SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Paixão, Morte e
Ressurreição de
Jesus Cristo
O Mistério Pascal
O Mistério pascal de Jesus, que compreende a sua paixão, morte,
ressurreição e glorificação, está no centro da fé cristã, porque o
desígnio salvífico de Deus se realizou uma vez por todas com a morte
redentora do seu Filho, Jesus Cristo.
(CCCE 112)

A PAIXÃO DE CRISTO
Razões da condenação


    Lei de Moisés                Templo de Jerusalém




                    Unicidade de Deus
A paixão e a morte de Jesus não podem ser imputadas
indistintamente nem a todos os judeus então vivos, nem aos outros
judeus que depois viveram no tempo e no espaço. Cada pecador, isto
é, cada homem, é realmente causa e instrumento dos sofrimentos do
Redentor, e culpa maior têm aqueles, sobretudo se são cristãos, que
mais frequentemente caem no pecado ou se deleitam nos vícios.
(CCCE 117)

A MORTE DE CRISTO
Sacerdote, Altar e Cordeiro

•ofende a Deus
                             Mas Jesus…   •reparada a ofensa
•mancha o homem                           •apagada a culpa
•contrai uma dívida   •ofereceu-se        •perdoada a pena
•priva do céu         •satisfez            temporal
•subjuga ao diabo     •expiou             •o céu aberto
                      •mereceu            •liberto do diabo
                      •resgatou
                                                  Para o
        O pecado…
                                                Homem ter…
Embora seja um acontecimento histórico, constatável e atestado
através dos sinais e testemunhos, a Ressurreição, enquanto entrada
da humanidade de Cristo na glória de Deus, transcende e supera a
história, como mistério da fé. Por este motivo, Cristo ressuscitado
não se manifestou ao mundo, mas aos seus discípulos, fazendo deles
as suas testemunhas junto do povo.
(CCCE 128)

A RESSURREIÇÃO DE CRISTO
Os sinais da Ressurreição


                                                        Aparição a
                                                           mais de
               Testemunho     Testemunho   Testemunho
Túmulo vazio                                            quinhentos
               das mulheres     de Pedro    dos Doze
                                                         irmãos de
                                                        uma só vez
Obrigado
 @narajr

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Questionario Lição 07 - A ordenança do batismo em águas
Questionario Lição 07 - A ordenança do batismo em águasQuestionario Lição 07 - A ordenança do batismo em águas
Questionario Lição 07 - A ordenança do batismo em águasÉder Tomé
 
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósLição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósÉder Tomé
 
Departamento infantil
Departamento infantilDepartamento infantil
Departamento infantilPriscla Silva
 
Exposição sobre o credo
Exposição sobre o credoExposição sobre o credo
Exposição sobre o credoStuart Linhares
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneMárcio Martins
 
Curso de batismo
Curso de batismoCurso de batismo
Curso de batismoMelonita
 
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo JesusLição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo JesusÉder Tomé
 
Catequese "O Credo" parte por parte
Catequese "O Credo" parte por parteCatequese "O Credo" parte por parte
Catequese "O Credo" parte por parteJose Luis Beneli
 
Apostila Para O Ministério Infantil na Igreja
Apostila Para O Ministério Infantil na IgrejaApostila Para O Ministério Infantil na Igreja
Apostila Para O Ministério Infantil na IgrejaAlexandre Santos
 
Honrando ao senhor com as primícias
Honrando ao senhor com as primíciasHonrando ao senhor com as primícias
Honrando ao senhor com as primíciasLuciano Pedroza
 
Lição 14 - O Milenio
Lição 14 - O MilenioLição 14 - O Milenio
Lição 14 - O MilenioSergio Silva
 
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualLição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualÉder Tomé
 

Mais procurados (20)

Questionario Lição 07 - A ordenança do batismo em águas
Questionario Lição 07 - A ordenança do batismo em águasQuestionario Lição 07 - A ordenança do batismo em águas
Questionario Lição 07 - A ordenança do batismo em águas
 
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósLição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
 
Departamento infantil
Departamento infantilDepartamento infantil
Departamento infantil
 
Exposição sobre o credo
Exposição sobre o credoExposição sobre o credo
Exposição sobre o credo
 
Milagres de jesus
Milagres de jesusMilagres de jesus
Milagres de jesus
 
QUEM É O ESPIRITO SANTO
QUEM É O ESPIRITO SANTOQUEM É O ESPIRITO SANTO
QUEM É O ESPIRITO SANTO
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da Carne
 
