Medições Esféricas Automatizadas de
Caixas Acústicas
M. Bigi, M. Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica

ALMA 2009 European S...
Sumário
• Introdução
– Por que fazer medições em 3D?
– Sistema coordenado

• Medições esféricas de caixas acústicas
–
–
–
...
Introdução
• Conjunto de medições polares são utilizados para
(contexto):
– Uso em Laboratório:
• Concepção ou projeto e v...
Modelo de Radiação da Caixa Acústica
•

Uma fonte eletroacústica pode ser modelada como uma única
entrada elétrica em um s...
Modelo de Fonte Pontual
•

5

Se a fonte pode ser modelada como uma “fonte pontual”, então,
é possível medir a resposta so...
Como Medir?
• Como medir esfericamente?
– Qual sistema de coordenadas esféricas utilizar?
– Quantos “meridianos” (polares)...
Sistema de Coordenadas Esféricas

Weisstein, Eric W. "Spherical Coordinates." From MathWorld - A Wolfram Web Resource.
htt...
Sistema de Coordenadas Esféricas
•

Adotamos este sistema de coordenadas esféricas:
y

φ
r

z

θ

x

É possível imaginar q...
AES56
•

•

9

Recentemente, a AES publicou uma norma chamada AES562008 : “Norma AES sobre acústica – modelagem de fontes
...
O Método Mais Simples: H+V
• Simples e RÁPIDO.
y

VERTICAL

HORIZONTAL
x
z

10

Automated Loudspeaker Balloon Measurement
...
O Método Mais Simples: H+V
• Meça a resposta apenas para duas polares
(Horizontal e Vertical) com o intervalo angular dado...
Interpolação?
• Existem poucas equações para calcular a interpolação
apenas a partir de H+V. Por exemplo, o software EASE
...
Interpolação?

theta

Full sphere data 5°

phi
13

Automated Loudspeaker Balloon Measurement
M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteg...
Interpolação?
H+V interpolated

14

Automated Loudspeaker Balloon Measurement
M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomati...
Interpolação?
Full sphere data 5°

15

Automated Loudspeaker Balloon Measurement
M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiom...
Interpolação?
H+V interpolated

Erro de interpolação, aceitável?
16

Automated Loudspeaker Balloon Measurement
M. Bigi, M....
Por que H+V é simples?
• O processo de medição envolve um único prato giratório
controlado por um PC.
– O controle pelo PC...
Adicionando Complexidade
•

Se quisermos coletar outras
polares, um único prato giratório
não será suficiente, pois haverá...
Exemplo de um Setup de Grande Porte

19

Automated Loudspeaker Balloon Measurement
M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audi...
Exemplo de um Setup Menor

20

Automated Loudspeaker Balloon Measurement
M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
Full 3D – Diferentes Abordagens
• Existem outras abordagens diferentes, que precisamos
mencionar, além do nosso dispositiv...
Complexo o bastante?
• Com dois eixos de rotação é possível medir a resposta da
caixa acústica em cada ponto ao redor da s...
Interpolação, novamente?
•

Neste momento, percebemos que algum grau de interpolação
será necessária em algum ponto do pro...
Full 3D
• Complexo e LENTO.

y

x
z

No pior dos casos (assimetria), para intervalos de 5 graus, 2664
respostas de impulso...
Considerações Práticas
• Estamos confiantes no fato de que medições polares em
3D de “alta resolução” serão realizadas uti...
Distância entre a fonte e o microfone
• Sabe-se que a distância deve ser suficientemente grande
para medir a resposta em c...
Anecóico ou não?
•

•

O equipamento de medição pode ser muito pesado e necessita
ser bem estável, o que é difícil de se c...
Por favor, não em ambientes abertos!
•

A tentação de realizar medições polares 3D em lugares abertos
é grande, mas ambien...
Não Anecóica ou Semi Anecóica
• Existem dois problemas a serem considerados em
relação a um ambiente não anecóico:

– Refl...
Controlando a Reflexão
• É possível usar janela de tempo para se livrar das
reflexões da sala.
– A IR (Resposta de Impulso...
Reflexões em uma Sala
ceiling
reflection

receiver wall
reflection

R

S
direct path

lateral
reflection
floor
reflection
...
Reflexões em uma Sala
Audiomatica Srl

LogChirp - Impulse Response

9-20-2008 12.59.27 PM

0.20

CLIO

DIRECT SOUND

Pa

R...
Controlando a Reverberação
•
•

Há a necessidade de deixar a energia diminuir suficientemente
antes de fazer outra medição...
Sala de Baixa Reverberação

Tratamento de baixo custo
utilizando cortinas espessas
penduradas nas paredes.

