APOSTILA_GEOGRAFIA_VESTIBULAR_1

56.197 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação

APOSTILA_GEOGRAFIA_VESTIBULAR_1

  1. 1. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com GEOGRAFIA ELABORAÇÃO MATERIAL Autor: Muriel Pinto * Licenciado em Geografia. * Consultor Turístico e Patrimonial. E-mail: murielpinto@yahoo.com.br Blog : http:// murielpintogeografia.blogspot.com Fone: 055-99145468 1
  2. 2. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.comArtigoA interdisciplinariedade da Geografia nos processos vestibularesMURIEL PINTO/ Licenciado em Geografia e Consultor Turístico/ Professor UP Vestibulares e Grécia Cursos.E-mail: murielpinto@yahoo.com.br – Fone: (055) 99145468O sistema educacional das épocas de hoje, pode ser definido como um processoformador da competência humana, visto que possui uma forte relação com a qualidadeformal e a política, ou seja, está perfeitamente adequado com os acontecimentos doglobo terrestre, relacionando-se em conseqüência com os conceitos geográficos. Osestudos da Geografia são de suma importância para o ensino, uma vez que suasdiversas áreas estão diretamente relacionadas com as ações humanas, expondo para osdiscentes as diferentes atribuições do homem na superfície terrestre como: noções deespaço, localização, modo de vida, lugar, paisagem, contextualização histórica ecultural, turismo etc. Os conceitos tradicionais da geografia são relevantes para dar ásustentação básica a devida disciplina, mas não podemos esquecer das questões queenvolvem as épocas de hoje, o chamado contexto atual, que de uma forma ou de outra,salienta para os alunos, a conjuntura em que estamos inseridos, e suas respectivastransformações dentro de uma conjuntura histórica. Esse mundo dinâmico de hoje, vema cada dia nos revelando novos acontecimentos (busca por fontes renováveis deenergia, crise alimentar, equilíbrio econômico do Brasil, problemas ambientaisglobais,entre outros). De modo geral esse contexto atual vem contribuindo naelaboração das provas dos vestibulares, tornando os mesmos interdisciplinares. Dentreos muitos fatores benéficos dessa dinamização da Geografia para os processosvestibulares, podemos destacar a contribuição na interpretação de textos, elaboração deredação e resolução de questões de outras disciplinas e de questões descritivas, pois os vestibulares de hojetentam mostrar a atualidade, utilizando provas temáticas. Finalizando o que foi observado somos testemunhas deque as noções geográficas são de grande valia para os processos seletivos vestibulares, pois as mesmas dão umaorientação de mundo para os discentes, mostrando toda uma conjuntura local e global, devendo ter uma maioratenção dos candidatos, pois é uma das disciplinas que mais vem eliminando nos respectivos processos seletivos. DICAS GEOGRAFIA Interpretação de mapas. Interpretação de trechos literários. Provas temáticas (tematizações atuais). Interdisplinariedade (miscigenação de disciplinas). Interpretação de enunciados, gráficos, tabelas, mapas ( busca a atençãodo candidato). Geografia crítica (análise geopolítica) agregada com a geografia cultural. 2
  3. 3. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com SUMÁRIO Temática 1 Forma e movimento da Terra_______________ 4 Temática 2 Localização e Orientação___________________ 9 Temática 3 Fusos horários___________________________ 13Temátic Temática 4 Cartografia______________________________ 20 Temática 5 Projeções Cartográficas___________________ 27 Temática 6 Relevo Terrestre__________________________32Temática 3
  4. 4. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com Temática 1 FORMA E MOVIMENTO DA TERRA Não se sabe exatamente quando o homem descobriu que a Terra é redonda. Os antigos gregosobservando a sombra da Terra sobre a Lua durante as eclipses, já tinham certeza da esfericidade de nossoplaneta. A esfericidade de nosso planeta é responsável pela existência das diferentes zonas climáticas: Atenção! ! * a mesma quantidade de energia solar incide sobre uma área menor nas proximidades do Equador (temperaturas mais elevadas) e sobre uma maior nas regiões de latitudes mais elevadas (torna as temperaturas progressivamente mais baixas). MOVIMENTO DE TRANSLAÇÃOÉ o movimento que a Terra executa em torno do Sol em um período de 365 dias, 5horas e 48 segundos. 4
  5. 5. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com A órbita da Terra apesar de possuir a forma de uma elipse, apresenta pouca excentricidadeconseqüentemente à diferença entre o ponto em que o planeta se encontra mais afastado do Sol (afélio) e o pontomais próximo do Sol (periélio) é muito pequena. Afélio Periélio Sol= 152.000.000 Km do = 147.000.000 Km doSOL SOLCONSEQÜÊNCIAS: A primeira conseqüência desse fato é a ocorrência das estações do ano. a cada 4 anos tem-se um dia mais = 29 de Fevereiro (ano Bissexto).Solstícios (define verão e inverno) = (duração dos dias = das noites)22 de Dezembro  Verão no Hemisfério Sul Sol no Trópico de Capricórnio  Inverno no Hemisfério Norte21 de Junho  Verão no Hemisfério Norte Sol no Trópico de Câncer  Inverno no Hemisfério SulEquinócios (define Outono e Primavera) = (dias = noites)21 de Março  Primavera no Hemisfério Norte Sol na Linha do Equador  Outono no Hemisfério Sul23 de Setembro  Primavera no Hemisfério Sul Sol na Linha do Equador  Outono no Hemisfério Norte MOVIMENTO DE ROTAÇÃO* É o movimento em que a Terra executa em torno de seu eixo em período de 23 horas, 56 minutos (dia sideral). 5
  6. 6. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.comCONSEQÜÊNCIAS: A sucessão dos dias e das noites:Admitindo-se a forma esférica para a Terra, ela não poderá ser totalmente iluminada pelo Sol ao mesmo tempo. Arotação permite que a face iluminada altere constantemente. Desvio dos corpos em queda livre para leste:Se a Terra fosse fixa, um corpo em queda livre seguiria a direção vertical procurando atingir o centro do planeta.Na realidade durante a queda o corpo submete-se a ação da gravidade e a velocidade de rotação que tinha noinicio da queda. Como no início da queda o corpo se encontra mais afastado do centro da Terra, sua velocidade derotação é maior, dessa forma á medida que cai, tende a sofrer para leste. Achatamento polar: Desvio dos ventos e das correntes marinhas: Através do movimento de rotação, foram criadas as horas e os fusos horários. TESTES – TEMÁTICA 1 1 (UFSM) Considere a seguinte afirmação: 2 (PEIES - 2001) Selecione a alternativa que completa, corretamente, as lacunas. ―Se isso acontecesse, não teríamos noites e dias e um lado da Em decorrência do movimento de _____________, surgem os Terra ficaria imensamente aquecido e outro muito frio. Haveria, dias e as noites, além da diferença de horários entre os provavelmente, tempestades muito violentas e furacões, em diversos pontos ________________ da esfera terrestre. Para razão da interação entre ar quente de um lado e ar frio de determinar a diferença de horário entre duas localidades, basta outro. Os ventos e a temperatura seriam tão rigorosos que a saber a ____________ entre elas e dividi-la por 15, que é a vida seria impossível‖. medida de cada fuso. As horas aumentam para TEIXEIRA, W. et. ai. Decifrando a Terra. 