Curso de batismo
Curso de batismoCurso de batismo
Curso de batismo
 
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo JesusLição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
Lição 6 - A grande e perfeita salvação de Cristo Jesus
 
Hermeneutica bíblica
Hermeneutica bíblicaHermeneutica bíblica
Hermeneutica bíblica
 
Batismo nas águas
Batismo nas águasBatismo nas águas
Batismo nas águas
 
Catequese "O Credo" parte por parte
Catequese "O Credo" parte por parteCatequese "O Credo" parte por parte
Catequese "O Credo" parte por parte
 
Lição 12 a morte de jesus
Lição 12 a morte de jesusLição 12 a morte de jesus
Lição 12 a morte de jesus
 
Slides panorama do velho testamento 2
Slides   panorama do velho testamento 2Slides   panorama do velho testamento 2
Slides panorama do velho testamento 2
 
Paracletologia
ParacletologiaParacletologia
Paracletologia
 
Apostila Para O Ministério Infantil na Igreja
Apostila Para O Ministério Infantil na IgrejaApostila Para O Ministério Infantil na Igreja
Apostila Para O Ministério Infantil na Igreja
 
Honrando ao senhor com as primícias
Honrando ao senhor com as primíciasHonrando ao senhor com as primícias
Honrando ao senhor com as primícias
 
Lição 14 - O Milenio
Lição 14 - O MilenioLição 14 - O Milenio
Lição 14 - O Milenio
 
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualLição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
 
A Revelação Divina
A Revelação DivinaA Revelação Divina
A Revelação Divina
 

Destaque

Projeto auto da paixão de cristo em olímpia
Projeto auto da paixão de cristo em olímpiaProjeto auto da paixão de cristo em olímpia
Projeto auto da paixão de cristo em olímpiaSuelen Najara de Mello
 
Projeto páscoa com cristo
Projeto páscoa com cristoProjeto páscoa com cristo
Projeto páscoa com cristoManoel Júnior
 
(2) paixão de cristo
(2) paixão de cristo(2) paixão de cristo
(2) paixão de cristoboasnovas
 
Apresentação do Projeto Via Sacra Contemporânea
Apresentação do Projeto Via Sacra ContemporâneaApresentação do Projeto Via Sacra Contemporânea
Apresentação do Projeto Via Sacra Contemporâneaanderson monstrinho
 
Encontro 18 jesus cristo - paixão e morte - exercício
Encontro 18   jesus cristo - paixão e morte - exercícioEncontro 18   jesus cristo - paixão e morte - exercício
Encontro 18 jesus cristo - paixão e morte - exercíciorodrigobcaldas
 
Projeto páscoa cmei2009 s imone drumond
Projeto páscoa cmei2009 s imone drumondProjeto páscoa cmei2009 s imone drumond
Projeto páscoa cmei2009 s imone drumondSimoneHelenDrumond
 
Projeto páscoa feliz
Projeto páscoa felizProjeto páscoa feliz
Projeto páscoa felizjuviane
 
9. Vida, Morte e Ressurreição de Cristo
9. Vida, Morte e Ressurreição de Cristo9. Vida, Morte e Ressurreição de Cristo
9. Vida, Morte e Ressurreição de CristoIASD Asa Norte
 
Planejamento de páscoa
Planejamento de páscoaPlanejamento de páscoa
Planejamento de páscoakekinhaborges
 
Paixão de Cristo em Nova Jerusalem - PE com a CHECK-IN Viagens e Turismo
Paixão de Cristo em Nova Jerusalem - PE com a CHECK-IN Viagens e TurismoPaixão de Cristo em Nova Jerusalem - PE com a CHECK-IN Viagens e Turismo
Paixão de Cristo em Nova Jerusalem - PE com a CHECK-IN Viagens e Turismocheck-inphb
 
Jesus, Cristo e o desafio das missões
Jesus, Cristo e o desafio das missõesJesus, Cristo e o desafio das missões
Jesus, Cristo e o desafio das missõesLeandro Nazareth Souto
 
A Morte De Jesus
A Morte De JesusA Morte De Jesus
A Morte De Jesusguest461a6a
 
História do Nascimento de Jesus
História do Nascimento de JesusHistória do Nascimento de Jesus
História do Nascimento de JesusIsabel Martins
 
Planejamento páscoa simone helen drumond
Planejamento páscoa simone helen drumondPlanejamento páscoa simone helen drumond
Planejamento páscoa simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 

Destaque (20)

