Transitar com Segurança

468 visualizações

Publicada em

Palestra de segurança de trânsito para condutores e pedestres. desenvolvida para apresentações em SIPAT's

Publicada em: Educação
1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
468
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Transitar com Segurança

  1. 1. Prof. Milton R. Almeida mratreinamento@gmail.com 1
  2. 2. 2 MILTON ROBERTO DE ALMEIDA Gestor de Educação de Trânsito na CET – Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo (2007 a 2014) Bacharel em Administração de Empresas, com especializações em História Militar (UNISUL), Gestão da Administração Pública (UNISUL), Gestão de Recursos de Defesa (ESG/FIESP) e Planejamento Político-Estratégico (ESG/ADESG) Professor universitário nas disciplinas de Planejamento Estratégico, Marketing/Vendas, Negociação e Gerenciamento de Riscos Consultor e educador corporativo, atuando com desenvolvimento profissional e gerencial, desde 1991. www.mratreinamento.jimdo.com https://br.linkedin.com/in/miltonalmeida http://www.mratreinamento.wordpress.com http://lattes.cnpq.br/6118240946392702
  3. 3. Caminhar era, inicialmente, a única forma que o homem tinha para deslocar-se. Com sua capacidade criativa, desenvolveu novos e mais rápidos meios de transporte para atender suas necessidades de trabalho e lazer. A mobilidade humana evoluiu...3Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com
  4. 4. Meios mais rápidos substituíram meios mais lentos.... PÉS BICICLETA TREM ÔNIBUS AUTOMÓVEL ? Mas dentro de uma visão que tende a supor que o progresso dos transportes é linear. Essa visão criou a sensação de que cada modal não tem nenhuma relação entre si, provocando uma disputa para ver quem leva vantagem no meio urbano. 4Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com
  5. 5. Para comportar as novas tecnologias de transporte que surgiam, as cidades também evoluiam... De pequenas vilas... ... Para grandes Metrópoles! Caminhos tornaram- se ruas. Ruas tornaram-se avenidas. Tudo sempre planejado para acomodar uma frota cada vez maior de veículos automotores. 5 Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com
  6. 6. Até o momento em que os sistemas urbanos atingiram sua capacidade máxima. Hoje a explosão urbana está provocando problemas sociais e econômicos graves. A saúde das pessoas está mais ameaçada. A violência urbana torna-se cada vez mais incontrolável. A economia é prejudicada. 6 Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com
  7. 7.  12/05/2008 - 08h00 Caos no trânsito reduz produtividade do país em 5%, diz pesquisa Sílvio Crespo, do UOL Economia Os problemas de congestionamento de automóveis devem limitar o potencial de crescimento econômico do Brasil e de outros países latino-americanos nos próximos anos, segundo estudo realizado pelo Citigroup. A pesquisa levou em consideração o tempo que se gasta em viagens urbanas e concluiu que o trânsito gera uma perda de 5% na produtividade do Brasil. Entre os países da América Latina, apenas no México os gargalos de tráfego provocam uma perda semelhante à brasileira. 7 AQUI TEMOS UM EXEMPLO! Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com
  8. 8. A aplicabilidade dos conceitos de MOBILIDADE e ACESSIBILIDADE exige que os modais sejam vistos de forma integrada no ambiente. 8 É necessário identificar as AMEAÇAS e RISCOS, reais ou potenciais, que possam comprometer a mobilidade urbana e buscar SOLUÇÕES para eliminá- las. Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com
