Qual a Importância do Google para o Seu Negócio?

269 visualizações

Publicada em

" No meio do caminho tinha um Google.
Tinha um Google no meio do caminho. "

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
269
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Qual a Importância do Google para o Seu Negócio?

  1. 1. QUAL A IMPORTÂNCIA PARA O SEU NEGÓCIO?
  2. 2. Olá!NANA TRO Meu nome é Amanda, artisticamente prefiro Nana – não sou uma “Global” mas tenho meus truques. Formada em Moda e Marketing. Atualmente curso MBA em Gestão Estratégica de E-commerce. Trabalho com E-commerce e Marketing Digital desde 2008. Fui gerente de e-commerce de Moda por 6 anos. Assumi a Gerência do Marketing e E-commerce de uma operação de Agronegócio e em 20 dias batemos todos os recordes de acessos da história da empresa. Em 2 meses aumentamos o faturamento em 50%. Em 3 meses mudei de emprego e atualmente sou Account Strategist @Google Brasil e co-founder da Agência PINK BULL.
  3. 3. TAKE THE BULL BY THE HORNS
  4. 4. Já que é pra começar, que seja do começo!
  5. 5. INTERNET.
  6. 6. INTERNET. NÃO SE TRATA DE E-COMMERCE, WEBSITE OU TECNOLOGIA
  7. 7. NÃO SE TRATA DE E-COMMERCE, WEBSITE OU TECNOLOGIA É SOBRE MUDANÇA DE COMPORTAMENTO INTERNET.
  8. 8. PRIMEIRO NÓS MUDAMOS A TECNOLOGIA. DAÍ, A TECNOLOGIA NOS MUDOU.
  9. 9. Vamos começar com uma história!
  10. 10. Minha mãe vendia Cestas de Café da Manhã.
  11. 11. Você se lembra dos anos 90? Nós costumávamos usar isso! Minha mãe vendia Cestas de Café da Manhã.
  12. 12. Você se lembra dos anos 90? Nós costumávamos usar isso! Ela precisava entregar as cestas. Muitas em locais desconhecidos. Minha mãe vendia Cestas de Café da Manhã.
  13. 13. E disso, você lembra?
  14. 14. Meu pai costumava preparar as rotas na noite anterior, pintando caminhos e adicionando descrições. E disso, você lembra?
  15. 15. Agora, nós temos isso!
  16. 16. Ou isso!
  17. 17. Ou isso! Nem eu ou você precisamos preparar nada. A informação vem até nós, sem suor, na hora que for necessária!
  18. 18. O COMPORTAMENTO MUDOU. INTRODUZIDOS PELA TECNOLOGIA, NÓS MUDAMOS A MANEIRA COMO NOS PREPARAMOS PARA DIRIGIR.
  19. 19. ICT = Information and Communications Technology Ênfase em Informação e Comunicação, não em Tecnologia A revolução é em I e C, não em T!
  20. 20. INFORMAÇÃO ESTÁ SEMPRE DISPONÍVEL EM QUALQUER LUGAR, SEM SUOR OU SACRIFÍCIO.
  21. 21. Lembra como se combinava para sair nos anos 80? Semanas a frente…
  22. 22. Agora nós temos isso!
  23. 23. Agora nós temos isso! Nós não nos programamos mais!
  24. 24. Agora nós temos isso! Nós não nos programamos mais! Conectividade sempre, em qualquer lugar, sem suor. Disponível!
  25. 25. PRIMEIRO MUDAMOS A TECNOLOGIA. DAÍ, A TECNOLOGIA NOS MUDOU.
  26. 26. INFORMAÇÃO ESTÁ SEMPRE DISPONÍVEL EM QUALQUER LUGAR, SEM SUOR OU SACRIFÍCIO.
  27. 27. O COMPORTAMENTO MUDOU.
  28. 28. Outra história!
  29. 29. Quando meu irmão saiu da casa dos meus pais, alugou um apartamento para morar com a namorada.
  30. 30. Quando meu irmão saiu da casa dos meus pais, alugou um apartamento para morar com a namorada. Ele precisava comprar uma máquina de lavar.
  31. 31. Quando meu irmão saiu da casa dos meus pais, alugou um apartamento para morar com a namorada. Ele precisava comprar uma máquina de lavar. Meu irmão não sabia nada sobre máquinas de lavar.
  32. 32. COMO ELE FEZ ISSO?
  33. 33. 1995 Ele foi a um varejista, porque eles tinham um anúncio legal com uma música bacana no rádio loja
  34. 34. 1995 Ele explicou o problema para o vendedor: Começando uma família, sem grana, sem filhos… loja problema
  35. 35. 1995 loja O vendedor deu 3 opções de marcas que atendiam as necessidades dele. problema solução
