Correcção da Ficha de Trabalho Podcast  “ Quadratura do Círculo”
Afirmações Falsas a  roxo Afirmações Verdadeiras a  verde
<ul><li>Pacheco Pereira ficou indignado por se ter permitido a colocação de um cartaz com mensagens a criticar a imigração...
<ul><li>O “intendente Pina Manique” a que se reporta Pacheco Pereira é o vereador Sá Fernandes. </li></ul><ul><li>Diogo In...
<ul><li>Lobo Xavier concorda genericamente com Pacheco Pereira. </li></ul><ul><li>Pacheco Pereira simpatiza mais com o PRN...
<ul><li>António Costa reconhece que Sá Fernandes não tinha legitimidade para mandar retirar o cartaz. </li></ul><ul><li>An...
<ul><li>Na discussão entre os três políticos, o foco foi a diferença de posição quanto à Xenofobia. </li></ul><ul><li>Para...
<ul><li>Para Lobo Xavier, a profanação de cemitérios é tão negativa como a promoção da Xenofobia. </li></ul><ul><li>Os Gat...
<ul><li>O ano que corre é o ano Europeu do Diálogo Multicultural. </li></ul><ul><li>No Largo de S. Domingos foi inaugurado...
<ul><li>Memorial judaico e católico evoca em Lisboa o massacre de judeus de 1506 </li></ul><ul><li>Patriarca e presidentes...
<ul><li>Pacheco Pereira criticou os subsídios recebidos por organizações xenófobas. </li></ul><ul><li>Segundo António Cost...
<ul><li>Em louvor do Magalhães, António Costa chamou a atenção para o que dissera Bill Gates. </li></ul>
<ul><li>Pacheco Pereira cita um almoço com Bill Gates, em que este lhe dissera ser contra a distribuição de computadores a...
<ul><li>Lobo Xavier acha ridículo que António Costa invoque o testemunho de Steve Ballmer (que elogiou Portugal, apenas po...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Correcção da Ficha de Trabalho Quadratura do Círculo

594 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Correcção da Ficha de Trabalho Quadratura do Círculo

  1. 1. Correcção da Ficha de Trabalho Podcast “ Quadratura do Círculo”
  2. 2. Afirmações Falsas a roxo Afirmações Verdadeiras a verde
  3. 3. <ul><li>Pacheco Pereira ficou indignado por se ter permitido a colocação de um cartaz com mensagens a criticar a imigração. </li></ul><ul><li>Pacheco Pereira acha que é legítimo as pessoas manifestarem-se contra a imigração. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>O “intendente Pina Manique” a que se reporta Pacheco Pereira é o vereador Sá Fernandes. </li></ul><ul><li>Diogo Inácio de Pina Manique ( 1733 — 1805 ) foi um magistrado português . </li></ul><ul><li>Formado em Leis pela Universidade de Coimbra , ocupou diversos cargos, antes de ser designado Intendente-Geral da Polícia. Foi juiz do crime em diversos bairros de Lisboa , superintendente-geral de Contrabandos e Descaminhos, desembargador da Relação do Porto, desembargador dos Agravos da Casa da Suplicação. </li></ul><ul><li>Homem da confiança de Sebastião José de Carvalho e Melo , só foi, no entanto, nomeado Intendente-Geral da Polícia depois da queda do marquês de Pombal. Acumulou esse cargo com os de desembargador dos Agravos da Casa da Suplicação, contador da Fazenda, superintendente-geral de Contrabandos e Descaminhos e fiscal da Junta de Administração da Companhia Geral de Comércio de Pernambuco e Paraíba . </li></ul><ul><li>Em 1781 , começou a funcionar no Castelo de São Jorge , em Lisboa , a Casa Pia , fundada por Pina Manique e destinada inicialmente a recolher mendigos e órfãos . </li></ul><ul><li>Durante o reinado de D. Maria I , a sua acção como Intendente-Geral da Polícia orientou-se para a repressão das ideias oriundas da Revolução Francesa , designadamente através da proibição de circulação de livros e publicações, e da perseguição a diversos intelectuais. A pedido de Napoleão Bonaparte , o regente D. João acabaria por demiti-lo. </li></ul><ul><li>Faleceu dois anos depois de abandonar o cargo. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Lobo Xavier concorda genericamente com Pacheco Pereira. </li></ul><ul><li>Pacheco Pereira simpatiza mais com o PRN do que com o Bloco de Esquerda. </li></ul><ul><li>Lobo Xavier não vê que se deva intervir policialmente por causa da divulgação de quaisquer ideias, incluindo incitamentos ao crime ou à rebelião. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>António Costa reconhece que Sá Fernandes não tinha legitimidade para mandar retirar o cartaz. </li></ul><ul><li>António Costa considera que o cartaz contendia com o que a Constituição autoriza, dado que havia uma clara mensagem de promoção da Xenofobia. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Na discussão entre os três políticos, o foco foi a diferença de posição quanto à Xenofobia. </li></ul><ul><li>Para Pacheco Pereira, a SOS Racismo é uma organização que tem grandes méritos. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Para Lobo Xavier, a profanação de cemitérios é tão negativa como a promoção da Xenofobia. </li></ul><ul><li>Os Gato Fedorento afixaram um cartaz trocista, em resposta ao cartaz agora retirado. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>O ano que corre é o ano Europeu do Diálogo Multicultural. </li></ul><ul><li>No Largo de S. Domingos foi inaugurado um monumento evocativo da perseguição aos Judeus durante a Segunda Guerra Mundial. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Memorial judaico e católico evoca em Lisboa o massacre de judeus de 1506 </li></ul><ul><li>Patriarca e presidentes da câmara e da comunidade judaica juntos para recordar pior massacre na capital </li></ul><ul><li>São três memoriais num só, três peças para afirmar Lisboa como cidade cosmopolita e multicultural, evocando o pior massacre que aconteceu na capital, em 1506, e que vitimou entre dois mil e quatro mil judeus. O presidente da Câmara Municipal de Lisboa (CML), o cardeal-patriarca e o presidente da Comunidade Israelita inauguraram, no Largo de São Domingos, um conjunto escultórico que pretende fazer memória do massacre de judeus em 1506, iniciado precisamente naquele lugar. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Pacheco Pereira criticou os subsídios recebidos por organizações xenófobas. </li></ul><ul><li>Segundo António Costa, cabe a Sá Fernandes, enquanto responsável pelo pelouro das obras públicas, intervir, se houver mensagens xenófobas em cartazes afixados em Lisboa. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Em louvor do Magalhães, António Costa chamou a atenção para o que dissera Bill Gates. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Pacheco Pereira cita um almoço com Bill Gates, em que este lhe dissera ser contra a distribuição de computadores a crianças. </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Lobo Xavier acha ridículo que António Costa invoque o testemunho de Steve Ballmer (que elogiou Portugal, apenas porque gostou do bacalhau). </li></ul><ul><li>Pacheco Pereira considera que a distribuição do Magalhães foi, sem dúvida, benéfica para a educação. </li></ul>

×