34

Automated ...
Medições Automatizadas
•

Para realizar conjuntos de medições 3D, o processo de
medição deve ser automatizado.

•

Os novo...
Controle de Pratos Giratórios
•

Aqui, temos um breve exemplo das
características do software de
medição:
– Os pratos gira...
Opções para os Pratos Giratórios
•

Este é um exemplo de
configuração da comunicação
entre o software e os eixos
polar (1)...
Salvar as Medições Automaticamente
•

O software permite dois modos de autosave:
– 1D: Basicamente, o método do antigo CLI...
Nomenclatura Utilizada para Autosave
y

r
x
z

<filename> <phi*100> <theta*100> .mls
39

Automated Loudspeaker Balloon Mea...
Nomenclatura Utilizada para Autosave
• Intervalos angulares para os ângulos polares e
azimute são independentes:
– Exemplo...
Medições Automatizadas
• Uma vez que os pratos giratórios estejam conectados e
o autosave configurado…
é só pressionar GO ...
Antes de Pressionar GO!
• Para evitar reflexões indesejáveis é necessário configurar
a janela de tempo, que pode ser feito...
Tamanho do Banco de Dados
•

43

O tamanho do banco de dados depende do tamanho do MLS e
do número de medições a serem rea...
Pressione GO! …e Espere...
•

44

O tempo de medição depende de vários fatores. Abaixo, um
exemplo onde foram utilizados d...
Ferramentas de Análise
• Uma vez que o longo processo de medição esteja
terminado, há a necessidade de visualizarmos os da...
Ferramentas de Análise

46

Automated Loudspeaker Balloon Measurement
M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
Exportar Dados
•

Existem várias formas de usarmos os conjuntos de dados
medidos; algumas delas implementadas no menu de A...
Utilização dos dados polares 3D
•

48

Visualização e pós-processamento com Matlab ou Scilab para
P&D.

Automated Loudspea...
Utilização dos dados polares 3D
•

49

Criação de CLF Loudspeaker Models:

Automated Loudspeaker Balloon Measurement
M. Bi...
Utilização dos dados polares 3D
•

50

EASE SpeakerLab pode importar dados de tempo do CLIO em
formato .txt.
O CLIO export...
Utilização dos dados polares 3D

51

Automated Loudspeaker Balloon Measurement
M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomat...
Utilização dos dados polares 3D

52

Automated Loudspeaker Balloon Measurement
M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomat...
Futuro?
•

•

Parece razoável utilizar uma resolução mais fina (pequenos
intervalos angulares) somente quando necessário, ...
Conclusões
•

•

A configuração deve ser de fácil realização e as medições
podem ser feitas em espaços não anecóicos.

•

...
Obrigado!
Para mais informações:
info@audiomatica.com
www.audiomatica.com

suporte@eam.com.br
www.eam.com.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Alma 2009

202 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
202
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Alma 2009

