GESTÃO	  Como	  pensar	  e	  gerenciar	  a	  nossa	  prá/ca	  no	  esporte?	  
O	  esporte	  como	  negócio	  
O	  esporte	  como	  carreira	  
Diante	  destas	  informações...	  como	  devemos	  pensar	  	  o	  nosso	  trabalho?	  
O	  AMBIENTE	  ESPORTIVO	  O	  esporte	  para	  as	  pessoas	  ou	  as	  pessoas	  para	  o	  esporte?	  
Ambiente	  EsporHvo	  Somos	  seres	  biopsicossociais	  	  
Ambiente	  EsporHvo	  
Consequências	  PosiHvas	  e	  negaHvas	  Internas	   Externas	  Pensamentos	  Sen/mentos	  Respostas	  Orgânicas	  Estres...
A	  PROFISSÃO	  As	  relações,	  o	  compromisso	  e	  a	  é/ca	  profissional	  
DIRETORIA	   COMISSÃO	  TÉCNICA	   ATLETAS	  ATLETAS	   COMISSÃO	  TÉCNICA	  EMPRESÁRIO/AGENTE	  
PESSOAS	  ENVOLVIDAS	  DIRETORIA:	  PresidenteVices	  Presidentes:	  	  Geral,	  Finanças,	  Jurídico,	  Futebol,	  Social...
CÓDIGO	  DE	  ÉTICA	  PROFISSIONAL	  DO	  PSICÓLOGO	  Princípios	  Fundamentais	  I.	   O	   psicólogo	   baseará	   o	   ...
CÓDIGO	  DE	  ÉTICA	  PROFISSIONAL	  DO	  PSICÓLOGO	  Princípios	  Fundamentais	  ...Con/nuação	  VI.	   O	   psicólogo	  ...
CÓDIGO	  DE	  ÉTICA	  PROFISSIONAL	  DO	  PSICÓLOGO	  Algumas	  das	  Responsabilidades	  do	  Psicólogo	  Art.	  1º	  -­‐...
CÓDIGO	  DE	  ÉTICA	  PROFISSIONAL	  DO	  PSICÓLOGO	  Algumas	  das	  Responsabilidades	  do	  Psicólogo	  Art.	  2º	  -­‐...
CÓDIGO	  DE	  ÉTICA	  PROFISSIONAL	  DO	  PSICÓLOGO	  Algumas	  das	  Responsabilidades	  do	  Psicólogo	  Art.	  3º	  -­‐...
CÓDIGO	  DE	  ÉTICA	  PROFISSIONAL	  DO	  PSICÓLOGO	  Algumas	  das	  Responsabilidades	  do	  Psicólogo	  Art.	  8º	  -­‐...
CÓDIGO	  DE	  ÉTICA	  PROFISSIONAL	  DO	  PSICÓLOGO	  Algumas	  das	  Responsabilidades	  do	  Psicólogo	  Art.	  10	  -­‐...
Outros	  Códigos	  Mas,	  sem	  querer	  assustar	  todos	  vocês!	  Código	  Civil	  Código	  Penal	  Estatuto	  da	  Cri...
Rodrigo	  Acioli	  Moura	  E-­‐mail:	  rodrigoam.psi@gmail.com	  Contato:	  (21)	  9968-­‐0908	  Conselho	  Regional	  de	...
Aula gestão esporte
Aula gestão esporte
Aula gestão esporte
Aula gestão esporte
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula gestão esporte

631 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
631
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
203
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula gestão esporte

  1. 1. GESTÃO  Como  pensar  e  gerenciar  a  nossa  prá/ca  no  esporte?  
  2. 2. O  esporte  como  negócio  
  3. 3. O  esporte  como  carreira  
  4. 4. Diante  destas  informações...  como  devemos  pensar    o  nosso  trabalho?  
  5. 5. O  AMBIENTE  ESPORTIVO  O  esporte  para  as  pessoas  ou  as  pessoas  para  o  esporte?  
