom ou a quantidade de dom não representa superioridade espiritual de quem o(s) recebeu. AP – Você tem se considerado superior em função do dom recebido?
  10. 10. 3. Devem ser utilizados para edificar a Igreja • Paulo deixa claro que os dons são dados por Deus para que a igreja seja edificada, fortalecida. • O dom é para o serviço no reino de Deus e o benefício da coletividade. • Portanto, não é para promoção pessoal, e sim o Reino e a glória de Deus! AP – Como você tem utilizado os dons recebidos? Tem se promovido ou promovido o Reino de Deus?
  11. 11. PENSE Os dons espirituais são dotações que Deus dá para sua igreja, com propósito de edificação do povo de Deus.
  12. 12. PONTO IMPORTANTE Os dons espirituais são para os nossos dias, e não possuem o caráter distintivo de santidade na vida de um cristão
  13. 13. II - A DIVERSIDADE DOS DONS
  14. 14. 1. Dons de saber • A Palavra da Sabedoria, segundo a Bíblia de Estudo Pentecostal, "trata de uma mensagem vocal sábia, enunciada mediante a operação sobrenatural do Espírito Santo". • A Palavra da Ciência manifesta ao que a recebe o saber acima do normal em determinada situação ou circunstância. • O dom de Discernimento de espíritos serve para identificação de falsas manifestações espirituais.
  15. 15. 2. Dons de elocução • Os dons de elocução são os dons manifestos por palavras, a saber, o de profecia, a variedade de línguas e a interpretação das línguas. • Com relação ao dom de profeta, o crente precisa ter muito cuidado. Tem muitos que se dizem profetas e não o são. • Importante conhecer a Bíblia, pois muitas profecias podem ser descartadas imediatamente devido às divergências com a interpretação bíblica.
  16. 16. 3. Dons de poder • Os dons de poder são os de Fé, Curas e Manifestações de Maravilhas, também, chamado de Operação de Milagres. • Tais dons interferem na área física, trazendo curas e agindo de forma sobrenatural em situações em que só o poder de Deus poderia intervir.
  17. 17. PENSE Paulo delimitou esses dons com o objetivo de dizer que eles deixariam de existir a partir de que momento?
  18. 18. PONTO IMPORTANTE A título de estudos, classificamos os dons espirituais em dons de saber, de poder e de elocução.
  19. 19. III - A CONTEMPORANEIDADE DOS DONS
  20. 20. 1. Os dons são para os nossos dias • Os dons espirituais, para alguns grupos cristãos, não são para os nossos dias. • Eles consideram que o Livro de Atos não tem caráter prescritivo, e sim descritivo. Entendem que com a morte do último apóstolo, os dons espirituais cessaram. • As manifestação de dons se dá por meio de experiências espirituais. • Se as pessoas tem convicção de que determinas manifestações são realmente divinas, como contestar essas pessoas. No entanto, para quem não tem, fica o critério da dúvida.
  21. 21. 2. E quanto às revelações? • Quem crê em Deus não tem como negar que ele tem poder para se revelar ou dialogar com sua criatura. • No entanto, conforme já comentado, muitos abusam e falam em nome de Deus, quando Deus não falou. • Essas pessoas, geralmente, usam da coerção (ameaça) para impor sua autoridade. • O crente não deve ficar “correndo” atrás de profetas e revelações. A Palavra de Deus deve ser a nossa principal orientadora.
  22. 22. Fonte: Adaptado do livro Guia do Cristão de Leitura Bíblica, CPAD, p. 456.
  23. 23. 3. O que dizer da igreja de Corinto • Uma igreja com manifestações de vários dons, mas os membros não os utilizavam de maneira correta. • Paulo precisa orientá-los quanto a organização no culto e o bom senso na utilização dos dons. • A tendência do ser humano é utilizar os dons para sua promoção pessoal ou para alcançar objetivos pessoais, em detrimento do coletivo.
  24. 24. PENSE Os dons espirituais acrescentam alguma revelação nova à revelação inspirada manifesta nas Escrituras?
  25. 25. PONTO IMPORTANTE Para se distinguir na Igreja de Cristo uma manifestação de um dom, Deus nos tem dado o dom de discernimento de espíritos, para que não sejamos confundidos.
  26. 26. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  27. 27. CONSIDERAÇÕES FINAIS Nesta lição nos aprendemos que: 1. Os dons espirituais continuam a ser ministrados pelo Espírito Santo à sua Igreja em nossos dias. 2. Seu uso correto traz edificação, glorifica a Deus e faz com que a igreja seja edificada. 3. Mesmo sendo vários dons, são ministrados pelo mesmo Espírito, e não podem trazer confusão para a igreja.
  28. 28. REFERÊNCIAS BERGSTÉN, Eurico. Teologia Sistemática. Rio de Janeiro: CPAD, 1999. COELHO, Alexandre. A igreja de Jesus Cristo. Rio de Janeiro: CPAD, 2016. COLSON, Charles & PEARCEY, Nancy. E Agora Como Viveremos? Rio de Janeiro: CPAD, 2000. DEVER, M. A Mensagem do Antigo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2008. DICIONÁRIO BÍBLICO WYCLIFFE. Rio de Janeiro: CPAD, 2006. DICIONÁRIO VINE. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2002 GARLOW, James L. Deus e o seu Povo: A História da Igreja como Reino de Deus.Rio de Janeiro: CPAD, 2007
  29. 29. REFERÊNCIAS HORTON, Stanley M. A Doutrina do Espírito Santo no Antigo e Novo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2012. LIÇÕES BÍBLICAS JOVENS. A igreja de Jesus Cristo: sua origem, destino, ordenança e destino eterno. 1º Trim, Edição Professor, Rio de Janeiro, 2017. NEVES, Natalino das. Justiça e Graça: um estudo da doutrina da salvação na Epístola aos Romanos. Rio de Janeiro: CPAD, 2015. PALMER, Michael D. (Ed.). Panorama do Pensamento Cristão. Rio de Janeiro: CPAD, 2001. RICHARDS, Lawrence. Comentário Histórico-Cultural do Novo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2007. TENNEY, Merrill C. Tempos do Novo Testamento. RJ: CPAD, 2010.
  30. 30. Pr. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br Facebook: www.facebook.com/natalino.neves Contatos: natalino6612@gmail.com (41) 8409 8094 (TIM)

×