Bivaques E Abrigos

16.809 visualizações

Publicada em

Bivaque é o forma mais natural de se dormir em uma montanha, o menor peso e a facilidade de poder se ajeitar em qualquer lugar são as primeiras vantagens de muitas. Vamos conhecer técnicas e sabedorias para o maior conforto possível e a menor agressão ao meio ambiente.

Do alemão beiwache, ou do francês bivouac, significa: área de estacionamento em que você só dispõe de abrigos naturais, especialmente árvores, cavernas ou pedras planas, além de muita criatividade.

A arte de se cobrir com as estrelas ou de enfrentar as piores situações possíveis, de dormir em uma caverna com redes e de sentir o mais puro ar circulando por nossas narinas é um absoluto sentimento outdoor (longe de quatro paredes). Porém não podemos esquecer dos índios em suas ocas e das pessoas carentes que moram nas ruas da cidade e usam desse artifício para sobreviver e não para se divertir... mas vamos a montanha !

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.809
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.553
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
253
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bivaques E Abrigos

  1. 1. BIVAQUE Bivacando na Montanha: Bivaque é o forma mais natural de se dormir em uma montanha, o menor peso e a facilidade de poder se ajeitar em qualquer lugar são as primeiras vantagens de muitas. Vamos conhecer técnicas e sabedorias para o maior conforto possível e a menor agressão ao meio ambiente.Do alemão beiwache , ou do francês bivouac , significa: área de estacionamento em que você só dispõe de abrigos naturais, especialmente árvores, cavernas ou pedras planas, além de muita criatividade. A arte de se cobrir com as estrelas ou de enfrentar as piores situações possíveis, de dormir em uma caverna com redes e de sentir o mais puro ar circulando por nossas narinas é um absoluto sentimento outdoor (longe de quatro paredes). Porém não podemos esquecer dos índios em suas ocas e das pessoas carentes que moram nas ruas da cidade e usam desse artifício para sobreviver e não para se divertir... mas vamos a montanha !    
  2. 2. TIPOS DE BIVAQUE         Bivaque em árvores : uma árvore pode lhe ajudar para fixar redes e até mesmo para lhe proteger do sereno e da umidade da noite, é fácil de armar um esquema com uma rede, duas árvores e um pequeno toldo por cima de plástico, também pode-se usar apenas uma árvore e buscar outros meios de fixação como pontas de pedras e fissuras para material móvel, na rede vai o saco de dormir e por baixo quem sabe o isolante térmico para deixá-la mais plana. 
  3. 3. TIPOS DE BIVAQUE         Bivaque em cavernas : é fácil de encontrar cavernas em montanhas, nelas podemos nos abrigar naturalmente como se fossem barracas ou com redes, mas neste caso é necessário que tenham fissuras ou pontas de pedra para armar uma proteção improvisando material móvel e fitas compridas (cordeletes) que nestas horas ajudam muito. As cavernas normalmente são úmidas por isso é bom ter sempre um plástico que sirva de toldo (cobertura) para jogar por cima ou para forrar o chão, além de um isolante térmico e de um saco de dormir.
  4. 4. TIPOS DE BIVAQUE Bivaque em pedras : “uma boa pedra plana pode até lembrar a sua cama", basta um saco de dormir uma boa roupa e um isolante térmico. Muitas vezes como esses lugares estão expostos a ventos, chuva ou umidade da noite como em cumes e patamares mais elevados por isso é bom estar bem equipado, um saco de bivaque e uma boa roupa podem te quebrar o galho de forma animal mas um saco de dormir e um isolante trazem o tão esperado conforto cinco estrelas ou melhor milhões de estrelas se o céu estiver sem nuvens. Existe também o bivaque feito no meio de  grandes escaladas, ai aconselha-se dormir sempre preso a um ponto fixo se a exposição a altura for grande.    
