Noite ao som de chopin e beethoven

160 visualizações

Publicada em

Noite

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
160
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Noite ao som de chopin e beethoven

  1. 1. A NOITE, AO SOM DE… Chopin “Nocturne, Op.9 No.2” Beethoven - Moonlight Sonata, Op. 27 n. 2
  2. 2. Imaginei que estava no espaço (Francisca Carvalho)
  3. 3. Pintei uma noite muito escura, com estrelas (Afonso)
  4. 4. Pintei uma casa assombrada, aranhas, fantasmas e uma teia (Mateus)
  5. 5. Pintei estrelas, um planeta azul, laranja e verde e o espaço. Imaginei que estava no espaço escuro (Alice)
  6. 6. Pintei eu, em casa, e um comboio que vai para Viseu. É de noite (Simão)
  7. 7. Pintei a noite (Rita)
  8. 8. Pintei uma escada para o escorrega e flores. É clarinho porque é dia (Matilde)
  9. 9. Pintei uma coruja a perseguir um morcego. Os riscos são as faíscas que o morcego faz no ar. Primeiro fiz ondinhas como se fosse a escrever a música. Depois salpiquei com tintas, quando a música era assim plim…plim… te… te… te… (Miguel)
  10. 10. Imaginei que são pedras que se transformam em planetas e alguns são cometas que já são feitos. O cinzento e preto no fundo ficam mais preto/escuro. A música ajudou-me a pensar. (Guilherme)
  11. 11. É pintura. Isto está roto. Pintei de força e isto rasgou e depois PUM!! (Lucas)
  12. 12. Sou eu no carro a ir com a abóbora para a casa das bruxas. O carro é preto, porque é um carro de Halloween. A música fez pensar nesta pintura (Martim Rafael)
  13. 13. Pintei a casa dos pássaros do meu irmão. Eles gostam do escuro, porque estão quentinhos (Francisca Almeida)
  14. 14. Pintei o escuro e as estrelas e a bruxa a comer as estrelas. A música serviu para ajudar a fazer devagar ou mais depressa a pintura: quando a música era devagar fazia igual e quando ia rápido eu também fazia rápido(Martim Filipe)

×