SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 31
Baixar para ler offline
TEXTO DO DIA
"Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é
verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o
que é justo, tudo o que é puro, tudo o
que é amável, tudo o que é de boa fama,
se há alguma virtude, e se há algum
louvor, nisso pensai."
(Fp 4.8)
SÍNTESE
As redes sociais podem servir
como bênção ou maldição na
vida do crente.
LEITURA BÍBLICA
1 Tessalonicenses 1.6-10
Filipenses 4.8
1 Tessalonicenses 1
6 E vós fostes feitos nossos imitadores e do Senhor, recebendo
a palavra em muita tribulação, com gozo do Espírito Santo,
7 de maneira que fostes exemplo para todos os fiéis na
Macedônia e Acaia.
8 Porque por vós soou a palavra do Senhor, não somente na
Macedônia e Acaia, mas também em todos os lugares a vossa
fé para com Deus se espalhou, de tal maneira que já dela não
temos necessidade de falar coisa alguma;
9 porque eles mesmos anunciam de nós qual a entrada que
tivemos para convosco, e como dos ídolos vos convertestes a
Deus, para servir ao Deus vivo e verdadeiro
10 e esperar dos céus a seu Filho, a quem ressuscitou dos
mortos, a saber, Jesus, que nos livra da ira futura.
Filipenses 4
8 Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo
o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro,
tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há
alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.
• As novas plataformas de comunicação e
interação online são o ponto alto da cultural digital
neste início do Século XXI.
• Pesquisas indicam que pelo menos 70% dos
usuários da internet usam algum tipo de rede
social.
• Os sites de mídia social podem ser usados para o
bem ou para o mal.
• Perigos, mas também oportunidades de
testemunho cristão.
INTRODUÇÃO
I - O FENÔMENO DAS REDES
SOCIAIS E SEUS BENEFÍCIOS
• Nos últimos anos, as redes sociais se
transformaram na principal forma de
comunicação e troca de informações entre as
pessoas.
• Sites e aplicativos como Facebook, Twitter,
Snapchat e Google+ são tão utilizadas que em
alguns círculos é quase incompreensível uma
pessoa não possuir uma conta em pelo menos
um desses canais.
• Quem não têm WhatsApp, então, é quase
considerado um ser de outro planeta!
1. A explosão das redes sociais
• Usadas de maneira correta e com sabedoria, as
mídias sociais podem proporcionar vários
benefícios:
• Manter contato com amigos e parentes;
• criar uma rede de contato profissional;
• atualizar-se com informações e notícias do dia a dia;
• adquirir conhecimento;
• produzir conteúdo;
• divulgar ideias.
• Estes são alguns dos exemplos de como tais
plataformas digitais podem servir como bênção
para a vida das pessoas.
2. Os benefícios das redes sociais
Pense
Quando a rede é lançada na direção
determinada pelo Mestre, o resultado
sempre é positivo.
Ponto Importante
Usadas de maneira correta e com
sabedoria, as mídias sociais podem
proporcionar vários benefícios.
II - OS PERIGOS DAS REDES
SOCIAIS
• O vício no uso das redes sociais é uma realidade
e tem prejudicado a vida de milhares de jovens e
adolescentes da "geração ponto-com".
• A utilização por horas ininterruptas da internet é
um claro sinal de tal compulsão digital.
• Sintomas de dependência: desinteresse pelas
demais atividades da vida real e sensação de
ansiedade e angústia quando não estão
conectadas, em momento de abstinência.
• Isso se chama nomofobia! Caso esteja
acontecendo com você, é hora de buscar ajuda
para libertar-se desse vício!
1. Vício digital
• Graças ao poder de interatividade das mídias
sociais, há quem passe horas e mais horas
conectado (dia, noite e madrugada). Isso resulta
em:
• ociosidade,
• Atrasos;
• pouco (ou quase nenhum) tempo para estudos;
• interação com as pessoas do mundo real;
• Entre outras atividades importantes e necessárias.
• Há tempo para todas as coisas debaixo do céu
(Ec 3.1), inclusive tempo de estar conectado e
tempo de estar desconectado das mídias sociais.
2. Uso inadequado do tempo
• As mídias sociais também abrem várias
possibilidades de acesso à pornografia e
conteúdos imorais que aguçam a concupiscência.
• As facilidades tecnológicas popularizaram ainda
mais a pornografia, inclusive no meio cristão
(Instituto Barna).
• Davi caiu em um momento de descuido em sua
vida, que o levou ao adultério (2 Sm 11.1,2).
• Cuidado com as páginas acessadas, mantenha
sua integridade moral e espiritual. (1 Co 10.23).
• Seja fiel a Deus, ainda que as pessoas não
estejam vendo o que você faz!