  36. 36. 1995 loja Ele escolheu aquela que mais gostou e atendia melhor sua necessidade. problema solução produto
  37. 37. 1995 loja problema solução produto 9 anos depois aquela máquina de lavar quebrou. E ele teve que comprar uma nova…
  38. 38. 1995 loja problema solução produto Ele começou “dando um Google” no seu problema: Família, com 3 crianças porquinhas e ser silenciosa é muito importante! 2015 problema 2015 problema
  39. 39. 1995 loja problema solução produto Começou a ler reviews, informações de expecialistas e opiniões de pessoas como ele. 2015 problema solução 2015 problema
  40. 40. 1995 loja problema solução produto Assim, escolheu a marca que melhor atendia suas necessidades, baseado nas informações obtidas. 2015 problema solução produto 2015 problema
  41. 41. 1995 loja problema solução produto Só então ele decidiu onde iria comprar. Pesando um mix de preço, conveniência, serviço, etc… 2015 problema solução produto 2015 problema loja
  42. 42. 1995 loja problema solução produto 2015 problema solução produto 2015 problema loja NOVO FUNIL DE DECISÃO
  43. 43. E O GOOGLE, AMANDA?
  44. 44. O MARKETING TRADICIONAL
  45. 45. UM PARA MUITOS
  46. 46. CANAIS UTILIZADOS: • Televisão • Rádio • Jornais • Comunicação Interna • Artigos
  47. 47. QUEM PODIA “UM ABRAÇO DOS SEUS COLEGAS DA DPZ E TOMARA QUE VOCÊ CONSIGA FAZER DA GGK A SEGUNDA AGÊNCIA MAIS CRIATIVA DO PAÍS.” “ENTREGUE SUA CONTA PARA O WASHIGNTON E SEU CONCORRENTE VAI PRECISAR DA GENTE!” DM9DDB
  48. 48. O MARKETING DIGITAL
  49. 49. MUITOS PARA MUITOS
  50. 50. CANAIS UTILIZADOS: • Blogs • Redes Sociais • Infográficos • Vídeos • E-mail Marketing • Fotos
  51. 51. QUEM PODE
  52. 52. “A CENTRALIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NUM MEIO DEMOCRÁTICO E ACESSÍVEL”
  53. 53. A U G ANUNCIANTE GOOGLE USUÁRIO
  54. 54. O anunciante quer mostrar anúncios relevantes para que os usuários cliquem neles A U G ANUNCIANTE GOOGLE USUÁRIO
  55. 55. O usuário quer ver anúncios relevantes. Ele não quer ser incomodado por spam ou outras informações irrelevantes. A U G ANUNCIANTE GOOGLE USUÁRIO O anunciante quer mostrar anúncios relevantes para que os usuários cliquem neles
  56. 56. O usuário quer ver anúncios relevantes. Ele não quer ser incomodado por spam ou outras informações irrelevantes. O Google quer tornar a experiência boa tanto para o anunciante quanto para o usuário, para que ambos voltem a usar os seus serviços no futuro. A U G ANUNCIANTE GOOGLE USUÁRIO O anunciante quer mostrar anúncios relevantes para que os usuários cliquem neles
  57. 57. EXISTEM DOIS CAMINHOS
  58. 58. EXISTEM DOIS CAMINHOS
  59. 59. EXISTEM DOIS CAMINHOS
  60. 60. ORGÂNICO Longo Prazo. Envolve Técnicas, Estratégias, Produção de Conteúdo, Qualidade em todas as Etapas do Processo (SEO, HTML, Link Building, Social Medias e muito mais ). É investir na casa própria para não depender do aluguel.
  61. 61. VAMOS CONVERSAR h1 h2 h3 <alt=“título da imagem”> Avaliação “TrustVox” “call to action” Conteúdo extra e relevante
  62. 62. Google Search Console http://www.google.com.br/webmasters/
  63. 63. Google Search Console http://www.google.com.br/webmasters/ Ele te informa de que maneira você pode melhorar seu site. E ainda mostra quando você possui algum problema sério.
  64. 64. SEO: Primeiros Ajustes TÍTULO DA PÁGINA
  65. 65. SEO: Primeiros Ajustes TÍTULO DA PÁGINA
  66. 66. SEO: Primeiros Ajustes TÍTULO DA PÁGINA
  67. 67. SEO: Primeiros Ajustes TÍTULO DA PÁGINA O título da página é o “carro chefe” dos fatores on-page.
