O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Aplicando Sistemas Multi-Agentes Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason

227 visualizações

Publicada em

Trabalho apresentado no 2° Workshop de Pesquisa e Desenvolvimento em Inteligência Artificial, Inteligência Coletiva e Ciência de Dados no dia 14 de Dezembro de 2016 em Niterói/RJ.

Veja mais trabalhos em: fb.com/turingproject
Instagram: @prof.pantoja

Publicada em: Engenharia
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Aplicando Sistemas Multi-Agentes Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason

  1. 1. Aplicando Sistemas Multi- Agentes Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason Workshop de Pesquisa e Desenvolvimento em Inteligência Artificial, Inteligência Coletiva e Ciência de Dados • 1. Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET/RJ), Brasil • 2. Universidade Federal Fluminense (UFF), Brasil Carlos Eduardo Pantoja 1,2 Vinicius Souza de Jesus 1 José Viterbo Filho 2 14 de Dezembro 2016
  2. 2. OUTLINE 1. Introdução 2. ARGO for Jason 3. Arquitetura da Smart Home 4. Testes de Performance 5. Exemplos 6. Trabalhos Relacionados 7. Conclusão Referências Bibliográficas
  3. 3. OUTLINE 2. ARGO for Jason 3. Arquitetura da Smart Home 4. Testes de Performance 5. Exemplos 6. Trabalhos Relacionados 7. Conclusão Referências Bibliográficas
  4. 4. 4Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 1. INTRODUÇÃO: SISTEMAS MULTI-AGENTES AmI [Chaouche et al., 2009]
  5. 5. 5Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 1. INTRODUÇÃO: SISTEMAS MULTI-AGENTES AmI [Chaouche et al., 2009] Agentes [Wooldridge, 2009]
  6. 6. 6Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 1. INTRODUÇÃO: SISTEMAS MULTI-AGENTES Agentes [Wooldridge, 2009] Robóticos [Matarić, 2007] Simulados AmI [Chaouche et al., 2009]
  7. 7. 7Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 1. INTRODUÇÃO: SISTEMAS MULTI-AGENTES Sistemas Multi-Agentes (SMA) Agentes [Wooldridge, 2009] Robóticos [Matarić, 2007] Simulados AmI [Chaouche et al., 2009]
  8. 8. 8Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason Linguagens de Programação Orientada a Agentes 1. INTRODUÇÃO: SISTEMAS MULTI-AGENTES Sistemas Multi-Agentes (SMA) Agentes [Wooldridge, 2009] Robóticos [Matarić, 2007] Simulados AmI [Chaouche et al., 2009]
  9. 9. 9Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason Linguagens de Programação Orientada a Agentes 1. INTRODUÇÃO: SISTEMAS MULTI-AGENTES Sistemas Multi-Agentes (SMA) Agentes [Wooldridge, 2009] Robóticos [Matarić, 2007] Simulados Framework Jason [Bordini et al., 2007] AmI [Chaouche et al., 2009]
  10. 10. 10Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason Linguagens de Programação Orientada a Agentes 1. INTRODUÇÃO: SISTEMAS MULTI-AGENTES Sistemas Multi-Agentes (SMA) Agentes [Wooldridge, 2009] Robóticos [Matarić, 2007] Simulados ARGO [Pantoja et al., 2016] Framework Jason [Bordini et al., 2007] AmI [Chaouche et al., 2009]
  11. 11. 11Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 1. INTRODUÇÃO: PROBLEMA Smart Homes [Kazanavicius et al., 2009] [Andrade et al. 2016] [Martins and Meneguzzi 2013] [Benta et al. ,2009] [Martins and Meneguzzi 2014] [Conte et al. 2009] [Lim et al. 2009] [Sun et al. 2013] [Hagras et al. 2004] [Cook et al. 2003] [Villarrubia et al. 2014]