3. Pornografia na rede
• A exposição exagerada é outro perigo real na
utilização das mídias sociais.
• O compartilhamento indiscriminado e impulsivo de
opiniões, imagens e acontecimentos da vida
particular expõe indevidamente a imagem de
alguém.
• Em muitos casos, essa busca de "curtidas"
representa certa fuga da realidade e desejo de
aprovação social.
• A melhor maneira de exposição do crente na
sociedade é por meio do brilho de Cristo (Fp
2.15).
4. Perigo da superexposição
• Na maior parte das vezes, os "amigos" das redes
sociais não são verdadeiros amigos.
• Não raro, as amizades são instantâneas e
descartáveis.
• O amigo real é aquele que é mais chegado que
irmão (Pv 18.24).
5. Amizades instantâneas e descartáveis
Pense
Desconecte-se do mundo virtual e
redescubra a alegria de estar
fisicamente com amigos e familiares.
Ponto Importante
Se você não tem mais tempo para
orar e desfrutar de períodos
devocionais com o Senhor, em
virtude do tempo gasto na internet,
então, parafraseando Marcos 1.18, é
necessário deixar as redes sociais
para estar com Jesus!
III - USANDO AS REDES
SOCIAIS PARA A GLÓRIA DE
DEUS
• O cristã deve fazer tudo para glória de Deus
(1Co 10.31).
• inclusive as coisas mais simples e rotineiras,
como acessar a internet.
• Para saber se está usando adequadamente tais
mídias pergunte a si mesmo (Fp 4.8):
• O que estou fazendo é verdadeiro?
• É honesto?
• É justo?
• É puro?
• É amável? É de boa fama?
• Há alguma virtude?
• Deus está sendo louvado?
1. Glorificando a Deus em tudo
• As Escrituras afirmam que as pessoas davam
bom testemunho de Timóteo (At 16.1,2).
• Por serem imitadores de Paulo, os
tessalonicenses foram exemplos dos fiéis na
Macedônia e Acaia (1 Ts 1.6-8).
• Quem utiliza o ambiente virtual é avaliado, seja
por meio das palavras ou imagens que posta, e
pelo modo como interage com os outros.
Recomenda-se, entre outras ações:
• Evitar discussões inúteis,
• Proceder com respeito e cordialidade com aqueles que
pensam diferente; e
• Produzir conteúdo de qualidade.
2. Testemunho no mundo virtual.
• As redes sociais são ambientes propícios para a
evangelização (Mc 16.15).
• Nesse ambiente, é importante ter criatividade e
usar pontos de contato para atrair a atenção
dos descrentes, assim como Paulo fez no
Areópago (At 17.23).
• Para tanto, não confundir evangelismo com
proselitismo religioso.
• O evangelismo genuíno é realizado com amor e
humildade, a fim de oferecer a salvação
proporcionada por Cristo.
• Tomar cuidado para não ser radical e repulsivo.
3. Evangelização nas redes
Pense
Considerando que Deus é o ser mais criativo
do universo, os cristãos deveriam estar na
vanguarda da criatividade que explora as
novas tecnologias de comunicação como
meios de propagar ideias, elaborar
mensagens e comunicar a verdade"
(Terrence Lindvall e Matthew Melton).
Ponto Importante
Não devemos confundir evangelismo com
proselitismo religioso. Enquanto o
proselitismo dá ênfase excessiva à
religiosidade e à denominação eclesiástica, de
forma altiva e às vezes autoritária, o
evangelismo genuíno é realizado com amor e
humildade, a fim de oferecer a salvação
proporcionada por Cristo.
1. A suma do que temos estudado nesta lição é a
seguinte: use a internet para glorificar a Deus!
2. Isso ocorrerá se você mantiver a sua identidade
cristã no mundo virtual, sem desprezar as
atividades da vida real.
3. Usemos as mídias sociais com sabedoria e
equilíbrio!
CONSIDERAÇÕES FINAIS
LIÇÕES BÍBLICAS JOVENS. Seguidores de Cristo:
testemunhando uma sociedade em ruinas. 4º Trim.,
Edição Professor, Rio de Janeiro, CPAD, 2017.
MCDOWELL, Josh. A Verdade Nua e Crua: Amor, sexo e
relacionamento. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2011
NASCIMENTO, Valmir. Seguidores de Cristo:
testemunhando uma sociedade em ruinas. Rio de Janeiro:
CPAD, 2017.
RICHARDS, Lawrence O. Guia do Leitor da Bíblia: Uma
análise de Gênesis a Apocalipse capítulo por capítulo. 10ª
ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2012.
REFERÊNCIAS
RICHARDS, Lawrence. Comentário Histórico-Cultural do
Novo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2007.
ROSS, Michael. Cresci e agora? 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD,
2013
ZUCK, Roy B (ed.). Teologia do Novo Testamento. 1.ed.
Rio de Janeiro: CPAD, 2008
REFERÊNCIAS
Pr. Natalino das Neves
www.natalinodasneves.blogspot.com.br
Facebook: www.facebook.com/natalino.neves
Contatos:
natalino6612@gmail.com
(41) 98409 8094 (TIM)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

