Trabalho dos eletricistas manobreiros

883 visualizações

Publicada em

RELATÓRIO FINAL TRABALHO DAS COMISSÕES DOS ELETRICISTA DE MANOBRA SUBTERRANEA DA CEB-D.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
883
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho dos eletricistas manobreiros

  1. 1. BOM DIA! ELETRICITARIOSContinuação do trabalho dos grupos das comissões 455 e 456Após o acidente de 15 de Novembro 2012 algumas providencias foram tomadas entre elas aelaboração dos procedimentos de trabalho dos manobreiros da CEB-D para atuação nastarefas diárias dos eletricistas em conformidade com a NR10 e NR 33 essa segunda ainda nãofoi implantada na CEB-D porem já tem um grupo de trabalho para implantação da NR33trabalho em espaço confinado.DESTAQUE:OS PROCEDIMENTOS DE RESGATE DO ELETRICISTA MANOBREIROS EM CASO DE ACIDENTEFoi elaborado por nos manobreiros procedimento par resgatar eletricista acidentadodurante a execução das tarefas diárias, ainda depende de treinamento e compra deequipamentos mais foi um passo decisivo na rotina de trabalho dos manobreiros e o maisimportante:“MESMO ENTRE DOR E LAGRIMAS OS ELETRICISTAS MANOBREIRO SE UNIRAM COM UM SÓPROPOSITO APRIMORAR O SEU TRABALHO, COM SEGURANÇA PARA RETORNAR A SUAFAMILIA SEM LESÕES E VIVOS”Eu acompanhei os amigos de perto logo após o acidente que resultou em perdas, somoshumanos e temos sentimentos os familiares dos manobreiros gostariam que ninguém ficasseneste trabalho arriscado, todos pensamos e se fosse comigo.Mais o dever e a responsabilidade falaram mais alto e tocamos a nossa vida, eu LuizFernando me lembro do primeiro protetor que operei após a morte do Wilson, o coraçãodisparou, mais cada vez mais atento continuamos veio o Alberto e Robleson já somando comDionísio e Raimundão fortaleceram o grupo para continuarmos na batalha.Por outro lado faltando Wilson, Pereira ainda se vai o amigo Edson Pedreira que por motivode Saúde aposentou enfim houve uma grande mudança no curso de nossas vidas porém aunidade foi fortalecida pelas perdas .RELATORIO DASPORTARIAS N°456/2012 - DDConstituir grupo de trabalho – GT para, no âmbito de CEB Distribuição S/A,elaborar documento com os procedimentos ordenados passo-a-passo,
  2. 2. para execução de trabalho nas atividades de intervenção e operação nosistema de rede subterrânea de distribuição de energia elétrica, paracumprir o que estabelece o item 10.11 da Norma Regulamentadora – NR10, do Ministério do Trabalho e Emprego.PORTARIAS N°455/2012 – DDConstituir grupo de trabalho-GT para, no âmbito da CEB distribuição S/A,inventariar as necessidades das equipes de manobra subterrânea, no quese refere a materiais e ferramentas, equipamentos e EPIs.Relação de componentes do Grupo de Trabalho:Amilton Neres Santana Matricula: 3516 GRSE.Antônio Jaime Reis Pinto Matricula: 4605 GRSE.Dionísio Lourenço Neto Matricula: 3862 GRSE.Francisco Antônio Rocha Matricula: 4146 GRSE.Ivan Oliveira Araújo Matricula: 4329 GRSE.Mario de Sousa Bispo Matricula: 4379 GRSE.Milton Ribeiro de Souza Matricula: 4201 GRSE.Raimundo de Araújo Vieira Matricula: 4420 GRSE.Alberto Costa de Sousa Matricula: 5295 GRSE.Luiz Fernando de Castro Matricula: 3711 GRSE.Ozanã Machado de Freitas Matricula: 4572 GRSE.Welder Granjeiro Guedes Matricula: 4598 GRSE.Júlio Cesar Ferreira Matricula: 4580 GRSE.