  6. 6. Ambiente  EsporHvo  Somos  seres  biopsicossociais    
  7. 7. Ambiente  EsporHvo  
  8. 8. Consequências  PosiHvas  e  negaHvas  Internas   Externas  Pensamentos  Sen/mentos  Respostas  Orgânicas  Estresse  Soma/zação  ...  Família  Sociedade  Torcida  Amigos  Relacionamento  Empregador  Inves/dor  Premiações  ...  Ambiente  EsporHvo  
  9. 9. A  PROFISSÃO  As  relações,  o  compromisso  e  a  é/ca  profissional  
  10. 10. DIRETORIA   COMISSÃO  TÉCNICA   ATLETAS  ATLETAS   COMISSÃO  TÉCNICA  EMPRESÁRIO/AGENTE  
  11. 11. PESSOAS  ENVOLVIDAS  DIRETORIA:  PresidenteVices  Presidentes:    Geral,  Finanças,  Jurídico,  Futebol,  Social,  Comunicação,  Patrimônio,  Esportes  Gerais,  Administra/vo.Diretores:    Execu/vo,   Financeiro,   Comercial,   Jurídico,   Social,   Patrimônio,   Esportes,   Complexo   espor/vo,   Patrimônio  Cultural...Coordenador  de  Esportes  Olímpicos  e  Diretores  de  cada  modalidade  COMISSÃO  TÉCINICA:  Técnico,   Gerente   Execu/vo,   Gerente   Técnico,   Coordenador   Técnico,   Auxiliar   Técnico,   Preparador   Físico,  Preparador   de   Goleiro,   Analista   de   desempenho,   Coordenador   médico,   Ortopedista,   Clínico   Geral,  Fisioterapeuta,   Fisiologista,   Termografista,   Psicólogo,   Nutricionista,   Odontologia,   Podólogo,   Massagista,  Mordomo,   Coordenador   de   Comunicação,   Assessor   de   Imprensa,   Coordenador   de   CT,   Supervisor   de  Materiais,  Supervisor  de  material  médico,  Seguranças...  Assistente  Social,  Professor,  Personal  “Alguma  coisa”...  OS  ATLETAS:  ...
  12. 12. CÓDIGO  DE  ÉTICA  PROFISSIONAL  DO  PSICÓLOGO  Princípios  Fundamentais  I.   O   psicólogo   baseará   o   seu   trabalho   no   respeito   e   na   promoção   da   liberdade,   da   dignidade,   da  igualdade   e   da   integridade   do   ser   humano,   apoiado   nos   valores   que   embasam   a   Declaração  Universal  dos  Direitos  Humanos.  II.   O   psicólogo   trabalhará   visando   promover   a   saúde   e   a   qualidade   de   vida   das   pessoas   e   das  cole/vidades  e  contribuirá  para  a  eliminação  de  quaisquer  formas  de  negligência,  discriminação,  exploração,  violência,  crueldade  e  opressão.  III.   O   psicólogo   atuará   com   responsabilidade   social,   analisando   crí/ca   e   historicamente   a   realidade  polí/ca,  econômica,  social  e  cultural.  IV.   O   psicólogo   atuará   com   responsabilidade,   por   meio   do   con[nuo   aprimoramento   profissional,  contribuindo  para  o  desenvolvimento  da  Psicologia  como  campo  cien[fico  de  conhecimento  e  de  prá/ca.  V.  O  psicólogo  contribuirá  para  promover  a  universalização  do  acesso  da  população  às  informações,  ao  conhecimento  da  ciência  psicológica,  aos  serviços  e  aos  padrões  é/cos  da  profissão.  Con/nua...  
  13. 13. CÓDIGO  DE  ÉTICA  PROFISSIONAL  DO  PSICÓLOGO  Princípios  Fundamentais  ...Con/nuação  VI.   O   psicólogo   zelará   para   que   o   exercício   profissional   seja   efetuado   com   dignidade,   rejeitando  situações  em  que  a  Psicologia  esteja  sendo  aviltada.  VII.  O  psicólogo  considerará  as  relações  de  poder  nos  contextos  em  que  atua  e  os  impactos  dessas  relações  sobre  as  suas  a/vidades  profissionais,  posicionando-­‐se  de  forma  crí/ca  e  em  consonância  com  os  demais  princípios  deste  Código.  
