Proposta OP AveiroRoteiro Itinerante de Participação Cívica 2013http://www.facebook.com/EscoladaParticipacaohttp://roteiro...
1| Ideia:    •   Criar, apoiar e dinamizar um Roteiro Itinerante de Participação Cívica dos cidadãos,        atores locais...
6 | Guião metodológico das sessões de trabalho:Etapas:          Semana 1 – Conhecer a realidade                           ...
8 | Custos (*)                                          ORÇAMENTOEventoEvento cultural                                    ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Proposta op aveiro participação vfinal (17-08-2012) (3)

756 visualizações

Publicada em

Projecto 'Roteiro Itinerante de Participação - Aveiro 2013'
http://www.facebook.com/EscoladaParticipacao
http://roteiroitinerantedeparticipacao.blogs.sapo.pt

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
756
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
463
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Proposta op aveiro participação vfinal (17-08-2012) (3)

  1. 1. Proposta OP AveiroRoteiro Itinerante de Participação Cívica 2013http://www.facebook.com/EscoladaParticipacaohttp://roteiroitinerantedeparticipacao.blogs.sapo.pt/PORQUE DEVEM VOTAR NESTA PROPOSTA?O Roteiro Itinerante de Participação Cívica realiza-se no ano de 2013 pela primeira vez emAveiro, numa primeira fase a título experimental.Pretendemos com esta iniciativa criar um palco colaborativo para a reflexão e ação sobre osproblemas e potencialidades do seu bairro ou freguesia.Queremos mobilizar saberes de diferentes áreas, desde o urbanismo, arquitetura, paisagismo,design, artes, turismo, gestão, tecnologias e ciência, para construir com a sua comunidade(desde os mais jovens aos mais idosos) um conjunto de propostas de ação. Para um conjuntorestrito de ações pretendemos ensaiar convosco o seu desenvolvimento.Para isso precisamos que votem nesta proposta!ÍNDICE Pág.1 | Ideia 22 | Objetivos 23 | Destinatários 24 | Benefício do investimento público, para a população 25 | Atividades 26 | Guião metodológico das sessões de trabalho 37 | Equipa de Coordenação & Trabalho 38 | Custos 49 | Cronograma 4
  2. 2. 1| Ideia: • Criar, apoiar e dinamizar um Roteiro Itinerante de Participação Cívica dos cidadãos, atores locais e autarquia na reflexão sobre o futuro dos bairros da cidade e freguesias do concelho; • Começar por organizar uma iniciativa piloto, que após avaliação poderá ser replicada;2 | Objetivos: • Estimular o envolvimento dos cidadãos, atores locais e responsáveis na reflexão conjunta sobre o futuro do seu bairro, freguesia e concelho, na identificação áreas estratégicas de intervenção e discussão de eventuais propostas de ação; • Identificar e potenciar os recursos locais existentes (muitas vezes ‘invisíveis’ ou desconhecidos): conhecimento sobre potenciais locais (científico, técnico e ‘local’), as múltiplas redes e organizações, os espaços devolutos ou desaproveitados e a disponibilidade e vontade cívica; • Mobilizar a comunidade local para exercitar a implementação colaborativa de um conjunto restrito de propostas;3 | Destinatários: • A população do concelho de Aveiro4 | Benefício do investimento público, para a população: • Mobilização para o envolvimento na identificação de questões críticas, seu diagnóstico e identificação de pistas para a sua resolução; • Envolvimento da autarquia, atores locais e cidadãos na co-resolução dos problemas ou na valorização dos recursos e potenciais locais; • Criação de capacitação cívica local;5 | Atividades: • Seleção do local piloto da iniciativa; • Lançamento de um inquérito/levantamento prévio de questões críticas do bairro/freguesia e identificação dos principais atores a envolver; • Organização de visitas ao local, conversas e sessões de diálogo e debate; • Produção de um documento escrito das conclusões e recomendações de cada sessão; • Mobilização dos responsáveis, cidadãos e principais atores para a implementação colaborativa, a título de exemplo, de uma proposta de ação; 2
  3. 3. 6 | Guião metodológico das sessões de trabalho:Etapas: Semana 1 – Conhecer a realidade Inquérito e trabalho de campo; Visita ao local, com cidadãos e actores; Semana 2 – Diálogo com/entre cidadãos e actores (tarde e fim de tarde) Ouvir histórias e testemunhos; registo vídeo; Envolver actores locais, organizações e projectos relacionados com a temática (alinhar conselhos consultivos, projectos colaborativos, iniciativas semelhantes) Semana 3 – Organizar uma tertúlia à noite Convívio informal Happening cultural (a propósito de um tema relevante) Visionar vídeo Apresentar e validar o diagnóstico (eventualmente criar grupos de trabalho) Discutir e encontrar pistas de acção Semana 4 Conclusões e micro-plano de acção Dar início à implementação da acção experimental;7 | Equipa de coordenação & trabalho: • Colectivo cívico-técnico-científico o José Carlos Mota (urbanismo & dinâmicas colaborativas), Artur Figueiredo (gestão), Sara Silva Biaia (design), Gil Moreira (arquitectura), Joaquim Pavão (artes/música), Maricato Fábio (design & comunicação), Tiago Castro (turismo & artes), Cristina Perestrelo (turismo) e Filipa Assis (promoção de cultura científica) • Técnicos da autarquia 3
  4. 4. 8 | Custos (*) ORÇAMENTOEventoEvento cultural 500€Pesquisa e levantamentoTrabalhos preparatórios (estudos, inquéritos e levantamentos) 1.500€Investigação boas práticas 1.500€ComunicaçãoSite da iniciativa e manutenção 1.000€3 Vídeos (promoção da iniciativa, 1 sessões e final) 1.500€OutrosDeslocações e logística 500€Acção experimentalImplementação da acção experimental (a definir pela equipa de coordenação 5.000€/comunidade local)Total 11.500€(*) Os membros do coletivo cívico-técnico-científico trabalham voluntariamente nesteprojeto, não auferindo qualquer remuneração9 | CronogramaAtividades 2013 JAN FEV MAR ABRSeleção do localPreparaçãoSessãoBalançoExplicação da legendaSeleção do local (mês de Janeiro) – escolha do bairro/freguesia onde irão desenvolver aatividade piloto;Preparação da atividade (mês de Fevereiro) – trabalhos preparatórios (recolha de informação)e estudo de boas práticas (noutras realidades)Sessão de trabalho (mês de Março)Balanço (mês de Abril) – balanço da atividade realizada e avaliação da sua continuidade. 4

×