2003. p. 224. ____________ e diminuem para , a partir de qualquer referencial adotado. A afirmação refere-se à hipótese de suspensão de um dos muitos movimentos que a Terra executa. Com base nessa afirmação, pode-se garantir que a vida na superfície da Terra só é possível devido à existência do movimento de a) translação da terra - latitudinais – distância latitudinal - Leste – Oeste. a) rotação. b) rotação da terra - longitudinais – distância longitudinal - b) precessão. Leste – Oeste. o) obliqüidade. o) rotação da terra - latitudinais - distância latitudinal - Oeste – d) translação. Leste. e) excentricidade. d) translação da terra - longitudinais – distância longitudinal - Oeste – Leste. e) rotação da terra - longitudinais - altitude - Leste – Oeste.3 (FURG – 2005) O nosso Planeta Terra tem a forma aproximada de uma esfera ligeiramente achatadanos Pólos. Nele distinguimoscírculos imaginários cujas finalidades são as de possibilitar a localização, a orientação, e os deslocamentos em sua superfície, sendo destacadoso Equador, os círculos tropicais, os círculos polares Boreal e Austral, e o círculo meridiano de Greenwich.Assinale, entre as alternativas abaixo, aquela que é verdadeira.A) As faixas nos hemisférios Norte e Sul entre os círculos polares e os círculos tropicais, determinam zonas nas quais o clima é caracterizadocomo frio.B) O Equador terrestre é a origem de contagem das longitudes para leste e para oeste. 6
  7. 7. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.comC) As faixas correspondentes aos círculos tropicais determinam uma zona na qual o clima é caracterizado como temperado.D) O círculo meridiano de Greenwich é a origem de contagem das latitudes para o norte e para o sul.E) Os círculos polares Boreal e Austral têm aproximadamente 66º,5 de latitudes norte e sul.4 (PEIES – 2005)Assinale a alternativa correta.a) Asserção correta, razão correta, e a razão justifica a asserção. 6 (UPF) No dia 21 de dezembro, os raios solares incidem,b) Asserção correta, razão correta, mas a razão não justifica a asserção. perpendicularmente, sobre o Trópico de Capricórnio. Nessa dataoc) Asserção correta, razão errada. hemisfério norte...d) Asserção errada, razão correta.e) Asserção e razão erradas. a) está recebendo mais insolação do que o hemisfério sul, e os dias são mais longos e as noites mais curtas. 5 (UFPEL – 2008) Em um determinado dia do ano uma b) está vivenciando o dia mais longo do ano e a noite mais curta experiência de observação de sombras é realizada por alunos de a qual tem duração de apenas 10 horas. uma escola de Pelotas. Utiliza-se uma vareta de aproximadamente c) está recebendo menos insolação e vivendo a estação invernal, 30 cm, disposta verticalmente sobre uma folha de cartolina colocada em que os dias são mais curtos e as noites mais longas. no chão para marcação da sombra projetada ao longo do dia, como d) está recebendo menos insolação, não tendo esse fato ilustra a figura. Durante a atividade a vareta e o papel permanecem influência na duração dos dias e noites. imóveis. e) está mais perto do sol (periélio) e, por isso, os dias são mais longos e as noites mais curtas. 7 (UFCSPA) Considere as afirmativas abaixo, referentes a incidência dos raios solares. I - Qualquer cidade localizada a 30° de latitude sul, como, por exemplo, Porto Alegre, terá ao meio dia solar, sua sombra projetada para o sul. II- Os estados da Amazônia não têm horário de verão, pois apresentam o sol no Zênite durante todo ano quando os relógios marcam 12horas. Vareta, cartolina e papel utilizados para marcação da sombra. III - O sol da meia-noite acontece em áreas localizadas desde o Círculo Polar Ártico até o Pólo Norte e desde o Círculo Polar Com base na experiência descrita é correto afirmar que Antártico até o Pólo Sul durante o período de verão, em cada (a) às 9 h a sombra será projetada para oeste e será maior do que hemisfério da terra. ao meio-dia quando o sol estará próximo do zênite. (b) às 12 h a sombra será projetada para o norte, pois o sol estará Quais são corretas? ao sul do Trópico de Capricórnio. a) apenas I. (c) às 15 h a sombra será projetada para o leste e será menor do b) apenas II. que ao meio dia em função da rotação da Terra de oeste para leste. c) Apenas III. (d) em função de a cidade estar ao sul do Trópico de Capricórnio, d) Apenas I e III. não se observará sombra projetada para o sul. e) I,IIeIII. (e) quanto mais o sol se afasta do meridiano de Greenwich maior será a sombra projetada pela manhã. (f) I.R. 7
  8. 8. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com 8 (UFRGS – 2006) Os classificados abaixo apresentam 9 (PUC) Um morador, observando o amanhecer em uma anúncios para venda de apartamentos localizados no município latitude antípoda da cidade de São Paulo, no dia 21 de junho, de Porto Alegre. perceberá que o sol estará nascendo no , o que caracteriza uma situação de a) oeste - equinócio. b) sudeste - equinócio. c) leste - solstício. d) sul - solstício. e) sudeste - equinócio. 10 (UFCSPA) Ao serem unidos todos os pontos de uma rosa-dos-ventos, ter-se-á um círculo. Sabendo-se que o Norte representa 0º, quanto vale, em graus, a distância do ponto Nos anúncios, os vendedores indicam vantagens quanto à sudoeste até o ponto nordeste? localização do imóvel em relação à sua orientação solar. a) 15° Sabendo-se que Porto Alegre se situa no hemisfério sul, é b) 45° correto afirmar que : c) 90° d) 135° (A) a face dos imóveis voltada para oeste recebe maior e) 180° quantidade de energia solar no período da manhã do que no período da tarde. (B) A face dos imóveis voltada para leste recebe maior 11 (ULBRA) _A_ são épocas do ano que os hemisférios quantidade de energia solar no período da tarde do que no norte e sul da Terra são desigualmente iluminados. Ocorre no dia período da manhã. 21 de junho que marca o início do(a) _B_ para o hemisfério (C) A face dos imóveis voltadas para o norte é a que recebe norte e o início do(a) _C_ para o hemisfério sul. maior quantidade de energia solar durante o dia. Com base no texto acima, as letras A, B e C ficam na seqüência (D) A face dos imóveis voltada para o sul é a que recebe maior correta, substituídas na alternativa: quantidade de energia solar durante o dia. (E) As faces dos imóveis voltadas para o norte-leste recebem a) Solstício, verão, inverno. menor quantidade de energia solar durante o dia do que as faces b) Equinócio, primavera, outono. voltadas para o sul-leste. c) Solstício, inverno, verão. d) Equinócio, verão, inverno. e) Solstício, primavera, outono.12 (UFRGS) O fenômeno do sol da meia-noite no hemisfério norte ocorre durante a estação:a) do outono no mesmo hemisfério.b) do inverno no hemisfério sul.c) do inverno no mesmo hemisfério.d) do verão no hemisfério sul.e) da primavera no mesmo hemisfério. ANOTAÇÕES: 8
  9. 9. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com Temática 2 LOCALIZAÇÃO E ORIENTAÇÃO PARALELOS E MERIDIANOS São linhas imaginárias que compõe a rede geográficaParalelos: São circunferências perpendiculares ao eixo da Terra. Os paralelos são numerados de acordo com o ângulo que formam com o Equador tanto parao Hemisfério Norte (Setentrional), quanto para o Hemisfério Sul (Meridional). HEMISFÉRIOS: Podem variar de 0º sobre a linha do Equador até + 90º sobre o Pólo Norte ou -90º sobre o Pólo Sul. Além do Equador que divide a Terra em dois hemisférios (metades), ainda existem mais quatro paralelos que possuem nomes próprios: Desenho !!!Meridianos: São semicircunferências de círculos máximos que se estendemde um pólo ao outro.* Por convecção adotou-se o Meridiano de Greenwich como meridiano de origem0º a partir do qual todos os outros são numerados até 180º para o hemisférioleste (oriental) e até 180º para o hemisfério oeste (ocidental). Por convecção adotou-se o Meridiano de Greenwich como meridiano de origem 0º a partir do qual todos os outros são numerados até 180º para o hemisfério leste (oriental) e até 180º para o hemisfério oeste (ocidental). 9