  14. 14. CÓDIGO  DE  ÉTICA  PROFISSIONAL  DO  PSICÓLOGO  Algumas  das  Responsabilidades  do  Psicólogo  Art.  1º  -­‐  São  deveres  fundamentais  dos  psicólogos:  a)  Conhecer,  divulgar,  cumprir  e  fazer  cumprir  este  Código;  c)  Prestar  serviços  psicológicos  de  qualidade,  em  condições  de  trabalho  dignas  e  apropriadas  à  natureza  desses  serviços,  u/lizando  princípios,  conhecimentos  e  técnicas  reconhecidamente  fundamentados  na  ciência  psicológica,  na  é/ca  e  na  legislação  profissional;  g)  Informar,  a  quem  de  direito,  os  resultados  decorrentes  da  prestação  de  serviços  psicológicos,  transmi/ndo  somente  o  que  for  necessário  para  a  tomada  de  decisões  que  afetem  o  usuário  ou  beneficiário;  j)  Ter,  para  com  o  trabalho  dos  psicólogos  e  de  outros  profissionais,  respeito,  consideração  e  solidariedade,  e,  quando  solicitado,  colaborar  com  estes,  salvo  impedimento  por  mo/vo  relevante;  l)  Levar  ao  conhecimento  das  instâncias  competentes  o  exercício  ilegal  ou  irregular  da  profissão,  transgressões  a  princípios  e  diretrizes  deste  Código  ou  da  legislação  profissional.    
  15. 15. CÓDIGO  DE  ÉTICA  PROFISSIONAL  DO  PSICÓLOGO  Algumas  das  Responsabilidades  do  Psicólogo  Art.  2º  -­‐  Ao  psicólogo  é  vedado:  a)  Pra/car  ou  ser  conivente  com  quaisquer  atos  que  caracterizem  negligência,  discriminação,  exploração,  violência,  crueldade  ou  opressão;  e)  Ser  conivente  com  erros,  faltas  é/cas,  violação  de  direitos,  crimes  ou  contravenções  penais  pra/cados  por  psicólogos  na  prestação  de  serviços  profissionais;  f)  Prestar  serviços  ou  vincular  o  [tulo  de  psicólogo  a  serviços  de  atendimento  psicológico  cujos  procedimentos,   técnicas   e   meios   não   estejam   regulamentados   ou   reconhecidos   pela  profissão;  j)  Estabelecer  com  a  pessoa  atendida,  familiar  ou  terceiro,  que  tenha  vínculo  com  o  atendido,  relação  que  possa  interferir  nega/vamente  nos  obje/vos  do  serviço  prestado;  l)  Desviar  para  serviço  par/cular  ou  de  outra  ins/tuição,  visando  benebcio  próprio,  pessoas  ou  organizações   atendidas   por   ins/tuição   com   a   qual   mantenha   qualquer   /po   de   vínculo  profissional;  q)   Realizar   diagnós/cos,   divulgar   procedimentos   ou   apresentar   resultados   de   serviços  psicológicos  em  meios  de  comunicação,  de  forma  a  expor  pessoas,  grupos  ou  organizações.    