  12. 12. 12Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 1. INTRODUÇÃO: PROBLEMA Smart Homes [Kazanavicius et al., 2009] [Andrade et al. 2016] [Martins and Meneguzzi 2013] [Benta et al. ,2009] Jade [Bellifemine , 2004] [Martins and Meneguzzi 2014] [Conte et al. 2009] [Lim et al. 2009] [Sun et al. 2013] [Hagras et al. 2004] [Cook et al. 2003] [Villarrubia et al. 2014]
  13. 13. 13Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 1. INTRODUÇÃO: PROBLEMA Smart Homes [Kazanavicius et al., 2009] [Andrade et al. 2016] [Martins and Meneguzzi 2013] [Benta et al. ,2009] Jade [Bellifemine , 2004] Jason [Bordini et al., 2007] [Martins and Meneguzzi 2014] [Conte et al. 2009] [Lim et al. 2009] [Sun et al. 2013] [Hagras et al. 2004] [Cook et al. 2003] [Villarrubia et al. 2014]
  14. 14. 14Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 1. INTRODUÇÃO: PROBLEMA Smart Homes [Kazanavicius et al., 2009] [Andrade et al. 2016] [Martins and Meneguzzi 2013] [Benta et al. ,2009] Não Usa AOPL Específica Jade [Bellifemine , 2004] Jason [Bordini et al., 2007] [Martins and Meneguzzi 2014] [Conte et al. 2009] [Lim et al. 2009] [Sun et al. 2013] [Hagras et al. 2004] [Cook et al. 2003] [Villarrubia et al. 2014]
  15. 15. 15Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 1. INTRODUÇÃO: PROBLEMA Smart Homes [Kazanavicius et al., 2009] [Andrade et al. 2016] [Martins and Meneguzzi 2013] [Benta et al. ,2009] Não Usa AOPL Específica Jade [Bellifemine , 2004] Jason [Bordini et al., 2007] [Martins and Meneguzzi 2014] [Conte et al. 2009] [Lim et al. 2009] [Sun et al. 2013] [Hagras et al. 2004] [Cook et al. 2003] [Villarrubia et al. 2014]
  16. 16. 16Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 1. INTRODUÇÃO: OBJETIVOS Objetivo Principal • propor um modelo de Smart Home física e autônoma controlada através de agentes cognitivos utilizando o Jason e o ARGO • testes de performance afim de explorar diferentes estratégias de implementação de SMA. Objetivo Secundário • a possibilidade de aplicar SMA através de protótipos ubíquos utilizando o framework Jason e a arquitetura ARGO e aplicados a ambientes inteligentes. Contribuição
  17. 17. OUTLINE 1. Introdução 3. Arquitetura da Smart Home 4. Testes de Performance 5. Exemplos 6. Trabalhos Relacionados 7. Conclusão Referências Bibliográficas
  18. 18. 18Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 2. ARGO FOR JASON ARGO [Pantoja et al., 2016]: Uma arquitetura customizada do Jason para programação de Agentes Robóticos usando placas microcontroladas (ATMEGA, PIC, Intel, etc.): • Javino [Lazarin e Pantoja, 2015]  middleware para comunicação entre controladores e software de alto nível com detecção de erro. • Filtros de Percepções [Stabile Jr e Sichman, 2015]  Filtros de percepção reduzem a quantidade de informação percebida pelo agente em tempo de execução. The Argo by Lorenzo Costa
  19. 19. 19Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 2. ARGO FOR JASON: FUNCIONALIDADES O ARGO permite: 1. Controlar diretamente os atuadores em tempo de execução; 2. Receber percepções dos sensores automaticamente dentro de um período de tempo definido em tempo de execução; 3. Mudar os filtros de percepção em tempo de execução; 4. Alterar quais os dispositivos que estão sendo acessados em tempo de execução; 5. Se comunicar com outros agentes em Jason; 6. Decidir quando perceber ou não o mundo real em tempo de execução.
