Grandes navegações

532 visualizações

Publicada em

O que seria do mundo sem a presença européia? Melhor? Pior? Não saberemos, mas o que sabemos foi como tudo isso começou e é o que proponho a mostrar. Mas um aviso: não se trata de uma aula e sim de pontos chaves que podem ou não ter sido falados no ensino médio.

----- Links ------

-> Video: http://youtu.be/aLpM8diU1KE

-> Lenda do Preste João
Texto: http://goo.gl/545np4
Análise: https://goo.gl/oJBLr8

-> Mapa de Giacomo Gastaldi: http://goo.gl/SH4RKM

-> O povo brasileiro (playlist): https://goo.gl/9wLxeY

-> História do Cerco de Lisboa de Saramago (resenha feita por Letras do Pensamento): https://goo.gl/6UXPXn

-> Mensagem de Fernando Pessoa
Livro: http://goo.gl/R4dqH2
UNIVESP TV: https://goo.gl/7b0OGJ

-> A conquista da América vista pelos índios de Miguel Portilla
Playlist: https://goo.gl/VSlxWs
Livro: https://goo.gl/lYsqFU

-> O grande mar de Abulafia: https://goo.gl/Ty2lCj

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
532
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Grandes navegações

  1. 1. Cruzadas Preste João Ouro da Guiné Mar Mediterrâneo Grandes Navegações
  2. 2. CRUZADAS Fortalecimento do Reino e da Igreja Católica Formação do reino de Portugal Fomento do comércio pré-existente
  3. 3. Mar Mediterrâneo Europeus adaptaram-se as mudanças no mar Mediterrâneo Participação mínima portuguesa no Mediterrâneo comparado com as outras Coroas. Tomada de Constantinopla Necessidade de novas rotas mais econômicas Por que? Produção - [DISTRIBUIÇÃO] - Consumo Todo o ganho ficava na atividade de distribuição
  4. 4. Oriente Ocidente Mar Mediterrâneo
  5. 5. Ouro da Guiné A tomada de Ceuta em 1415,foi o ponta pé inicial na exploração da costa africana e avanço pelo Atlântico. Por que Ceuta? Ponto econômico estratégico pois era dali que escoava ouro,marfim e escravos para a Europa. Ouro da Guiné
  6. 6. Litografia (1900). Conquista de Ceuta 1415 Não sofre o peito forte, usado à guerra,
 Não ter amigo já a quem faça dano;
 E assim não tendo a quem vencer na terra,
 Vai cometer as ondas do Oceano.
 Este é o primeiro Rei [D. João I] que se desterra
 Da Pátria, por fazer que o Africano
 Conheça, pelas armas, quanto excede
 A lei de Cristo à lei de Mafamede. 
 Eis mil nadantes aves pelo argento
 Da furiosa Tethys inquieta
 Abrindo as pandas asas vão ao vento,
 Para onde Alcides pôs a extrema meta.
 O monte Abila e o nobre fundamento
 De Ceuta toma, e o torpe Mahometa
 Deita fora, e segura toda Espanha
 Da Juliana, má, e desleal manha. Os lusíadas, canto IV. Camões.
  7. 7. Preste João A lenda do Preste João foi divulgada na Europa no tempo da 1a.cruzada,em finais do séc.XI.A necessidade de aliados favoreceu a crença, entre os cruzados, de que iriam receber o auxílio de um poderosíssimo soberano, vindo da Ásia, e que atacaria o Islão pelas costas (VILHENA, 2001) Detalhe da folha 10 no mapa de Mercator de 1569
  8. 8. Viagens Portuguesas Não há registros das viagens entre 1488 (Bartolomeu dias) e 1498 (Vasco da Gama),então supõem- se que houve viagens secretas que fizeram alterar o Tratado de Tordesilhas e o trajeto percorrido por Vasco da Gama.
  9. 9. Ouro Escravo Especiarias Rota para Índias Ponto para abastecimento
  10. 10. #1 Observação No Oriente,Portugal apropriou-se de pequenos territórios para comercializar; no Ocidente (Brasil) ele teve a necessidade de possuir o território. Assim a ocupação econômica foi diferente nas duas regiões do império português que influenciou sua administração.
  11. 11. Giacomo Gastaldi, 1556.
  12. 12. #2 Observação Nesse momento dos descobrimentos o poder das Coroas Ibéricas é superior que o da Igreja Católica que vira uma espécie de “cartório" pois legaliza as terras encontradas. Século XVI = Coroa > Igreja Século XVII = Coroa < Igreja Século XV = Coroa = Igreja Relação de Poder entre Coroa e Igreja
  13. 13. Representação do Novo Mundo
  14. 14. Martin Waldseemüller. Universalis Cosmographia, 1507.
  15. 15. Lopo Homem-Reinéis. Carta do Brasil, 1519.
  16. 16. Ilustração do livro Mundo Novo de Américo Vespúcio.
  17. 17. Ilustração de Hans Staden, 1557.
  18. 18. Guerra entre indígenas. André Thevet, Singularidades da França Antártica, 1557.
  19. 19. Raminelli pretende mostrar como os estereótipos; bárbaros,gentios, selvagens forjados pelos colonizadores justificavam a intervenção na América, consolidando a conquista e a colonização européia e de como são frágeis para explicar a representação do índio e sua relação com os projetos coloniais.Por esta razão o autor preocupa-se em analisar pontualmente a tradição indígena e sua relação com a colonização.
  20. 20. Indicações História do cerco de Lisboa | José Saramago A conquista da América vista pelos índios | Miguel Portilla O povo brasileiro Mensagem | Fernando Pessoa O grande mar | David Abulafia

×