  16. 16. CÓDIGO  DE  ÉTICA  PROFISSIONAL  DO  PSICÓLOGO  Algumas  das  Responsabilidades  do  Psicólogo  Art.  3º  -­‐  O  psicólogo,  para  ingressar,  associar-­‐se  ou  permanecer  em  uma  organização,  considerará  a  missão,  a  filosofia,  as  polí/cas,  as  normas  e  as  prá/cas  nela  vigentes  e  sua  compa/bilidade  com  os  princípios  e  regras  deste  Código.  Parágrafo  único:  Exis/ndo  incompa/bilidade,  cabe  ao  psicólogo  recusar-­‐se  a  prestar  serviços  e,  se  per/nente,  apresentar  denúncia  ao  órgão  competente.    Art.  6º  -­‐  O  psicólogo,  no  relacionamento  com  profissionais  não  psicólogos:  A)  Encaminhará  a  profissionais  ou  en/dades  habilitados  e  qualificados  demandas  que  extrapolem  seu  campo  de  atuação;  b)  Compar/lhará  somente  informações  relevantes  para  qualificar  o  serviço  prestado,  resguardando  o  caráter  confidencial  das  comunicações,  assinalando  a  responsabilidade,  de  quem  as  receber,  de  preservar  o  sigilo.    
  17. 17. CÓDIGO  DE  ÉTICA  PROFISSIONAL  DO  PSICÓLOGO  Algumas  das  Responsabilidades  do  Psicólogo  Art.  8º  -­‐  Para  realizar  atendimento  não  eventual  de  criança,  adolescente  ou  interdito,  o  psicólogo  deverá  obter  autorização  de  ao  menos  um  de  seus  responsáveis,  observadas  as  determinações  da  legislação  vigente;  §1°  -­‐  No  caso  de  não  se  apresentar  um  responsável  legal,  o  atendimento  deverá  ser  efetuado  e  comunicado  às  autoridades  competentes;  Art.  9º  -­‐  É  dever  do  psicólogo  respeitar  o  sigilo  profissional  a  fim  de  proteger,  por  meio  da  confidencialidade,  a  in/midade  das  pessoas,  grupos  ou  organizações,  a  que  tenha  acesso  no  exercício  profissional.  
  18. 18. CÓDIGO  DE  ÉTICA  PROFISSIONAL  DO  PSICÓLOGO  Algumas  das  Responsabilidades  do  Psicólogo  Art.  10  -­‐  Nas  situações  em  que  se  configure  conflito  entre  as  exigências  decorrentes  do  disposto  no  Art.  9º  e  as  afirmações  dos  princípios  fundamentais  deste  Código,  excetuando-­‐se  os  casos  previstos  em  lei,  o  psicólogo  poderá  decidir  pela  quebra  de  sigilo,  baseando  sua  decisão  na  busca  do  menor  prejuízo.  Parágrafo  Único  -­‐  Em  caso  de  quebra  do  sigilo  previsto  no  caput  deste  ar/go,  o  psicólogo  deverá  restringir-­‐se  a  prestar  as  informações  estritamente  necessárias.  Art.  11  -­‐  Quando  requisitado  a  depor  em  juízo,  o  psicólogo  poderá  prestar  informações,  considerando  o  previsto  neste  Código.  
  19. 19. Outros  Códigos  Mas,  sem  querer  assustar  todos  vocês!  Código  Civil  Código  Penal  Estatuto  da  Criança  e  do  Adolescente  Código  Brasileiro  de  Jus/ça  Despor/va  Lei  de  Incen/vo  ao  Esporte  Lei  Geral  sobre  Desportos  Direito  Internacional  de  Desporto  ...  Não  é  precisar  ler  todas  as  leis  e  regras  para  entender  o  esporte.  Mas,  é  preciso  saber  que  ele  vai  muito  mais  além  do  que  agente  conhece,  sente  e  imagina.    
  20. 20. Rodrigo  Acioli  Moura  E-­‐mail:  rodrigoam.psi@gmail.com  Contato:  (21)  9968-­‐0908  Conselho  Regional  de  Psicologia  do  Rio  de  Janeiro  -­‐  CRP-­‐RJ  Comissão  de  Esportes  E-­‐mail:  esportes.cotec@crprj.org.br  • Psicólogo  Clínico  Cogni/vo-­‐Comportamental  • Colaborador  do  Conselho  Regional  de  Psicologia  do  Rio  de  Janeiro  -­‐  CRP-­‐RJ  /        Comissão  Regional  de  Direitos  Humanos  /  Esporte    Psicólogo  -­‐  CRP  05/33761  

×