  1. 1. Medições Esféricas Automatizadas de Caixas Acústicas M. Bigi, M. Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica ALMA 2009 European Symposium Loudspeaker Design - Science & Art April 4, 2009
  2. 2. Sumário • Introdução – Por que fazer medições em 3D? – Sistema coordenado • Medições esféricas de caixas acústicas – – – – – – – Técnicas de amostragem espacial Ambiente Rotação e Posicionamento Manipulação de dados Nomenclatura convencional Pós-processamento de dados Exportar para formatos padrões • Conclusões 2 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  3. 3. Introdução • Conjunto de medições polares são utilizados para (contexto): – Uso em Laboratório: • Concepção ou projeto e validação • Entrada para softwares de simulação de design • Documentação técnica – Uso Público: • Características técnicas e catálogos • Publicações técnicas • Modelos para softwares comerciais de simulação (EASE, CLF, ...) 3 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  4. 4. Modelo de Radiação da Caixa Acústica • Uma fonte eletroacústica pode ser modelada como uma única entrada elétrica em um sistema de múltiplas saídas SPL IN OUT S com uma dada função de transferência (modelo linear) para todo ponto ao redor do espaço S. A fim de modelar o sistema, é necessário medir a resposta neste espaço S. 4 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  5. 5. Modelo de Fonte Pontual • 5 Se a fonte pode ser modelada como uma “fonte pontual”, então, é possível medir a resposta sobre uma esfera centrada na posição da fonte. Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  6. 6. Como Medir? • Como medir esfericamente? – Qual sistema de coordenadas esféricas utilizar? – Quantos “meridianos” (polares) utilizar? • Usar medições regulares ou adaptadas? – Se for regular, qual intervalo utilizar? – Parece igualmente razoável utilizar uma resolução fina, onde o conteúdo energético é alto (pode ser vista também como uma resolução baixa, onde o conteúdo energético é baixo, ou seja, retorno das emissões) – Harmônicos esféricos? 6 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  7. 7. Sistema de Coordenadas Esféricas Weisstein, Eric W. "Spherical Coordinates." From MathWorld - A Wolfram Web Resource. http://mathworld.wolfram.com/SphericalCoordinates.html 7 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  8. 8. Sistema de Coordenadas Esféricas • Adotamos este sistema de coordenadas esféricas: y φ r z θ x É possível imaginar que no ponto da fonte, a direção do seu eixo aponte para o pólo norte. Desta maneira, os meridianos (polares) estão efetivamente passando pelos pólos. 8 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  9. 9. AES56 • • 9 Recentemente, a AES publicou uma norma chamada AES562008 : “Norma AES sobre acústica – modelagem de fontes sonoras – medições de radiações polares em caixas acústicas”. A norma adota a coleção dos arquivos de IR (Impulse Response) (pelo menos 8k pontos) com intervalos de 5 graus em ambos os eixos. Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  10. 10. O Método Mais Simples: H+V • Simples e RÁPIDO. y VERTICAL HORIZONTAL x z 10 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  11. 11. O Método Mais Simples: H+V • Meça a resposta apenas para duas polares (Horizontal e Vertical) com o intervalo angular dado. – O valor mais comum para intervalos do ângulo polar theta é de 5 graus. – Para o ângulo phi, o intervalo é de 90 graus. • Então, os polares restantes são interpolados matematicamente. – Como interpolar? • Interpolação elíptica. • Suavização do formato esférico. – Esta interpolação é significativa? • Apenas em poucos casos. • Funciona apenas para dados de magnitude AFAIK. 11 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  12. 12. Interpolação? • Existem poucas equações para calcular a interpolação apenas a partir de H+V. Por exemplo, o software EASE utiliza a fórmula abaixo para interpolar os dados de magnitude (primeiro quadrante): L(ϕ , θ ) = L(0, θ ) ⋅ cos(ϕ ) 2 + L(90, θ ) ⋅ sen(ϕ ) 2 • O erro relativo à interpolação dos dados é de difícil previsão. • A interpolação de dados de fase não é possível. 12 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  13. 13. Interpolação? theta Full sphere data 5° phi 13 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  14. 14. Interpolação? H+V interpolated 14 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  15. 15. Interpolação? Full sphere data 5° 15 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  16. 16. Interpolação? H+V interpolated Erro de interpolação, aceitável? 16 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  17. 