Lesão bucal

7.916 visualizações

Publicada em

Todo paciente admitido para avaliação estomatológica deve ser submetido à estratégia rigorosa de anamnese e exame clínico. A anamnese deverá ser realizada de forma a se obter o máximo de informações não só pertinentes ao diagnóstico da lesão ou condição bucal específica, mas também à história médica pregressa e à história de doenças/agravos na família, cuja determinação ou influência genética seja importante; verificar medicamentos em uso, no momento da consulta ou pregresso.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.916
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
135
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lesão bucal

  1. 1. Apresentação de Lesão Bucal
  2. 2. Leucoedema ? Candidíase ? Leucoplasia ? Líquen Plano ? Nevo Branco Esponjoso ?Disceratose intra-epitelial benigna ? Lúpus eritematoso crônico ?
  3. 3. Lecoedema Variação de normalidade; Condição comum de causa desconhecida; 90% negros adultos, 50% cçs negras; Estrias brancas, não removidas, bilateral; Quando esticada desaparece; Não necessita de tratamento.
  4. 4. Candidíase Infecção fúngica; Placas brancas destacáveis, avermelhadas por baixo, ardência bucal; Citologia esfoliativa; Tratamento: nistatina/clotrimazol em suspensão oral, várias vezes ao dia cetoconazol e fluconazol oral, uma vez ao dia;
  5. 5. Leucoplasia Termo clínico, exclui outras lesões; Pré-cancerígena,tabaco, álcool, m.o., trauma; Área branca impalpável a lesões espessas, fissuradas e papilomatosas, de translúcida a opaca; 4% evoluem para carcinoma de 2 a 4 anos; Dificuldade diagnóstica, exige conduta sistemática.
  6. 6. Adaptado de van der Waal I, Schepman KP, van der Meij EH. A modified classification and staging system for oral leukoplakia. Oral Oncol. 2000 May, 36(3):264-6
  7. 7. Líquen Plano Doença muco cutânea crônica, mais adultos; Sensação de queimação, estrias de Wickham Diagnóstico clínico pelo seu aspecto cutâneo e bucal e pelo padrão de recorrência; Não requer tratamento; Líquen erosivo: Omcilon-A,, bochecho dexametasona 0,5% + água [1:1] 3-4 x dia Reavaliação anual.
  8. 8. Nevo Branco Esponjoso Genodermatose rara hereditária, jovens; Placas difusas, corrugadas, aveludadas, brancas, espessas e simétricas, bilateral; Assintomática; Biópsia e citologia esfoliativa; Não requer tratamento.
  9. 9. Disceratose intra-epitelialbenígna hereditária DIBH, Síndrome de Witkop-Von Sallmam; Genética e rara, afeta pessoas descendentes da Carolina do Norte; Semelhante ao nevo branco esponjoso com lesões também oculares, como placas gelatinosas podendo ter sintomas Biópsia, não requer tratamento oral Se necessário oftalmológico.
  10. 10. Lúpus eritematoso crônico discóide Doença auto-imune; Diagnóstico clínico, laboratorial, histopatológico; Lesões esbranquiçadas delimitadas com ou sem ulcerações, com estrias; Tratamento: corticóides sistêmicos, com acompanhamento médico.
  11. 11. Referências Bibliográficas1) DORTA, R.G. et al. Conduta médica em pacientes com líquen plano cutâneo e bucal. Rev. FOB V.8, n. 3/4, p.23-28, jul./dez. 2000.2) GABRIEL, J.G. et al. Condições gerais e abordagem clínica da leucoplasia oral. 2004 in http://www.patologiaoral.com.br/texto75.asp Acessado em 08/03/2008.3) NEVILLE, B.W. et al. Patologia Oral & Maxilofacial. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan S.A., 1998.4) SHAFER WG, HINE MK, LEVY BM. Tratado de patologia Bucal. 4 ed. Rio de Janeiro: Interamericana, 1984.5) VAN DER WAAL I, SCHEPMAN KP, VAN DER MEIJ EH. A modified classification and staging system for oral leukoplakia. Oral Oncol. May, 36(3):264-6, 2000.

×