  10. 10. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com COORDENADAS GEOGRÁFICAS São um conjunto de linhas imaginarias (intersecção de paralelos e meridianos) que servem para localizarum ponto ou acidente geográfico na superfície terrestre. Podemos de maneira prática conceituar latitude e longitude como sendo duas informações a respeito da localização de um ponto qualquer da superfície terrestre. Latitude- Nos informa se o ponto fica mais para o norte ou mais para o sul da Linha do Equador (Se baseia nos paralelos).- a latitude quando medida no sentido do Pólo Norte é chamada de Latitude Norte ou Positiva.- Quando medida no sentida Sul é chamada de Latitude Sul ou negativa.Sua variação é de: 0º a 90º N ou 0º a + 90º. 0º a 90º S ou 0º a -90º. LongitudeNos diz se o ponto fica mais para leste ou mais para oeste do meridiano de Greenwich (Se baseia mos meridianos)- Se contada no sentido Leste (Est), é chamada de LONGITUDE LESTE DE GREENWICH ou POSITIVA.- A longitude pode ser contada no sentido Oeste (West), quando é chamada de LONGITUDE OESTE DEGREENWCH ou NEGATIVA.Sua variação é de: 0º a 180º E (L) Gr ou 0º a +180º. 0º a 180º W (O) Gr ou 0º a - 180º. 10
  11. 11. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com Saiba mais * Quando, em um mapa queremos descobrir a latitude de um ponto, observamos o paralelo que passa sobre ele, e para determinar a longitude, procuramos o meridiano que passa sobre ele. TESTES – TEMÁTICA 2 1(UFPEL ) 2 (IBGE) - Viena, na Áustria tem uma posição geográfica estratégica segundo vários geógrafos, pois localiza-se na intersecção de duas diagonais geopolíticas: uma, na direção NO-SE (do Mar do Norte ao Mar Negro), a outra na direção NE-SO (do Mar Báltico ao Mar Adriático). Com base nessa descrição, um deslocamento em linha reta desde o Mar Adriático até o Mar Negro esta orientado para o: (A) Sul (B) Oeste (C) Leste (D) Sudoeste (E) Nordeste (UFSM - 2002) Considerando noções espaciais, como os meios de orientação, os movimentos da Terra e a cartografia, Por hipótese, suponha que destroços de um avião tenham sido pode- se afirmar que encontrados nas seguintes coordenadas geográficas: 68° de latitude Norte e 20° de longitude Oeste. a) o meridiano de Greenwich divide a Terra em hemisférios setentrional e boreal. Com relação às indicações do local onde os destroços do avião b) os meridianos servem de referência para o foram encontrados, é correto afirmar que o lugar está localizado: estabelecimento dos 24 fusos horários da Terra. (A) na parte setentrional da Europa e ao Norte do c) os paralelos definem os graus de longitude a partir do Trópico de Câncer. Equador, variando de 0° a 90° para o norte e para o sul. (B) na costa Ocidental da América do Norte e ao Suldo Círculo d) os mapas que representam áreas mais altas e mais baixas Polar Ártico. do relevo terrestre são chamados de geológicos. (C) nas proximidades do Círculo Polar Antártico e ao Sul do e) a inclinação do eixo terrestre e o movimento de translação Trópico de Capricórnio. estabelecem a zonalidade climática nos dois hemisférios e a (D) nas proximidades do Círculo Polar Ártico e a Oeste do sucessão de dias e noites. Meridiano de Greenwich. (E) no Oceano Pacífico, a Leste de Greenwich e ao Norte da Linha do Equador. (F) I. R. 3 (PUC) - Tóquio localiza-se a 30°40‘ N e 139°45‘ E. O quadrante onde se localiza Tóquio é o da alternativa: Instrução: Responder à questão, com base nas afirmativas abaixo e no mapa-múndi.4 (PUC) - Qual a distância em latitude e longitude de duas cidades localizadas a 20°N, respectivamente?a) 50°e 25°b) 90º e 105°c) 80º e 115ºd) 50º e 105ºe) 90º e 25º 11
  12. 12. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com5 (UFSM – 2001, adaptada) Observe o mapa a seguir: Assinale a alternativa em que as coordenadas geográficas enquadrem com melhor precisão, o continente sul-americano. . a) 12° lat. S a 60 lat. S e 30° long. W a 90° long. W b) 15° lat. N a 50° lat. S e 30º long. W a 75° long. W c) 100 iat. Na 60° lat. S e 35° long. W a 85° long. W d) 12° lat. N a 56° lat. S e 35° long. W a 82° long. W e) 10º lat.N a 65° lat. S e 40° long. W a 78° long. W6 (UFSM – 2003) Com base no mapa e na localização absoluta dos países destacados em cada continente, é correto afirmar que: a) Noruega e Sudão são os países posicionados nas menores longitudes e o Brasil é o país de menor latitude. b) a maior parte do México e da China localiza-se na região intertropical. c) Zaire e Estados Unidos estão situados em regiões de menor latitude. d) Japão e leste do Canadá. encontram-se em maiores longitudes que Austrália e Argentina, respectivamente. e) Angola e a maior parte da Índia situam- se na região intertropical enquanto a Rússia está em região extratropical. Instrução: responder á questão 7 com base no desenho abaixo sobre latitude e longitude. 7 8 (UFSM) - Considerando noções espaciais, como os meios de orientação, os movimentos da Terra e a cartografia, pode-se afirmar: a) o meridiano de Greenwich divide a terra em hemisférios setentrional e boreal. b) os meridianos servem de referência para o estabelecimento dos 24 fusos horários. e) os paralelos definem os graus de longitude a partir do equador, variando de 0° a 90° para o norte e para o sul. d) os mapas que representam áreas mais altas e mais baixas do relevo terrestre são chamados de geológicos. e) a inclinação do eixo terrestre e o movimento de translação estabelecem a zonalidade climática nos dois hemisfério e a 7 (PUC) O desenho representa: sucessão de dias e noites. a) latitude norte e longitude leste b) latitude oeste e longitude norte c) latitude sul e longitude oeste d) latitude leste e longitude sul e) latitude norte e longitude oeste 12
  13. 13. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com Temática 3 FUSOS HORÁRIOS Por causa de seu movimento de rotação, a terra apresenta dias e noites. Como conseqüência váriospontos da superfície terrestre apresentam diferenças de horários (fusos horários).  As horas mudam uma a uma, á medida que passamos de um fuso a outro.  O mapa de fusos do planeta mostra que as horas aumentam para leste e diminuem para oeste..  Dividindo os 360º da circunferência  Como a rotação ocorre de oeste para terrestre/ 24 horas do movimento de rotação = 15º leste, os pontos que se localizam mais leste dos  15º = 1 hora = 1 fuso horário. outros encontram-se mais adiantados.  1º de longitude = 4 minutos.  24 divisões (24 fusos horários).  Quando nos deslocamos para oeste, entretanto, estamos nos dirigindo a um local  regiões situadas no mesmo fuso = adotam á onde o sol nasce mais tarde; portanto nesse mesma hora. lugar as horas estão ―atrasadas‖ em relação ao nosso ponto de partida = sol nasce a leste. 13