  20. 20. 20Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 5. ARGO FOR JASON: FUNCIONALIDADES O ARGO permite: 1. Controlar diretamente os atuadores em tempo de execução; 2. Receber percepções dos sensores automaticamente dentro de um período de tempo definido em tempo de execução; 3. Mudar os filtros de percepção em tempo de execução; 4. Alterar quais os dispositivos que estão sendo acessados em tempo de execução; 5. Se comunicar com outros agentes em Jason; 6. Decidir quando perceber ou não o mundo real em tempo de execução.
  21. 21. 21Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 5. ARGO FOR JASON: FUNCIONALIDADES O ARGO permite: 1. Controlar diretamente os atuadores em tempo de execução; 2. Receber percepções dos sensores automaticamente dentro de um período de tempo definido em tempo de execução; 3. Mudar os filtros de percepção em tempo de execução; 4. Alterar quais os dispositivos que estão sendo acessados em tempo de execução; 5. Se comunicar com outros agentes em Jason; 6. Decidir quando perceber ou não o mundo real em tempo de execução.
  22. 22. 22Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 2. ARGO FOR JASON: FUNCIONALIDADES O ARGO permite: 1. Controlar diretamente os atuadores em tempo de execução; 2. Receber percepções dos sensores automaticamente dentro de um período de tempo definido em tempo de execução; 3. Mudar os filtros de percepção em tempo de execução; 4. Alterar quais os dispositivos que estão sendo acessados em tempo de execução; 5. Se comunicar com outros agentes em Jason; 6. Decidir quando perceber ou não o mundo real em tempo de execução.
  23. 23. 23Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 2. ARGO FOR JASON: FUNCIONALIDADES O ARGO permite: 1. Controlar diretamente os atuadores em tempo de execução; 2. Receber percepções dos sensores automaticamente dentro de um período de tempo definido em tempo de execução; 3. Mudar os filtros de percepção em tempo de execução; 4. Alterar quais os dispositivos que estão sendo acessados em tempo de execução; 5. Se comunicar com outros agentes em Jason; 6. Decidir quando perceber ou não o mundo real em tempo de execução.
  24. 24. 24Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 2. ARGO FOR JASON: FUNCIONALIDADES O ARGO permite: 1. Controlar diretamente os atuadores em tempo de execução; 2. Receber percepções dos sensores automaticamente dentro de um período de tempo definido em tempo de execução; 3. Mudar os filtros de percepção em tempo de execução; 4. Alterar quais os dispositivos que estão sendo acessados em tempo de execução; 5. Se comunicar com outros agentes em Jason; 6. Decidir quando perceber ou não o mundo real em tempo de execução.
  25. 25. 25Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 2. ARGO FOR JASON: AÇÕES INTERNAS • ARGO Internal Actions: • .limit(x) • Define um intervalo de tempo para perceber o ambiente • .port(y) • Define qual porta serial deve ser utilizada pelo agente • .percepts(open|block) • Decide quando perceber ou não o mundo real • .act(w) • Envia ao microcontrolador uma ação para ser executada por um efetuador • .change_filter(filterName) • Define um filtro de percepção para restringir percepções em tempo real
  26. 26. 26Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 2. ARGO FOR JASON
  27. 27. 27Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 2. ARGO FOR JASON: METODOLOGIA lightOn ativa temperature(20); getPercepts
  28. 28. OUTLINE 1. Introdução 2. ARGO for Jason 4. Testes de Performance 5. Exemplos 6. Trabalhos Relacionados 7. Conclusão Referências Bibliográficas
  29. 29. 29Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 3. ARQUITETURA DA SMART HOME PROPOSTA
  30. 30. 30Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 3. ARQUITETURA DA SMART HOME PROPOSTA Quatro cômodos possuem sensores de luminosidade e leds.
  31. 31. 31Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 3. ARQUITETURA DA SMART HOME PROPOSTA Comôdo com gerenciamento de temperatura.
