A História do Ferro no Brasil:entre as Fábricas de Ferro e a Mineração            Prof. Dr. Friedrich E. Renger          I...
ANTECEDENTES1532 primeira forja na Ibirapuera, SP (Bartolomeu Gonçalves)1559 Matias Nogueira monta uma tenda de ferreiro n...
Memória de D. Rodrigo de Menezes (1780)
Fundições de “fundo de quintal”IEB, Coleção Lamego   Felicíssimo jr. 1969
D. Rodrigo de Souza Coutinho, Conde de LinharesMinistro da Marinha e Ultramar (1796 – 1803)           A pedido de José Bon...
D. João transfere a corte de Lisboa para Rio de Janeiro                                             (1807/08)             ...
As primeiras Fábricas de Ferro no Brasil1589 Morro de Araçoiaba Afonso Sardinha1808 Real Fábrica de Ferro de São João de I...
Histórico da Fábrica de Ferro de Ipanema1803 Martim Francisco Ribeiro de Andrada visita as minas de ferro de       Sorocab...
Vista de Ipanema em 1827                            (J. Debret)Cruzeiro de ferro fundido(1818)
Mapa da Província de São Paulo         Eschwege 1833
Friedrich Ludwig Wilhelmvon Varnhagen                           Os Altos-Fornos de 1818
Eschwege 1833
Fábrica de Ipanema em 1870, Foto de Marc Ferrez
Novo Alto-Forno de 1885 que   Portal comemorativo danunca entrou em operação      Fábrica de armas brancas
Moinho de minérioPlaca comemorativa da American Society for Metals
Vista do alto do Morro de Araçoiababa
José Viera Couto (1752 – 1827) Memória sobre a capitania das Minas Gerais,  seu território, clima e produções metálicas   ...
BIF’s em Minas Gerais         Mesoproterozóico         Rapitan: Porteirinha – Rio Pardo de Minas         (ca. 1 Ga)       ...
Manuel Ferreira da Câmara de Bethencourt e Sá                          Desembargador e Intendente dos DiamantesMorro do Pi...
Real Fábrica de Ferro de Morro do Pilar1808 O Intendente Câmara recebe autorização para a instalação da       Real Fábrica...
Mapa do Rio Doce (Silva Pontes, 1800)          Cachoeira Escura
Fábrica Patriótica em Congonhas1810 – Wilhelm Ludwig von Eschwege chega ao Brasil, faz uma primeira       viagem de pesqui...
Memorias Economicas da Academia de Sciencias de Lisboa, 1812
Fábrica de TimbopebaA meia légua de Antônio Pereira construí a expensas minhas umapequena fábrica de ferro em um vale cobe...
Rochus Schüch (1840):Memória sobre algumasExperiências e empenhosmineralógicos e metalúrgicos
Devo q’ pagarei ao Illmo. Snr. Guilherme Barão d’ Eschwege aquantia de setecentos mil rs. por a cessão q’ me fez da Fabric...
Nestes dias, visitei a fábrica de ferro do Sr. Prof. Rochus Schüchem Timbopeba, próxima ao Arraial de Antônio Pereira, a 2...
A noroeste de Antônio Pereira, o Sr. von Eschwege construiu uma pequenafábrica de ferro, administrada por um mestre fundid...
Jean Antoine Félix Dissandes de Monlevade (1791 – 1872)Engenheiro e empresário francês, chegou 1817 ao Brasil
Joaquim Cândido da Costa SenaViagem de estudos metallurgicos no centro da Provincia de Minas                              ...
Número de fábricas de ferro operantes no                           Brasil durante o século XIX                            ...
Pioneiros esquecidosJean Albert Gerspacher, pai (1839 – 1889)Jean Joseph Gerspacher. filho (1865 – 1940)Augusto Barbosa da...
A chegada da estrada de ferro deu umforte impulso a indústria siderúrgica daregião do Quadrilátero Ferrífero Fonte: Antôni...
Usina Esperança (Itabirito)Fundada em 1888 pelo suíçoJean Albert Gerspacher e sócios
Fonte do minério para a Usina                                   Esperança (Usina Queiroz jr.)                             ...
A mineração começou com a Estrada de Ferro1890 – Criação de Estrada de Ferro Vitória e Minas para estabelecer       uma li...
Orville A. Derby (1850 – 1915)We get thus for that portion of the   only district which has hitherto beenInvestigated the ...
Mapa do Quadrilátero Ferríferode Luis Felipe Gonzaga de Campos (ca. 1922)
1939 – Criação da SAMITRI, em 1952 comprada pela Belgo-Mineira1940 – a EFVM chega em Itabira e leva o primeiro trem de min...