17. Por que H+V é simples? • O processo de medição envolve um único prato giratório controlado por um PC. – O controle pelo PC pode ser bem simples, apenas enviando os pulsos para o prato giratório. • A caixa acústica pode ser facilmente colocada no prato giratório na posição vertical e horizontal e apenas duas medidas de dispersão polares precisam ser feitas. • Para uma medição normal em intervalos angulares de 5 graus, apenas 144 pontos são necessários e o processo pode ser finalizado em menos de 10 minutos. 17 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  18. 18. Adicionando Complexidade • Se quisermos coletar outras polares, um único prato giratório não será suficiente, pois haverá a necessidade de rotacionar o alto falante ao redor de outro eixo. • Na verdade, isto é exatamente o que fazemos com H+V colocando a caixa acústica sobre o prato giratório em duas posições. y azimuth polar • 18 O segundo eixo de rotação pode ser obtido usando-se um segundo prato giratório ou rotacionando manualmente o dispositivo. x z Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  19. 19. Exemplo de um Setup de Grande Porte 19 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  20. 20. Exemplo de um Setup Menor 20 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  21. 21. Full 3D – Diferentes Abordagens • Existem outras abordagens diferentes, que precisamos mencionar, além do nosso dispositivo de dois pratos giratórios: – Arco de microfones e aquisição de dados multicanal: • • • • muito rápido complexo necessita de uma câmara anecóica intervalos angulares fixos – Rotação de microfones: • lento • pouco adequado para conseguir trabalhar em espaços nãoanecóicos • oscilações mecânicas do microfone ao longo da armação 21 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  22. 22. Complexo o bastante? • Com dois eixos de rotação é possível medir a resposta da caixa acústica em cada ponto ao redor da superfície esférica. • Geralmente, medições polares permitem a escolha de dois diferentes intervalos para os ângulos theta e phi. – Por exemplo, é possível fazer medições com intervalos de theta em 5 graus e phi em 30 graus. – É melhor escolher o mesmo intervalo para ambos os ângulos theta e phi? – A norma da AES recomenda intervalos de 5 graus para ambos os ângulos. 22 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  23. 23. Interpolação, novamente? • Neste momento, percebemos que algum grau de interpolação será necessária em algum ponto do processo de modelagem. • Diferentes abordagens são possíveis. • Se a resposta da fonte é conhecida para um dado número de pontos no espaço: – Do ponto de vista do processo de medição, é necessário decidir qual será o a amostra angular correta. – Agora é possível seguir as recomendações e utilizar ângulos de 5 graus e deixar o problema da interpolação para os usuários de softwares de simulação. – Ahnert e Feistel demonstraram que os intervalos angulares estão relacionados com a acuidade da simulação, e que, atendendo uma resolução de simulação de erro é delimitada abaixo de uma certa freqüência (The Significance of Phase Data for the Acoustic Prediction of Combinations of Sound Sources, AES preprint no. 6632) 23 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  24. 24. Full 3D • Complexo e LENTO. y x z No pior dos casos (assimetria), para intervalos de 5 graus, 2664 respostas de impulso devem ser medidas. 24 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  25. 25. Considerações Práticas • Estamos confiantes no fato de que medições polares em 3D de “alta resolução” serão realizadas utilizando-se intervalos de 5 graus… • Existem ainda alguns poucos problemas práticos a serem levados em conta antes de começarmos as medições: – Distância entre a fonte e o microfone. – Espaço Anecóico ou Não Anecóico? (diretamente relacionado com a distância) 25 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  26. 26. Distância entre a fonte e o microfone • Sabe-se que a distância deve ser suficientemente grande para medir a resposta em campo distante. Geralmente, a distância usada para caixas acústicas em arranjos (Line Array), varia de 4 a 8 metros. • Uma distância maior reduz também o erro ligado ao apex (vértice) devido ao fato de que a fonte foi modelada como um ponto que rotaciona ao redor de outro que pode não ser coincidente com o “centro acústico” (A greater distance reduce also the error related to apex, due to the fact that we model the source as a point and that we rotate the source around another point that can be non coincident with the “acoustical center”) • Isto implica em medir distâncias de até 6-8 metros. 26 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  27. 27. Anecóico ou não? • • O equipamento de medição pode ser muito pesado e necessita ser bem estável, o que é difícil de se conseguir com o equipamento suspenso • Como solução pode-se usar uma câmara semi anecóica ou espaços com pouca reverberação (grandes espaços com reverberações suficientemente pequenas). • 27 Teoricamente, uma grande câmara anecóica é a solução ideal. No entanto, torna-se difícil conseguir distâncias superiores a 4 metros em câmaras anecóicas convencionais. Uma câmara não anecóica ou semi anecóica pode reduzir drasticamente os custos do processo de medição. Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  28. 28. Por favor, não em ambientes abertos! • A tentação de realizar medições polares 3D em lugares abertos é grande, mas ambientes não controlados associados à longa duração do processo de medição pode conduzir a grandes erros! • Excluindo-se os efeitos do vento e barulho, uma mudança de temperatura ocasionará uma mudança de fase: Distância: 6m Frequência: 10kHz 28 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  29. 29. Não Anecóica ou Semi Anecóica • Existem dois problemas a serem considerados em relação a um ambiente não anecóico: – Reflexões (podem ser eliminadas pela supressão de parte do impulso). – Reverberações (podem causar erros de tempo entre diferentes medições) 29 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  30. 30. Controlando a Reflexão • É possível usar janela de tempo para se livrar das reflexões da sala. – A IR (Resposta de Impulso) deve ser livre de reflexões para pelo menos T=1/f, onde f é a menor freqüência a ser medida. – Para obter esta condição, a fonte deve estar suficientemente longe das regiões de reflexão, ou estas regiões devem ser tratadas (na faixa de freqüência) para serem absorventes. • C.Struck, S.Temme, “Simulated Free Field Measurements”, JAES, Vol. 42, No. 6, 1994 June. 30 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  31. 31. Reflexões em uma Sala ceiling reflection receiver wall reflection R S direct path lateral reflection floor reflection dr H source wall reflection d W h ds D Conhecida a frequência mínima a ser medida, torna-se possível calcular a dimensões necessárias da sala. 31 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  32. 32. Reflexões em uma Sala Audiomatica Srl LogChirp - Impulse Response 9-20-2008 12.59.27 PM 0.20 CLIO DIRECT SOUND Pa REFLECTION 0.12 0.040 -0.040 -0.12 -0.20 0 2.5 4.9 7.4 9.9 12 CH A dBSPL Unsmoothed 48kHz 4K Rectangular Start 0.00ms 15 Stop 8.63ms 17 ms 22 FreqLO 115.94Hz Length 8.62ms File: hidriver 0 0.mls 32 20 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica 25
  33. 33. Controlando a Reverberação • • Há a necessidade de deixar a energia diminuir suficientemente antes de fazer outra medição. • O tempo do RT60 dever curto, pelo menos para a faixa de freqüência que está sendo medida. • Uma câmara anecóica é a escolha perfeita, mas a chamada “câmara de baixa reverberação” também pode funcionar muito bem. • 33 O tempo de reverberação pode causar distorções de tempo entre as medições. Devido aos problemas com peso e tamanho, a melhor opção parece ser uma câmara semi anecóica com cunhas colocadas sobre o piso. Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  34. 34. Sala de Baixa Reverberação Tratamento de baixo custo utilizando cortinas espessas penduradas nas paredes. 34 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  35. 35. Medições Automatizadas • Para realizar conjuntos de medições 3D, o processo de medição deve ser automatizado. • Os novos pratos giratórios comercialmente disponíveis podem ser a escolha prefeita desde que sejam facilmente conectados e controlados através de um PC. • As características principais que o sistema de medição deve apresentar são: – – – – 35 Controle do prato giratório Salvar as informações 3D automaticamente Ferramenta de análise 3D Exportar dados em vários formatos Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  36. 36. Controle de Pratos Giratórios • Aqui, temos um breve exemplo das características do software de medição: – Os pratos giratórios devem ser preparados de maneira a girar antes de iniciar o procedimento. – É necessária a configuração conveniente das funções Start, Stop e Resume do processo de medição automático. 36 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  37. 37. Opções para os Pratos Giratórios • Este é um exemplo de configuração da comunicação entre o software e os eixos polar (1) e azimute (2) do prato giratório. • • Prato Giratório – opção 2: – Outline ET250-3D – LinearX LT360 – Manual Prato Giratório – opção 1: – Outline ET250-3D – LinearX LT360 – TTL Pulse (legacy mode*) *Se o PC não possuir uma porta paralela, pode-se usar o CLIO QC BOX modelo 5 para gerar os pulsos (i.e. como controlar um antigo Outline ET2 sem uma porta paralela). 37 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  38. 38. Salvar as Medições Automaticamente • O software permite dois modos de autosave: – 1D: Basicamente, o método do antigo CLIO pode ser usado como uma facilidade . – 3D: Pode realizar ambas as medições polares e esféricas utilizando dois pratos giratórios. 38 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  39. 