Dra. Bettina Grajcer
ÁLCOOL•   O álcool é uma substância conhecida e    utilizada há milhares de anos pelas mais    variadas culturas•   O uso ...
COMO PREVENIR?               •   A OMS preconiza que todos os atores envolvidos                   no processo participem d...
MOVIMENTO PÉ NO CHÃO     Projeto em consonância com a Lei estadual nº 14.592,     de 19 de outubro de 2011, que regulament...
OBJETIVODesenvolver e testar metodologia para implantarações preventivas nas escolas da rede estadual deSão Paulo a fim de...
CONCEITOS BÁSICOS•   Empoderamento – capacitação do jovem para ação•   Protagonismo Juvenil - estimulo a participação e li...
ESTRATÉGIA• Mobilização de jovens para implantação de ações  culturais de prevenção nas escolas
PROJETO PILOTO - AÇÕES           28 escolas (Zona Sul de São Paulo/SP)      • Sensibilização para corpo docente      • Enc...
Reuniões de sensibilização, Orientações técnicas,Vídeo conferência para corpo docente                    1.731 professores...
Encontro de pais                   95 pais sensibilizados
Formação de grupos de alunos referência                              28 grupos formados - 273 alunos participantes   7 a ...
Realização de 6 oficinas / Grupo referência                                                           156 oficinas realiza...
Intervenções culturais preventivas              14 mil alunos impactados (media = 500 alunos/escola)     • 16 baladas sem ...
Vídeo EE José Raul Poletto – “Você tem opção”
SITE       http://www.movimentopenochao.com.br/
RESULTADOS  Professores                                                                  %  Sobre prevenção do consumo de ...
RESULTADOSCONCURSO SENAD EE Raul Polleto venceu concurso na categoriaCONGRESSO ABEAD Pôster apresentado no Congresso  In...
RESULTADOSModelo de avaliação de impacto KirkpatrickProjeto piloto atingiu o nível 3:           Nível 1 – Receptividade à...
CONCLUSÕES                                  Realização                    Interesse         das                           ...
PLANEJAMENTO 2013 •   Material de prevenção inovador desenvolvido •   Guia teórico prático para todas as escolas estaduais...
Obrigada!     bettina@lynxconsultoria.com
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Freemind - Betina Grajcer

303 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
303
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Freemind - Betina Grajcer

  1. 1. Dra. Bettina Grajcer
  2. 2. ÁLCOOL• O álcool é uma substância conhecida e utilizada há milhares de anos pelas mais variadas culturas• O uso moderado e recreativo não é necessariamente prejudicial e pode até ser benéfico• Uso prejudicial de álcool pode trazer diversos problemas • Entre menores de 18 anos o consumo de álcool é indevido  Pode causar alterações no desenvolvimento da personalidade  Pode trazer prejuízos cognitivos  Aumenta incidência de comportamentos de risco: sexo desprotegido, violência e acidentes • No Brasil o 1º uso de álcool ocorre entre 10 e 13 anos
  3. 3. COMO PREVENIR? • A OMS preconiza que todos os atores envolvidos no processo participem da construção das soluções• Iniciativas  Terceiro Setor  Indústria  Governo
  4. 4. MOVIMENTO PÉ NO CHÃO Projeto em consonância com a Lei estadual nº 14.592, de 19 de outubro de 2011, que regulamenta a fiscalização da proibição de vender, oferecer, fornecer, entregar ou permitir o consumo de bebidas alcoólicas por crianças e adolescentes. Parceria entre as Secretarias da Educação e da Saúde e da Subsecretaria de Comunicação da Casa Civil do Estado de SP
  5. 5. OBJETIVODesenvolver e testar metodologia para implantarações preventivas nas escolas da rede estadual deSão Paulo a fim de inibir o consumo de álcool antesdos 18 anos.
  6. 6. CONCEITOS BÁSICOS• Empoderamento – capacitação do jovem para ação• Protagonismo Juvenil - estimulo a participação e liderança• Educação entre pares – comunicação de jovem para jovem = adequação do conteúdo e formato ao público a que se destina EMPODERAMENTO Estratégia PROTAGONISMO EDUCAÇÃO JUVENIL ENTRE PARES
  7. 7. ESTRATÉGIA• Mobilização de jovens para implantação de ações culturais de prevenção nas escolas
  8. 8. PROJETO PILOTO - AÇÕES 28 escolas (Zona Sul de São Paulo/SP) • Sensibilização para corpo docente • Encontro de pais • Intervenções culturais preventivas • Redes Sociais
  9. 9. Reuniões de sensibilização, Orientações técnicas,Vídeo conferência para corpo docente 1.731 professores e gestores impactados Disponível em:: http://www.rededosaber.sp.gov.br/portais/Videoteca/ tabid/179/language/pt-BR/Default.aspx
  10. 10. Encontro de pais 95 pais sensibilizados
  11. 11. Formação de grupos de alunos referência 28 grupos formados - 273 alunos participantes  7 a 12 alunos + 1 professor - coordenação de oficineiro  Orientação para escolha dos alunos
  12. 12. Realização de 6 oficinas / Grupo referência 156 oficinas realizadas I. Capacitação em álcool e prevenção II. Capacitação para a realização de através de dinâmicas e jogos - (90 min) intervenções culturais preventivas- (90 min)
  13. 13. Intervenções culturais preventivas 14 mil alunos impactados (media = 500 alunos/escola) • 16 baladas sem álcool • 7 vídeos • 5 mostras de fotografia • 3 cinebaladas • 3 mostras de artes visuais • 2 festivais de música • 2 fanzines • 1 campeonato esportivo
  14. 14. Vídeo EE José Raul Poletto – “Você tem opção”
  15. 15. SITE http://www.movimentopenochao.com.br/
  16. 16. RESULTADOS Professores % Sobre prevenção do consumo de álcool consideram: “Importante” ou “muito importante” abordar o tema nas escolas 84 Capacitado a abordar o tema 15 Alunos % Considerações sobre as oficinas Foram excelentes 75 Foram boas 25
  17. 17. RESULTADOSCONCURSO SENAD EE Raul Polleto venceu concurso na categoriaCONGRESSO ABEAD Pôster apresentado no Congresso Internacional sobre álcool e drogas
  18. 18. RESULTADOSModelo de avaliação de impacto KirkpatrickProjeto piloto atingiu o nível 3:  Nível 1 – Receptividade às atividades: excelente  Nível 2 – Aprendizado: conteúdo foi apreendido  Nível 3 – Aplicação do conhecimento: conteúdo foi aplicado e se observou mudanças no comportamento de beber
  19. 19. CONCLUSÕES Realização Interesse das intervenções Resultados Receptividade quantitativos Adequação do Método Projeto PERTINENTE, NECESSÁRIO e OPORTUNO
  20. 20. PLANEJAMENTO 2013 • Material de prevenção inovador desenvolvido • Guia teórico prático para todas as escolas estaduais de SP • Curso teórico prático à distância (1 000 vagas) • Continuidade atualização site www.movimentopenochao.com.br
  21. 21. Obrigada! bettina@lynxconsultoria.com

×