A polêmica da concessão da Itabira Iron Ore Co. entre Percival Farquhar e Arthur Bernardes                                ...
Eliezer Batista da Silva                   o engenheiro do BrasilPresidente da Vale 1961 a 1964 e 1979 a 1886
Pico do Cauê
Mineração em Itabira                               ConceiçãoPico do Cauê (1943)
Mineração em Itabira
Pico de ItabiritoFoto: Gonzaga Campos 1922                            Vista do Pico e cava 2007
Serra da Piedade
Produção de minério de ferro e aço (em mil toneladas)                  Minério           País             Aço (2011)      ...
Muito obrigado !
A história do ferro no Brasil: entre as fábricas e a mineração
A história do ferro no Brasil: entre as fábricas e a mineração
A história do ferro no Brasil: entre as fábricas e a mineração
A história do ferro no Brasil: entre as fábricas e a mineração
A história do ferro no Brasil: entre as fábricas e a mineração
A história do ferro no Brasil: entre as fábricas e a mineração
A história do ferro no Brasil: entre as fábricas e a mineração
A história do ferro no Brasil: entre as fábricas e a mineração
A história do ferro no Brasil: entre as fábricas e a mineração
A história do ferro no Brasil: entre as fábricas e a mineração
A história do ferro no Brasil: entre as fábricas e a mineração
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A história do ferro no Brasil: entre as fábricas e a mineração

9.114 visualizações

Publicada em

Apresentação para a palestra “A história do ferro no Brasil: entre as fábricas e a mineração”, apresentada no dia 25 de outubro no Museu das Minas e do Metal (Belo Horizonte - MG): http://ow.ly/eTeoP

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.114
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
283
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
115
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A história do ferro no Brasil: entre as fábricas e a mineração

  1. 1. A História do Ferro no Brasil:entre as Fábricas de Ferro e a Mineração Prof. Dr. Friedrich E. Renger Instituto de Geociências / UFMG
  2. 2. ANTECEDENTES1532 primeira forja na Ibirapuera, SP (Bartolomeu Gonçalves)1559 Matias Nogueira monta uma tenda de ferreiro no Colégio de São Paulo1589 Afonso Sardinha, pai e filho, descobrem o minério magnético no Morro de Araçoiaba (Sorocaba, SP)1590 os Sardinha montam a primeira Fábrica de Ferro do Brasil no Morro de Araçoiaba (funciona até 1616)1682 Restabelecimento da fundição de Araçoiaba1702 Artur de Sá e Menezes identifica camadas de ferro em Minas1763 Arsenal da Marinha no Rio de Janeiro com oficinas de fundição1769/72 Pareceres sobre uma forja em N.S. do Paraopeba1780 Memória do Governador de MG, D. Rodrigo José de Menezes1785 D. Maria proíbe as fábricas na colônia1795 D. João Príncipe Regente libera a instalação de fábricas
  3. 3. Memória de D. Rodrigo de Menezes (1780)
  4. 4. Fundições de “fundo de quintal”IEB, Coleção Lamego Felicíssimo jr. 1969
  5. 5. D. Rodrigo de Souza Coutinho, Conde de LinharesMinistro da Marinha e Ultramar (1796 – 1803) A pedido de José Bonifácio d’Andrada e Silva manda buscar especialistas em fundição na Alemanha para reanimar fábricas de ferro em Portugal (Foz d’Alge em Figueiró dos Vinhos) a fim de enfrentar o perigo de uma invasão francesa. Em 1803 chegam Eschwege, Varnhagen, Feldner e outros em Portugal.
  6. 6. D. João transfere a corte de Lisboa para Rio de Janeiro (1807/08) Entre os companheiros de viagem o Conde de Linhares, agora Ministro dos negócios Estrangeiros e da Guerra (1807/12)
  7. 7. As primeiras Fábricas de Ferro no Brasil1589 Morro de Araçoiaba Afonso Sardinha1808 Real Fábrica de Ferro de São João de IpanemaHedberg / Varnhagen (até 1895)1810 Real Fábrica de Ferro de Morro de PilarIntendente Câmara (até 1830)1811 Fábrica Patriótica W.L. von Eschwege (até 1822)1827 Fábrica Jean Monlevade Brasil Localização das primeiras Fábricas de Ferro no Brasil
  8. 8. Histórico da Fábrica de Ferro de Ipanema1803 Martim Francisco Ribeiro de Andrada visita as minas de ferro de Sorocaba1809 Frederico Varnhagen chega ao Brasil e elabora um projeto para a Fábrica de Ferro de Sorocaba1810 Criação do “Estabelecimento Montanístico de Extração de Ferro das Minas de Sorocaba” sob direção do sueco Carl Gustav Hedberg (até 1814)1815 Varnhagen assume a direção da Real Fábrica de São João de Ipanema (até 1821)1818 Varnhagen consegue ferro gusa1895 encerram-se as operações da Fábrica de Ipanema, tendo produ- zida cerca de 10.000 t de ferro.