Projeto auto da paixão de cristo em olímpia
Projeto auto da paixão de cristo em olímpiaProjeto auto da paixão de cristo em olímpia
Projeto auto da paixão de cristo em olímpia
 
Projeto páscoa com cristo
Projeto páscoa com cristoProjeto páscoa com cristo
Projeto páscoa com cristo
 
(2) paixão de cristo
(2) paixão de cristo(2) paixão de cristo
(2) paixão de cristo
 
Apresentação do Projeto Via Sacra Contemporânea
Apresentação do Projeto Via Sacra ContemporâneaApresentação do Projeto Via Sacra Contemporânea
Apresentação do Projeto Via Sacra Contemporânea
 
A paixão-de-cristo
A paixão-de-cristoA paixão-de-cristo
A paixão-de-cristo
 
Encontro 18 jesus cristo - paixão e morte - exercício
Encontro 18   jesus cristo - paixão e morte - exercícioEncontro 18   jesus cristo - paixão e morte - exercício
Encontro 18 jesus cristo - paixão e morte - exercício
 
Projeto Páscoa da Amizade.
Projeto Páscoa da Amizade.Projeto Páscoa da Amizade.
Projeto Páscoa da Amizade.
 
Projeto páscoa cmei2009 s imone drumond
Projeto páscoa cmei2009 s imone drumondProjeto páscoa cmei2009 s imone drumond
Projeto páscoa cmei2009 s imone drumond
 
Projeto páscoa feliz
Projeto páscoa felizProjeto páscoa feliz
Projeto páscoa feliz
 
9. Vida, Morte e Ressurreição de Cristo
9. Vida, Morte e Ressurreição de Cristo9. Vida, Morte e Ressurreição de Cristo
9. Vida, Morte e Ressurreição de Cristo
 
Planejamento de páscoa
Planejamento de páscoaPlanejamento de páscoa
Planejamento de páscoa
 
Paixão de Cristo em Nova Jerusalem - PE com a CHECK-IN Viagens e Turismo
Paixão de Cristo em Nova Jerusalem - PE com a CHECK-IN Viagens e TurismoPaixão de Cristo em Nova Jerusalem - PE com a CHECK-IN Viagens e Turismo
Paixão de Cristo em Nova Jerusalem - PE com a CHECK-IN Viagens e Turismo
 
Jesus, Cristo e o desafio das missões
Jesus, Cristo e o desafio das missõesJesus, Cristo e o desafio das missões
Jesus, Cristo e o desafio das missões
 
Jesus
JesusJesus
Jesus
 
A Morte De Jesus
A Morte De JesusA Morte De Jesus
A Morte De Jesus
 
LIÇÃO 12 - A MORTE DE JESUS
LIÇÃO 12 - A MORTE DE JESUSLIÇÃO 12 - A MORTE DE JESUS
LIÇÃO 12 - A MORTE DE JESUS
 
Biografia de Jesus Cristo
Biografia de Jesus CristoBiografia de Jesus Cristo
Biografia de Jesus Cristo
 
História do Nascimento de Jesus
História do Nascimento de JesusHistória do Nascimento de Jesus
História do Nascimento de Jesus
 
Planejamento páscoa simone helen drumond
Planejamento páscoa simone helen drumondPlanejamento páscoa simone helen drumond
Planejamento páscoa simone helen drumond
 
Quem é jesus power point
Quem é jesus power pointQuem é jesus power point
Quem é jesus power point
 

Semelhante a O Mistério Pascal de Jesus Cristo

Boletim 154 (08 04-2012) - igreja vitória
Boletim 154 (08 04-2012) - igreja vitóriaBoletim 154 (08 04-2012) - igreja vitória
Boletim 154 (08 04-2012) - igreja vitóriaLucas Guimarães
 
Boletim 154 (08 04-2012) - igreja vitória
Boletim 154 (08 04-2012) - igreja vitóriaBoletim 154 (08 04-2012) - igreja vitória
Boletim 154 (08 04-2012) - igreja vitóriaLucas Guimarães
 
A razão da existência do adventismo
A razão da existência do adventismoA razão da existência do adventismo
A razão da existência do adventismoEduardo Sousa Gomes
 
17 desceu à mansão dos mortos e ressuscitou
17 desceu à mansão dos mortos e ressuscitou17 desceu à mansão dos mortos e ressuscitou
17 desceu à mansão dos mortos e ressuscitouJMVSobreiro
 