  3. 3. João Carlos dos Santos Matricula: 4240 GRSE.Francisco Sales de Souza Matricula: 4548 GRSE.Robleson Gualberto Ribeiro Matricula: 5329 GRSE.1° ITEM: CUIDADOS COM A VIATURA DA MANOBRA.. SITUAÇÃO PRECÁRIA DA VIATURA DA MANOBRA RDS GOSTARIAMOS DE TERPARTICIPAÇÃO E ACOMPANHAR O PROCESSO DE COMPRAS DE NOVAS VIATURAS; PROVIDENCIAR JUNTO AO DETRAN CREDENCIAL PARA USO DO HOT LINE BARRASSINALIZADORAS; TEMOS PROBLEMAS NO SETOR COMERCIAL E EM OUTROS PONTOS SEMPRE TEMOSARRISCADO MULTAS OU DEIXAR O ELETRICISTA EXECUTANTE SÓ; FALTA DE MANUTENÇÃO MECANICA; ESPAÇO FÍSICO PARA ACOMODAÇÃO DE FERRAMENTAS; FALTA DE VIATURA RESERVA EQUIPADA; PROBLEMA DE COMUNICAÇÃO COM O CENTRO DE OPERAÇÃO O AUTOTRAC FALHANO MINIMO DUAS VESES POR SEMANA; ILUMINAÇÃO INTERNA DA VIATURA.
  4. 4.  CRIAR PASTA DO MANOBREIRO NA VIATURA COM AS INFORMAÇÕES DE NORMAS EPROCEDIMENTOS, TELEFONES EMERGENCIAIS, ORIENTAÇÕES EM CASO DE ACIDENTE; CHECK LIST DA VIATURA DE MATERIAIS E FERRAMENTAS E ESTADO DA VIATURA NOINICIO E FINAL DE TURNO.2º ITEM: ATUALIZAÇÃO DO SISTEMA DE APOIO DO OPERADOR S.A.O CONFLITO DE INFORMAÇÃO ENTRE O SAO E A SITUAÇÃO REAL DE CAMPO; NUMERAÇÃO INVERTIDA E DIFERENTE DE EQUIPAMENTOS EM CAMPO EXEMPLO ASANORTE; ENDEREÇO CORRETO DE EQUIPAMENTO EM CAMPO;3° ITEM: EXECUÇÃO DE MANOBRAS RDS ACESSO AS ESTAÇÃO TRANSFORMADORAS ABRIGADAS EM EDIFÍCIOS; ENVIO DE COMUNICADO AOS ÓRGÃOS PÚBLICOS E PRIVADOS AUTORIZANDO OACESSO DA VIATURA EM LOCAIS QUE SE FAZ NECESSÁRIO, BEM COMO OS NOMESDOS FUNCIONÁRIOS ENVOLVIDOS; ESTACIONAMENTO NO SETOR COMERCIAL SUL E NORTE E ÁREA CENTRAL DO PLANOPILOTO; CONFECÇÃO DO NOVO LIVRO DE MANOBRAS; CRIAR MACRO ESPECIFICA DE MANOBRA SUBTERRANEA CRIAR MACRO ESPECIFICA DE APR ELETRONICA CRIAR MACRO ESPECIFICA DE CHECK LIST DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS PONTO DE ENTREGA DO BARRAMENTO BUS WAY, JÁ TROCAMOS FUSIVEIS NA CAIXACOFRE. EQUIPAMENTOS DE AT NA AREA INTERNA DEFINIÇÃO SOBRE RESPONSABILIDADE DEOPERAÇÃO. COMO AGIR QUANDO O RESPONSAVÉL PELA MANOBRA NO PED NÃO ESTIVER NOLOCAL.