  9. 9. Vista de Ipanema em 1827 (J. Debret)Cruzeiro de ferro fundido(1818)
  10. 10. Mapa da Província de São Paulo Eschwege 1833
  11. 11. Friedrich Ludwig Wilhelmvon Varnhagen Os Altos-Fornos de 1818
  12. 12. Eschwege 1833
  13. 13. Fábrica de Ipanema em 1870, Foto de Marc Ferrez
  14. 14. Novo Alto-Forno de 1885 que Portal comemorativo danunca entrou em operação Fábrica de armas brancas
  15. 15. Moinho de minérioPlaca comemorativa da American Society for Metals
  16. 16. Vista do alto do Morro de Araçoiababa
  17. 17. José Viera Couto (1752 – 1827) Memória sobre a capitania das Minas Gerais, seu território, clima e produções metálicas 1799“O ferro, este metal tão necessário a todas as artes, atodos os ofícios ... mais precioso ao homem do que o ouroe a prata, que a Previdência derramou sobre nós com umaprodigalidade espantosa ...”
  18. 18. BIF’s em Minas Gerais Mesoproterozóico Rapitan: Porteirinha – Rio Pardo de Minas (ca. 1 Ga) Paleoproterozóico Lake Superior: Fm Cauê, (2,4 –2,5 Ga) Morro do Pilar, Serro, Itapanhoacanga (1,8?) Arqueano Algoma: SG Rio das Velhas (2,7-2,8 Ga), Guanhães, Itamarandiba (Serra Negra)
  19. 19. Manuel Ferreira da Câmara de Bethencourt e Sá Desembargador e Intendente dos DiamantesMorro do Pilar em 1898
  20. 20. Real Fábrica de Ferro de Morro do Pilar1808 O Intendente Câmara recebe autorização para a instalação da Real Fábrica de Ferro em Morro do Pilar, com subsídios de caixa da Intendência dos Diamantes. A Fábrica funcionava até 1830, criando muitos “filhotes” na região de Conceição (família Utsch).A Real Fábrica de Ferro deve a Real Extração dos Diamantes:31/12/1812Mantimentos: 16 broacas de sal 72.000Fazendas Geraes: ditos 1.949.329Caixa: pela assistencia feita a mesma no de-curso desde 4 de fev. de 1810 a 23 de mayodeste ano 17.719.44231/12/1814Fazendas Geraes: generos deste semestre 16.002 total: 20.598.172(Livro da Razão e Balanço Geral da Real Extracção dos Diamantes)
  21. 21. Mapa do Rio Doce (Silva Pontes, 1800) Cachoeira Escura
  22. 22. Fábrica Patriótica em Congonhas1810 – Wilhelm Ludwig von Eschwege chega ao Brasil, faz uma primeira viagem de pesquisa para a Ilha Grande (minério de ferro)1811 – agosto: chega em Vila Rica - setembro pede autorização régia para a “Fabrica Patriótica” (sócios: a família Monteiro de Barros e o Governador de MG)1812 – 17 de dezembro: consegue a primeira lupa de ferro em Congonhas com o mestre fundidor João Schönewolf1822 – A Fábrica encerra suas atividades
  23. 23. Memorias Economicas da Academia de Sciencias de Lisboa, 1812
  24. 24. Fábrica de TimbopebaA meia légua de Antônio Pereira construí a expensas minhas umapequena fábrica de ferro em um vale coberto de prados, na basedo íngreme morro rochoso de Timbopeba, formado doitacolumito com o oligisto e a mica ferruginosa, dos quaisaparecem embaixo desse morro pedaços enormes. A forçasuficiente das quedas de um límpido córrego nunca seco,formosos bosques nos arredores, a vizinhança de Vila Rica e deoutras localidades em que há grande consumo de ferro, fizeramdeste romântico vale um lugar próprio para um estabelecimentodesse gênero, que entretanto tive de vender depois, não metendo sido possível ter permanência sempre ali nem fácil, emminha ausência, manter uma boa administração.(Eschwege 1832)
  25. 25. Rochus Schüch (1840):Memória sobre algumasExperiências e empenhosmineralógicos e metalúrgicos
