Bacia do Paraná

16.800 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Oi, Naira. Caso tenha o trabalho completo teria como disponibilizá-lo???
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.800
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
62
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
233
Comentários
1
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bacia do Paraná

  1. 1. Acadêmicas: Edinara M. e Souza Mariza Coronetti Scheila Thums
  2. 2. <ul><li>A Bacia Geológica do Paraná , ou simplesmente Bacia do Paraná , é uma ampla bacia sedimentar situada na porção centro-leste da América Latina do Sul. Sua área de ocorrência abrange principalmente o centro-sul do Brasil, desde o estado do Mato Grosso até o estado do Rio Grande do Sul. Além do Brasil, ela também distribui-se no nordeste da Argentina, na porção leste do Paraguai e no norte do Uruguai. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Nascente: Nasce próximo a cidade de Diamantino (Mato Grosso), drena áreas importantes como o pantanal mato-grossense; </li></ul><ul><li>Curso: O rio corre para o sul, formando divisas e fronteiras entre Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Paraguai e Argentina. </li></ul><ul><li>Foz: Une-se ao Rio Uruguai, para formar o estuário do Rio da Prata que desemboca no Oceano Atlântico. </li></ul><ul><li>Vazão: Possui uma vazão média anual de 15.620 m3/s, volume médio anual de 495 Km3 e uma área de drenagem de1.237.000 Km2 , formada por 8 sub- bacias. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>É uma depressão ovalada, com o eixo maior quase norte-sul, e possui uma área de cerca de 1,5 milhão de Km². </li></ul><ul><li>Seus rios são tipicamente de planalto, o que dificulta muito a navegação, que se tornará mais fácil com a utilização das eclusas construídas com a instalação das usinas hidrelétricas </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Na Bacia do Alto Paraná o clima é quente e úmido; no verão há muitas chuvas. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Mata Atlântica, cerrado e Mata de Araucária, que foram fortemente desmatadas ao longo da ocupação; </li></ul>
  7. 7. <ul><li>O surgimento da margem oriental da Bacia do Paraná gerou um relevo bastante acidentado na mesma. Este fato, aliado ao grande volume d’água, tanto do Rio Paraná, quanto de diversos afluentes, criou um enorme potencial hidrelétrico que é usado pelo Brasil, Paraguai e Argentina. Atualmente existem dezoito usinas hidrelétricas assentadas sobre as rochas da Bacia do Paraná com potência instalada acima de 1.000 MW. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Possui o maior potencial hidrelétrico instalado no Brasil, merecendo destaque grandes usinas, como a de Itaipu, Jupiá e Ilha Solteira, no rio Paraná; Ibitinga, Barra Bonita e Bariri no rio Tietê; Cachoeira Dourada, Itumbiara e São Simão, no rio Paranaíba; Furnas, Jaguara, Marimbondo e Itutinga, no Rio Grande; e ainda Jurumirim, Xavantes e Capivara, no rio Paranapanema. </li></ul>
  9. 10. <ul><li>Ágata, ametista, arenito, argilas vermelha e refratária, basalto, calcário, cobre, caulim, folhelho, ouro, rochas ornamentais e varvito (na forma de lajotas); </li></ul>
  10. 11. <ul><li>Carvão Mineral água subterrânea, folhelho betuminoso e materiais para construção civil e indústria de transformação. Outros recursos encontrados na Bacia do Paraná são urânio e gás natural. </li></ul>
  11. 12. <ul><li>A economia baseia-se no setor primário, com alguns focos de forte industrialização e concentração turística na parte sul, região da tríplice fronteira com a Argentina e Paraguai. </li></ul><ul><li>Utilizado também para pesca, geração de energia, como via de transporte para produtos agrícolas, industriais e de petróleo também sendo utilizado para irrigar terras próximas. </li></ul>
  12. 13. <ul><li>A localização da bacia é próxima aos grandes centros industriais, comerciais e populacionais do país. </li></ul><ul><li>Construção de usinas hidrelétricas que alteraram o curso, a vazão e o regime de suas águas. </li></ul>
  13. 14. <ul><li>Outorga A região do Paraná, de acordo com dados de dezembro de 2007, é a que possui o maior número de outorgas no país, num total de 95.152 outorgas. Também é a primeira em relação à vazão outorgada, com 1.301,38 m³/s, correspondente a 37% da vazão total outorgada no país. Os principais usos outorgados na região são: o abastecimento urbano com 40% do total de vazão retirada da região, seguido do uso para irrigação, com 31%. </li></ul>

×