Desceu à mansão dos mortos e ressuscitou ao terceiro dia
Desceu à mansão dos mortos e ressuscitou ao terceiro diaDesceu à mansão dos mortos e ressuscitou ao terceiro dia
Desceu à mansão dos mortos e ressuscitou ao terceiro diaJMVSobreiro
 
Os sacramentos da igreja - Aula 07
Os sacramentos da igreja - Aula 07Os sacramentos da igreja - Aula 07
Os sacramentos da igreja - Aula 07Rubens Júnior
 
2021 2º trimestre jovem - lição 04
2021   2º trimestre jovem - lição 042021   2º trimestre jovem - lição 04
2021 2º trimestre jovem - lição 04Joel Silva
 
Imaculada conceição e assunçáo
Imaculada conceição e assunçáoImaculada conceição e assunçáo
Imaculada conceição e assunçáoAfonso Murad (FAJE)
 
Artigo 2 - louvor manchado - MD Ed. 50
Artigo 2 - louvor manchado - MD Ed. 50Artigo 2 - louvor manchado - MD Ed. 50
Artigo 2 - louvor manchado - MD Ed. 50Társis Iraídes
 
Os portais de acesso as leis espirituais ao trono de deus
Os portais de acesso as leis espirituais ao trono de deusOs portais de acesso as leis espirituais ao trono de deus
Os portais de acesso as leis espirituais ao trono de deusAntonio Ferreira
 
Os portais de acesso as leis espirituais ao trono de deus
Os portais de acesso as leis espirituais ao trono de deusOs portais de acesso as leis espirituais ao trono de deus
Os portais de acesso as leis espirituais ao trono de deusAntonio Ferreira
 
❉ Respostas_1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
❉ Respostas_1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR❉ Respostas_1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
❉ Respostas_1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGRGerson G. Ramos
 
Lição 6 a igreja e a obra missionária
Lição 6 a igreja e a obra missionáriaLição 6 a igreja e a obra missionária
Lição 6 a igreja e a obra missionáriaAdriana Cunha
 
Deus requer santificação aos cristãos 36
Deus requer santificação aos cristãos 36Deus requer santificação aos cristãos 36
Deus requer santificação aos cristãos 36Silvio Dutra
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoErberson Pinheiro
 

Semelhante a O Mistério Pascal de Jesus Cristo (20)

Jesus cristo para além da história
Jesus cristo para além da históriaJesus cristo para além da história
Jesus cristo para além da história
 
Boletim 154 (08 04-2012) - igreja vitória
Boletim 154 (08 04-2012) - igreja vitóriaBoletim 154 (08 04-2012) - igreja vitória
Boletim 154 (08 04-2012) - igreja vitória
 
Boletim 154 (08 04-2012) - igreja vitória
Boletim 154 (08 04-2012) - igreja vitóriaBoletim 154 (08 04-2012) - igreja vitória
Boletim 154 (08 04-2012) - igreja vitória
 
A razão da existência do adventismo
A razão da existência do adventismoA razão da existência do adventismo
A razão da existência do adventismo
 
17 desceu à mansão dos mortos e ressuscitou
17 desceu à mansão dos mortos e ressuscitou17 desceu à mansão dos mortos e ressuscitou
17 desceu à mansão dos mortos e ressuscitou
 
Desceu à mansão dos mortos e ressuscitou ao terceiro dia
Desceu à mansão dos mortos e ressuscitou ao terceiro diaDesceu à mansão dos mortos e ressuscitou ao terceiro dia
Desceu à mansão dos mortos e ressuscitou ao terceiro dia
 
Os sacramentos da igreja - Aula 07
Os sacramentos da igreja - Aula 07Os sacramentos da igreja - Aula 07
Os sacramentos da igreja - Aula 07
 
2021 2º trimestre jovem - lição 04
2021   2º trimestre jovem - lição 042021   2º trimestre jovem - lição 04
2021 2º trimestre jovem - lição 04
 
Imaculada conceição e assunçáo
Imaculada conceição e assunçáoImaculada conceição e assunçáo
Imaculada conceição e assunçáo
 
Deus : Nosso Criador e Redentor.
Deus : Nosso Criador e Redentor.Deus : Nosso Criador e Redentor.
Deus : Nosso Criador e Redentor.
 