  14. 14. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com ORIENTAÇÕES GERAIS PARA CALCULOS DE FUSOS HORÁRIOS 1º Método Para saber HORAS a partir das longitudes Para saber LONGITUDES a partir de horas 1º) Calcular a AMPLITUDE LONGITUDINAL. 1º) Calcular a DIFERENÇA HORÀRIA * Mesmo hemisfério: subtrair * Maior horário menos menor horário. * Hemisférios diferentes: somar 2º) Calcular a DIFERENÇA HORÁRIA 2º) Calcular AMPLITUDE LONGITUDINAL * Dividir por 15º * Multiplicar por 15º 3º) E – soma as horas 3º) Horário adiantado – E W – subtraem-se as horas Horário atrasado - W 2º Método 45ºW 30ºW 15ºW 0º 15ºE 30ºE 45ºE Dica! CUIDADO: 1h 1h 1h 1h 1h 1h As questões que envolvem cálculos, normalmente, apresentam alternativas com respostas ―absurdas‖ resultantes de raciocínio errado. OESTE LESTE (Diminui ás horas) (Aumenta ás horas) Ponto Antípoda Ex 2: Na cidade A, localizada a 30º de longitude W, são 12 horas. Qual a hora neste mesmo instante em uma cidade B localizada na longitude de 60º W? Resolução!!! 14
  15. 15. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com LINHA INTERNACIONAL DA MUDANÇA DE DATA* Coincide com o meridiano de 180º. È a linha a partir da qual começa a contagem de um novo dia. Ela pode serreconhecida em um mapa como um meridiano pontilhado que acompanha o meridiano de 180º, desviando dasterras emersas que esta cruza. Se a direção for sentido oeste = vai aumentar 24 horas; Se a direção for sentido leste = vai diminuir 24 horas; Ex 1: Quando um viajante cruza essa linha do hemisfério leste (ex: da China) para o hemisfério oeste (ex: para o Canadá) deve subtrair 24 horas, e na direção contrária deve adicionar 24 horas. FUSOS HORÁRIOS DO BRASIL CARACTERÍSTICAS  Por causa da grande extensão leste-oeste, o território brasileiro, incluindo as ilhas oceânicas, estende-se por três fusos horários (a partir de abril de 2008, Brasil passa de 4 para 3 fusos horários).  Possui assim, 3 horas diferentes (3 fusos horários).  O 2º fuso horário, onde está localizada Brasília, a capital federal, determina a hora oficial do país.  Todos os fusos horários do Brasil possuem horas atrasadas em relação a Greenwich = país totalmente localizado a oeste desse meridiano. 15
  16. 16. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com 1º Fuso horário brasileiro: * Contém as ilhas oceânicas do país (arquipélago de Fernando de Noronha, atol das Rocas, penedos de São Pedro e São Paulo, Trindade e Martin Vaz). * É o de menor importância, por abranger uma diminuta área e pouca população. * É o 2º fuso a oeste de Greenwich = está à 2 horas atrasado = 1 hora adiantado em relação a Brasília. 2º Fuso horário brasileiro * É o mais importante por conter a maior parte da população brasileira, bem como a grande do território nacional. * Esse fuso abrange o Amapá, Pará, Tocantins, Goiás, Distrito Federal, além de todos os estados das regiões Nordeste, Sudeste e Sul. * Está 3 horas de Greenwich = horário oficial de Brasília. 3º Fuso horário brasileiro: *Composto pelos estados: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Roraima, Amazonas e Acre. * Está 4 horas atrasado em relação a Greenwich = 1 hora atrasado em relação a Brasília. Obs: Estado do Acre e oeste do Amazonas, a partir de abril de 2008 = aparecem no 3º fuso horário brasileiro. * está 4h atrasado em relação a Greenwich = 2 horas atrasaso em relação a Brasíli TESTES – TEMÁTICA 3 1 (UFPEL – 2008/ INVERNO) Devido à necessidade de adequação das transmissões de TV aos diferentes fusos horários vigentes no país, em função da classificação indicativa dos programas, foi sancionado em 24/04/2008 projeto de lei que altera os fusos horários no Brasil. Com a medida se iguala o horário do Acre e do Amazonas com o adiantamento de uma hora no fuso dos municípios que tinham duas horas de atraso em relação à Brasília. O Pará terá seu fuso igualado ao da capital do país. A partir da nova definição dos fusos horários no Brasil, é correto afirmar que um programa de televisão exibido em Brasília às 15 h local será visto: (a) em Manaus às 16 h local, devido ao fato de que o fuso horário de Manaus está à leste de Greenwich. (b) em Rio Branco às 14 h local, considerando que essa cidade estará um fuso horário legal à oeste de Brasília. (c) em São Paulo no mesmo horário local, porque ambas as cidades estarão no mesmo paralelo. (d) em Porto Alegre no mesmo horário local, apesarde o Rio Grande do Sul estar em outro fuso horário legal. (e) no Acre às 15 h local, considerando que os dois locais estão à oeste de Greenwich. chega à superfície, em um processo vulcânico resultante de sua localização.2 (PUC) O nascer do sol no equinócio ocorre às 6 horas local no meridiano de 58° oeste. Em que meridianos, nesse mesmo momento, serámeio-dia e meia-noite, respectivamente?a) 35°leste e 18O° oesteb) 32° leste e 148° oestec) 180°e O°d) 0° e 32°lestee) 148° leste e 32° oeste 16
  17. 17. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com(FURG – 2006) As três questões que se seguem, de números 3, 4e 5 devem ser respondidas através das informações obtidas neste 6 (FURG – 2005) Em virtude do movimento de rotaçãomapa e referentes às localidades assinaladas por pequenos círculos, emtorno de seu próprio eixo terrestre, os locais comdesignadas por ―A‖ (no Brasil), e ―B‖ (no Sudão diferenças significativas de longitude apresentamhoras oficiais diferentes, agrupadas por Fusos Horários. Em uma localidade ―A‖, de latitude 32º sul e longitude 52º oeste, são 15:00 horas Legais (horário oficial). O Tempo Universal – TUcorrespondente ao mesmo instante de ―A‖ é de: A) 15:00 horas. B) 17:00 horas. C) 12:00 horas. D) 18:00 horas. E) 20:00 horas. 7 (UFRGS) Uma nave espacial, com órbita equatorial, desloca-se a uma velocidade constante de 10 meridianos terrestres por hora em relação à terra, de leste para oeste. Quantos fusos horários irá percorrer em 15 horas? a) 1,5 b) 10 c) 15 d) 25 e) 150 8 Sabemos que o fuso horário do RS é determinado pelo meridiano de 45º W e o RS tem uma diferença de 12h em relação ao Japão. Considerando estes dados, podemos afirmar que o meridiano que determina o horário no Japão é: a) 135°W b) 180°E e) 180°W3 (FURG – 2006) As localidades “A” e “B” constantes nesse d) 135°Emapa têm, respectivamente, as seguintes coordenadas geográficas e) 165° EA) “A”: latitude 15º Sul; longitude 45º Este; e “B”: latitude 30ºNorte; longitude 15º Oeste. 9 (UFSC) Nos meses de junho e julho do corrente ano,B) “A”: latitude 15º Sul; longitude 45º Oeste; e “B”: latitude 30º realizou-se, na França, a Copa do Mundo de Futebol.Norte; longitude 15º Este. Considerando a posição geográfica do Brasil e da França,C) “A”: latitude 45º Sul; longitude 15º Este; e “B”: latitude 15º assinale a(s) proposição(ões) VERDADEIRA(S):Norte; longitude 30º Oeste.D) “A”: latitude 15º Sul; longitude 45º Oeste; e “B”: latitude 15º 01. A hora marcada para a realização dos jogos apresentavaNorte; longitude 30º Este. uma coincidência entre os horários brasileiro e francês,E) “A”: latitude 15º Sul; longitude 45º Oeste; e “B”: latitude 30º porque os dois países estão no hemisfério meridional.Norte; longitude 15º Este. 02. Os horários brasileiros foram uniformizados para todo o território nacional durante a realização da Copa do Mundo, para que todos pudessem acompanhar as transmissões a partir da França.4(FURG – 2006) Considerando as localizações dos pontos “A” 04. Durante os jogos, as horas no Brasil estavam atrasadase “B” constantes nesse mapa, uma aeronave que se desloca de “A” porque nosso território fica localizado na parte oriental dopara “B” segue no sentido (Rumo Verdadeiro): globo terrestre. 