  68. 68. SEO: Primeiros Ajustes TÍTULO DA PÁGINA O título da página é o “carro chefe” dos fatores on-page. REGRAS BÁSICAS: 1- Crie um título único por página. 2- O título precisa fazer sentido para o conteúdo da página. 3- Coloque sua marca no final do título. 4- Evite colocar vários termos separados por vírgulas.
  69. 69. SEO: Primeiros Ajustes META DESCRIPTION
  70. 70. SEO: Primeiros Ajustes META DESCRIPTION
  71. 71. SEO: Primeiros Ajustes META DESCRIPTION A Meta Description é essencialmente para o usuário. Ela não é um fator direto para posicionamento. Ela pode, mas não deve conter mais de 160 caracteres. Use sempre um “call to action” no final da descrição.
  72. 72. SEO: Primeiros Ajustes URL DA PÁGINA QUANDO FALAMOS EM URL, ELA DEVE SER SIMPLES. ÓBVIA. ENTREGANDO CLARAMENTE O QUE SERÁ ENCONTRADO NA PÁGINA.
  73. 73. SEO: Primeiros Ajustes URL DA PÁGINA QUANDO FALAMOS EM URL, ELA DEVE SER SIMPLES. ÓBVIA. ENTREGANDO CLARAMENTE O QUE SERÁ ENCONTRADO NA PÁGINA.
  74. 74. SEO: Primeiros Ajustes URL DA PÁGINA QUANDO FALAMOS EM URL, ELA DEVE SER SIMPLES. ÓBVIA. ENTREGANDO CLARAMENTE O QUE SERÁ ENCONTRADO NA PÁGINA. O QUE VOCÊ ENTENDE AQUI?
  75. 75. SEO: Primeiros Ajustes URL DA PÁGINA QUANDO FALAMOS EM URL, ELA DEVE SER SIMPLES. ÓBVIA. ENTREGANDO CLARAMENTE O QUE SERÁ ENCONTRADO NA PÁGINA. O QUE VOCÊ ENTENDE AQUI?
  76. 76. SEO: Primeiros Ajustes URL DA PÁGINA QUANDO FALAMOS EM URL, ELA DEVE SER SIMPLES. ÓBVIA. ENTREGANDO CLARAMENTE O QUE SERÁ ENCONTRADO NA PÁGINA. É UMA PÁGINA DE PRODUTOS E… (?)
  77. 77. SEO: Primeiros Ajustes URL DA PÁGINA QUANDO FALAMOS EM URL, ELA DEVE SER SIMPLES. ÓBVIA. ENTREGANDO CLARAMENTE O QUE SERÁ ENCONTRADO NA PÁGINA. É UMA PÁGINA DE PRODUTOS E… (?) O QUE VOCÊ ENTENDE AQUI?
  78. 78. SEO: Primeiros Ajustes URL DA PÁGINA QUANDO FALAMOS EM URL, ELA DEVE SER SIMPLES. ÓBVIA. ENTREGANDO CLARAMENTE O QUE SERÁ ENCONTRADO NA PÁGINA. É UMA PÁGINA DE PRODUTOS E… (?) ISSO É O QUE O USUÁRIO ENTENDE E O GOOGLE TAMBÉM!
  79. 79. SEO: Primeiros Ajustes SEO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS https://developers.google.com/webmasters/mobile-sites/mobile-seo/index?hl=pt-br
  80. 80. E A CONCORRÊNCIA? ESPIONAR. QUEM NUNCA? TRÁFEGO ORGÂNICO SEU CONCORRENTE.COM.BR http://www.semrush.com/
  81. 81. E A CONCORRÊNCIA? ESPIONAR. QUEM NUNCA? TRÁFEGO ORGÂNICO SEU CONCORRENTE.COM http://suite.searchmetrics.com/en/research/
  82. 82. E A CONCORRÊNCIA? ESPIONAR. QUEM NUNCA? AÇÕES SOCIAIS http://www.socialbakers.com/products/analytics
  83. 83. E A CONCORRÊNCIA? ESPIONAR. QUEM NUNCA? AÇÕES SOCIAIS http://www.socialbakers.com/products/analytics
  84. 84. PATROCINADO RESPOSTA IMEDIATA CAPTAÇÃO DE DEMANDA AUMENTO DO ALCANCE DELIMITAÇÃO DE FREQUÊNCIA SEGMENTAÇÃO DE PÚBLICO ESCOLHA DE CANAL DIRECIONADO PARA CONVERSÃO REDE DE PESQUISA REDE DE DISPLAY REMARKETING GOOGLE SHOPPING VÍDEOS
  85. 85. E A CONCORRÊNCIA? ESPIONAR. QUEM NUNCA? TRÁFEGO PATROCINADO http://www.semrush.com/
  86. 86. E A CONCORRÊNCIA? ESPIONAR. QUEM NUNCA? TRÁFEGO PATROCINADO http://www.semrush.com/
  87. 87. E A CONCORRÊNCIA? ESPIONAR. QUEM NUNCA? PALAVRAS-CHAVE > DETALHES > INFORMAÇÕES SOBRE LEILÕES > TODOS. DESCUBRA E COMPARE COM QUEM COMPETE DIRETAMENTE COM VOCÊ NO LEILÃO DO ADWORDS. NA FERRAMENTA, ACESSE: DESCUBRA O URL DO SEU CONCORRENTE, PARCELA DE IMPRESSÕES, POSIÇÃO MÉDIA, TAXA DE SOBREPOSIÇÃO, TAXA DE PARTE SUPERIOR DA PÁGINA, PARCELA DE VITÓRIAS – TUDO ISSO COMPARADO AO RESULTADO DA SUA CAMPANHA.
  88. 88. QUEM PODE FAZER?
  89. 89. TODOS NÓS!
  90. 90. CASES CRISE? #COMODOMENU, ASSISTA! X NIZAN GUANAES “ENQUANTO UNS CHORAM, EU VENDO LENÇOS”
  91. 91. DÚVIDAS?
  92. 92. OBRIGADIS!
  93. 93. CONTATO NANA TRO nanatrovatto@gmail.com PINK BULL www.pinkbull.com.br falecom@pinkbull.com.br

×