O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

LBJ LIÇÃO 7 - NOSSA ESPERANÇA NA VINDA DO SENHOR

619 visualizações

Publicada em

Subsídios para lições bíblicas da CPAD elaborados pelo Pastor Natalino das Neves (IEADC-Sede).
Assista aos demais vídeos com estudos bíblicos e baixe os arquivos de slides referentes aos vídeos no blog:
http://goo.gl/PPDRnr

Publicada em: Educação

LBJ LIÇÃO 7 - NOSSA ESPERANÇA NA VINDA DO SENHOR

  1. 1. TEXTO DO DIA "Não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos e sejamos sóbrios." (1 Ts 5.6)
  2. 2. SÍNTESE Deus é responsável pela criação e consumação de todas as coisas em Cristo Jesus.
  3. 3. 1 Tessalonicenses 4.13-18; 5.1-6 13 Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança. 14 Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem Deus os tornará a trazer com ele. 15 Dizemo-vos, pois, isto pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. 16 Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro; 17 depois, nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. 18 Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras. 5.1 Mas, irmãos, acerca dos tempos e das estações, não necessitais de que se vos escreva; 2 porque vós mesmos sabeis muito bem que o Dia do Senhor virá como o ladrão de noite. 3 Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida; e de modo nenhum escaparão. 4 Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele Dia vos surpreenda como um ladrão; 5 porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas. 6 Não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos e sejamos sóbrios.
  4. 4. • O debate a respeito das últimas coisas é uma temática que serve de chave de leitura para uma compreensão integrada das duas epístolas escritas para os tessalonicenses. • Paulo passa orientações aos tessalonicenses sobre a segunda vinda de Jesus e os mortos, pois eles estavam equivocados e perturbados com esses assuntos. • Nesta lição será abordado sobre a atualidade dos assuntos escatológicos. INTRODUÇÃO
  5. 5. I- OS TRÊS OBJETIVOS DOS ESCLARECIMENTOS ESCATOLÓGICOS
  6. 6. • Os tessalonicenses eram prosélitos do cristianismo, portanto ainda com pouca profundidade teológica cristã. • No entanto, o cristão deve, desde cedo, buscar se aprofundar no estudo sistemático da Bíblia (Hb 5.13,14; 1 Co 9.24; 2 Tm 4.7). • Infelizmente, muitos por comodismo, preferem depender das mensagens “enlatadas”, do que se dedicar ao estudo. AP – Qual tem sido a sua dedicação ao estudo da Palavra de Deus? 1. Evitar os perigos da falta de profundidade bíblica
  7. 7. • A imaturidade da fé dos tessalonicenses poderia desembocar no abandono da fé (Gl 1.6-9). • A compreensão errônea de princípios bíblicos produzem repercussões negativas. Por isso, agilidade e resposta rápida de Paulo (carta). • Eles estavam sofrendo por falta de compreensão de fundamento doutrinário. Paulo os orienta para aliviar seu sofrimento. AP – Você tem se entristecido por ignorância da doutrina? Tem se aborrecido por questões irrelevantes? 2. Impedir qualquer entristecimento desnecessário
  8. 8. • Paulo manifesta seu zelo pelo crescimento espiritual daquela Igreja. • Paulo não tinha intenção de mostrar seu conhecimento, mas falar com clareza e pertinência aquilo que produz crescimento e transformação às pessoas. • Paulo procurava ensinar para produzir esperança e consolo (1 Ts 4.13,18) por meio de palavras consolação, exortação e edificação (1 Co 14.3). AP – Quais os tipos de mensagens que se tem ouvido nos púlpitos de sua igreja? 3. Encher os tessalonicenses de esperança e consolo
  9. 9. II- VERDADES RELACIONADAS À VINDA DO SENHOR
  10. 10. • Assim como aconteceu com Jesus, aqueles que morreram em Cristo serão triunfalmente ressuscitados (1 Ts 4.14). • Uma das principais doutrinas do cristianismo é a ressurreição dos santos para glorificação eterna. • Paulo afirmou que seria o mais miserável dos seres humanos se esperasse somente para a vida terrena. • Ele era um grande exemplo de fé na vida eterna. AP – Você acredita na ressurreição gloriosa dos salvos? Tem testemunho de um salvo em Cristo? 1. A certeza da ressurreição gloriosa dos santos.