08. Os horários franceses sempre coincidiram com osA) Nor-Nordeste (NNE). horários brasileiros, porque çs dois países se situam noB) Leste-Nordeste (ENE). meridiano de 45° de longitude oeste.C) Leste-Sudeste (ESE). 16. O horário brasileiro está sempre atrasado em relação aoD) Sul-Sudoeste (SSW). francês, porque o Brasil situa-se no hemisfério oeste,E) Sudoeste (SW). enquanto a França localiza-se no hemisfério leste.5 (FURG – 2006) A fim de regular o tempo das atividadeshumanas na Terra, através de um acordo internacional, aslocalidades foram agrupadas por faixas longitudinais significativas, ANOTAÇÕES:denominadas de Fusos Horários, dentro dos quais todos os locaistêm a mesma hora oficial. Considerando um instante em que são17:00 horas no Tempo Universal – TU (antiga Hora Média deGreenwich), nas localidades “A” e “B” são, respectivamente:A) 15:00 horas na localidade “A” e 19:00 horas na localidade “B” .B) 17:00 horas na localidade “A” e 17:00 horas na localidade “B” .C) 17:00 horas na localidade “A” e 22:00 horas na localidade “B” .D) 19:00 horas na localidade “A” e 15:00 horas na localidade “B” .E) 14:00 horas na localidade “A” e 19:00 horas na localidade “B” . 17
  18. 18. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com10 (FURG) Em virtude do movimento de rotação em torno 15 (UNISC) Qual a diferença de fusos horários entre osdo seu próprio eixo terrestre, os locais com diferenças Estados Unidos e o Afeganistão, oito horas ou oito séculos?‖significativas de longitude apresentam horas oficiais diferentes, (Coluna do José Simão, jornal Folha dc São Paulo, 26 out. 2001,)agrupadas por Fusos Horários. Em uma localidade ―A‖, delatitude 32° sul e longitude 52° oeste, são 15:00 horas Legais Com seu conhecimento de fusos horários a resposta correta a este(horário oficial). O Tempo Universal — TUcorrespondente ao colunista seria:mesmo instante de ―A‖ é de: a) De fato, o Afeganistão está oito horas atrasado em relação aos Estados‘ Unidos.a) 15:00 horas b) De fato, a diferença de fusos horários (de 15° de longitude cadab) 17:00 horas um) é oito séculos.e) 12:00 horas c) Em função de sua extensão, os Estados Unidos tem fusosd) 18:00 horas horários diferentes, portanto a diferença depende da posição dae) 20:00 horas cidade nos EUA. d) Em função da sua extensão o Afeganistão tem dois fusos11 (UFCSPA) Se uma cidade localizada a 2°30‘ Oeste de horários diferentes, portanto depende se você está no norte ou noGREENWICH, os relógios marcam 18 horas, em São Paulo os sul do país.relógios estarão marcando, desconsiderando-se a possibilidade e) Na verdade não há diferença de fusos horários, pois as notíciasde horário de verão dos ataques americanos ao Afeganistão chegaram em tempo real.a) 15 horasb) 16 horasc) 17 horas ANOTAÇÕES:d) 19 horase) 20 horas12 (UNISC) Como resultado da globalização, atualmentepodemos ter empresas de um mesmo grupo situadas em paísese continentes diferentes. Diante desse cenário, qual o horário emque, simultaneamente, seria possível haver uma conferênciaentre diretores de POA - Brasil (fuso 45° W), Detroit - EUA (fuso75° W) e Düsseldorf- Alemanha (fuso 45° E) em 20/01/200 via―chat‖, considerando que essa conferência deve se dar emhorário co-mercial nos três países?Obs: Em POA vigora o horário de verão.a) 8 horas em Düsseldorfb) 8 horas em PoAc) 8 horas em Detroitd) 17 horas em Poae) 17 horas em Detroit13 (UFRGS) A copa do Mundo de 2002 mudou a rotina dosbrasileiros em virtude da diferença de fuso horário entre o Brasile os países que a sediaram, a Coréia do sul e o Japão. O jogoentre Brasil e Inglaterra foi realizado na Coréia do Sul no dia 21de junho, as l5h30min, horario local.a) no dia21 dejunho, às 3h 30min.b) no dia 21 de junho, às 15h 3Omin.c) no dia 20 de junho, às 3h 30min.d) no dia 22 de junho, às 3h 30min.e) no dia 22 de junho, às 21h 30min.14 (PUC) Em POA, localizada a 30°S e 51°W, são 11 horas.Em que longitudes seriam, respectivamente, 6 horas e 20 horas:a) 24°W e 186°Eb) 126°W e 84°Ec) 75°W e 135°Ed) 84°W e 135°Ee) 135°W e 75°E 18
  19. 19. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com15 (UNIFRA – 2008/ Inverno) O presidente Lula, em24 de abril de 2008, sancionou a lei que altera o fuso horário cm46 municípios da região Norte (Folha dc São Paulo, 26 dc abril dc2008).Veja nos mapas o que mudou. 18 (UFRGS, adaptado) - No mapa acima, os fusos hurários ‗O‖, ―P‖, ―Q‖‖ possuem, em relação ao fuso ―Z‖ (indicador da hora TMG), uma diferença que é, respectivamente, de: A) As mudanças atingem todos os Estados da Região Norte e parte (A) -2h, -3h, -4h. dos Estados da Região Centro-Oeste. (B) +3h, +4h, +5h e +6h. B) O fuso horário de Rio Branco passou a ter 4 horas de atraso em (C) -3h, -3h30 min, -4h e - 4h30min. relação a Greenwich. (D) +1h, +2h, +3h e +4h. C) A maior dificuldade foi adequar o fuso horário cio Acre que (E) -2h30min, -3h, -4h e - 4h30min. passou a pertencer ao fuso de Brasília. D) O ponto referencial mais importante dos fusos na região passou 19 (UFRGS, adaptado) - Devido à sua grande extensão, a ser Manaus, no Amazonas. o território brasileiro possui 3 fusos horários. Qual as alternativas E) O Brasil passou a ter quatro fusos horários, e todos atrasados contém os nomes de três áreas brasileiras com fusos horários em relação a Grecnwich. diferentes entre si? (A) Rio Branco - Boa Vista - Porto Alegre. (B) Boa Vista - Belém - Cuiabá. 16 (UNIFRA – 2008/ Inverno) (C) Porto Velho - Porto Alegre – Ilha de Fernado de Noronha. Um avião parte dc Santa Maria, Rio Grande cIo Sul, às 10 horas da (D) Belo Horizonte - Boa Vista - Manaus. manhã do dia 8 de julho de 2008 com destino a São Paulo. O (E) Rio Branco - Porto Velho - Cuiabá. tempo dc viagem é de 2 horas. Após 1 hora de escala o avião parte novamente com destino a Manaus, Amazonas. O tempo de 20 (PUCRS, Adaptado) Se em Belém são 12 horas, em vôo é de 4 horas. Após 1 hora de escala o avião levanta vôo, Porto Alegre e Cuiabá são, respectivamente: novamente, com destino a Rio Branco, Acre. O tempo dc vôo é de (A) 12 horas e 10 horas. 1 hora. Partindo desses dados, identifique: (B) 12 horas e 11 horas. • a hora em São Paulo no momento do pouso; (C) 11 horas e 12 horas. a hora cm Manaus no momento da clecolagem em São Paulo; (D) 11 horas e 10 horas. • a hora cm Rio Branco no momento cio pouso; (E) 10 horas e 12 horas. • a hora em Londres (próxima ao Meridiano de Green— wich) no momento da dceolagcm em Santa Maria. Assinale a alternativa correta é A) 12h - 13h - 19h - 7h. B) 12h — 14h — 20h — l3h. C) 12h — 12h — 18h — 13h. D) 12h - l4h - l9h - 13h. E) 10h - 12h - l9h- 7h. 17 (UFRGS) - Em qual das cidades do Rio Grande do Sul, referidas nas alternativas, o nascimento do Sol ocorre mais cedo e o pôr-do-sol ocorre mais tarde, respectivamente, num mesmo dia do ano? (A) Pelotas (31°45‘S, 52°21‘W Gr) e Quaraí (30°23‘S, 56°26‘W Gr). (B) Itaqui (29°07‘S, 56°33‘ W Gr) e Santa Vitória do Palmar (33°31‘S, 53°22‘W Gr). (C) Santa Maria (29°41‘S, 53°49‘W Gr) e Santo Augusto (27°54‘S, 53°45‘W Gr). (D) Rio Grande (32°02‘S, 52°06‘W Gr) e Santana do Livramento (30°53‘S, 55°32‘W Gr). (E) Torres (29°21‘S, 49°44‘W Gr) e Uruguaiana (29°45‘S, 57°05‘W Gr). 19