10 motivos
10 motivos10 motivos
10 motivosjouvacy
 
Lição 13 - Ética Cristã e Redes Sociais
Lição 13 - Ética Cristã e Redes SociaisLição 13 - Ética Cristã e Redes Sociais
Lição 13 - Ética Cristã e Redes SociaisÉder Tomé
 
Os desafios para o adolescente cristão no mundo
Os desafios para o adolescente cristão no mundoOs desafios para o adolescente cristão no mundo
Os desafios para o adolescente cristão no mundoCRISTOPAA
 
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaos
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros CristaosOs Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaos
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaostenmario04
 
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Evangelismo   conteúdo, método e motivação.Evangelismo   conteúdo, método e motivação.
Evangelismo conteúdo, método e motivação.Rodrigo Ribeiro
 
O jovem cristão e a globalização
O jovem cristão e a globalizaçãoO jovem cristão e a globalização
O jovem cristão e a globalizaçãoTeo Silva
 
Perfil do Professor do Ministério Infantil
Perfil do Professor do Ministério InfantilPerfil do Professor do Ministério Infantil
Perfil do Professor do Ministério InfantilAmor pela EBD
 
LBJ LIÇÃO 2 - A cosmovisão cristã em um mundo de vãs ideologias
LBJ LIÇÃO 2 - A cosmovisão cristã em um mundo de vãs ideologiasLBJ LIÇÃO 2 - A cosmovisão cristã em um mundo de vãs ideologias
LBJ LIÇÃO 2 - A cosmovisão cristã em um mundo de vãs ideologiasNatalino das Neves Neves
 
Curso de capacitação e atualização para professores da EBD
Curso de capacitação e atualização para professores da EBDCurso de capacitação e atualização para professores da EBD
Curso de capacitação e atualização para professores da EBDMárcio Melânia
 
Planejando a aula da EBD
Planejando a aula da EBDPlanejando a aula da EBD
Planejando a aula da EBDAmor pela EBD
 
Intimidade com deus a cada dia
Intimidade com deus   a cada diaIntimidade com deus   a cada dia
Intimidade com deus a cada diaEdmilson Fernandes
 
Esperando a volta de jesus
Esperando a volta de jesusEsperando a volta de jesus
Esperando a volta de jesusMárcio Martins
 
Suplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
Suplemento De Apoio Ao Professor Da EbdSuplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
Suplemento De Apoio Ao Professor Da EbdEduardo Sales de lima
 
Seminário como ensinar crianças na igreja - marisa
Seminário   como ensinar crianças na igreja - marisaSeminário   como ensinar crianças na igreja - marisa
Seminário como ensinar crianças na igreja - marisaSergio Silva
 
O impacto da tecnologia nos jovens cristãos
O impacto da tecnologia nos jovens cristãosO impacto da tecnologia nos jovens cristãos
O impacto da tecnologia nos jovens cristãosThiago Lopes
 
Departamento infantil
Departamento infantilDepartamento infantil
Departamento infantilPriscla Silva
 

Mais procurados (20)

10 motivos
10 motivos10 motivos
10 motivos
 
Evangelismo Criativo
Evangelismo CriativoEvangelismo Criativo
Evangelismo Criativo
 
Lição 13 - Ética Cristã e Redes Sociais
Lição 13 - Ética Cristã e Redes SociaisLição 13 - Ética Cristã e Redes Sociais
Lição 13 - Ética Cristã e Redes Sociais
 
Os desafios para o adolescente cristão no mundo
Os desafios para o adolescente cristão no mundoOs desafios para o adolescente cristão no mundo
Os desafios para o adolescente cristão no mundo
 
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaos
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros CristaosOs Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaos
Os Desafios da EBD nos Dias Atuais para a Formação de Verdadeiros Cristaos
 
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
Evangelismo   conteúdo, método e motivação.Evangelismo   conteúdo, método e motivação.
Evangelismo conteúdo, método e motivação.
 
O jovem cristão e a globalização
O jovem cristão e a globalizaçãoO jovem cristão e a globalização
O jovem cristão e a globalização
 
Perfil do Professor do Ministério Infantil
Perfil do Professor do Ministério InfantilPerfil do Professor do Ministério Infantil
Perfil do Professor do Ministério Infantil
 
LBJ LIÇÃO 2 - A cosmovisão cristã em um mundo de vãs ideologias
LBJ LIÇÃO 2 - A cosmovisão cristã em um mundo de vãs ideologiasLBJ LIÇÃO 2 - A cosmovisão cristã em um mundo de vãs ideologias
LBJ LIÇÃO 2 - A cosmovisão cristã em um mundo de vãs ideologias
 
Projetos para crianças
Projetos para criançasProjetos para crianças
Projetos para crianças
 
Curso de capacitação e atualização para professores da EBD
Curso de capacitação e atualização para professores da EBDCurso de capacitação e atualização para professores da EBD
Curso de capacitação e atualização para professores da EBD
 
Planejando a aula da EBD
Planejando a aula da EBDPlanejando a aula da EBD
Planejando a aula da EBD
 
Intimidade com deus a cada dia
Intimidade com deus   a cada diaIntimidade com deus   a cada dia
Intimidade com deus a cada dia
 
Esperando a volta de jesus
Esperando a volta de jesusEsperando a volta de jesus
Esperando a volta de jesus
 
Suplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
Suplemento De Apoio Ao Professor Da EbdSuplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
Suplemento De Apoio Ao Professor Da Ebd
 
Seminário como ensinar crianças na igreja - marisa
Seminário   como ensinar crianças na igreja - marisaSeminário   como ensinar crianças na igreja - marisa
Seminário como ensinar crianças na igreja - marisa
 