  5. 5.  HORARIO DE LIBERAÇÃO DE MANOBRA EM FINAL DE SEMANA, NO FIM DE TURNO,VARIAS MANOBRA AO MESMO TEMPO.4º ITEM CAIXAS SUBTERRANEAS A DEFINIÇÃO DE QUEM REALIZARÁ A RETIRADA DOS PINOS E ESGOTAMENTO DEÁGUA SERÁ COM A MANUTENÇÃO OU MANOBREIROS; CIRCUITOS DE AT PASSANDO JUNTO COM CIRCUITOS DE BTNAS CAIXASSUBTERRANEA; FISCALIZAÇÃO DAS EMPRESAS PRINCIPALMENTE DE TELEFONIA QUE UTILIZAMNOSSAS CAIXAS; LIMPEZA E MANUTENÇÃO NO INTERIOR DAS CAIXAS DAS CAIXAS; DEFINIÇÃO DO SISTEMA DE RESGATE SUBTERRANEA PARA ESTAÇÃOTRANSFORMADORA ABRIGADAS EM EDIFICIO TIPO MINISTERIOS, BRASIL XXI, BANCOCENTRAL, BANCO DO BRASIL IV, CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE.5º ITEM SITUAÇÃO DA ESTAÇÕES TRANSFORMADORAS (ETS) CRIAR UM MEIO DE COMUNICAÇÃO MAIS EFICAZ QUE A CDI PARA SOLICITAR SERVIÇODA MANUTENÇÃO; FALTA DE ILUMINAÇÃO MUDAR PARA LED OU TIPO ECONOMICA; FALTA DE GRELHAS (GRADES DE PROTEÇÃO) NAS CANALETAS; EQUIPAMENTOS DESATIVADOS LARGADOS DENTRO DAS ETS; LIMPEZA E MANUTENÇÃO NA PARTE CIVIL;
  6. 6.  MANUTENÇÃO NAS PORTAS E DESOBSTRUÇÃO DOS ACESSOS AS MESMAS; MANUTENÇÃO NOS EXAUSTORES. NOS ACESSOS NOTURNOS A ESTAÇÃO TRANSFORMADORA AO ACENDER AILUMINAÇÃO DEVIDA O RELE DA IP ESTAR NO INTERIOR DA ET, DESLIGA ILUMINAÇÃODA QUADRA CAUSANDO DESCONFORTO AOS CLIENTES.6º ITEM ALGUNS ITENS QUE DIFICULTA A OPERAÇÃO DOSEQUIPAMENTOS FALTA DE MANUTENÇÃO NOS PROTETORES NETWORK; VOLTA DAS MANUTENÇÕESPREVENTIVAS, NO CASO DA QUEIMA DE FUSIVEIS NF E O PROTETOR ESTIVER SEMMANUTENÇÃO SERÁ FEITO CDI PARA A MANUTENÇÃO ANTES DA TROCA DO NF. FALTAS DE RELÊS NOS PROTETORES; MANUTENÇÃO NAS CHAVES OLEOS; EQUIPAMENTOS SEM NUMERAÇÃO NO CAMPO; CADEADOS PARA SINALIZAÇÃO TÊM QUE SER PADRONIZADOSCONFORME OS EQUIPAMENTOS INSTALADOS NO SISTEMA; NA SECCIONADORA ASECO O CADEADO ATUAL NÃO SERVE PARA SINALIZAR ESTA CHAVE.7° ITEM COMUNICAÇÃO CRIAÇÃO DE UM MEIO DE COMUNICAÇÃO EFICIENTE; FALHA CONSTANTE NO AUTOTRACK; DEVIDO A DIFICULDADE DE FALARMOS NO TELEFONE 0800, CRIAÇÃO DE CANAL DECOMUNICAÇÃO DIRETA ENTRE MANOBREIRO E CONTROLADOR NA MESA; VOLTAR A COMUNICAÇÃO DO CENTRO DE OPERAÇÃO DA CEB COM O CORPO DEBOMBEIROS EM SITUAÇÃO EMERGENCIAL;OBS: NO RELATORIO FINAL DAS PORTARIAS 176, 184, 211,195 DO PARECER 065/2012NO PROCESSO 310 002714/2012 FOLHAS 429,430 E 431 DOS AUTOS FORAM
