O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

LBA LIÇÃO 9 - ÉTICA CRISTÃ E PLANEJAMENTO FAMILIAR

944 visualizações

Publicada em

Subsídios para lições bíblicas da CPAD elaborados pelo Pastor Natalino das Neves (IEADC-Sede).
Assista aos demais vídeos com estudos bíblicos e baixe os arquivos de slides referentes aos vídeos no blog:
http://goo.gl/PPDRnr

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

LBA LIÇÃO 9 - ÉTICA CRISTÃ E PLANEJAMENTO FAMILIAR

  1. 1. LIÇÃO 9 ÉTICA CRISTÃ E PLANEJAMENTO FAMILIAR I – CONCEITO GERAL DE PLANEJAMENTO FAMILIAR II – O QUE AS ESCRITURAS DIZEM SOBRE O PLANEJAMENTO FAMILIAR III – ÉTICA CRISTÃ E O LIMITE DO NÚMERO DE FILHOS
  2. 2. TEXTO ÁUREO “Eis que os filhos são herança do SENHOR, e o fruto do ventre, o seu galardão.” (Sl 127.3)
  3. 3. VERDADE PRÁTICA Gerar filhos, ou não, não é só uma questão de planejamento familiar, mas um encargo que abrange a obediência aos desígnios divinos para a família.
  4. 4. Gênesis 1.24-31 24 – E disse Deus: Produza a terra alma vivente conforme a sua espécie; gado, e répteis, e bestas-feras da terra conforme a sua espécie. E assim foi. 25 – E fez Deus as bestas-feras da terra conforme a sua espécie, e o gado conforme a sua espécie, e todo o réptil da terra conforme a sua espécie. E viu Deus que era bom. 26 – E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se move sobre a terra. 27 – E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou. 28 – E Deus os abençoou e Deus lhes disse: Frutificai, e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra. 29 – E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda erva que dá semente e que está sobre a face de toda a terra e toda árvore em que há fruto de árvore que dá semente; ser-vos-ão para mantimento. 30 – E a todo animal da terra, e a toda ave dos céus, e a todo réptil da terra, em que há alma vivente, toda a erva verde lhes será para mantimento. E assim foi. 31 – E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã: o dia sexto.
  5. 5. • O casamento, no plano divino, pressupõe o nascimento de filhos. • Nele, estão inseridos a criação dos filhos, o sustento deles e todo o cuidado indispensável para o desenvolvimento humano. • Por isso, o casal deve fazer um planejamento familiar, tendo como referência a Palavra de Deus. INTRODUÇÃO
  6. 6. PONTO CENTRAL O planejamento familiar é imprescindível para uma família funcional.
  7. 7. I – CONCEITO GERAL DE PLANEJAMENTO FAMILIAR
  8. 8. • O controle de natalidade é o procedimento de políticas demográficas com o objetivo de diminuir ou até mesmo impedir o nascimento de crianças. • Medidas adotadas por governos totalitários para refrear o aumento da população de um país. • Para atingir objetivos políticos e sociais, por ordem do Estado o número de filhos é limitado à revelia da vontade dos pais. AP – Como você se sentiria se morasse em um pais assim, e não pudesse planejar sua própria família? 1. Controle de natalidade
  9. 9. • O planejamento familiar tem por finalidade instituir uma paternidade-maternidade responsável. • Decisão voluntária e sensata dos pais quanto ao número de filhos para criar com dignidade. • No planejamento familiar fatores diversos são analisados, tais como: • a saúde dos pais; • as condições da família (renda, moradia, alimentação); • o tempo entre uma e outra gestação. • Orientação divina e bom senso (Rm 14.21-23). 2. Planejamento familiar
  10. 10. II – O QUE AS ESCRITURAS DIZEM SOBRE O PLANEJAMENTO FAMILIAR
  11. 11. O planejamento familiar, desde que não seja feito por meio de aborto e meios abortivos, não contraria a Palavra de Deus. Introdução ao tópico
  12. 12. • “Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra” (Gn 1.28; Gn 9.1). Ordem que aparece na narrativa da criação e depois do dilúvio. • Não existe uma determinação do total de filhos. Evidente que diante da situação da época, quanto mais filhos, mais condições de trabalho a família tinha. • Evidente, que atualmente as condições são diferentes. 1. A família e a procriação da espécie
