O estado moderno e exp. marítima intensivo

385 visualizações

Publicada em

Material para Intensivo 2015

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
385
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O estado moderno e exp. marítima intensivo

  1. 1. O ESTADO MODERNO Prof. Murilo Cisalpino
  2. 2. ABSOLUTISMO A paz somente seria possível quando todos renunciassema liberdade que têm sobre si mesmos. Hobbes discorre sobre as formas de contratos e pactos possíveis em sua obra Leviatã, apontando ser o Estado o resultado do “pacto” feito entre os homens para, simultaneamente, todos abdicarem de sua “liberdade total”, do estado de natureza, consentindo a concentração deste poder nas mãos de um governante soberano. Seria necessária a criação artificial da sociedade política, administrada pelo Estado, estabelecendo-se uma ordem moral para a brutalidade social primitiva Thomas Hobbes – O Leviatã
  3. 3. “Todas as leis da natureza nos guiam para a monarquia; seja observando esse pequeno mundo que é nosso corpo, seja observando esse grande mundo, que tem um soberano Deus; seja observando o céu, que tem um só Sol”. Por isso, esse teórico absolutista será considerado um dos defensores do “direito divino dos reis”. Jean Bodin
  4. 4. Bispo Francês, defensor da Doutrina do Direito Divino dos Reis. “A Política Segundo As Sagradas Escrituras”
  5. 5. Nicola Maquiavelli Maquiavel levantou a seguinte dúvida: é melhor ser amado que temido ou temido que amado? Segundo o autor, desejam-se ambas as coisas: ser amado e temido seria o ideal, mas como é difícil ter ambas, se for necessário renunciar a uma, é muito mais seguro ser temido do que amado... pois, dos homens, em geral, pode-se dizer o seguinte: eles são ingratos, volúveis, simuladores, dissimuladores e são ávidos pelo lucro. Enquanto você fizer o bem para eles, são todos seus, oferecem seu próprio sangue, suas posses, suas vidas, seus filhos. Isso tudo quando você não tem necessidade. Mas quando você precisa, eles viram as costas. Em resumo, o pensador argumentou nessa passagem que o príncipe que esperasse a gratidão por parte de seu povo seria derrotado
  6. 6. Características do Estado Moderno . Centralização do poder político . Unificação territorial : Estados Nacionais . Nobreza Feudal dá lugar à Nobreza Cortesã . Ligação Estado - Igreja = Justificativa religiosa para o exercício do poder . Apoio ao crescimento do comércio como forma de financiamento dos Estados Nacionais ABSOLUTISMO + MERCANTILISMO = BASES DO ANTIGO REGIME
  7. 7. IMPORTANTE: - DOUTRINA ECONÔMICA HETEROGÊNEA (Ex: Colbertismo (França), Bulionismo (Espanha) Comercialismo (Inglaterra) - BASE COMUM: METALISMO
  8. 8. EXPANSÃO MARÍTIMA INSCREVE-SE NO CONTEXTO DO MERCANTILISMO. Busca por especiarias e metais preciosos para abastecer o crescente mercado europeu Espanha e Portugal: abertura de novas rotas para as “Índias” Portugal: Circunavegação da África Espanha: Navegação a Oeste Expansão da fé católica pelo mundo (vínculo com a “Reforma Católica) Desafios: Técnicos e Culturais Técnicos: Navegação Oceânica Cultural: “O Mar Tenebroso”

×