  9. 9. É preciso conscientizar a sociedade, em geral, da necessidade de garantir a autonomia, independência e segurança na utilização de todos os espaços, edificações, mobiliário e equipamentos urbanos. Todos têm o direito de ir e vir, sendo necessárias a convivência e participação das pessoas, com suas diferenças, no ambiente de trabalho, estudo e diversão. Conscientização Social 9Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com
  10. 10.  “Qualidade urbana” refere-se à forma como os moradores percebem a qualidade social e ambiental de uma certa área urbana.  Isto inclui: segurança pública (de trânsito, pessoal), saúde pública, qualidade ambiental (poluição do ar e das águas, sonora), coesão comunitária (respeito, participação), oportunidades de recreação e entretenimento. 10 Benefícios proporcionados pela melhoria da mobilidade e acessibilidade QUALIDADE URBANA Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com
  11. 11. GESTÃO DE RISCOS 11 RISCO é a probabilidade de concretização de uma AMEAÇA. AMEAÇA é algo, real ou imaginário, que compromete nossa SEGURANÇA, BEM-ESTAR, CONFORTO, TRANQUILIDADE. Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com
  12. 12. GESTÃO DE RISCOS é um processo cientificamente fundamentado, formado pelas seguintes fases: 1 - IDENTIFICAÇÃO DAS AMEAÇAS – Tipos possíveis, potencial destrutivo e probabilidade de ocorrência. 2 - ESTIMATIVA DE CONSEQÜÊNCIAS OU DANOS – Mortos, feridos, danos materiais, custos. Caracterização dos riscos: alto risco, médio risco, baixo risco. 3 - RECURSOS PARA ENFRENTAR AS AMEAÇAS – Humanos, materiais, financeiros, tempo. GESTÃO DE RISCOS 12Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com
  13. 13. FASE 1 – IDENTIFICAÇÃO DAS AMEAÇAS 13 Uma ameaça é uma fonte de perigo. É qualquer condição, existente ou potencial, que pode ferir ou matar pessoas ou provocar danos e perdas a equipamentos, veículos e outros bens. As ameaças devem ser: a) Identificadas b) Avaliadas quanto a seu potencial de danos. Pergunta-chave: “Para que tipos de ameaças devemos estar preparados?” Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com
  14. 14. 14 FASE 2 – ESTIMATIVA DE CONSEQUENCIAS OU DANOS • Mortos, feridos, danos materiais, custos. Caracterização dos riscos: alto risco, médio risco, baixo risco. • Duas ferramentas importantes: HISTOGRAMA e DIAGRAMA DE CAUSA – EFEITO (ou de ISHIKAWA ou ESPINHA DE PEIXE) NºVÍTIMAS TIPO DE ACIDENTE HISTOGRAMA PROBLEMA PESSOAS PROCESSOS MATERIAL EDUCAÇÃOSINALIZAÇÃO DIAGRAMA DE CAUSA e EFEITO Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com
  15. 15. Humanos, materiais, financeiros, tempo. 15 FASE 3 – RECURSOS PARA ENFRENTAR AS AMEAÇAS TIPOS DE AMEAÇAS E CONSEQÜÊNCIAS RECURSOS NECESSÁRIOS CUSTOS ORÇAMENTO $ VÍTIMAS Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com
  16. 16. Circulação ou movimentação de pessoas ou veículos por uma via de comunicação. Tráfego. Mudar de lugar, estado ou condição. Ausência de perigos, riscos e incertezas. Sensação de proteção; confiança. Conjunto de medidas e precauções para evitar um perigo ou assegurar o sucesso de algo. Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 16
  17. 17. Na “selva”, para sobreviver, você precisa ter PERCEPÇÃO e FOCO nas situações. 17
  18. 18. O USO DOS SENTIDOS PARA PERCEBER E FOCAR NAS CIRCUNSTÂNCIAS. QUANTO MAIS NOSSA MENTE DIVAGA, MENOS CONSEGUIMOS REGISTRAR O QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI E AGORA. 18
  19. 19. Na vida, na aventura, no trabalho ou no trânsito, a CAPACIDADE DE PERCEBER AS CIRCUNSTÂNCIAS e de transformar essas percepções em CONHECIMENTOS (ou inteligência) e AÇÕES CORRETAS é que irá determinar o sucesso ou o fracasso (ou a morte). 19