  11. 11. • A promessa de vida eterna com Cristo serve como alerta para a vigilância (1 Ts 5.4-6). • O cristão deve ter uma vida exemplar. • Muitas pessoas que vivem de qualquer maneira ficam assombradas somente em falar sobre a volta de Cristo ou sobre o “fim dos tempos”. • O salvo em Cristo vive a rotina de vida, ansioso para o retorno de Cristo (Ap 22.20; Lc 21.36). AP – Qual o seu sentimento quando ouve sobre a volta de Cristo? Você está preparado? 2. A certeza da vinda do Senhor exige vigilância
  12. 12. • A ação de Cristo no arrebatamento da igreja (v.17) significa "tomar com força", "arrebatar com rapidez", "reivindicar para si". • Uma decisão exclusiva de Deus: levar para si aqueles que lhe pertencem. • As narrativas dos arrebatamentos de Enoque e Elias demonstram como Deus pode tomar para si as pessoas das quais o testemunho ele se agrada. AP – Você já pensou no privilégio de ser “tomado” por Deus para viver com ele? 3. Um ato reivindicatório de Deus
  13. 13. III- OS JOVENS DE HOJE PRECISAM PENSAR SOBRE AS ÚLTIMAS COISAS?
  14. 14. • Paulo exorta à jovem igreja de Tessalônica a vigiar e estar atenta quanto aos acontecimentos que precedem a vinda do Senhor (1 Ts 5.6). • O jovem tem uma tendência imediatista, se preocupar com o agora, como se tudo fosse permanecer como está. • As pessoas precisam reconhecer a presença de Deus em cada fase da vida, e assim, experimentar o melhor do Senhor sempre (Ec 12). AP – Você tem pensado na vida eterna? 1. A urgência de um despertamento
  15. 15. • Diferenças de padrões temporais entre as culturas antigas e atuais. Existem diferenças mesmo entre culturas de países e até mesmo dentro do próprio país. • Em tempos de comunicações online, de comidas fast-food e de relacionamentos líquidos, falar de valores eternos parece uma piada. • O imediatismo do cotidiano precisa se render ao plano de Deus que, a seu tempo, estabelece seus propósitos e desígnios (Lc 21.19; 2 Pe 3.8). AP – Você tem investido na eternidade? 2. Superando o imediatismo
  16. 16. • A escatologia está intimamente associada à existência de um Senhor na/da história. • Um Senhor que é responsável pela criação de todas as coisas e também definição do fim. • Apregoar o fim é, também, apontar para a causa última do universo: Deus (Sl 74.12-17). • Às vezes, a aparência pode levar alguns acreditarem que Deus está alheio ao que acontece no mundo. Um grave engano! AP – Você crê no Senhor que controla a história? 3. Anunciando que há um Senhor na história da humanidade
  17. 17. PENSE As pessoas precisam reconhecer a presença de Deus em cada fase da vida.
  18. 18. Hoje aprendemos que: 1. A vinda de Jesus deve ser um fato presente no horizonte existencial de cada cristão. 2. Não somos chamados para permanecer aqui eternamente, antes, nossa pátria é do alto, nossa saudade é por aquilo que ainda não vimos. 3. Somente por meio de uma fé genuína conseguimos permanecer íntegros quanto à disposição de nosso coração de acreditar que o arrebatamento é uma realidade. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  19. 19. REFERÊNCIAS ARRINGTON, French L; ARRINGTON e STRONSTAD, Roger (Ed). Comentário Bíblico Pentecostal. 4ª ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2006. BRASIL, Thiago. A Igreja do Arrebatamento: o padrão dos tessanolicenses para estes últimos dias. Rio de Janeiro: CPAD, 2018. BERGSTÉN, Eurico. Teologia Sistemática. 13.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2013 Comentário do Novo Testamento Aplicação Pessoal. Rio de Janeiro: CPAD, 2010. LIÇÕES BÍBLICAS DE JOVENS. A Igreja do Arrebatamento: o padrão dos tessanolicenses para estes últimos dias. 2 TRI 2018. Rio de Janeiro: CPAD, 2018. LIMA, Elinaldo Renovato. O Final de Todas as Coisas. Esperança e glória para os salvos. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2015 RENOVATO, Elinaldo de Lima. 1 e 2 Tessalonicenses. Rio de Janeiro: CPAD, 2008.
  20. 20. Pr. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br Facebook: natalino das neves e natalino das neves II Contatos: natalino6612@gmail.com (41) 98409 8094 (TIM)

×