Literatura

466 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
466
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Literatura

  1. 1. Camilo Castelo Branco
  2. 2.  Camilo Ferreira Botelho Castelo Branco foi um escritor português, romancista, cronista, crítico, dramaturgo, histor iador, poeta e tradutor. Foi ainda o 1.º visconde de Correia Botelho, título concedido pelo rei D. Luís. Wikipédia  Nascimento: 16 de março de 1825, Lisboa, Portugal  Falecimento: 1 de junho de 1890, Vila Nova de Famalicão, Portugal  Obras: Amor de Perdição, Coração, cabeça e estômago, mais  Filhos: Nuno Branco, Rosa Branco, Jorge Branco, Bernardina Amélia Branco  Filmes: Mistérios de Lisboa, Um Amor de Perdição, Amor de Perdição (1979)
  3. 3. A vida de Camilo Castelo Branco cassio e pedro  Batizado com o nome de Camilo Ferreira Botelho Castelo Branco, o escritor ficou órfão de mãe com apenas um ano de idade e seu pai veio a falecer quando ele tinha 10 anos. Com apenas 16 anos, em 1841, Camilo se casou com Joaquina Pereira, contudo acaba por deixar sua esposa em um breve período de tempo. No ano de 1843, Castelo Branco ingressou na Escola Médico-Cirúrgica na cidade do Porto, porém não chegou a concluir o curso, afinal a sua paixão estava mesmo na escrita, tanto que acabou vivendo exclusivamente de seus trabalhos. O ano de 1845 foi um grande marco para o escritor, pois foi quando as suas primeiras obras literárias foram publicadas.
  4. 4.  Cinco anos depois ele passa por uma grande crise espiritual e ingressa no seminário do Porto, tentando seguir a vida religiosa, mas foi nesse ano que ele conheceu Ana Plácido, que era casada com um comerciante, e apaixonou-se, fazendo-a abandonar o marido em 1859. No início da década de 1860, Camilo foi processado e preso por crime de adultério, mas acaba sendo absolvido no ano seguinte e passa a viver com Ana. Em 1889 as obras de Castelo Branco acabam ganhando mais reconhecimento e ele recebe uma homenagem da Academia de Lisboa.
  5. 5. A obra  As narrativas camilianas normalmente se ambientam em lugares que fizeram parte da vida do autor :esse ambientes tipos campesinos que vão de figaldos provincianos preconceituosos a elementos da burguesia portuense ;mulheres de todas as condições sociais,da camponesa e da operária á fidalga ;o padre,o comerciante com negócios no Brasil,a freira, ferrador,o pedreiro,o salteador de estrada.a mola de ação de seus enredos é freqüentemente o amor.
  6. 6. Principais obras de Castelo Branco  Mistérios de Lisboa (1854)  Duas épocas na vida (1854)  O livro negro do padre Dinis (1855)  Vingança (1858)  Carlota Ângela (1858)  A morta (1860)  O romance de um homem rico (1861)  Amor de perdição (1862)  Amor de salvação (1864)
  7. 7.  O olho de vidro (1866)  O retrato de Ricardina (1868)  A mulher fatal (1870)  Doze casamentos felizes (1861)  Estrelas funestas (1861)  Estrelas propícias (1863)  Coração, cabeça e estômag
  8. 8. NOVELA PASSIONAL: Camilo Castelo Branco  A novela passional foi o gênero em que Camilo Castelo Branco mais se destacou, sendo o seu definidor e o seu maior representante em Portugal. A novela é um gênero controvertido, que, em linhas gerais, se diferencia do romance no tratamento das personagens do enredo. Caracteriza-a o condensa mento da ação, do tempo e do espaço, bem como um ritmo apressado no desenvolvimento da intriga. A histórica em geral é contada linearmente e as descrições de cenário e personagens são rápidas.
  9. 9.  A novela camiliana da fase inicial constrói-se a partir de um esquema mais ou menos comum. Normalmente o protagonista é um jovem de vida desregrada, que se deixa corromper pela vida social urbana. A seguir envolve-se com uma moça, e, a partir daí, podemos ter dois tipos de desfecho: ou ele a abandona, enfastiado, ou deseja casar-se com ele e se regenerar, mas o pai da moça não aceita, pretendendo casá-la com um homem mais rico e mais ajustado socialmente.  O triangulo amoroso é outro ingrediente da novela camiliana, que normalmente conta com a oposição de mulheres de tipos diferentes: a mulher-anjo, delicada, pura e frágil, em oposição à mulher fatal, mais independente e sedutora, e como ocorre em Amor de salvação.  Esses perfis femininos são contrapostos quase com a finalidade de satirizar a falsa vida conjugal feliz.

×