O impacto da tecnologia nos jovens cristãos
O impacto da tecnologia nos jovens cristãosO impacto da tecnologia nos jovens cristãos
O impacto da tecnologia nos jovens cristãos
 
Departamento infantil
Departamento infantilDepartamento infantil
Departamento infantil
 
Pais e filhos
Pais e filhosPais e filhos
Pais e filhos
 
DISCIPULADO UM A UM.-phpapp02
DISCIPULADO UM A UM.-phpapp02DISCIPULADO UM A UM.-phpapp02
DISCIPULADO UM A UM.-phpapp02
 

Destaque

LBJ LIÇÃO 8 - A resposta cristã para a violência urbana
LBJ LIÇÃO 8 - A resposta cristã para a violência urbanaLBJ LIÇÃO 8 - A resposta cristã para a violência urbana
LBJ LIÇÃO 8 - A resposta cristã para a violência urbanaNatalino das Neves Neves
 
LBJ LIÇÃO 9 - Em tempos de violência cibernética
LBJ LIÇÃO 9 - Em tempos de violência cibernéticaLBJ LIÇÃO 9 - Em tempos de violência cibernética
LBJ LIÇÃO 9 - Em tempos de violência cibernéticaNatalino das Neves Neves
 
LBJ LIÇÃO 11 - Sabedoria divina para interargir com os meios de comunicação
LBJ LIÇÃO 11 - Sabedoria divina para interargir com os meios de comunicaçãoLBJ LIÇÃO 11 - Sabedoria divina para interargir com os meios de comunicação
LBJ LIÇÃO 11 - Sabedoria divina para interargir com os meios de comunicaçãoNatalino das Neves Neves
 
LBJ LIÇÃO 12 - A educação secular em tempos trabalhosos
LBJ LIÇÃO 12 - A educação secular em tempos trabalhososLBJ LIÇÃO 12 - A educação secular em tempos trabalhosos
LBJ LIÇÃO 12 - A educação secular em tempos trabalhososNatalino das Neves Neves
 
LBJ LIÇÃO 7 - Política e corrupção na perspectiva cristã
LBJ LIÇÃO 7 - Política e corrupção na perspectiva cristãLBJ LIÇÃO 7 - Política e corrupção na perspectiva cristã
LBJ LIÇÃO 7 - Política e corrupção na perspectiva cristãNatalino das Neves Neves
 
LBJ LIÇÃO 13 - E agora, como viveremos na sociedade de consumo
LBJ LIÇÃO 13 - E agora, como viveremos na sociedade de consumoLBJ LIÇÃO 13 - E agora, como viveremos na sociedade de consumo
LBJ LIÇÃO 13 - E agora, como viveremos na sociedade de consumoNatalino das Neves Neves
 

Destaque (6)

LBJ LIÇÃO 8 - A resposta cristã para a violência urbana
LBJ LIÇÃO 8 - A resposta cristã para a violência urbanaLBJ LIÇÃO 8 - A resposta cristã para a violência urbana
LBJ LIÇÃO 8 - A resposta cristã para a violência urbana
 
LBJ LIÇÃO 9 - Em tempos de violência cibernética
LBJ LIÇÃO 9 - Em tempos de violência cibernéticaLBJ LIÇÃO 9 - Em tempos de violência cibernética
LBJ LIÇÃO 9 - Em tempos de violência cibernética
 
LBJ LIÇÃO 11 - Sabedoria divina para interargir com os meios de comunicação
LBJ LIÇÃO 11 - Sabedoria divina para interargir com os meios de comunicaçãoLBJ LIÇÃO 11 - Sabedoria divina para interargir com os meios de comunicação
LBJ LIÇÃO 11 - Sabedoria divina para interargir com os meios de comunicação
 
LBJ LIÇÃO 12 - A educação secular em tempos trabalhosos
LBJ LIÇÃO 12 - A educação secular em tempos trabalhososLBJ LIÇÃO 12 - A educação secular em tempos trabalhosos
LBJ LIÇÃO 12 - A educação secular em tempos trabalhosos
 
LBJ LIÇÃO 7 - Política e corrupção na perspectiva cristã
LBJ LIÇÃO 7 - Política e corrupção na perspectiva cristãLBJ LIÇÃO 7 - Política e corrupção na perspectiva cristã
LBJ LIÇÃO 7 - Política e corrupção na perspectiva cristã
 
LBJ LIÇÃO 13 - E agora, como viveremos na sociedade de consumo
LBJ LIÇÃO 13 - E agora, como viveremos na sociedade de consumoLBJ LIÇÃO 13 - E agora, como viveremos na sociedade de consumo
LBJ LIÇÃO 13 - E agora, como viveremos na sociedade de consumo
 

Semelhante a LBJ LIÇÃO 10 - Os perigos e as oportunidades das redes sociais

midiassociaispalestraestudo-150821163916-lva1-app6891.pdf
midiassociaispalestraestudo-150821163916-lva1-app6891.pdfmidiassociaispalestraestudo-150821163916-lva1-app6891.pdf
midiassociaispalestraestudo-150821163916-lva1-app6891.pdfTiago Silva
 