  7. 7. DECIDIDAS NOS ITENS, K, L, M, N A ADOÇÃO DE VARIOS PROCEDIMENTOSDESTAQUE ITEM “M” REFERENTE À COMUNICAÇÃO.8° ITEM CURSOS CURSO DE ATUALIZAÇÃO DE NORMAS 3.48, 4.31, E02. 056, E06. 004 E PRODIS 1.04 EINCLUSÃO DAS NOVAS NORMAS DA RDS REDE SUBTERRANEA DE DISTRIBUIÇÃO; CURSO DE RECICLAGEM PARA TODOS OS MANOBREIROS; CURSO DE PRIMEIROS SOCORROS EM ESPAÇOS CONFINADOS; CURSO EXTERNO PARA CONHECIMENTO DE NOVOS SISTEMAS, EQUIPAMENTOS ECONDIÇOES DE TRABALHO QUE POSSA AGILIZAR ATENDIMENTO E SEGURANÇA; CURSO DE EQUIPAMENTOS NOVOS ANTES DE SER INSTALADO NO SISTEMA ERECICLAGEM DOS QUE JÁ ESTÃO INSTALADOS EXEMPLOS: BMI BARRAMENTOSMULTIPLOS BLINDADOS JÁ EM USO E, REDE NOVA;E O TRANSFORMADOR EM PEDESTAL E O FUSIVÉL BAIONETA FORMAÇÃO DE INSTRUTORES PARA O CURSO DE MANOBREIROS; FORMAÇÃO DE NOVOS ELETRICISTAS PARA A MANOBRA;
  8. 8. 9° ITEM EQUIPAMENTOS E FERRAMENTAS DO MANOBREIRO EQUIPAMENTO DE COMUNICAÇÃO VIA CABO/RADIO DETECTOR DE TENSÃO TIPO CANETA DE 90 A 600 AC VOLT INDICAÇÃO LUMINOSA ESONORA. EQUIPAMENTO DE VENTILAÇÃO, INSUFLADOR E EXAUSTOR PORTATIL. DETECTOR DE GASES,DE 4 A 6 TIPOS DE GASES. BANQUETA ISOLADA PISO/ANTI-DERRAPANTE495X495 MM ALTURA 312MM 5 KG. CAMISETA RF COMO COMPLEMENTO DO UNIFORME CONJUNTO DE IMPERMEAVÉL CAPA DE CHUVA BOTA CANO LONGO IMPERMEAVÉL PARA CAIXA COM RESIDUO DE AGUA APÓS OESGOTAMENTO COM CA PARA ELETRICISTA NÃO SERVE A DE GALOCHA. ESCADA ISOLADA DE FIBRA TIPO TESOURA CARGA DE TRABALHO 110 kg1.52METROS PESO 5.2KG ALICATE VOLTAMPERIMETRO DIGITAL 1500/2000AC, COM ABERTURA DA GUARA 57mm, TRUE RMS,PEAK HOLD,ALTA ROBUSTEZ. CLIP PARA LENTES DE OCULOS DE SEGURANÇA COM CORREÇÃO VISUAL. LANTERNA INTRINSECAMENTE SEGURA, TIPO MANUAL E ACOPLADA AO CAPACETEDE LED.
  9. 9.  PROTETOR FACIAL (VISEIRA) INCOLOR E COM TOM. ALICATE CORTA CABOS COM CABO PORTADOR AUXILIAR VDE. ALICATE CORTA CABOS COM ALMA DE AÇO TIPO CREMALHEIRA VDE. VERRUMA KIT DE CHAVE CATRACA ISOLADA VDE. KIT DE ILUMINAÇÃO EMERGENCIAL PORTATIL, DE TRANSPORTE FACIL PARASUBSTITUIR O FAROL DE PUNHO. KIT CHAVE ALEN VDE. BINOCLOS PARA IDENTIFICAÇÃO DE DEFEITO PERCORRENDO CIRCUITO AEREO. LENÇOIS ISOLANTE DE BT. PUNHO SACA FUSIVÉL. KIT CHAVE PHILIPS VDE. KIT CHAVE DE FENDA ISOLADA VDE.