  32. 32. 32Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 3. ARQUITETURA DA SMART HOME PROPOSTA Comôdo com gerenciamento da campainha da casa.
  33. 33. 33Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason
  34. 34. OUTLINE 1. Introdução 2. ARGO for Jason 3. Arquitetura da Smart Home 5. Exemplos 6. Trabalhos Relacionados 7. Conclusão Referências Bibliográficas
  35. 35. 35Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 4. TESTES DE PERFORMANCE Foram realizados testes e medido o tempo de execução de um circuito de ativação aplicando de 1 a 6 controladores ATMEGA sendo controlados por 1 até 6 agentes em três estratégias diferentes, realizando 3 repetições: • Estratégia 1  os agentes abrem o fluxo de percepções dos sensores no início da execução, para ficar percebendo o ambiente continuamente. • Estratégia 2  os agentes abrem o fluxo das percepções onde é preciso (no início de cada plano e logo em seguida as fecha), com o objetivo de adquirir apenas as percepções necessária aquele momento • Estratégia 3  os agentes abrem e fecham o fluxo de percepções apenas no início do primeiro plano ou quando houver mudança de controladores (afim de atualizar as percepções provenientes do novo dispositivo)
  36. 36. 36Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 4. TESTES DE PERFORMANCE • De 324 testes: 189135
  37. 37. 37Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 4. TESTES DE PERFORMANCE • De 324 testes: 189135 Quando a quantidade de agentes é maior que a quantidade de controladores, conflitos podem ocorrer. OS AGENTES PRECISAM NEGOCIAR O USO DOS DISPOSITIVOS
  38. 38. 38Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 4. TESTES DE PERFORMANCE
  39. 39. 39Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 4. TESTES DE PERFORMANCE
  40. 40. 40Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 4. TESTES DE PERFORMANCE
  41. 41. 41Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 4. TESTES DE PERFORMANCE
  42. 42. OUTLINE 1. Introdução 2. ARGO for Jason 3. Arquitetura da Smart Home 4. Testes de Performance 6. Trabalhos Relacionados 7. Conclusão Referências Bibliográficas
  43. 43. 43Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 5. EXEMPLOS: GERENCIAMENTO TÉRMICO • Estudo de Caso 1 [Kazanavicius et al., 2009]  Controle de gerenciamento térmico de ambiente;
  44. 44. 44Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason • Estudo de Caso 2 [Villarrubia et al., 2014]  Gerenciamento de campainha para surdos. 5. EXEMPLOS: CAMPAINHA
  45. 45. 45Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason EXIBIÇÃO 5. EXEMPLOS
  46. 46. OUTLINE 1. Introdução 2. ARGO for Jason 3. Arquitetura da Smart Home 4. Testes de Performance 5. Exemplos 7. Conclusão Referências Bibliográficas
  47. 47. 47Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 6. TRABALHOS RELACIONADOS Smart Homes [Kazanavicius et al., 2009] [Andrade et al. 2016] [Martins and Meneguzzi 2013] [Benta et al. ,2009] Não Usa AOPL Específica Jade [Bellifemine , 2004] Jason [Bordini et al., 2007] [Martins and Meneguzzi 2014] [Conte et al. 2009] [Lim et al. 2009] [Sun et al. 2013] [Hagras et al. 2004] [Cook et al. 2003] [Villarrubia et al. 2014]
