Successfully reported this slideshow.

União soviética URSS

1.268 visualizações

Publicada em

União das Repúblicas Socialistas Soviéticas

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

União soviética URSS

  1. 1. URSS União das Repúblicas Socialistas Soviéticas
  2. 2. Bandeira da União Soviética  A bandeira da União Soviética era composta por um retângulo vermelho com uma foice e um martelo amarelos cruzados, posicionados no canto superior esquerdo. Acima da foice e do martelo havia uma estrela de cinco pontas também amarela. A foice e o martelo cruzados eram o símbolo do socialismo, pois representavam os trabalhadores do campo e das indústrias.
  3. 3. História e principais características  A União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) foi criada em 1922 pelos bolcheviques, liderados por Lênin, como uma das consequências da Revolução Russa de 1917.  Existiu até 1991, quando foi dissolvida no contexto da crise do socialismo com as reformas políticas e econômicas implantadas por Mikhail Gorbachev. A sede do poder da URSS era na capital russa, Moscou. A Rússia, república mais poderosa, comandou a URSS.  Após a 2ª Guerra Mundial, a União Soviética se tornou a segunda maior potência econômica e militar do mundo. Destacou-se também na corrida espacial e na produção de armas nucleares. Ficou atrás apenas dos Estados Unidos, principal adversário e representante do modelo capitalista.  Ela era composta por 15 repúblicas, ocupando um território de, aproximadamente, 22 milhões de km2.  Na década de 1980, a União Soviética possuía uma população ao redor de 290 milhões de habitantes. Os grupos étnicos com maior quantidade de habitantes eram os russos (145 milhões), ucranianos (44 milhões), usbeques (16 milhões), bielorussos (10 milhões) e azeris (6 milhões)
  4. 4. O socialismo na URSS  A União Soviética seguiu sempre o sistema político-econômico socialista. Havia um sistema político baseado num partido único (PCUS), que governava a URSS de forma centralizada e sem abrir espaço para opositores. Muito pelo contrário, o regime perseguiu e prendeu milhares de opositores políticos, principalmente até a década de 1970.  A economia era estatizada, ou seja, todos os meios de produção (indústrias, fazendas, bancos, etc.) eram controlados pelo governo. Os salários também eram controlados pelo governo, de forma que houvesse uma equiparação salarial, evitando assim a formação de desigualdades sociais.
  5. 5. Cortina de Ferro  Tudo começou quando o primeiro ministro britânico Winston Churchill, afirmava que “uma cortina de ferro desceu sobre a Europa ...”, dando a entender que havia sido estabelecida uma severa divisão político-ideológica entre os regimes autoritários comunistas e os sistemas liberais capitalistas.  A partir da construção do muro de Berlin, que separava os setores comunista e capitalista, buscavam delimitar suas fronteiras, evitando qualquer “contaminação” dos países capitalistas. Então aquela parte da Europa foi recortada politicamente de uma ponta à outra, via-se um cenário de milhares de quilômetros fortificados com muros de concreto, arame farpado, fossas e equipamentos de ativação de armas automáticas.
  6. 6.  Esta guerra ideológica, entre os dois sistemas políticos, causou um isolamento social,econômico e cultural,onde em muitos casos ocorreu o isolamento até mesmo de caráter emocional, dividindo famílias, casais, amigos, separados pela competição ferrenha entre as mentes dos povos da Europa.  A cortina de ferro, por sua vez, só seria levantada entre 1989 e 1991, com a queda dos vários regimes de esquerda que dominavam o leste europeu, numa espiral de revolta e descontentamento com a falência da retórica socialista, em especial no campo econômico.
  7. 7.  Os EUA lideravam o bloco capitalista e a URSS o bloco socialista.  Os norte – americanos possuíam a bomba atômica desde 1945 e em 1949, os soviéticos conseguiram montar sua bomba.  Cada um procurava trazer os demais países para o seu domínio político e econômico.  A guerra fria se caracterizou pela extrema rivalidade entre dois poderosos. Um acusava o outro de pretender dominar o mundo. Com isso trataram de aumentar suas forças militares, mediante a formação de alianças militares supranacionais e a corrida armamentista.
  8. 8.  Já a URSS com os países da Europa Ocidental, Stalin tomou providências para manter- los sob o controle do regime, e instalou governos dirigidos por partidos comunistas únicos, que deveriam obedecer às ordens de Moscou.  Em 1955, revidando a criação da OTAN, os países do bloco socialista da Europa Oriental firmaram uma aliança da ajuda militar mútua por meio do Pacto de Varsóvia.
  9. 9. Corrida Armamentista e Espacial
  10. 10.  A bomba atômica (Little Boy), antes e durante a explosão.
  11. 11.  O mundo socialista e o mundo capitalista tentado mostrar seu poder armamentista. Não se economizava ameaças.  O planeta estava com medo, pois a guerra poderia submergir-se a qualquer momento e o mundo não suportaria isso... Europa: rota dos mísseis de EUA e URSS
  12. 12. URSS – Mísseis Atômicos soviéticos
  13. 13. • Falta de participação do povo nas decisões governamentais. • Falta de liberdade de pensamento e expressão. • Formação de um grupo político altamente privilegiado.
  14. 14. Crise Soviética  Durante o longo governo de Leonid Brejnev, a união soviética iniciou um prolongado período de estagnação econômica, o centralismo e a burocratização excessiva do regime adotado na época, impediram que o país acompanhasse a dinamização econômica promovida pelas inovações tecnológicas, principalmente em setores como o da microeletrônica.  Até a década de 1970, a União Soviética apresentou um formidável desenvolvimento econômico. Porém, na década de 1980 a crise começou a ameaçar a grande potência socialista. As indústrias ultrapassadas não conseguiram acompanhar o desenvolvimento tecnológico necessário para abastecer aquela imensa população. A falta de produtos, principalmente alimentos e bens de consumo, passou a ser constante e gerar grande insatisfação popular.  Em dezembro de 1991, após algumas repúblicas declararem independência da URSS, foi assinado o acordo de Minsk que dissolveu a União Soviética e criou a CEI (Comunidade dos Estados Independentes). Era o fim da União Soviética.
  15. 15. O Fim da URSS  A Dissolução da União Soviética resultou no fim do socialismo real e na independência de 15 repúblicas soviéticas:  Rússia, Ucrânia,Moldávia,Bielorrúsia,Estónia,Letónia, Lituânia,Geórgia,Arménia,Azerbaijão,Cazaquistão,Turquemenistão,Quirguistão,Usbequistão eTajiquistão.  No Leste Europeu, os países socialistas, como a: Polônia, Tchecoslováquia, Romênia, Hungria, Iugoslávia, Albânia, Bulgária e Alemanha Oriental, foram gradativamente declarando a independência do partido socialista e todos tornaram-se capitalistas e de governos democráticos (exceto na Iugoslávia onde houve guerra civil e separatista). A Tchecoslováquia se separou de forma amigável.
  16. 16. REFERENCIAS  http://www.infoescola.com/historia/uniao-sovietica/  http://pt.wikipedia.org/wiki/Hist%C3%B3ria_da_ http://www.suapesquisa.com/historia/uniao_sovietica.
  17. 17. FIM

×