  20. 20. 20 PERCEPÇÕES EQUIVOCADAS, FALTA DE EMPATIA (preocupação com os outros) IRRESPONSABILIDADE SOCIAL resultando em prejuízos para o ambiente e para os seres que nele vivem. Para proteger a moto do sol, bloqueou a calçada. Falta de ATENÇÃO (FOCO) gera:
  21. 21. VALORES + CONHECIMENTOS = COMPORTAMENTOS em seus COMPORTAMENTOS. Conhece-te a ti mesmo! 21
  22. 22. IRRESPONSABILIDADE SOCIAL - Que VALORES e CONHECIMENTOS têm as pessoas que promoveram estas AÇÕES (COMPORTAMENTOS)? Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 22 FOCO NA SITUAÇÃO PARA NÃO CAUSAR MAL AO PRÓXIMO!
  23. 23. Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 23
  24. 24. Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 24
  25. 25. Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 25
  26. 26. 26
  27. 27. 27
  28. 28. Segundo John Adams, em seu livro RISCO, o brasileiro é o único povo que transfere sua segurança para Deus. 28
  29. 29. DESRESPEITO À SINALIZAÇÃO E DESATENÇÃO SÃO AS MAIORES CAUSAS DE ACIDENTES. Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 29
  30. 30. 30 Bloqueadores de Percepção Situacional Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com
  31. 31. Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 31
  32. 32. O TRÂNSITO EM SUPERMERCADOS E OUTROS ESTABELECIMENTOS TAMBÉM DEVE SER FEITO COM CUIDADOS E RESPEITO Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 32
  33. 33. PRINCIPAIS CAUSAS DE ACIDENTES PROVOCADOS POR CONDUTORES DISTRAÇÕES EXTERNAS DISTRAÇÕES INTERNAS DIGITAR / FALAR AO CELULAR ALIMENTAR-SE AO VOLANTE Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 33
  34. 34. DESRESPEITO À SINALIZAÇÃO E DESATENÇÃO CAUSAM ACIDENTES SINALIZAÇÃO HORIZONTAL DEVE SER SEMPRE OBEDECIDA. Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 34
  35. 35. ACIDENTES SÃO CAUSADOS POR NEGLIGÊNCIA IMPERÍCIA IMPRUDÊNCIA Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 35
  36. 36. MOTOCICLISTA Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 36
  37. 37. CONDIÇÕES AMBIENTAIS INADEQUADAS, DESCUMPRIMENTO DE REGRAS DE TRÂNSITO E FALTA DE EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA ELEVAM OS RISCOS DE ACIDENTES. CICLISTAS Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 37
  38. 38. A SEGURANÇA DEPENDE DE EQUIPAMENTOS E COMPORTAMENTOS ADEQUADOS Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 38
  39. 39. Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com O uso do capacete é fundamental para a segurança do ciclista. E deve ser utilizado de forma correta para não perder sua eficiência. 39
  40. 40. Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com Segue as leis e normas de segurança Desrespeita as leis e normas de segurança 40
  41. 41. TRÂNSITO EM ÁREAS INDUSTRIAIS Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 41
  42. 42. Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 42
  43. 43. Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 43
  44. 44. IRRESPONSÁVEIS SOCIAIS Pessoas FOCADAS apenas em si mesmas costumam ignorar as outras. Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com COMER HIGIENE OBSTRUIR PASSAGEM “DOMINAR” ASSENTO44
  45. 45. Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 45
  46. 46. RESPEITO e GENTILEZA tornam a vida urbana mais agradável. Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 46
  47. 47. RECOMENDAÇÕES ESSENCIAIS: - FOCO / ATENÇÃO - EVITE COLOCAR-SE EM PERIGO - RESPEITO E EMPATIA - GENTILEZA, SEMPRE QUE POSSÍVEL 47
  48. 48. Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com 48
  49. 49. Prof. Milton R. Almeida – mratreinamento@gmail.com

×