  20. 20. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.comTemática 4CARTOGRAFIA A Cartografia faz representações gráficas do globo terrestre, através de (mapas, cartas, plantas etc.), alémda representação gera também a interpretação dos mesmos. INTERPRETANDO MAPAS Objetivo fundamental é o de permitir o registro e a localização dos elementos da paisagem e nossaorientação no espaço geográfico. Elementos de um mapa: título, legenda, escala, projeção, convenções cartográficas e coordenadas geográficas.Formas de representações: pontos, linhas, texturas, cores e textos. Classificação dos Mapas:Os mapas podem ser classificados em Topográficos e temáticos:Mapa Topográfico: procura representar o espaço geográfico omais próximo possível da realidade, buscando uma localizaçãoprecisa de detalhes.Ex: Fenômenos geográficos: cidades agrícolas, florestas.Altimetria: representação da altitude do relevo. Mapas Temáticos:  Não se preocupa em com a precisão de detalhes.  contém informações sobre determinado fenômeno ou tema do espaço geográfico: aspectos físicos (naturais) (geologia, relevo, vegetação, clima etc.) ou sociais (população, agricultura, industriais, urbanização). 20
  21. 21. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com ANAMORFOSES (Anagramas) Novos padrões para confecção de mapas = representação mais gráfica que cartográfica. OBJETIVOS.  Converter números e estatísticas em mapas.Muito além dos mapas tradicionais  A área territorial de um país ou qualquer local que seja, assumem o tamanho proporcional ao dado que se quer mostrar.  Deixar de lado as representações absolutas, expondo as diferenças sociais. PIB – ESTADOS BRASILEIROS (ANAMORFOSE) ESCALASEscala: é um recurso utilizado para representar a realidade fora de suas dimensões verdadeiras nos mapas,mas mantendo suas proporções originais.Tipos de escalas: escala numérica e a escala gráfica. Escala Numérica:Ex: 1:1 00 000 – significa que cada unidade no mapa equivale a 100000 unidades no terreno. A unidade maiscompatível com as proporções da maioria dos mapas é o centímetro (cm).Para facilitar a conversão, trabalha-se com a régua das unidades de medidas 21
  22. 22. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com Km hm dam m dm cm mm Distância real e a D = Distância Real (Km) distancia gráfica devem D = d. E d= Distância gráfica ou no mapa. estar na mesma unidade E= Escala (cm) de medida. Escala Gráfica: Neste caso esta relação, que indica a escala, é transformada em uma régua ondeas distâncias são lidas diretamente. 0 10 20 30 Km A) C) 0 1 2 3 cm B)Ex: A- Significa que cada unidade da régua apresentada no exemplo, vale no terreno 1000 m = 1 Km.Ex: B - Significa que cada unidade da régua apresentada no exemplo, vale no terreno 2500 m = 2,5 Km.Ex: C – Significa que cada cm corresponde a 10 Km.TAMANHO ESCALAR Grande Escala: até 1: 25 000 (plantas = mostram alto grau de detalhamento = abrangência urbana, local). Média Escala: de 1: 25 000 a 1: 250 000 (cartas e mapas). Pequena Escala: de 1: 250 000 em diante (cartas e mapas mostram áreas muito extensas, com poucos detalhes).  Quanto maior o denominador escalar = menor escala = maior extensão territorial (área maior em mapa menor).  Quanto menor o denominador escalar = maior escala = maior riqueza de detalhes. 22
  23. 23. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com TESTES – TEMÁTICA 4 1(UFPEL 2008) Ao elaborar informações para um evento a ser realizado em Pelotas, os organizadores prepararam um prospecto com um roteiro turístico. Incluíram na publicação um mapa do Rio Grande do Sul e um do município. O primeiro mapa foi elaborado com o objetivo de permitir que o turista soubesse como se deslocar no estado para chegar até Pelotas. O segundo foi elaborado para mostrar os principais atrativos oferecidos no município. Desse modo, o mapa do Rio Grande do Sul foi elaborado em uma escala pequena, e o do município em uma escala média. É correto afirmar que as escalas adotadas foram, respectivamente, 3 (UFSM – 2003) O esquema a seguir representa a participação proporcional de cada uma das cinco regiões brasileiras (designadas por letras de A a E) quanto à população absoluta e à superfície. Assinale a alternativa cuja letra corresponde à Região Centro- Oeste. a) A b) B e) C d) D e) E 4 (UFGRS) Pense em dois mapas físicos do estado do Rio Grande do Sul com as seguintes escalas: 1: 750.000 (mapa 1) e 1: 2.500.000 (mapa 2). Então, é correto afirmar:2 (UNIFRA - 2008) Um geógrafo fez um levantamento de umatrilha ecológica, em linha reta de 10 km, para ser demarcada em a) Em ambos, a repesentação cartográfica apresenta-se comum parque. Todo o trajeto da trilha foi mapeado e impresso em grande riqueza de detalhes do relevo e hidrografia.uma folha de tamanho A4 (210x297 mm). Para isso, o geógrafo b) Os dois mapas estão representados com as mesmasutilizou a escala: dimensões e mesmo detalhamento de todos os aspectos físicos.A) 1 : 1. c) No mapa 1, é possível identificar-se maior detalhamento dosB) 1 : 20. compartimentos de relevo que no mapa 2.C) 1 : 10.000. d) O mapa 2 tem maior tamanho e apresenta maiorD) 1 : 20.000. detalhamento da hidrografia que o mapa 1.E) 1 : 40.000. e) O mapa 1 tem maior tamanho, mas a representação o aspectos físicos é menos detalhada que no mapa 2.4 (PEIES – 2003) Para a representação da realidade da Terra no mapa, necessita-se de uma escala que indique a proporção entre omapa e essa realidade. Então, a escala informa quantas vezes o objeto real foi ________ no mapa. Assim, a riqueza de detalhes do mapa é__________ proporcional à escala, ou seja quanto ________ for a escala, . será a riqueza de detalhes. Logo, a escala é considerada grandequando se reduz pouco uma informação.Selecione a alternativa que completa, corretamente, as lacunas.a) reduzido - diretamente - maior - maiorb) reduzido - diretamente - menor - maioro) ampliado - diretamente - menor - maiord) ampliado - inversamente - maior - menore) reduzido - inversamente - menor - menor 23
  24. 24. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com5 (UFSM – 2005) Os mapas podem mostrar algo mais do que apenas a posição do lugar, isto é, podem fazer mais do que responder àquestão ―onde?‖.Considerando as figuras, assinale verdadeira(V) ou falsa(F) nas afirmativas a seguir:( ) A utilização dos símbolos representados na figura 1 permite visualizar o aspecto ordenado, caracterizando relações de ordem dosfenômenos geográficos.( ) O uso dos símbolos representados na figura 2 permite visualizar o aspecto qualitativo, caracterizando relações de diversidade dosfenômenos geográficos.( ) O emprego dos símbolos representados na figura 3 permite visualizar o aspecto quantitativo, caracterizando relações de proporcionalidadedos fenômenos geográficos.A seqüência correta éa) V-V-V.b) V-F-V.e) F-V-F.d) FF-V.e) V-F-F.6 (PEIES – 2002) Observe, nos mapas, a representação da cidade de Paulo.Assinale a alternativa correta.a) O mapa 1 apresenta a menor escala e o mapa 2, a mal escala.b) Se uma distância em linha reta, no mapa 1, mede 2 cm, o q corresponde a 200 m no terreno, a escala nesse mapa 1:10.000.c) No mapa 2, pode-se identificar qualquer rua do centro cidade de São Paulo, pois a escala permite tal detalhamentos.d) Se uma distância em linha reta, no mapa 2, mede 1 cm, o que corresponde a 1.000 m no terreno, a escala nesse mapa 1:1.000.000.e) O mapa 1 é o que apresenta menor detalhamento cartográfico.7 (FURG – 2005) Em um mapa topográfico na escala 1:100.000a maior dimensão gráfica medida entre as margens de um rio é de 15,7mm. Assim sendo, éverdadeiro afirmar que a respectiva distânciamáxima natural entre essas margens é deA) 1.570 m.B) 6.369,40 m.C) 157.000 m.D) 15.700 m.E) 636,94 m. 24