LBA LIÇÃO 13 - ÉTICA CRISTÃ E REDES SOCIAIS
LBA LIÇÃO 13 - ÉTICA CRISTÃ E REDES SOCIAISLBA LIÇÃO 13 - ÉTICA CRISTÃ E REDES SOCIAIS
LBA LIÇÃO 13 - ÉTICA CRISTÃ E REDES SOCIAISNatalino das Neves Neves
 
oficinajovem2019-190126015110 (1).pptx
oficinajovem2019-190126015110 (1).pptxoficinajovem2019-190126015110 (1).pptx
oficinajovem2019-190126015110 (1).pptxTiago Silva
 
oficinajovem2019-190126015110.pdf
oficinajovem2019-190126015110.pdfoficinajovem2019-190126015110.pdf
oficinajovem2019-190126015110.pdfTiago Silva
 
OS DESAFIOS DO JOVEM CRISTÃO
OS DESAFIOS DO JOVEM CRISTÃO OS DESAFIOS DO JOVEM CRISTÃO
OS DESAFIOS DO JOVEM CRISTÃO Karla Lopes
 
As famílias e as modernidades
As famílias e as modernidadesAs famílias e as modernidades
As famílias e as modernidadescaselato
 
Subsídio para EBD - Evangelização real na Era Digital
Subsídio para EBD - Evangelização real na Era DigitalSubsídio para EBD - Evangelização real na Era Digital
Subsídio para EBD - Evangelização real na Era DigitalDaladier Lima
 
Palestra encontro arquidiocesano da Comunicação
Palestra encontro arquidiocesano da ComunicaçãoPalestra encontro arquidiocesano da Comunicação
Palestra encontro arquidiocesano da ComunicaçãoBernadetecebs .
 
Ebd relacionamento virtual aula 2 de 2
Ebd relacionamento virtual   aula 2 de 2Ebd relacionamento virtual   aula 2 de 2
Ebd relacionamento virtual aula 2 de 2Ney Bellas
 
Conectados com jesus - Diácono Alexandre Théo Cruz
Conectados com jesus - Diácono Alexandre Théo CruzConectados com jesus - Diácono Alexandre Théo Cruz
Conectados com jesus - Diácono Alexandre Théo CruzAlexandre Théo Cruz
 
Mensagem 36º dia das comunicações - João Paulo II
Mensagem 36º dia das comunicações - João Paulo IIMensagem 36º dia das comunicações - João Paulo II
Mensagem 36º dia das comunicações - João Paulo IIRodrigo Catini Flaibam
 
Desafios de nosso tempo
Desafios de nosso tempoDesafios de nosso tempo
Desafios de nosso tempoDaladier Lima
 
Evangelização online
Evangelização onlineEvangelização online
Evangelização onlineLudmilla Reis
 
Admirável novo mundo velho
Admirável novo mundo velhoAdmirável novo mundo velho
Admirável novo mundo velhoJackson Gomes
 
Estudos os perigos da internet
Estudos  os perigos da internetEstudos  os perigos da internet
Estudos os perigos da internetJoel Silva
 
Estudos os perigos da internet
Estudos  os perigos da internetEstudos  os perigos da internet
Estudos os perigos da internetJoel Silva
 
Estudos os perigos da internet
Estudos  os perigos da internetEstudos  os perigos da internet
Estudos os perigos da internetJoel Silva
 

Semelhante a LBJ LIÇÃO 10 - Os perigos e as oportunidades das redes sociais (20)

midias.docx
midias.docxmidias.docx
midias.docx
 
midiassociaispalestraestudo-150821163916-lva1-app6891.pdf
midiassociaispalestraestudo-150821163916-lva1-app6891.pdfmidiassociaispalestraestudo-150821163916-lva1-app6891.pdf
midiassociaispalestraestudo-150821163916-lva1-app6891.pdf
 
LBA LIÇÃO 13 - ÉTICA CRISTÃ E REDES SOCIAIS
LBA LIÇÃO 13 - ÉTICA CRISTÃ E REDES SOCIAISLBA LIÇÃO 13 - ÉTICA CRISTÃ E REDES SOCIAIS
LBA LIÇÃO 13 - ÉTICA CRISTÃ E REDES SOCIAIS
 
oficinajovem2019-190126015110 (1).pptx
oficinajovem2019-190126015110 (1).pptxoficinajovem2019-190126015110 (1).pptx
oficinajovem2019-190126015110 (1).pptx
 
oficinajovem2019-190126015110.pdf
oficinajovem2019-190126015110.pdfoficinajovem2019-190126015110.pdf
oficinajovem2019-190126015110.pdf
 
OS DESAFIOS DO JOVEM CRISTÃO
OS DESAFIOS DO JOVEM CRISTÃO OS DESAFIOS DO JOVEM CRISTÃO
OS DESAFIOS DO JOVEM CRISTÃO
 
As famílias e as modernidades
As famílias e as modernidadesAs famílias e as modernidades
As famílias e as modernidades
 
Subsídio para EBD - Evangelização real na Era Digital
Subsídio para EBD - Evangelização real na Era DigitalSubsídio para EBD - Evangelização real na Era Digital
Subsídio para EBD - Evangelização real na Era Digital
 