39. Nomenclatura Utilizada para Autosave y r x z <filename> <phi*100> <theta*100> .mls 39 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  40. 40. Nomenclatura Utilizada para Autosave • Intervalos angulares para os ângulos polares e azimute são independentes: – Exemplo de polares (somente horizontal e vertical) com intervalos de 5 graus: • phi resolution = 90 • theta resolution = 5 – Exemplo de polar com intervalos de 15 e 5 graus: • phi resolution = 15 • theta resolution = 5 degrees • 40 O algoritmo Smart Scan reduz o tempo das medições polares e evita problemas de enrosco dos cabos durante a varredura do ângulo polar para frente e para trás. Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  41. 41. Medições Automatizadas • Uma vez que os pratos giratórios estejam conectados e o autosave configurado… é só pressionar GO e esperar... • O software encarregar-se-á de controlar os pratos giratórios, fazendo as medições, salvando e nomeando os arquivos. • Também é possível pausar o processo de medição e terminar posteriormente. 41 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  42. 42. Antes de Pressionar GO! • Para evitar reflexões indesejáveis é necessário configurar a janela de tempo, que pode ser feito através de uma medição mls no eixo e configurando cuidadosamente o ponto de parada (Relativo ao IR). • Teoricamente, é possível aplicar esta janela depois de haver coletado as medições, mas isto vai consumir muito tempo reprocessando um grande número de medições. • Também é necessário que haja espaço suficiente no disco em que desejamos salvar as medições... 42 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  43. 43. Tamanho do Banco de Dados • 43 O tamanho do banco de dados depende do tamanho do MLS e do número de medições a serem realizadas: Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  44. 44. Pressione GO! …e Espere... • 44 O tempo de medição depende de vários fatores. Abaixo, um exemplo onde foram utilizados dois pratos giratórios Outline: Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  45. 45. Ferramentas de Análise • Uma vez que o longo processo de medição esteja terminado, há a necessidade de visualizarmos os dados. • Do ponto de vista de medição, necessitamos apenas de uma simples ferramenta que verifique se as medições 3D nos levaram a resultados significativos. • Análises mais complexas podem ser feitas utilizando-se ferramentas matemáticas como Matlab ou Scilab. 45 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  46. 46. Ferramentas de Análise 46 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  47. 47. Exportar Dados • Existem várias formas de usarmos os conjuntos de dados medidos; algumas delas implementadas no menu de Análise 3D: – Export to a single .xhn EASE (only magnitude) * – Export to a single CLF v2 .tab * – Export a single responses as time data .txt (to be imported with EASE SpeakerLab) • Também é possível importar os dados para o Matlab ou Scilab, onde as opções de visualização e processamento são maiores. * necessária medição normal com intervalos de 5 graus para ambos os ângulos phi e theta. 47 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  48. 48. Utilização dos dados polares 3D • 48 Visualização e pós-processamento com Matlab ou Scilab para P&D. Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  49. 49. Utilização dos dados polares 3D • 49 Criação de CLF Loudspeaker Models: Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  50. 50. Utilização dos dados polares 3D • 50 EASE SpeakerLab pode importar dados de tempo do CLIO em formato .txt. O CLIO exporta o arquivo no formato habitual com o nome requisitado pelo SpeakerLab. Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  51. 51. Utilização dos dados polares 3D 51 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  52. 52. Utilização dos dados polares 3D 52 Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  53. 53. Futuro? • • Parece razoável utilizar uma resolução mais fina (pequenos intervalos angulares) somente quando necessário, porém algoritmos para medições não usuais ainda não estão disponíveis. • 53 Uma simples medida não permite aumentar a quantidade de intervalos angulares devido às limitações relativas ao tamanho do arquivo gerado. A decomposição em harmônicos mostra-se útil para a representação polar 3D. Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  54. 54. Conclusões • • A configuração deve ser de fácil realização e as medições podem ser feitas em espaços não anecóicos. • 54 A automação na medição de respostas polares 3D de caixas acústicas é um ponto chave. A partir de um simples conjunto de dados de medições é possível criar modelos EASE e CLF, documentações técnicas e gráficos polares. Automated Loudspeaker Balloon Measurement M. Bigi, M.Jacchia, D. Ponteggia - Audiomatica
  55. 55. Obrigado! Para mais informações: info@audiomatica.com www.audiomatica.com suporte@eam.com.br www.eam.com.br

×