Surf e Turismo no OestePeniche                       22 de Setembro de 2012
29ª edição dos ASP                                            World Surfing                                               ...
http://www.surfline.com/surf-news/best-bet-february-portugal_66478
As Ondas como recurso endógeno, diferenciador ecatalisador de desenvolvimento sustentávelNo actual contexto nacional e int...
Pública – 3 Julho 2011   Única – 3 Dezembro 2011
Jornal i – 18 outubro 2011
REVISTA ÚNICA3/12/2011
Rip Curl PRO Peniche - Portugal    Rip Curl PRO Search 2009    Rip Curl PRO Peniche (Portugal) 2010    Rip Curl PRO Pen...
Rip Curl PRO Peniche - PortugalDesde a fundação da ASP Europe, em 1988, que existem competiçõesinternacionais de surf em P...
Rip Curl PRO Peniche - Portugal
Rip Curl PRO Peniche – Portugal                                 Perfil dos Visitantes (2011)Nacionalidade:Portugal (71,5%)...
Europa e PortugalNúmeros de surfistas na europa superior a 1 milhão de praticantes. (Dados: Cluster do surfEuropeu - Euros...
Estratégia Municipal para o MarDocumento que pretende sistematizar e ilustrar os projectos, acções einiciativas que têm vi...
Magna Carta – Peniche 20253 Vectores Estratégicos                    6 Programas de Actuação
Aldeia do Surf ?
Centro de Alto Rendimento de Surf de PenicheDesenvolvimento urbano nacional, através da integração numa rede deequipamento...
Centro de Alto Rendimento de Surf de Peniche
Projecto SURGE
Semana TANTO MAR 2010 | 2011 | 2012…
A Economia Local do Surf10 surfshops3 Fábricas de pranchas20 escolas/surfcamps200 postos de trabalho diretamente relaciona...
AESSCP                                                    Associação de Escolas de Surf e                                 ...
Escolas de Surf e Surfcamps
Presente e Futuro               Ameaças e Oportunidades- A revisão do Plano Diretor Municipal- A revisão do Plano de Orden...
Rip Curl PRO Peniche – Portugal | 2012
Surf e Turismo no OestePeniche                       22 de Setembro de 2012
4 Acção - Surf e Turismo no Oeste
4 Acção - Surf e Turismo no Oeste
4 Acção - Surf e Turismo no Oeste
4 Acção - Surf e Turismo no Oeste
4 Acção - Surf e Turismo no Oeste
4 Acção - Surf e Turismo no Oeste
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

4 Acção - Surf e Turismo no Oeste

1.167 visualizações

Publicada em

Evento da Comissão Europeia
22 de Setembro de 2012, Sábado

Perto dos Cidadãos para um Crescimento Económico Sustentável

Limpeza das Praias de Peniche
Workshop "O Surf e o Turismo: qual a sua importância para a Zona Oeste"

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.167
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
342
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