Mulheres em perigo
Mulheres em perigoMulheres em perigo
Mulheres em perigo
 
Palestra encontro arquidiocesano da Comunicação
Palestra encontro arquidiocesano da ComunicaçãoPalestra encontro arquidiocesano da Comunicação
Palestra encontro arquidiocesano da Comunicação
 
Ebd relacionamento virtual aula 2 de 2
Ebd relacionamento virtual   aula 2 de 2Ebd relacionamento virtual   aula 2 de 2
Ebd relacionamento virtual aula 2 de 2
 
Conectados com jesus - Diácono Alexandre Théo Cruz
Conectados com jesus - Diácono Alexandre Théo CruzConectados com jesus - Diácono Alexandre Théo Cruz
Conectados com jesus - Diácono Alexandre Théo Cruz
 
Mensagem 36º dia das comunicações - João Paulo II
Mensagem 36º dia das comunicações - João Paulo IIMensagem 36º dia das comunicações - João Paulo II
Mensagem 36º dia das comunicações - João Paulo II
 
Desafios de nosso tempo
Desafios de nosso tempoDesafios de nosso tempo
Desafios de nosso tempo
 
Evangelização online
Evangelização onlineEvangelização online
Evangelização online
 
Internet a serviço da Igreja
Internet a serviço da IgrejaInternet a serviço da Igreja
Internet a serviço da Igreja
 
Admirável novo mundo velho
Admirável novo mundo velhoAdmirável novo mundo velho
Admirável novo mundo velho
 
Estudos os perigos da internet
Estudos  os perigos da internetEstudos  os perigos da internet
Estudos os perigos da internet
 
Estudos os perigos da internet
Estudos  os perigos da internetEstudos  os perigos da internet
Estudos os perigos da internet
 
Estudos os perigos da internet
Estudos  os perigos da internetEstudos  os perigos da internet
Estudos os perigos da internet
 

Mais de Natalino das Neves Neves

LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)
LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)
LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)Natalino das Neves Neves
 
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)Natalino das Neves Neves
 
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)Natalino das Neves Neves
 
LIÇÃO 10 - SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
LIÇÃO 10 -  SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTOLIÇÃO 10 -  SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
LIÇÃO 10 - SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTONatalino das Neves Neves
 
LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOS
LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOSLIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOS
LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOSNatalino das Neves Neves
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTONatalino das Neves Neves
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTONatalino das Neves Neves
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTONatalino das Neves Neves
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTONatalino das Neves Neves
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
PRELEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOSPRELEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
PRELEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOSNatalino das Neves Neves
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
PROJEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOSPROJEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
PROJEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOSNatalino das Neves Neves
 
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULOPROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULONatalino das Neves Neves
 
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULOPRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULONatalino das Neves Neves
 
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINAPROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINANatalino das Neves Neves
 
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINAPRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINANatalino das Neves Neves
 
PROJEÇÃO_JOVENS_LIção 3 - Divisões na Igreja
PROJEÇÃO_JOVENS_LIção 3 - Divisões na IgrejaPROJEÇÃO_JOVENS_LIção 3 - Divisões na Igreja
PROJEÇÃO_JOVENS_LIção 3 - Divisões na IgrejaNatalino das Neves Neves
 
PRELEÇÃO_JOVENS_Lição 3 - Divisões na Igreja
PRELEÇÃO_JOVENS_Lição 3 - Divisões na IgrejaPRELEÇÃO_JOVENS_Lição 3 - Divisões na Igreja
PRELEÇÃO_JOVENS_Lição 3 - Divisões na IgrejaNatalino das Neves Neves
 
Preleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Preleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de CorintoPreleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Preleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de CorintoNatalino das Neves Neves
 
Projeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Projeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de CorintoProjeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Projeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de CorintoNatalino das Neves Neves
 

Mais de Natalino das Neves Neves (20)

LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)
LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)
LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)
 
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
 
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
 
LIÇÃO 10 - SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
LIÇÃO 10 -  SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTOLIÇÃO 10 -  SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
LIÇÃO 10 - SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
 
LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOS
LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOSLIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOS
LIÇÃO 9 - PAULO CENSURA A CONTENDA ENTRE IRMÃOS
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 7 – É DEUS QUE DÁ O CRESCIMENTO
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
PRELEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOSPRELEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
PRELEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
PROJEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOSPROJEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
PROJEÇÃO_LIÇÃO 6 - A IMATURIDADE ESPIRITUAL DOS CORÍNTIOS
 
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULOPROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
 
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULOPRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 5 - O CARÁTER DA PREGAÇÃO DE PAULO
 
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINAPROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
PROJEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
 
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINAPRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
PRELEÇÃO_JOVENS_LIÇÃO 4 - A SABEDORIA DIVINA
 
PROJEÇÃO_JOVENS_LIção 3 - Divisões na Igreja
PROJEÇÃO_JOVENS_LIção 3 - Divisões na IgrejaPROJEÇÃO_JOVENS_LIção 3 - Divisões na Igreja
PROJEÇÃO_JOVENS_LIção 3 - Divisões na Igreja
 