  48. 48. 48Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason Smart Homes [Kazanavicius et al., 2009] [Andrade et al. 2016] [Martins and Meneguzzi 2013] [Benta et al. ,2009] Não Usa AOPL Específica Jade [Bellifemine , 2004] Jason [Bordini et al., 2007] [Martins and Meneguzzi 2014] [Conte et al. 2009] [Lim et al. 2009] [Sun et al. 2013] [Hagras et al. 2004] [Cook et al. 2003] [Villarrubia et al. 2014] 6. TRABALHOS RELACIONADOS
  49. 49. 49Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason Smart Homes [Kazanavicius et al., 2009] [Andrade et al. 2016] [Martins and Meneguzzi 2013] [Benta et al. ,2009] Não Usa AOPL Específica Jade [Bellifemine , 2004] Jason [Bordini et al., 2007] [Martins and Meneguzzi 2014] [Conte et al. 2009] [Lim et al. 2009] [Sun et al. 2013] [Hagras et al. 2004] [Cook et al. 2003] [Villarrubia et al. 2014] 6. TRABALHOS RELACIONADOS
  50. 50. 50Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason Smart Homes [Kazanavicius et al., 2009] [Andrade et al. 2016] [Martins and Meneguzzi 2013] [Benta et al. ,2009] Não Usa AOPL Específica Jade [Bellifemine , 2004] Jason [Bordini et al., 2007] [Martins and Meneguzzi 2014] [Conte et al. 2009] [Lim et al. 2009] [Sun et al. 2013] [Hagras et al. 2004] [Cook et al. 2003] [Villarrubia et al. 2014] 6. TRABALHOS RELACIONADOS
  51. 51. OUTLINE 1. Introdução 2. ARGO for Jason 3. Arquitetura da Smart Home 4. Testes de Performance 5. Exemplos 6. Trabalhos Relacionados Referências Bibliográficas
  52. 52. 52Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason 7. CONCLUSÃO • Sistemas Multi-Agentes  Um modelo para Smart Home físico gerenciado pelo Jason;  Análise de estratégias e performance para utilização do ARGO;  Permitir a criação de SMA Ubíquos Utilizando o BDI. • Trabalhos Futuros  Aplicar técnicas de negociação para os casos onde há a possibilidade de conflitos;  Aplicar o modelo proposto em um laboratório;  Aplicar a arquitetura ARGO em outros domínios.
  53. 53. OUTLINE 1. Introdução 2. ARGO for Jason 3. Arquitetura da Smart Home 4. Testes de Performance 5. Exemplos 6. Trabalhos Relacionados 7. Conclusão
  54. 54. 54Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICA •[Andrade et al. 2016] Andrade, J. P. B., Oliveira, M., Gonçalves, E. J. T., and Maia, M. E. F. (2016). Uma Abordagem com Sistemas Multiagentes para Controle Autônomo de Casas Inteligentes. In XIII Encontro Nacional de Inteligência Artificial e Computacional (ENIAC). •[Conte et al. 2009] Conte, G., Morganti, G., Perdon, A. M., and Scaradozzi, D. (2009). Multi-agent system theory for resource management in home automation systems. Journal of Physical Agents, 3(2):15–19. •[Cook et al. 2003] Cook, D. J., Youngblood, G. M., Heierman III, E. O., Gopalratnam, K., Rao, S., Litvin, A., and Khawaja, F. (2003). Mavhome: An agent-based smart home. In PerCom, volume 3, pages 521–524. •[Hagras et al. 2004] Hagras, H., Callaghan, V., Colley, M., Clarke, G., Pounds-Cornish, A., and Duman, H. (2004). Creating an ambient-intelligence environment using embedded agents. IEEE Intelligent Systems, 19(6):12–20. •[Kazanavicius et al. 2009] Kazanavicius, E., Kazanavicius, V., and Ostaseviciute, L. (2009). Agent-based framework for embedded systems development in smart environments. In Proceedings of International Conference on Information Technologies (IT 2009), Kaunas. •[Lim et al. 2009] Lim, C., Anthony, P., and Fan, L. (2009). Applying multi-agent system in a context aware. Borneo Sci, 24:53–64.