4 Acção - Surf e Turismo no Oeste

  1. 1. Surf e Turismo no OestePeniche 22 de Setembro de 2012
  2. 2. 29ª edição dos ASP World Surfing Awards António José Correia e Rip Curl Portugal Prémio“Esforço excecional por parte de uma comunidade ou organizador num evento ASP”
  3. 3. http://www.surfline.com/surf-news/best-bet-february-portugal_66478
  4. 4. As Ondas como recurso endógeno, diferenciador ecatalisador de desenvolvimento sustentávelNo actual contexto nacional e internacional, caracterizado por um forteconstragimento económico-financeiro, a fórmula de sucesso para odesenvolvimento sustentável dos territórios deverá assentar naexploração dos seus recursos endógenos e diferenciadores, os quaisnão sejam passíveis de ser replicados em outros locais.Associado à exclusividade do recurso, deverá estar igualmente umpotencial intríseco passivel de gerar atractividade, notoriedade edesenvolvimento económico.Neste enquadramento, a nível nacional facilmente identicamos o potencialdo recurso Mar, e ao nível do concelho de Peniche as Ondas!As ondas existem em Peniche e as suas características não são passíveis dereplicar em outros locais nacionais ou internacionais.
  5. 5. Pública – 3 Julho 2011 Única – 3 Dezembro 2011
  6. 6. Jornal i – 18 outubro 2011
  7. 7. REVISTA ÚNICA3/12/2011
  8. 8. Rip Curl PRO Peniche - Portugal  Rip Curl PRO Search 2009  Rip Curl PRO Peniche (Portugal) 2010  Rip Curl PRO Peniche (Portugal) 2011 …
  9. 9. Rip Curl PRO Peniche - PortugalDesde a fundação da ASP Europe, em 1988, que existem competiçõesinternacionais de surf em Peniche;Prémio o evento do ano do Turismo de Portugal;Organização e inovação (fibra óptica, 3D);Qualidade das ondas e praias (recursos naturais);Qualidade da estrutura hoteleira e gastronomia;Clima de segurança e de hospitalidade;Orçamento de 1,5 milhão de euros.
  10. 10. Rip Curl PRO Peniche - Portugal
  11. 11. Rip Curl PRO Peniche – Portugal Perfil dos Visitantes (2011)Nacionalidade:Portugal (71,5%), Espanha (5.1%), Alemanha (4,7%), Reino Unido (4,3%), Austrália (4,7%), Brasil (1.7%), Outra (4.7%)Estrutura etária:Portugueses: < 18 anos – 1%, 18-25 anos – 43%; 26-35 anos – 32%; 36-45 anos – 14%; 46-60 anos – 8%; > 60 anos – 2%Estrangeiros: < 18 anos – 0%, 18-25 anos – 47%; 26-35 anos – 33%; 36-45 anos – 14%; 46-60 anos – 6%; > 60 anos – 0%Género:Portugueses: 50.6% Masculino, 49.4% Feminino;Estrangeiros: 61.2% Masculino, 38.2% FemininoEscolaridade:Até 12º ano (69%), Ensino Superior (28%), Ensino Pós-graduado (3%)
  12. 12. Europa e PortugalNúmeros de surfistas na europa superior a 1 milhão de praticantes. (Dados: Cluster do surfEuropeu - Eurosima).UK 300.000FR 300.000SP 180.000PT 150.000Por sexo: 85% homens - 15% mulheres;1,8 mil milhões de euros de facturação das marcas de surf na Europa;100 milhões de euros de facturação do comércio em Portugal;300 lojas de venda de artigos de surf em Portugal.
  13. 13. Estratégia Municipal para o MarDocumento que pretende sistematizar e ilustrar os projectos, acções einiciativas que têm vindo a ser desenvolvidas pela Câmara Municipal dePeniche, desde 2006 até à presente data.As 6 acções estratégicas, assim como as medidas constantes em cadauma, constituem a Estratégia Nacional para o Mar aprovada emConselho de Ministros no dia 16 de Novembro de 2006 (Dia Nacional doMar), a qual foi adoptada a nível municipal como linha orientadora dasua intervenção nesta área.
  14. 14. Magna Carta – Peniche 20253 Vectores Estratégicos 6 Programas de Actuação
  15. 15. Aldeia do Surf ?
  16. 16. Centro de Alto Rendimento de Surf de PenicheDesenvolvimento urbano nacional, através da integração numa rede deequipamentos desportivos especializados, cujas localizações se baseiam emlógicas de proximidade, de coerência com as actividades desportivas quepromovem e de uma vincada identidade territorial, fomentando a estruturação eo ordenamento do território à escala supra-regional. Fomento da prática desportiva, em particular de Alta Competição; Desportos que se sustentam em potencialidades e recursos endógenos; Preservação e Sustentabilidade Ambiental; Estímulo da economia regional e local; Promoção e qualificação das actividades desportivas e turísticas.
  17. 17. Centro de Alto Rendimento de Surf de Peniche
  18. 18. Projecto SURGE
  19. 19. Semana TANTO MAR 2010 | 2011 | 2012…
  20. 20. A Economia Local do Surf10 surfshops3 Fábricas de pranchas20 escolas/surfcamps200 postos de trabalho diretamente relacionados com o surfTaxa de ocupação hoteleira na época baixa (Outubro) 90%Surgimento de novas ofertas de alojamento
  21. 21. AESSCP Associação de Escolas de Surf e Surfcamps de PenicheA AESSCP foi constituída no ano de 2010 pelos proprietários de escolas e surfcamps existentes na área de Jurisdição daCapitania de Peniche.A associação nasceu na sequência da consciencialização de que o turismo de Surf está a crescer e a tornar-se um importante foco dedesenvolvimento económico na região Objectivos:1. Representar os associados , defendendo os seus legitimos interesses junto de entidades locais, regionais e nacionais.2. Ser reconhecido no futuro como parceiros na tomada de decisões relativamente a temáticas que afectem directamente a sua actividadepodendo contribuir de forma activa para a sua melhoria.3. Promover a criação de regras que permitam desenvolver esta actividade em segurança e conjugando os múltiplos interesses envolvidos.4. Promover e divulgar as excelentes condições das nossas praias e a qualidade das suas ondas tanto a nível nacional como internacional.Todos os membros desta associação são credenciados com o alvará de animação / marítimo-turística no turismo de Portugal e credenciadospela FPS, condições fundamentais para se poder integrar esta associação.
  22. 22. Escolas de Surf e Surfcamps
  23. 23. Presente e Futuro Ameaças e Oportunidades- A revisão do Plano Diretor Municipal- A revisão do Plano de Ordenamento da Orla Costeira- A massificação do lazer e do turismo- A pressão urbanística- O contexto económico-financeiro nacional e europeu- O Oeste como produto turístico e a complementaridade da ofertaturística regional- A estratégia local e os seus intervenientes- O papel das entidades públicas e o papel das entidades privadas- O Público-alvo e os segmentos de mercado pretendidos
  24. 24. Rip Curl PRO Peniche – Portugal | 2012
  25. 25. Surf e Turismo no OestePeniche 22 de Setembro de 2012

×