PRELEÇÃO_JOVENS_Lição 3 - Divisões na Igreja
PRELEÇÃO_JOVENS_Lição 3 - Divisões na IgrejaPRELEÇÃO_JOVENS_Lição 3 - Divisões na Igreja
PRELEÇÃO_JOVENS_Lição 3 - Divisões na Igreja
 
Preleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Preleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de CorintoPreleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Preleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
 
Projeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Projeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de CorintoProjeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Projeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
 
2021 2 tri_lbj_licao_1_prelecao
2021 2 tri_lbj_licao_1_prelecao2021 2 tri_lbj_licao_1_prelecao
2021 2 tri_lbj_licao_1_prelecao
 

Último

VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º BimestreProfaCintiaDosSantos
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 

Último (20)

VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 

LBJ LIÇÃO 10 - Os perigos e as oportunidades das redes sociais

  • 1.
  • 2.
  • 3. TEXTO DO DIA "Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai." (Fp 4.8)
  • 4. SÍNTESE As redes sociais podem servir como bênção ou maldição na vida do crente.
  • 5. LEITURA BÍBLICA 1 Tessalonicenses 1.6-10 Filipenses 4.8
  • 6. 1 Tessalonicenses 1 6 E vós fostes feitos nossos imitadores e do Senhor, recebendo a palavra em muita tribulação, com gozo do Espírito Santo, 7 de maneira que fostes exemplo para todos os fiéis na Macedônia e Acaia. 8 Porque por vós soou a palavra do Senhor, não somente na Macedônia e Acaia, mas também em todos os lugares a vossa fé para com Deus se espalhou, de tal maneira que já dela não temos necessidade de falar coisa alguma; 9 porque eles mesmos anunciam de nós qual a entrada que tivemos para convosco, e como dos ídolos vos convertestes a Deus, para servir ao Deus vivo e verdadeiro 10 e esperar dos céus a seu Filho, a quem ressuscitou dos mortos, a saber, Jesus, que nos livra da ira futura.
  • 7. Filipenses 4 8 Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.
  • 8. • As novas plataformas de comunicação e interação online são o ponto alto da cultural digital neste início do Século XXI. • Pesquisas indicam que pelo menos 70% dos usuários da internet usam algum tipo de rede social. • Os sites de mídia social podem ser usados para o bem ou para o mal. • Perigos, mas também oportunidades de testemunho cristão. INTRODUÇÃO
  • 9. I - O FENÔMENO DAS REDES SOCIAIS E SEUS BENEFÍCIOS
  • 10. • Nos últimos anos, as redes sociais se transformaram na principal forma de comunicação e troca de informações entre as pessoas. • Sites e aplicativos como Facebook, Twitter, Snapchat e Google+ são tão utilizadas que em alguns círculos é quase incompreensível uma pessoa não possuir uma conta em pelo menos um desses canais. • Quem não têm WhatsApp, então, é quase considerado um ser de outro planeta! 1. A explosão das redes sociais
  • 11. • Usadas de maneira correta e com sabedoria, as mídias sociais podem proporcionar vários benefícios: • Manter contato com amigos e parentes; • criar uma rede de contato profissional; • atualizar-se com informações e notícias do dia a dia; • adquirir conhecimento; • produzir conteúdo; • divulgar ideias. • Estes são alguns dos exemplos de como tais plataformas digitais podem servir como bênção para a vida das pessoas. 2. Os benefícios das redes sociais
  • 12. Pense Quando a rede é lançada na direção determinada pelo Mestre, o resultado sempre é positivo.
  • 13. Ponto Importante Usadas de maneira correta e com sabedoria, as mídias sociais podem proporcionar vários benefícios.
  • 14. II - OS PERIGOS DAS REDES SOCIAIS
  • 15. • O vício no uso das redes sociais é uma realidade e tem prejudicado a vida de milhares de jovens e adolescentes da "geração ponto-com". • A utilização por horas ininterruptas da internet é um claro sinal de tal compulsão digital. • Sintomas de dependência: desinteresse pelas demais atividades da vida real e sensação de ansiedade e angústia quando não estão conectadas, em momento de abstinência. • Isso se chama nomofobia! Caso esteja acontecendo com você, é hora de buscar ajuda para libertar-se desse vício! 1. Vício digital
  • 16. • Graças ao poder de interatividade das mídias sociais, há quem passe horas e mais horas conectado (dia, noite e madrugada). Isso resulta em: • ociosidade, • Atrasos; • pouco (ou quase nenhum) tempo para estudos; • interação com as pessoas do mundo real; • Entre outras atividades importantes e necessárias. • Há tempo para todas as coisas debaixo do céu (Ec 3.1), inclusive tempo de estar conectado e tempo de estar desconectado das mídias sociais. 2. Uso inadequado do tempo