  25. 25. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com8 (UFCSPA - 2008) Observe os mapas abaixo e analise as afirmações que são feitas a seguir.I – Os dois são mapas políticos e estão representados na mesma escala.II – A distância gráfica entre dois pontos no mapa 2 é maior que a distância entre esses mesmos pontosno mapa 1.III – A escala do mapa 1 é maior que a escala do mapa 2.IV – O mapa 2 está mais reduzido, portanto tem menor escala.V – Nas duas escalas, um centímetro do mapa corresponde à mesma quantidade de quilômetros na área real.Quais estão corretas?A) Apenas II e III.B) Apenas III e IV.C) Apenas IV e V.D) Apenas I, II e III.E) Apenas III, IV e V.9 (UFRGS – 2008) 25
  26. 26. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com 13 (UFGRS – 2007)10 (FURG – 2008/1) Assumindo que em determinadomapa a distância gráfica entre dois pontos ―A‖ e ―B‖ éde 7,4 cm e que a escala desse mapa é de 1:25000, pode-sedizer que, em terreno, a distância entre os pontos ―A‖ e ―B‖ é deA) 1850 m.B) 18500 m.C) 185 m.D) 1750 m.E) 175 m.11 (FURG – 2007) Em 17/12/2006 às 19h20min ocorreuno estádio de Yokohama, no Japão, o jogo final do MundialInterclubes da FIFA, que resultou na vitória do Sport ClubeInternacional, do Brasil, sobre o Barcelona, da Espanha.Considerando que o estádio de Yokohama localiza-se no fuso135º E e que Porto Alegre localiza-se no fuso de 45º W,pergunta-se: em que dia e horário GMT esse jogo começou a sertransmitido no Rio Grande do Sul?A) Dia 17/12/2006 às 8h20min.B) Dia 18/12/2006 às 7h20min.C) Dia 17/12/2006 às 7h20min.D) Dia 18/12/2006 às 8h20min.E) Dia 18/12/2006 às 19h20min.12 FURG – 2008/2) Observe a representaçãocartográfica abaixo e, a partir dela, analise as afirmativas: 12 (UFRGS) Num mapa desenhado na escala de 1:15.000.000, a distância entre duas cidades é de 20 cm. Qual é a escala de outro mapa no qual as mesmas cidades distem 4 cm entre si? a) 1:7.500.000 b) 1:40.000.000 e) 1:5.000.000 d) 1:75.000.000 e) 1:20.000.000 13 (UFRGS) Numa carta topográfica desenhada na escala 1:15.000, com quantos centímetros deve estar representado um acesso de rodovia cuja extensão real é de 750 metros? a) 1,50 cm b) 5,00 cm I. representa, num plano, uma grandeza tridimensional como o c) 7,50 cm relevo. d) 11,25 cm II. as curvas de nível também podem ser denominadas de e) 50,00 cm isóbaras, quando representam o relevo de superfície. III. as curvas de nível são denominadas isóbatas, quando 14 (UFGRS) Para um geógrafo foi solicitado um representam terrenos submersos. mapeamento de ilma trilha ecológica em linha reta de 11 Km, IV. em um mapa escala 1:50.000, as curvas de nível são que será construída em um parque. Todo o projeto de desenhadas em espaços regulares unindo pontos, cujas cotas mapeamento foi impresso em folhas de tamanho A4 (210 x 297 variam de 20 em 20 m. mm). V. a feição representada pela cota 117 m é de um talvegue. Dentre as escalas abaixo qual foi utilizada para que toda a trilha fosse representada na folha? Estão corretas apenas as afirmativas A) I, III e V a) 1: 1,1 B) I, II e V b) 1: 11 C) II e IV c) 1:1.100 D) II, III e IV d)1:20.000 E) I e III e) 1:40.000 26
  27. 27. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.comTemática 5PROJEÇÕES CARTOGRÁFICASSistema de projeções: Técnica utilizada para representar a terra (esférica) em um mapa (superfície plana)= representação do globo terrestre num plano. Os sistemas de projeções são classificados em três grupos fundamentais: CATEGORIAS PRINCIPAIS DAS  Cilíndricas PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS  Cônicas  Azimutal ou plana1.Projeções Cilíndricas Nessa projeção a esfera parece estar envolvida por um cilindro de papel no qual são projetadas os paralelos e os meridianos. Características:  paralelos formam linhas horizontais.  meridianos formam linhas verticais.  mapa completo resulta em um retângulo.  deformam as áreas que estão nas latitudes mais elevadas.  representam melhor as regiões de baixas latitudes (regiões intertropicais). TIPOS DE PROJEÇÕES CILÍNDRICAS Projeção de Mercator Características: 90º é a projeção conforme mais conhecida (os ângulos são mantidos idênticos na esfera e no plano) e as áreas são deformadas (continentes e ilhas).  utilizada na navegação marítima.  expressa catograficamente o eurocentrismo (valoriza as terras da europa nos mapas, enquanto desvaloriza as terras africanas e sulamericanas).  amplia as áreas de médias e altas latitudes (Groelândia). 90º 0º 180º 180º 27
  28. 28. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com Projeção de Peters Características:  projeção equivalente mais conhecida (é aquela que as áreas mantêm-se idênticas ás da esfera terrestre e os ângulos ficam deformados).  Formas da superfície terrestre são distorcidas.  rompeu com a visão eurocêntrica do mundo.  destaca os países de baixas latitudes (contrapõe a projeção de Mercator).  com a materialização da projeção de Peters os países subdesenvolvidos receberam um tratamento diferenciado dos estados desenvolvidos. Novas tecnologias cartográficas O advento dos satélites e dos computadores permitiu grandes avanços nas técnicas de coleta,manipulação, armazenamento e representação da superfície terrestre (causando grande impacto nos processos deelaboração de mapas). SENSORIAMENTO REMOTO Obtenção de dados sem contato físico. Sensoriamento remoto: é o conjunto de técnicas de captação e registro de imagens à distância pormeio de diferentes sensores como: equipamentos fotográficos, scanners de satélites e radares.NÍVEIS DE COLETA DE DADOS  Os dados de sensoriamento remoto podem ser coletados em diferentes níveis: Terrestre + aéreo + orbital. Terrestre– Imagens de Radar Aéreo – Aefotogrametria Orbital – Imagens de Satélites 28
  29. 29. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com  Hoje o sensoriamento remoto por meio de satélites representa o mais importante e eficiente recurso tecnológico de observação da Terra, permitindo: Rapidez e precisão nos processos de levantamento de dados e mapeamentoAPLICAÇÕES DO SENSORIAMENTO GPS (sistema de Posicionamento Global )REMOTO Composto por 24 satélites, o GPS é um sofisticado sistema eletrônico que se apóia em uma rede de satélites que oferece- planejamento Ambiental e localização instantânea, em qualquer ponto da Terra, com uma precisãoregional (urbano). quase perfeita.- facilita o monitoramento domeio ambiente. CONCEITOS BÁSICOS Geoprocessamento: é a tecnologia que abrange o conjunto de procedimentos de entrada, manipulação, armazenamento e analise de dados espacialmente referenciados. SIG (Sistema de Informação Geográfica): técnicas que analisam dados através da utilização de softwares (programas de um sistema de computadores) e hardwares (componentes físicos de um computador, como impressoras, scanners). - integrar bancos de dados. Objetivos - criar arquivos digitais de mapas, gráficos e : tabelas. ANOTAÇÕES: 29