Artigo 2 - louvor manchado - MD Ed. 50
Artigo 2 - louvor manchado - MD Ed. 50Artigo 2 - louvor manchado - MD Ed. 50
Artigo 2 - louvor manchado - MD Ed. 50
 
Os portais de acesso as leis espirituais ao trono de deus
Os portais de acesso as leis espirituais ao trono de deusOs portais de acesso as leis espirituais ao trono de deus
Os portais de acesso as leis espirituais ao trono de deus
 
Os portais de acesso as leis espirituais ao trono de deus
Os portais de acesso as leis espirituais ao trono de deusOs portais de acesso as leis espirituais ao trono de deus
Os portais de acesso as leis espirituais ao trono de deus
 
Refletindo a cristo (rc) mm
Refletindo a cristo (rc)   mmRefletindo a cristo (rc)   mm
Refletindo a cristo (rc) mm
 
W. nee-a-salvação-da-alma
W. nee-a-salvação-da-almaW. nee-a-salvação-da-alma
W. nee-a-salvação-da-alma
 
❉ Respostas_1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
❉ Respostas_1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR❉ Respostas_1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
❉ Respostas_1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
 
Lição 6 a igreja e a obra missionária
Lição 6 a igreja e a obra missionáriaLição 6 a igreja e a obra missionária
Lição 6 a igreja e a obra missionária
 
Mort e vida
Mort e vidaMort e vida
Mort e vida
 
Deus requer santificação aos cristãos 36
Deus requer santificação aos cristãos 36Deus requer santificação aos cristãos 36
Deus requer santificação aos cristãos 36
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
 

Mais de João Carlos Nara Júnior

Inumação desumana: o enterramento dos pretos novos no Rio de Janeiro
Inumação desumana: o enterramento dos pretos novos no Rio de JaneiroInumação desumana: o enterramento dos pretos novos no Rio de Janeiro
Inumação desumana: o enterramento dos pretos novos no Rio de JaneiroJoão Carlos Nara Júnior
 
Vestígios da memória como vetores da cidade na freguesia de Santa Rita
Vestígios da memória como vetores da cidade na freguesia de Santa RitaVestígios da memória como vetores da cidade na freguesia de Santa Rita
Vestígios da memória como vetores da cidade na freguesia de Santa RitaJoão Carlos Nara Júnior
 
Objetos em disputa, curadoria, restituição e retorno cultural
Objetos em disputa, curadoria, restituição e retorno culturalObjetos em disputa, curadoria, restituição e retorno cultural
Objetos em disputa, curadoria, restituição e retorno culturalJoão Carlos Nara Júnior
 
A matriz da freguesia de santa rita à luz da arqueologia histórica
A matriz da freguesia de santa rita à luz da arqueologia históricaA matriz da freguesia de santa rita à luz da arqueologia histórica
A matriz da freguesia de santa rita à luz da arqueologia históricaJoão Carlos Nara Júnior
 
Primeira igreja rococó da América no Rio de Janeiro
Primeira igreja rococó da América no Rio de JaneiroPrimeira igreja rococó da América no Rio de Janeiro
Primeira igreja rococó da América no Rio de JaneiroJoão Carlos Nara Júnior
 
Ética & Estética: a arte como criadora de âmbitos
Ética & Estética: a arte como criadora de âmbitosÉtica & Estética: a arte como criadora de âmbitos
Ética & Estética: a arte como criadora de âmbitosJoão Carlos Nara Júnior
 
Arquitetura de restaurantes (acessibilidade, sustentabilidade e planejamento)
Arquitetura de restaurantes (acessibilidade, sustentabilidade e planejamento)Arquitetura de restaurantes (acessibilidade, sustentabilidade e planejamento)
Arquitetura de restaurantes (acessibilidade, sustentabilidade e planejamento)João Carlos Nara Júnior
 

Mais de João Carlos Nara Júnior (20)

Inumação desumana: o enterramento dos pretos novos no Rio de Janeiro
Inumação desumana: o enterramento dos pretos novos no Rio de JaneiroInumação desumana: o enterramento dos pretos novos no Rio de Janeiro
Inumação desumana: o enterramento dos pretos novos no Rio de Janeiro
 
Vestígios da memória como vetores da cidade na freguesia de Santa Rita
Vestígios da memória como vetores da cidade na freguesia de Santa RitaVestígios da memória como vetores da cidade na freguesia de Santa Rita
Vestígios da memória como vetores da cidade na freguesia de Santa Rita
 
Arqueologia da persuasão
Arqueologia da persuasãoArqueologia da persuasão
Arqueologia da persuasão
 
Santa rita na paisagem cultural carioca
Santa rita na paisagem cultural cariocaSanta rita na paisagem cultural carioca
Santa rita na paisagem cultural carioca
 
