Informativo jucerja 67_digital_jan14

562 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
562
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Informativo jucerja 67_digital_jan14

  1. 1. Informativo JUCERJA Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro Número 67 | Janeiro 2014 www.jucerja.rj.gov.br JUCERJA PROMOVE JORNADA DO REGISTRO EMPRESARIAL Foto: Marcelo Horn Membros de órgãos envolvidos no processo de abertura de empresas respondem a perguntas de profissionais da contabilidade, advogados e administradores Carlos de La Rocque, presidente da Jucerja, na abertura da 2º Jornada do Registro Empresarial Com o objetivo de esclarecer dúvidas de seus usuários e melhorar a qualidade de seus serviços, a Junta Comercial do Rio de Janeiro (Jucerja) vem realizado, desde setembro de 2013, a Jornada do Registro Empresarial. O evento já passou pelo Centro e Zona Oeste da cidade do Rio e por Niterói e visitará outras regiões do estado em 2014. Durante os encontros, funcionários da Jucerja, da Secretaria do Estado da Fazenda (Sefaz -RJ), da Receita Federal, da Procuradoria Geral do Estado e do Registro Civil de Pessoas Jurídicas (RCPJ) responderam a perguntas do público, formado por contadores, técnicos contábeis, advogados e administradores. “As jornadas são mais um canal de contato entre a Jucerja e seus usuários. É muito bom podermos, pessoalmente, esclarecer as dúvidas e atender às necessidades dos usuários, e ainda ouvir a opinião deles sobre a Jucerja para que possamos aprimorar constantemente a qualidade dos serviços prestados por nós”, disse o presidente da Jucerja, Carlos de La Rocque. A proposta dos encontros somada à criação de delegacias regionais e das unidades do Rio Poupa Tempo, e à informatização dos serviços vem trazendo benefícios a quem deseja abrir uma empresa, que têm sido reconhecidos pelos usuários. “A Junta Comercial do Rio está em um momento histórico, passando por uma revolução em relação às gestões anteriores. Está muito melhor, ainda que faltem alguns ajustes, que dependem do governo estadual e municipal. Estão sendo feitas mudanças decisivas no registro de empresas. Ao meu ver, a Jucerja está à frente das outras juntas do país. Sempre que posso participo dos eventos promovidos pela Jucerja e a jornada foi muito boa, pois consegui tirar todas as dúvidas”, disse Helio Luiz Ferreira, da RH Contábil, localizada em Santa Cruz. Foto: Dilvulgação A caminho da integração nacional de dados Helio Luiz Ferreira, da RH Contábil (sétimo da esquerda para a direita), junto a profissionais da contabilidade e representantes da Jucerja, Sefaz e do CRC Durante os encontros, foram revelados outros projetos, em andamento, que vão desburocratizar e agilizar ainda mais a abertura e alteração de empresas. “Estamos trabalhando há mais de um ano em um novo sistema que vai abolir a ida do contribuinte ou o de seu representante à Sefaz. O nosso sistema será totalmente integrado com o da Junta Comercial, ou seja, o único contato do cidadão será com a Junta”, revelou José Correa da Silva, superintendente de Arrecadação da Secretaria de Fazenda - Sefaz-RJ. O novo sistema da Sefaz, previsto para ser implementado no primeiro semestre de 2014, é mais uma etapa importante para que, em um futuro próximo, todas as informações cadastrais das empresas no âmbito federal, estadual e municipal estejam reunidas no Regin. No site da Jucerja, o cidadão então poderá realizar desde a consulta de viabilidade até a concessão de inscrição estadual para abrir uma empresa ou filial, além de alterar dados de um negócio já existente. “A tendência é que tanto os serviços quanto a comunicação sejam feitos à distância, por meio do computador, para facilitar a vida do contribuinte e de seus representantes”, disse José Correa da Silva. A Receita Federal, por sua vez, está trabalhan- do também para facilitar o dia a dia das juntas comerciais e dos usuários. O Documento Básico de Entrada (DBE), por exemplo, será integrado ainda este ano ao Regin, o que significa que ao preencher o requerimento, os dados serão exportados para o sistema da Receita Federal e da Secretaria de Fazenda. A integração de dados já é realidade em alguns procedimentos necessários para o registro de empresas na Jucerja. “Desde que eu assumi a Junta, a gente vem sonhando com a integração de dados e, agora, finalmente, nós estamos conseguindo chegar lá”, revelou Carlos de La Rocque. A secretária-geral da Jucerja, Valéria Serra, explicou que, após o sistema ser totalmente implementado, as juntas comerciais receberão toda a documentação das empresas e elaborarão tudo, inclusive o deferimento. “O portal nacional que está sendo criado vai integrar a base de dados das juntas, da Receita Federal e dos órgãos estaduais e municipais. O usuário só vai precisar preencher os dados uma única vez. Ao colocar o CPF do sócio da empresa, o sistema vai buscar tudo o que é preciso fazer relativo ao contrato padrão ou alteração contratual. Isso vai acontecer com qualquer tipo de ato que seja alterador da Receita: quadro de sócios, endereço, etc.”. O que muda com a implantação da Redesim e do Regin? A Redesim (Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios) e o Regin (Sistema Integrador Estadual) vão reduzir a quantidade de comprovantes e documentos necessários. Em vez de vários números de identificação (inscrição estadual, inscrições municipais, CNPJ, entre outros) haverá um único número baseado no CNPJ. A abertura da empresa será feita mediante registro simplificado dos seus atos constitutivos, dispensando a inscrição em qualquer outro cadastro. Além disso, todas as exigências para a abertura da empresa serão consolidadas e disponibilizadas de uma só vez, para que o empresário saiba o que deve fazer para formalizar seu negócio. - Participe! Se você não pôde comparecer à Jornada do Registro Empresarial, aguarde a divulgação das datas das próximas ou envie a sua dúvida para um dos e-mails abaixo. Sua pergunta será respondida pelo setor responsável e, quem sabe, publicada aqui. Superintendência de Registro de Comércio: supregistrocomercio@jucerja.rj.gov.br Secretaria-Geral: secretariageral@jucerja.rj.gov.br Superintendência de Informática: sif@jucerja.rj.gov.br Geral: jucerja@jucerja.rj.gov.br - Você sabia? Em 2013, foram constituídas 45.123 novas empresas no estado. O número é resultado do trabalho que a Jucerja tem feito para agilizar cada vez mais o processo de abertura de empreendimentos no Rio de Janeiro. DELEGACIA DE NOVA IGUAÇU PASSA POR REESTRUTURAÇÃO A delegacia da Jucerja em Nova Iguaçu está sendo reestruturada e, temporariamente, as atividades no local estão suspensas. Usuários que possuem processos de empresa em tramitação nessa unidade serão atendidos, excepcional- mente, pela Assessoria da Superintendência de Registro do Comércio (SRC) na sede da Jucerja, localizada na Avenida Rio Branco 10 - 5º andar, Centro do Rio de Janeiro, de segunda a sexta das 10h às 17h. Confira os endereços e horários das delegacias da Jucerja em: www.jucerja.rj.gov.br/servicos/delegacias.asp SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO ENERGIA, INDÚSTRIA E SERVICOS Informativo JUCERJA é uma publicação da JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Av. Rio Branco, 10 | Centro | 20090-000 | Tel.: 21 2334-5400 Produção Editorial: MPF Comunicação - Midiática: Palavra & Foco Projeto Gráfico e Diagramação: GFD marketing design

×