  30. 30. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.com TESTES – TEMÁTICA 51 (UFPEL) 2 (UFRGS – 2006, Adaptada) Considere as afirmações abaixo relativas à cartografia. I- O GPS ( Global Positioning System) é um sistema eletrônico apoiado em uma rede de satélites que permite a localização instântanea de objetos em qualquer ponto da Terra. II- As imagens de satélites são novas tecnologias empregadas na captação de imagens sem contato físico (Sensoriamento Remoto). III- Os mapas temáticos pedológicos, geomorfológico e hipsométrico representam o solo , o relevo e a altimetria , respectivamente. Quais estão corretas? (A) Apenas I (B) Apenas II (C) Apenas III (D) Apenas I e III (E) I, II e III 3 (FURG - 2007) A localização, seja de uma cidade, de um rio, de uma usina nuclear, de um navio singrando oceanos ou de um avião em vôo, somente pode ser feita com precisão a partir de uma rede coerente de coordenadas. Até há pouco A distância real entre os pontos extremos do Brasil no sentido tempo, era imprescindível o conheci norte–sul mede 4.319 km e no sentido leste–oeste, 4.394 km. No mapa apresentado, essas medidas correspondem a mento cartográfico para proceder à localização espacial. aproximadamente 1,6 cm e 0,9 cm, respectivamente. Há, Atualmente, esse procedimento foi popularizado pela utilização portanto, uma nítida deformação na representação das áreas no de aparelhos receptores portáteis: referido mapa. A) do Sistema Global de Posicionamento. De acordo com as informações acima e seus conhecimentos B) de Imagens Orbitais. acerca de projeções cartográficas, com relação ao mapa C) do Sistema de Informação Geográfica. apresentado, é correto afirmar que: D) do Sistema Triangulação de Topográfico. (a) a projeção utilizada é a de Mercator, do tipo cilíndrica e E) dos Sistemas de Captura de Equipamento Bélico. conforme, que não deforma os ângulos, mas distorce as áreas representadas. Nessa projeção, os paralelos e meridianos formam ângulos retos ao se cruzarem. (b) a projeção utilizada é do tipo anamórfica, em que as áreas 4 (UFCSPA - 2008) Considere a reprodução da obra dos países ou continentes assumem o tamanho proporcional ao intitulada La Escuela del Sur de autoria de Joaquin Torres dado que representam,provocando distorções quanto às formas García, artista uruguaio. representadas. (c) a projeção utilizada é do tipo cônica, em que osparalelos são circulares e os meridianos radiais. Essa projeção é utilizada principalmente para a representação de países ou regiões de latitudes intermediárias em face das deformações que provoca. (d) utiliza a projeção de Peters, do tipo cilíndrica e equivalente, a qual conserva o tamanho dos países e continentes proporcionalmente corretos, porém distorce as formas, esticando-as. (e) a deformação no mapa foi produzida por sua ampliação no computador, maior no sentido norte–sul, provocando o erro da representação, pois, seja qual for a projeção utilizada, as áreas não podem ser deformadas. 30
  31. 31. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.comA cartografia é a ciência da representação gráfica, por meio de mapas e cartas, do conhecimento humano sobre a superfície da Terra. Osmapas e as cartas são fundamentais para a Geografia, pois são a expressão total ou parcial do espaço geográfico. Sobre a representação dasuperfície do planeta, pode-se fazer as seguintes afirmações, exceto:A) A Geografia e a Cartografia tiveram suas origens no Hemisfério Norte do Planeta. Desta forma, suas concepções e suas convenções têmpor base, principalmente, os ditames europeus. Isto explica porque, nos planisférios convencionais, os continentes europeu, asiático eamericano do norte, situam-se na parte superior, e a América do Sul, a África e Oceania, na inferior.B) Sabe-se que a Terra, no espaço sideral, gira em torno do Sol. Neste espaço, a posição dos objetos depende do ponto de referência que setoma. Assim, não está errado representar o mundo com os países do Hemisfério Sul voltados para o topo do mapa, como sugere a obra deTorres García.C) Quando Mercartor criou o seu planisfério, influenciado pelo domínio cultural europeu, situou os continentes do Norte na parte superior domapa e a Europa no meio. Sua representação distorce as formas de modo que os países localizados nas altas latitudes pareçam maiores.D) Dentre as inúmeras tentativas de acomodar as distorções, comuns às projeções cartográficas, destaca-se a de Arno Peters, datada de1973. Esta projeção é uma tentativa de representação que aproxima da realidade o tamanho das áreas continentais.E) Ao representar-se a superfície terrestre invertendo o posicionamento dos continentes, obrigatoriamente deve-se fazer a alteração danomenclatura, pois os pontos cardeais não podem ser invertidos.5 (UFSM – 2007) Observe o mapa: www.odt.orgComparando-o ao mapa-múndi que se está acostumado a ver, pode-se afirmar:a) Este mapa apresenta um problema de escala, que acaba por produzir uma distorção na forma dos continentes.b) A deformação do mapa decorre da projeção adotada, confrontando a visão Eurocêntrica do mundo.c) O sistema de coordenadas adotado está invertido, visando dar maior destaque à linha internacional de mudança da data.d) Este mapa inverte a posição real dos continentes no planeta.e) Trata-se de uma projeção azimutal, com vistas a dar maior destaque às áreas situadas acima dos 400 de latitude.6 (PEIES – 2006) A charge evidencia a popularização de modernas tecnologias. Considerando as tecnologias aplicadas à cartografia, é correto afirmar: I. A utilização de novas tecnologias de coleta e processamento de dados do espaço geográfico vem abrindo caminhos para a cartografia. II. O uso de satélites para sensoriamento remoto permite registrar a seqüência de eventos ao longo do tempo, permitindo observar a ocorrência de muitos fenômenos. III. O emprego de novas tecnologias na aquisição de dados geográficos tem tornado lentas e caras as diversas operações de elaboração dos mapas. Está(ão) correta(s) a) apenas I e II. b) apenas II. c) apenas I e III. d) apenas III. e) I, II e III. 31
  32. 32. GEOGRAFIA| 1 | SEMESTRAL NOITE | 2011 http://murielpintogeografia.blogspot.comTemática 6RELEVO TERRESTRE Nosso planeta desde que se formou está em constante transformação tanto no seu interior como na suasuperfície. ESTRUTURA INTERNA DA TERRA O modelo da estrutura interna do planeta distingue três grandes camadas concêntricas, separadas entre sipor descontinuidades, que são as fronteiras que demarcam mudanças na densidade e composição dos materiais.São elas: Camadas da Terra NÚCLEO OU NIFE:  Possui uma espessura de 1700 Km.  formado basicamente por níquel e ferro.  temperaturas atingem mais de 6000 °C. Núcleo Interno: sólido.  Dividi-se em Núcleo Externo: estado de fusão. MANTO OU ASTENOSFERA:  Camada de maior espessura (2870 Km).  Temperaturas variam de 1200 ° C e 4000 °C.  Encontra-se em estado pastoso ou magmático. Células de convecção: movimenta o magma (pressão exercida pelo magma em movimento, originando terremotos e vulcões). CROSTA OU LITOFESRA  Camada mais fina da estrutura da terra (varia de 40 a 60 Km). Sismógrafos (ondas sísmicas):  Divide-se em Sial e Sima: Equipamento utilizado para estudar indiretamente o interior da Terra (dificuldade de acesso pelo calor). Sial (Silício+ Alumínio): Camada mais externa da crosta terrestre correspondendo ao solo e subsolo. Sima (Silício + Magnésio): camada mais interna, segue o sial = possui constituição basáltica. Ex: Ilhas oceânicas (são de natureza basáltica). Litosfera: constituí a crosta terrestre e a Litosfera: parte superior do manto = formada por placas rígidas e móveis (placas tectônicas). 32

×