  • 17. • As mídias sociais também abrem várias possibilidades de acesso à pornografia e conteúdos imorais que aguçam a concupiscência. • As facilidades tecnológicas popularizaram ainda mais a pornografia, inclusive no meio cristão (Instituto Barna). • Davi caiu em um momento de descuido em sua vida, que o levou ao adultério (2 Sm 11.1,2). • Cuidado com as páginas acessadas, mantenha sua integridade moral e espiritual. (1 Co 10.23). • Seja fiel a Deus, ainda que as pessoas não estejam vendo o que você faz! 3. Pornografia na rede
  • 18. • A exposição exagerada é outro perigo real na utilização das mídias sociais. • O compartilhamento indiscriminado e impulsivo de opiniões, imagens e acontecimentos da vida particular expõe indevidamente a imagem de alguém. • Em muitos casos, essa busca de "curtidas" representa certa fuga da realidade e desejo de aprovação social. • A melhor maneira de exposição do crente na sociedade é por meio do brilho de Cristo (Fp 2.15). 4. Perigo da superexposição
  • 19. • Na maior parte das vezes, os "amigos" das redes sociais não são verdadeiros amigos. • Não raro, as amizades são instantâneas e descartáveis. • O amigo real é aquele que é mais chegado que irmão (Pv 18.24). 5. Amizades instantâneas e descartáveis
  • 20. Pense Desconecte-se do mundo virtual e redescubra a alegria de estar fisicamente com amigos e familiares.
  • 21. Ponto Importante Se você não tem mais tempo para orar e desfrutar de períodos devocionais com o Senhor, em virtude do tempo gasto na internet, então, parafraseando Marcos 1.18, é necessário deixar as redes sociais para estar com Jesus!
  • 22. III - USANDO AS REDES SOCIAIS PARA A GLÓRIA DE DEUS
  • 23. • O cristã deve fazer tudo para glória de Deus (1Co 10.31). • inclusive as coisas mais simples e rotineiras, como acessar a internet. • Para saber se está usando adequadamente tais mídias pergunte a si mesmo (Fp 4.8): • O que estou fazendo é verdadeiro? • É honesto? • É justo? • É puro? • É amável? É de boa fama? • Há alguma virtude? • Deus está sendo louvado? 1. Glorificando a Deus em tudo
  • 24. • As Escrituras afirmam que as pessoas davam bom testemunho de Timóteo (At 16.1,2). • Por serem imitadores de Paulo, os tessalonicenses foram exemplos dos fiéis na Macedônia e Acaia (1 Ts 1.6-8). • Quem utiliza o ambiente virtual é avaliado, seja por meio das palavras ou imagens que posta, e pelo modo como interage com os outros. Recomenda-se, entre outras ações: • Evitar discussões inúteis, • Proceder com respeito e cordialidade com aqueles que pensam diferente; e • Produzir conteúdo de qualidade. 2. Testemunho no mundo virtual.
  • 25. • As redes sociais são ambientes propícios para a evangelização (Mc 16.15). • Nesse ambiente, é importante ter criatividade e usar pontos de contato para atrair a atenção dos descrentes, assim como Paulo fez no Areópago (At 17.23). • Para tanto, não confundir evangelismo com proselitismo religioso. • O evangelismo genuíno é realizado com amor e humildade, a fim de oferecer a salvação proporcionada por Cristo. • Tomar cuidado para não ser radical e repulsivo. 3. Evangelização nas redes
  • 26. Pense Considerando que Deus é o ser mais criativo do universo, os cristãos deveriam estar na vanguarda da criatividade que explora as novas tecnologias de comunicação como meios de propagar ideias, elaborar mensagens e comunicar a verdade" (Terrence Lindvall e Matthew Melton).
  • 27. Ponto Importante Não devemos confundir evangelismo com proselitismo religioso. Enquanto o proselitismo dá ênfase excessiva à religiosidade e à denominação eclesiástica, de forma altiva e às vezes autoritária, o evangelismo genuíno é realizado com amor e humildade, a fim de oferecer a salvação proporcionada por Cristo.
  • 28. 1. A suma do que temos estudado nesta lição é a seguinte: use a internet para glorificar a Deus! 2. Isso ocorrerá se você mantiver a sua identidade cristã no mundo virtual, sem desprezar as atividades da vida real. 3. Usemos as mídias sociais com sabedoria e equilíbrio! CONSIDERAÇÕES FINAIS
  • 29. LIÇÕES BÍBLICAS JOVENS. Seguidores de Cristo: testemunhando uma sociedade em ruinas. 4º Trim., Edição Professor, Rio de Janeiro, CPAD, 2017. MCDOWELL, Josh. A Verdade Nua e Crua: Amor, sexo e relacionamento. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2011 NASCIMENTO, Valmir. Seguidores de Cristo: testemunhando uma sociedade em ruinas. Rio de Janeiro: CPAD, 2017. RICHARDS, Lawrence O. Guia do Leitor da Bíblia: Uma análise de Gênesis a Apocalipse capítulo por capítulo. 10ª ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2012. REFERÊNCIAS
  • 30. RICHARDS, Lawrence. Comentário Histórico-Cultural do Novo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2007. ROSS, Michael. Cresci e agora? 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2013 ZUCK, Roy B (ed.). Teologia do Novo Testamento. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2008 REFERÊNCIAS
  • 31. Pr. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br Facebook: www.facebook.com/natalino.neves Contatos: natalino6612@gmail.com (41) 98409 8094 (TIM)