Objetos em disputa, curadoria, restituição e retorno cultural
Objetos em disputa, curadoria, restituição e retorno culturalObjetos em disputa, curadoria, restituição e retorno cultural
Objetos em disputa, curadoria, restituição e retorno cultural
 
A matriz da freguesia de santa rita à luz da arqueologia histórica
A matriz da freguesia de santa rita à luz da arqueologia históricaA matriz da freguesia de santa rita à luz da arqueologia histórica
A matriz da freguesia de santa rita à luz da arqueologia histórica
 
Arte sacra para quem
Arte sacra para quemArte sacra para quem
Arte sacra para quem
 
Primeira igreja rococó da América no Rio de Janeiro
Primeira igreja rococó da América no Rio de JaneiroPrimeira igreja rococó da América no Rio de Janeiro
Primeira igreja rococó da América no Rio de Janeiro
 
Especificidade da moral cristã
Especificidade da moral cristãEspecificidade da moral cristã
Especificidade da moral cristã
 
Comamos e bebamos
Comamos e bebamosComamos e bebamos
Comamos e bebamos
 
Cultura dark
Cultura darkCultura dark
Cultura dark
 
O processo de secularização
O processo de secularizaçãoO processo de secularização
O processo de secularização
 
Quero ver teu rosto
Quero ver teu rostoQuero ver teu rosto
Quero ver teu rosto
 
Ética & Estética: a arte como criadora de âmbitos
Ética & Estética: a arte como criadora de âmbitosÉtica & Estética: a arte como criadora de âmbitos
Ética & Estética: a arte como criadora de âmbitos
 
Casamento, um meeting point
Casamento, um meeting pointCasamento, um meeting point
Casamento, um meeting point
 
Mística sem mistérios
Mística sem mistériosMística sem mistérios
Mística sem mistérios
 
Matrimônio reproposto
Matrimônio repropostoMatrimônio reproposto
Matrimônio reproposto
 
Brainstorming sobre matrimônio
Brainstorming sobre matrimônioBrainstorming sobre matrimônio
Brainstorming sobre matrimônio
 
Família: um meeting point
Família: um meeting pointFamília: um meeting point
Família: um meeting point
 
Arquitetura de restaurantes (acessibilidade, sustentabilidade e planejamento)
Arquitetura de restaurantes (acessibilidade, sustentabilidade e planejamento)Arquitetura de restaurantes (acessibilidade, sustentabilidade e planejamento)
Arquitetura de restaurantes (acessibilidade, sustentabilidade e planejamento)
 

O Mistério Pascal de Jesus Cristo

  • 1. Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo O Mistério Pascal
  • 2. O Mistério pascal de Jesus, que compreende a sua paixão, morte, ressurreição e glorificação, está no centro da fé cristã, porque o desígnio salvífico de Deus se realizou uma vez por todas com a morte redentora do seu Filho, Jesus Cristo. (CCCE 112) A PAIXÃO DE CRISTO
  • 3. Razões da condenação Lei de Moisés Templo de Jerusalém Unicidade de Deus
  • 4. A paixão e a morte de Jesus não podem ser imputadas indistintamente nem a todos os judeus então vivos, nem aos outros judeus que depois viveram no tempo e no espaço. Cada pecador, isto é, cada homem, é realmente causa e instrumento dos sofrimentos do Redentor, e culpa maior têm aqueles, sobretudo se são cristãos, que mais frequentemente caem no pecado ou se deleitam nos vícios. (CCCE 117) A MORTE DE CRISTO
  • 5. Sacerdote, Altar e Cordeiro •ofende a Deus Mas Jesus… •reparada a ofensa •mancha o homem •apagada a culpa •contrai uma dívida •ofereceu-se •perdoada a pena •priva do céu •satisfez temporal •subjuga ao diabo •expiou •o céu aberto •mereceu •liberto do diabo •resgatou Para o O pecado… Homem ter…
  • 6. Embora seja um acontecimento histórico, constatável e atestado através dos sinais e testemunhos, a Ressurreição, enquanto entrada da humanidade de Cristo na glória de Deus, transcende e supera a história, como mistério da fé. Por este motivo, Cristo ressuscitado não se manifestou ao mundo, mas aos seus discípulos, fazendo deles as suas testemunhas junto do povo. (CCCE 128) A RESSURREIÇÃO DE CRISTO
  • 7. Os sinais da Ressurreição Aparição a mais de Testemunho Testemunho Testemunho Túmulo vazio quinhentos das mulheres de Pedro dos Doze irmãos de uma só vez