  26. 26. Devo q’ pagarei ao Illmo. Snr. Guilherme Barão d’ Eschwege aquantia de setecentos mil rs. por a cessão q’ me fez da Fabrica deFerro de Timbopeba cuja quantia não poderá exigir se não depoisde passados quatro annos contados da assinatura d’ este credito,obrigando-me de pagar os juros da Lei dos setecentos mil rs. pagospor trimestres, e obrigando-me com os meus bens de satisfazer adivida depois dos quatro annos passados com a clausula de pagarsomte. a quantia de quinhentos mil reis se a fabrica não fizer osprogressos desejados.Pela clareza passo isto com a minha assinaturaRio de Janeiro em 1o de Julho de 1821 Roque Schüch
  27. 27. Nestes dias, visitei a fábrica de ferro do Sr. Prof. Rochus Schüchem Timbopeba, próxima ao Arraial de Antônio Pereira, a 2léguas e meia da Cidade de Ouro Preto e 2 léguas da Cidade deMariana, a nordeste da primeira e ao norte da segunda.Este estabelecimento ou fábrica tem uma bela localização emum amplo vale, que se tornou conhecido e famoso há váriosanos por seu ouro e ferro.Barão de Langsdorff, Diário, agosto de 1824
  28. 28. A noroeste de Antônio Pereira, o Sr. von Eschwege construiu uma pequenafábrica de ferro, administrada por um mestre fundidor alemão. Essafábrica usa o itabirito que aqui forma depósitos consideráveis dentro esobrepostos ao quartzito branco e do qual encontram-se blocos grandesaqui e acolá na superfície. Às vezes é coberto por camadas de óxidos deferro vermelho. A rocha é muito rica, com 60 a 80 % [o máximo de teorde ferro é de 70 %!], e poder-se-ia abastecer de ferro todo Minas Gerais apartir daqui. Como muitos fazendeiros produzem seu próprio consumo deferro e também existem vários fornos pequenos nos mais diversos lugaresda província e atualmente uma boa parcela do ferro é importada do Rio deJaneiro, a produção diária se restringe a uma ou duas arrobas, que sãoimediatamente transformados em machados, foices, facas, ferraduras epregos. A arroba de ferro bruto é vendida aqui e nos arredores por 1.800réis. Nosso amigo von Eschwege lamentou diversas vezes sobre asdificuldades que se contrapõem nesse país a qualquer fábrica e citou comoprincipal causa a aversão da população mais pobre de se fixar em umcerto ofício.Spix & Martius (1823) Viagem ao Brasil 1817-20, v. 1, p. 401/2 (ed. alemão)
  29. 29. Jean Antoine Félix Dissandes de Monlevade (1791 – 1872)Engenheiro e empresário francês, chegou 1817 ao Brasil
  30. 30. Joaquim Cândido da Costa SenaViagem de estudos metallurgicos no centro da Provincia de Minas (1881) Enumera mais de 20 fábricas de ferro nos municípios de São Miguel (hoje Piracicaba), Itabira, Morro do Pilar e Conceição do M.D.; estima em 120 as fábricas ao longo da Serra do Espinhaço (incl. QF), muitas delas de ex-funcionários da Real Fábrica de Morro do Pilar
  31. 31. Número de fábricas de ferro operantes no Brasil durante o século XIX 125 120 110 97 84 55 30 1821 1853 1855 1864 1873 1881 1893 anosFonte: Graça 2006
  32. 32. Pioneiros esquecidosJean Albert Gerspacher, pai (1839 – 1889)Jean Joseph Gerspacher. filho (1865 – 1940)Augusto Barbosa da Silva (1860 – 1939)
  33. 33. A chegada da estrada de ferro deu umforte impulso a indústria siderúrgica daregião do Quadrilátero Ferrífero Fonte: Antônio Nahas junior: Rio Acima, Fragmentos da história de Minas (2010)
  34. 34. Usina Esperança (Itabirito)Fundada em 1888 pelo suíçoJean Albert Gerspacher e sócios
  35. 35. Fonte do minério para a Usina Esperança (Usina Queiroz jr.) 1938: Início da lavra no Pico de Itabirito pela Cia. de Mineração NovalimensePico de Itabirito (Calvert 1915)