  10. 10.  KIT CHAVE TIPO CANHÃO ISOLADA VDE.FOTOS DE FERRAMENTAS SUGERIDAS:BANQUETAS ISOLADAS PARA UTILIZAÇÃO NO INTERIOR DE CAIXAS SUBTERRANEA DE AT EBT E NO CONJUNTO DE MANOBRA PARA TROCA DE FUSIVEL TIPO NH;BOTAS PARA TRABALHOS DENTRO DE CAIXA COM POUCA AGUA
  11. 11. CARTÕES DE SEGURANÇA PARA SINALIZAÇÃO DE EQUIPAMENTO E MANOBRA EM CBT ECONJUNTO DE MANOBRAFITAS REFLETIVAS DE SINALIZAÇÃO PARA USO NOS CONES
  12. 12. PROTETOR FACIAL VISEIRATESOURÃO ISOLADO PARA USO NO INTERIOR DA CAIXA DE BTTODAS AS FERRAMENTAS DEVERÃO SER CONHECIDAS E TESTADAS ANTES DA COMPRA,DURANTE NO MINIMO TRINTA DIAS.EM ANEXOS IMPRESSOS OU NO DVD DE DADOS QUE ACOMPANHA O RELATORIO FINALCONTÉNDO:
  13. 13. FICHA TECNICA DE ALGUMAS FERRAMENTAS;SLAIDES USADOS PELA COMISSÃO;FOTOS DE TREINAMENTOS E VIDEOS DA CEB-D E DE EQUIPAMENTOS;ADICIONAL DE ATIVIDADES ESPECIAISESTAMOS PEDINDO A EMPRESA QUE PROMOVA UM ESTUDO PARA AVALIAR, A CRIAÇÃO DEUM ADICIONAL DE MANOBREIRO NOS MOLDES DE ATIVIDADES ESPECIAIS, ALÉM DOMANOBREIRO OUTROS.CONCLUSÃO:Eu Luiz Fernando de Castro presidente da comissão da portaria 456/2012 e Mario Sousa Bispopresidente da comissão 455/2012.No uso de nossas atribuições como responsáveis pelas duas comissões estamos neste relatórioconcluindo nossos trabalhos juntamente com os membros das referidas comissões.Todas as ações sugeridas envolve o trabalho diário dos manobreiros, porém dependem dasdecisões da diretoria colegiada para compra ou não das ferramentas e equipamentos.Quanto aos procedimentos deverão ser testados e avaliados em treinamento por todos osenvolvidos, para validação.Observando que a gerencia de segurança e medicina do trabalho deverá emitir parecer sobreessas mudanças e legitimar nos âmbito da CEB os procedimentos.
  14. 14. Reforçando todos os manobreiros deverão ser treinados e conhecerem todas as normasreferentes à rede de distribuição subterrânea.Alguns procedimentos não foram contemplados devido a atualização do prodis 1.04 e adefinição se a execução será do manobreiro ou da equipe de manutenção.Que antes de qualquer compra de EPI ou EPC que seja testado e validado com participação doseletricistas e gerado um relatório com a avaliação dos usuários.Quanto a ficha técnica de produto de ferramentas e EPIs que esta neste relatório, de um sófornecedor foi devido a minha participação em evento divulgado pela CEB promovido por essefornecedor sobre a NR10, NR33, foi consultado o catalogo de todos fornecedores deferramentas e equipamentos esses catálogos estão disponíveis no DVD em anexo.Para nos manobreiros foi uma experiência sem igual participar destas comissões e sentir aresponsabilidade de tomar decisões, de assumir uma posição de colocar em papel nossométodo de trabalho.Agradecimento ao senhor presidente e diretores da CEB em especial o senhor ManoelClementino que esteve sempre perto acompanhado o nosso trabalho.A todos os manobreiros que mesmo em seus horários de folga se dirigiram a CEB para ajudarcompor esse documento.
  15. 15. Oferecemos esse trabalho primeiro a DEUS autor e consumador de nossas vidas, em memoriado manobreiro Wilson de Pádua Pires morto 15/11/2012, ao manobreiro e amigo José Pereirados Santos Neto, ao membro dessa comissão afastado por problemas de saúde manobreiroEdson Pedreira Ramos.Assinam este documento os membros das comissões 455 e 456,declarando o fim destecomissão em 15/03/2013.

×