Teorias Em Ergonomia

5.221 visualizações

Publicada em

Mostra a conuçã das 5 primcipais vertent tóricas que sustentm a praic da Ergonomia

Publicada em: Turismo, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.221
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
31
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
168
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teorias Em Ergonomia

  1. 1. Teorias em Ergonomia Prof. Mario Cesar Vidal /´45 Mario Cesar Vidal
  2. 2. O saber e a ciência /´45 <ul><li>A ciência (saber não especulativo) </li></ul><ul><ul><li>Se fundamenta em Teorias e Leis </li></ul></ul><ul><ul><li>Se constrói com base em Metodologias </li></ul></ul><ul><ul><li>Se desenvolve através da Empiria </li></ul></ul>Não - Especulativo Racional (Filosofia) Religioso (Teologia) Ciências Especulativo Saber
  3. 3. O fluxo do Saber /´45 Participação Negociação Assimilado ? (Empiria) Corroboração Evidência Novo Saber específico Sim Não Refutação Teste de modelos Modelagem Operante Explicação Previsão Observar Conversar Documentar Metodologias Teorias Análise do Problema Conjecturas Modelos teóricos Insuficiente? Suficiente? Constituição do Problema : Um Saber específico Fatos Saber existente
  4. 4. O método cientifico O fundamento da Ergonomia /´45 Validação e Restituição Pré-diagnóstico <ul><li>há uma realidade onde acontecem coisas que se precisa ou se pretende explicar; </li></ul><ul><li>é feita uma afirmação acerca desta realidade, com base na pertinência; </li></ul><ul><li>Colecionam-se fatos acerca desta realidade e verifica-se se a afirmação é coerente com os fatos; </li></ul><ul><li>Se forem, a afirmação é válida até prova em contrário, se não, rejeita-se a afirmação. </li></ul><ul><li>A forma de validação é específica de cada pratica cientifica particular </li></ul>Diagnóstico Operante Situação de trabalho Sistematização
  5. 5. Aplicação do método cientifico em Ergonomia <ul><li>Teorias em Ergonomia </li></ul><ul><li>Metodologias em Ergonomia </li></ul><ul><ul><li>Métodos e técnicas em Ergonomia </li></ul></ul><ul><ul><li>Instrumentos e ferramentas em Ergonomia </li></ul></ul><ul><li>A metodologia do CESERG </li></ul>/´45
  6. 6. Teorias em Ergonomia Como lidar com os dilemas Transformar as incertezas existentes em certezas necessárias para a ação /´45
  7. 7. As 5 Teorias da Ergonomia Gestão /´45 Curso da Ação Acoplagem Equilíbrio Projeto Suprimir os empecilhos sociais para a prática da Ergonomia Validar um modelo operante de um problema de ausência de ergonomia Equilibrar a carga estressora do Sistema de Trabalho Eliciar as premissas levadas em conta para o projeto do trabalho Eliciar as premissas levadas em conta para o projeto do trabalho
  8. 8. Teorias Gestão Ergonômica <ul><li>A Teoria da Gestão Ergonômica trata das demandas por Ergonomia em uma dada sociedade através da ação ergonômica. </li></ul><ul><li>Ela visa localizar os empecilhos para a prática da Ergonomia numa dada conjuntura. </li></ul>/´45 <ul><li>Estrutural : A gestão ergonômica aborda as demandas por Ergonomia numa dada sociedade; </li></ul><ul><li>Funcional : A gestão se ocupa dos entraves sociais que impedem a realização virtuosa da Ergonomia </li></ul><ul><li>Semântico : busca entender a natureza dos determinantes das situações de trabalho e acerca das possibilidades de sua transformação positiva. </li></ul>
  9. 9. Teorias Os objetos da Gestão /´45 Estabelecimento Mapeamento Intervenção Fixar Critérios Aplicar prioridades Construir Diretrizes Gerenciais Alcance Aceitação Gestão Cobertura Objetivos Avaliação Periódica
  10. 10. Teorias Curso da Ação <ul><li>A Teoria do curso da ação busca entender a atividade de trabalho no contexto onde ela ocorre; </li></ul><ul><li>Ela visa à modelagem operante de uma dada situação de trabalho </li></ul>/´45 Estrutural : O curso da ação aborda a seqüência da atividade no tempo e no espaço; Funcional : O curso da ação se ocupa dos empecilhos fisicos, cognitivos e organizacionais da atividade Semântico: O curso da ação estabelece os determinantes do comportamento observável (pelo analista) e comentável (pelo operador);
  11. 11. Teorias Os objetos do curso da ação /´45 Contexto (Hora, dia, local) Carga de Trabalho Sociotécnica Normas, Equipamento Operadores (Capacidades e Limitações) Perdas Atividade de Trabalho Qualidade de Vida Saúde e Segurança Desempenho Qualidade e Produtividade Aspectos Curso da Ação Impactos
  12. 12. Teorias Acoplagem <ul><li>A Teoria da acoplagem busca entender as interfaces sociotécnicas na atividade de trabalho; </li></ul><ul><li>Ela visa estabelecer os contrantes segundo pontos de vistas (do operador e da empresa) e perspectivas (melhoria ou mudança ) </li></ul>/´45 Estrutural: A acoplagem identifica e classifica as interfaces Humano-sistema e humano-organização; Funcional: A acoplagem relaciona todos os contrantes (empecilhos, constrangimentos e restrições) nestas interfaces; Semântico: A acoplagem busca assinalar as causas e conseqüências de problemas nestas interações.
  13. 13. Teorias Os objetos da Acoplagem /´45 Tarefa Lógica técnica Humano Lógica vivente O que se pede para fazer O que isso demanda para ser feito Demanda Lógica operativa Conflito de lógicas Atividade Lógica operatória O que se faz Desempenho Lógica econômica No que isto resulta Indicadores de atividade Indicadores de desempenho Comportamento Lógica reativa O que se vê
  14. 14. Teorias Equilíbrio <ul><li>A teoria do equilíbrio busca entender as relações entre a pessoas e os elementos de um sistema de trabalho; </li></ul><ul><li>Visa entender como se equilibra a carga estressora decorrente das interações entre os elementos do ST . </li></ul>/´45 Estrutural : A teoria do equilíbrio postula e caracteriza um Sistema de trabalho composto por 5 elementos; Funcional : a TE busca mostrar como estes 5 elementos do ST desafiam recursos biológicos, psicológicos e comportamentais dos operadores Semântico: A teoria do equilíbrio busca avaliar a impactação do ambiente sobre a pessoa e propor encaminhamentos para redução da carga estressora
  15. 15. Teorias Objetos da Teoria do Equilíbrio <ul><li>Ambiente, </li></ul><ul><li>Tarefa, </li></ul><ul><li>Tecnologia, </li></ul><ul><li>Fatores organizacionais, </li></ul><ul><li>Indivíduos </li></ul>Comportamento Psicologia Biologia
  16. 16. Teorias Projeto /´45 <ul><li>A teoria do Projeto busca entender o encaminhamento projetual dado para a configuração de um ambiente e seus componentes; </li></ul><ul><li>Visa entender as premissas levadas em conta para o projeto de produtos e dos espaços de trabalho . </li></ul>Estrutural : A teoria do projeto descreve o ambiente como a resultante de um projeto de suportes; Funcional : a TP busca eliciar as premissas de projeto adotadas para a concepção do lugar e dos instrumentos de trabalho existentes Semântico: a TP confronta as premissas de projeto com o modelo operante da situação de trabalho formando um programa de projeto

×