  36. 36. A mineração começou com a Estrada de Ferro1890 – Criação de Estrada de Ferro Vitória e Minas para estabelecer uma ligação entre Vitória e Diamantina (1. trecho 1904)1908 – Fundação do Brazilian Hematite Syndicate (London)1910 – Congresso Internacional de Geologia em Estocolmo1911 – O BH Syndicate é reorganizada como Itabira Iron Ore Co. (controlador: Percival Farquhar)1913(antes de) Criação da Brazilian Iron & Steel Co. (capital americano)1913 – Criação da Deutsch-Luxemburgische Bergwerks- und Hütten gesellschaft (Ferro e Carvão – Ferteco)1934 – Criação da Cia de Mineração Novalimense (subsidiária da St. John del Rey Mining Co. Ltd.)1937 – Constituição do Estado Novo impede estrangeiros a exploração de jazidas minerais
  37. 37. Orville A. Derby (1850 – 1915)We get thus for that portion of the only district which has hitherto beenInvestigated the following result: Quarry ore 2000 Mt Rubble ore 2000 Mt Canga ore 1710 Mt Total 5710 Mt
  38. 38. Mapa do Quadrilátero Ferríferode Luis Felipe Gonzaga de Campos (ca. 1922)
  39. 39. 1939 – Criação da SAMITRI, em 1952 comprada pela Belgo-Mineira1940 – a EFVM chega em Itabira e leva o primeiro trem de minério a Vitória1940 – Criação da Cia. Brasileira de Mineração e Siderurgia (tem direito de acesso às minas da Itabira Iron Ore Co.)1941 – Criação da Cia. Siderúrgica Nacional (CSN)1942 – (1/06) Getúlio Vargas cria a Cia. Vale do Rio Doce1942 – Criação da ICOMI (Augusto Trajano Antunes de Azevedo)1944 – Criação da ACESITA (Amyntas Jaques de Moraes, Percival Farquhar e Athos Lemos de Rache; Timóteo)1960 – Hannah assume a St. John del Rey, que é divida em Cia. de Mineração Novalimense (ferro) e Mineração Morro Velho (ouro)1962 – Inauguração da Usiminas (Usina Intendente Câmara, Ipatinga)1965 – Criação da MBR (fusão da ICOMI, Mitsui, Novalimense-Hannah)1967 – Geólogos da Cia. Meridional descobrem a jazida de Carajás1969 – A CVRD se associa a Meridional (US Steel) em Carajás1979/86 - Eliezer Batista desenvolve o Projeto Carajás1974 – CVRD e ACESITA formam a ITAVALE para pesquisa conjunta do Distrito de Itabira1986 – Criação da Açominas (Ouro Branco / Congonhas)1997 – Privatização da CVRD (desde 2008 VALE S/A)
  40. 40. A polêmica da concessão da Itabira Iron Ore Co. entre Percival Farquhar e Arthur Bernardes Percival Farquahr foi o maior empresário de serviços públicos da historia nacional. Em negócios de hoje, ele seria o controlador ou grande acionista da Light, da Eletropaulo, Embratel, Telefônica e Telemar. Isso e mais a Vale do Rio Doce, a Acesita, os metrôs do Rio e de São Paulo, dez ferrovias e um porto. Suas PPPs contribuíram para a explosão da revolta sertaneja do Contestado (3.000 mortos) e Percival Farquhar mortandade da Madeira-Mamoré. (...) (1864 – 1953) Vivia como um príncipe, seco, distante e abstêmio. Os personagens da privataria de hoje caberiam no bolso do colete de sua casaca. Estudá-lo ajuda a expor tanto os embustes nacionalistas como a macaquice das "ekipekonômicas" diante dos magnatas mundiais (...) Farquhar: o Último Titã: um Empreendedor Americano na América Latina de Charles GauldFarquhar, Charlton e Grosse (1935)
  41. 41. Eliezer Batista da Silva o engenheiro do BrasilPresidente da Vale 1961 a 1964 e 1979 a 1886
  42. 42. Pico do Cauê
  43. 43. Mineração em Itabira ConceiçãoPico do Cauê (1943)
  44. 44. Mineração em Itabira
  45. 45. Pico de ItabiritoFoto: Gonzaga Campos 1922 Vista do Pico e cava 2007
  46. 46. Serra da Piedade
  47. 47. Produção de minério de ferro e aço (em mil toneladas) Minério País Aço (2011) (2010) 1 China 900.000 683.265 4 Índia 260.000 72.200 Austrália 420.000 5 Rússia 100.000 68.743 União 6 Coréia do Sul 68.471 177.400 Européia 7 Alemanha 44.288 2 Japão 107.595 8 Ucrânia 35.332 3 USA 86.247 9 Brasil 372.000 35.162
  48. 48. Muito obrigado !

×