O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Lição 05- O Cuidado com Aquilo que Falamos

875 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Lição 05- O Cuidado com Aquilo que Falamos

  1. 1. 4º Trimestre de 2013 Lição 5
  2. 2. TEXTO ÁUREO
  3. 3. INTRODUÇÃO O objetivo é mostrar como a literatura sapiencial bíblica toca num ponto sensível da vida humana, muitas vezes esquecido pelos cristãos: a devida e correta utilização das palavras. E disse Deus: Haja luz; e houve luz. Gn 1:3
  4. 4. “Seis coisas o SENHOR aborrece, e a sétima a sua alma abomina: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos”. Provérbios 6:16-19
  5. 5. I. O PODER DAS PALAVRAS Dependendo da motivação de quem pronuncia, as palavras podem matar ou vivificar. De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus. Rm 14:12
  6. 6. I. O PODER DAS PALAVRAS 1. Palavras que matam. E disse Deus: Haja luz; e houve luz. Gn 1:3 E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra. Gn 12:3 Porém o nosso Deus converteu a maldição em bênção. Ne 13:2
  7. 7. I. O PODER DAS PALAVRAS 2. Palavras que vivificam. A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto. Pv 18:21
  8. 8. II. CUIDADOS COM A LÍNGUA 1. Evitando a tagarelice. Mas eu vos digo que de toda a palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo. Mt 12:36 Porque por tuas palavras serás justificado, e por tuas palavras serás condenado. Mt 12:37
  9. 9. II. CUIDADOS COM A LÍNGUA 2. Evitando a maledicência. Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; e, se tu julgas a lei, já não és observador da lei, mas juiz. Tg 4:11
  10. 10. III. O BOM USO DA LÍNGUA 1. Quando a língua edifica o próximo. E o SENHOR virou o cativeiro de Jó, quando orava pelos seus amigos; e o SENHOR acrescentou, em dobro, a tudo quanto Jó antes possuía. Jó 42:10
  11. 11. III. O BOM USO DA LÍNGUA 2. Nossa língua adorando a Deus.
  12. 12. IV. SALOMÃO E TIAGO SALOMÃO TIAGO 1. Uma palavra ao aluno. 2. Uma palavra aos mestres.
  13. 13. Mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal. Tg 3:8 A língua também é um fogo; como mundo de iniqüidade, a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno. Tg 3:6
  14. 14. E, naquele dia, sendo já tarde, disse-lhes: Passemos para o outro lado. Mc 4:35 Bem-aventurados os irrepreensíveis no seu caminho, que andam na lei do SENHOR. SI 119.1

×