  13. 13. • Na Antiga Aliança a fertilidade era vista como uma dádiva (Sl 127.3) e ter muitos filhos era sinal de benevolência do Altíssimo e sinônimo de felicidade (Sl 127.5). • A esterilidade era motivo de discriminação (1 Sm 1.6,7), provocava desavenças (Gn 30.1,2) e era vista como vergonha (Gn 30.23). 2. O planejamento familiar no Antigo Testamento
  14. 14. • Narrativas de esterilidade das mulheres dos patriarcas: • Sara concebeu na velhice e gerou apenas um filho: Isaque (Gn 21.2); • Durante 20 anos, Isaque orou pelo ventre de Rebeca e ela gerou dois filhos: Jacó e Esaú (Gn 25.21); • Raquel, esposa de Jacó, após anos de espera, concebeu apenas dois filhos: José e Benjamim (Gn 35.24). • Estas narrativas demonstram o poder da intervenção divina na formação destas famílias. 2. O planejamento familiar no Antigo Testamento
  15. 15. • Na Nova Aliança a fertilidade também é exaltada. • Palavras do anjo a Maria: “Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres” (Lc 1.28). • Maria, após o nascimento de Jesus, gerou ao menos quatro filhos e duas filhas (Mt 13.55,56), enquanto sua prima teve um único filho, João Batista (Lc 1.59-60). • Diferença no fator de multiplicação de uma casa para outra. • Provavelmente a idade de Isabel seria um fator de complicação para novos partos. 3. O planejamento familiar no Novo Testamento
  16. 16. III – ÉTICA CRISTÃ E O LIMITE DO NÚMERO DE FILHOS
  17. 17. • Quem se opõe ao planejamento familiar considera a limitação do número dos filhos uma desobediência ao mandamento de procriação (Gn 1.28). • A realidade no início da humanidade é bem diferente da situação atual, é preciso coerência. • O casal é livre para definir ter filhos ou não. No entanto, deve prevalecer o bom senso. 1. A questão do fator de multiplicação
  18. 18. • Planejar não é pecado e nem desconfiança da vontade de Deus. Cristo destacou a importância do planejamento (Lc 14.28-32). • A Bíblia aconselha consultar a vontade de Deus ao planejar (Tg 1.5; 4.2,3; 4.13-15; 1 Jo 5.14). • Na atualidade existem vários casais que não querem ter filhos por vários motivos (alteração do corpo da mulher e o medo da responsabilidade de ser pai e/ou mãe, entre outros) 2. A questão ética no planejamento familiar
  19. 19. • Postergar o nascimento dos filhos até que se tenha melhores condições; limitar o número dos filhos; espaçar o tempo de nascimento entre um e outro também é cuidar bem da família (1 Tm 5.8). 2. A questão ética no planejamento familiar
  20. 20. Hoje aprendemos que: 1. Planejamento familiar não é controle de natalidade, mas é a paternidade-maternidade responsável. 2. O planejamento familiar não contraria as Escrituras Sagradas. 3. O planejamento familiar é uma questão ética que precisa ser analisada a luz da Palavra de Deus e discutida pela Igreja. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  21. 21. REFERÊNCIAS ANDRADE, Claudionor de. As Novas Fronteiras da Ética Cristã. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2017 ARRINGTON, French L; ARRINGTON e STRONSTAD, Roger (Ed). Comentário Bíblico Pentecostal. 4ª ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2006. Bíblia de Estudo Pentecostal. Rio de Janeiro: CPAD, 1995. Comentário do Novo Testamento Aplicação Pessoal. Rio de Janeiro: CPAD, 2010. HOLMES, Arthur F. Ética: As decisões morais à luz da Bíblia. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2000. LIÇÕES BÍBLICAS DE ADULTOS. Valores Cristãos: enfrentando as questões morais de nosso tempo. 2 Tri. 2018. Rio de Janeiro: CPAD, 2018.
  22. 22. REFERÊNCIAS LIMA, Elinaldo Renovato de. Ética Cristã: Confrontando as questões morais do nosso tempo. Rio de Janeiro: CPAD, 2002. MCDOWELL, Josh; DAVIS, Erin. Verdade Nua & Crua: Amor, sexo e relacionamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2011.
  23. 23. Pr. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br Facebook: natalino das neves e natalino das neves II Contatos: natalino6612@gmail.com natalino.neves@ig.com.br natalinoneves@yahoo.com.br (41) 98409 8094 (WHATSAPP/TIM)

×