  55. 55. 55Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICA •[Benta et al. 2009] Benta, K.-I., Hoszu, A., Vacariu, L., and Cret, O. (2009). Agent based smart house platform with affective control. In Proceedings of the 2009 Euro American Conference on Telematics and Information Systems: New Opportunities to increase Digital Citizenship, page 18. ACM. •[Chaouche et al. 2014] Chaouche, A.-C., Seghrouchni, A. E. F., Ilie, J.-M., and Saıdouni, D. E. (2014). A higherorder agent model with contextual planning management for ambient systems. In Transactions on Computational Collective Intelligence XVI, pages 146–169. Springer. •[Martins and Meneguzzi 2013] Martins, R. and Meneguzzi, F. (2013). A smart home model to demand side management. In Workshop on Collaborative Online Organizations (COOS13)@AAMAS. •[Martins and Meneguzzi 2014] Martins, R. and Meneguzzi, F. (2014). A smart home model using jacamo framework. In 2014 12th IEEE International Conference on Industrial Informatics (INDIN). IEEE. •[Sun et al. 2013] Sun, Q., Yu, W., Kochurov, N., Hao, Q., and Hu, F. (2013). A multi-agent-based intelligent sensor and actuator network design for smart house and home automation. Journal of Sensor and Actuator Networks, 2(3):557–588. •[Villarrubia et al. 2014] Villarrubia, G., De Paz, J. F., Bajo, J., and Corchado, J. M. (2014). Ambient agents: embedded agents for remote control and monitoring using the pangea platform. Sensors, 14(8):13955–13979.
  56. 56. 56Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICA •[Bordini et al. 2007] Bordini, R.H., Hubner, J.F., Wooldridge, M. Programming Multi-Agent Systems in AgentSpeak Using Jason. John Wiley & Sons Ltd., 2007. •[Bratman, 1987] Bratman, M. Intentions, Plans, and Practical Reason. Harvard University Press, 1987. •[Guinelli et al., 2016] Guinelli, J. V. ; Junger, D. S. ; Pantoja, C. E. . An Analysis of Javino Middleware for Robotic Platforms Using Jason and JADE Frameworks. In: Workshop-Escola de Sistemas de Agentes, Seus Ambientes e Aplicações, Maceió. Anais do X Workshop-Escola de Sistemas de Agentes, seus Ambientes e Aplicações, 2016. •[Lazarin and Pantoja, 2015] Lazarin, N.M., Pantoja, C.E. : A robotic-Agent Platform For Embedding Software Agents Using Raspberry Pi and Arduino Boards. In: 9th Software Agents, Environments and Applications School, 2015 •[Pantoja et al., 2016] Pantoja, C. E.; Stabile Jr, M. F. ; Lazarin, N. M. ; Sichman, J. S. ARGO: A Customized Jason Architecture for Programming Embedded Robotic Agents. In: Workshop on Engineering Multi-Agent Systems, 2016, Singapore. Proceedings of the Third International Workshop on Engineering Multi-Agent Systems (EMAS 2016), 2016.
  57. 57. 57Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICA •[Rao 1996] Rao, A.S.: AgentSpeak(L): BDI agents speak out in a logical computable language. In: de Velde,W.V., Perram, J.W. (eds.) Proceedings of the 7th European workshop on Modelling autonomous agents in a multi-agent world. Lecture Notes in Artificial Intelligence, vol. 1038, pp. 42-55. Springer-Verlag, Secaucus. USA, 1996. •[Stabile Jr. and Sichman, 2015] Stabile Jr., M.F., Sichman, J.S. Evaluating Perception Filters In BDI Jason Agents. In: 4th Brazilian Conference On Intelligent Systems, 2015. •[Wooldridge, 2000] Wooldridge, M. Reasoning about rational agents. Intelligent robotics and autonomous agents. MIT Press, 2000. •[Wooldridge, 2009] Wooldridge M. An Introduction to MultiAgent Systems. John Wiley & Sons, 2009.
  58. 58. 58Aplicando SMA Ubíquos em um Modelo de Smart Home Usando o Framework Jason AGRADECIMENTOS OBRIGADO! pantoja@cefet-rj.br souza.vdj@gmail.com viterbo@ic.uff.br

×