  5. 5. CABANAS E ABRIGOS IMPROVISADOS Cabanas e abrigos improvisados : com algum pedaço de lona e pontos fixos pode-se improvisar uma cabana. Ex: três galhos em forma de tripé e uma lona podem significar um abrigo.      Kit básico (bivaque):  saco de dormir; lonas plásticas para forrar o chão (2,50mx2,20m ) - p / 2  pessoas; lona plástica para servir de teto ( 3,00m  x 3,00m ) - p/ 2 pessoas; isolante térmico (2,10m x70cm ) - 1 pessoa, o material sugerido é o E.v.a. encontrado lojas de materiais para sapataria ou marcas disponíveis no comércio.    . saco de bivaque - é difícil de encontrar para vender mas é possível improvisar um em casa, os modelos que são comercializados podem ser feitos de materiais bastante resistentes com o Goretex e nylon plastificado.    . Roupas: a roupa faz sempre a diferença, meias, luvas e toucas protegem os pontos extremos do corpo que são as áreas mais sensíveis às temperaturas baixas, calças e blusas protegem o resto do corpo.    . cordeletes e mosquetões no caso de usar a rede . 
  6. 6. CUIDADOS NECESSÁRIOS Cuidados necessários em um bivaque:   Por estar ao ar livre é importante ter muito cuidado com os animas, principalmente com os peçonhentos como as aranhas, formigas e escorpiões. As vezes, sem querer eles podem se abrigar antes de você em seu quente saco de dormir e na hora H (ui ui ui), por isso, dê sempre uma atenção geral a isso, olhe os tênis e objetos que possam abrigá-los e que vão entrar em contato com o seu corpo. Lembre-se estamos visitando o lugar onde esses seres vivos habitam.Pense bem antes de matá-los!    Não durma perto de pedras elevadas em noites de chuva com raios. Não quebre árvores ou modifique o ambiente apenas para dormir uma noite, podem existir ótimas opções ao redor, procure pela melhor sem danos a natureza.    Se estiver de rede tome todos os cuidados de segurança antes de dormir, acordar no meio da noite com uma queda dentro do saco de dormir pode ser perigoso e até um pesadelo. Boa Aventura!!!
  7. 7. ABRIGOS <ul><li>Abrigos uma forma de improvisar uma casa </li></ul><ul><li>TIPOS : Abrigos com armação de galhos cobertos de sapé </li></ul>
  8. 8. ABRIGOS <ul><li>Abrigos uma forma de improvisar uma casa </li></ul><ul><li>TIPOS : Abrigos com folhas de seringueira, bananeira ou outras folhas grandes, são rápidos de construir. </li></ul>
  9. 9. ABRIGOS <ul><li>Abrigos uma forma de improvisar uma casa </li></ul><ul><li>TIPOS : Abrigo utilizando os brotos de arvores cortadas, dobrando os galhos temos uma armação. </li></ul>
  10. 10. ABRIGOS <ul><li>Abrigos uma forma de improvisar uma casa </li></ul><ul><li>TIPOS : Abrigos usando pedras do local              </li></ul>
  11. 11. ABRIGOS <ul><li>Abrigos uma forma de improvisar uma casa </li></ul><ul><li>TIPOS : Abrigo usando uma manta ou um plástico.                                </li></ul>
  12. 12. ABRIGOS <ul><li>Abrigos uma forma de improvisar uma casa </li></ul><ul><li>TIPOS : Com uma manta  ou um pedaço de lona velha                                                                                               </li></ul>
  13. 13. ABRIGOS <ul><li>Abrigos uma forma de improvisar uma casa </li></ul><ul><li>TIPOS : Um bom quebra vento e chuva.                                                                                   </li></ul>
  14. 14. ABRIGOS <ul><li>Abrigos uma forma de improvisar uma casa </li></ul><ul><li>TIPOS : Abrigo com material da natureza, use o que estiver a seu alcance                              </li></ul>
  15. 15. ABRIGOS <ul><li>Abrigos uma forma de improvisar uma casa </li></ul><ul><li>TIPOS : Uma pequena lona e quase vira uma barraca aquecida            </li></ul>
  16. 16. ABRIGOS <ul><li>Abrigos uma forma de improvisar uma casa </li></ul><ul><li>TIPOS : Abrigo feito com uma lona plástica contra o vento, baixinho, sem sombra de duvida e o mais aconselhado para todas as situações o conhecido ENVELOPÃO . </li></ul><ul><li>            </li></ul>

×