SlideShare uma empresa Scribd logo

Doce infância (1)

A coleção "Doce Infância" inclui 10 looks inspirados em doces para crianças de 2 a 6 anos. Os looks foram desenvolvidos para o segmento casual e incluem peças como camisetas, calças, shorts, saias e vestidos com estampas e aplicações de doces como brigadeiros, picolés e sorvetes.

1 de 43
Baixar para ler offline
DOCE INFÂNCIA
Morgana Gianesini
Design de Moda – 3ª fase
Petit Royauté uma marca infantil, trabalha com crianças de 2 a 6
anos e que os pais tenham um poder aquisitivo maior.
A Petit Royauté foi fundada no dia 01 de maio de 2013, por
Morgana Gianesini.
O objetivo da marca é se destacar no mercado, trazendo produtos
inovadores para o universo infantil, trazendo conforto e irreverencia para
os pequeninos, e satisfação para os pais.
A Petit Royauté procura passar o máximo de conforto possível,
confeccionando peças com bastante qualidade, sofisticação e divertimento.
Proporcionando acima de tudo o bem estar dos pequeninos que as vestem.
Os looks foram desenvolvidos especialmente para o publico
infantil, focando nos pequenos de 2 a 6 anos, modernos e vaidosos.
Marca
Logomarca
Tornando a fantasia realidade.
Slogan
Faz jus a
marca...
“Os primeiros a comerem doces foram os homens das cavernas quando comeram o mel
de colmeias. 3500 anos atrás, o egípcio combinando frutas e nozes com mel para fazer doces. O
açúcar Idade Média era tão caro que era um produto que estava disponível apenas para os ricos.
Doces de açúcar cozidos eram populares nas colônias americanas e em 1800 as fábricas
americanas estavam produzindo "doces baratos". O chocolate de leite foi feito pelo suíço Peter
David que acrescentou leite e criou o primeiro chocolate de leite em 1876.
Richard Cadbury introduziu a primeira caixa de doces do dia dos namorados. Ele
decorou uma caixa de doces com uma pintura de sua filha e de seu gatinho. Isso foi em 1868.
Corações doces foram feitos primeiramente pelos primeiros colonos riscando notas de amor em
doces. Hoje, cerca de 8 bilhões de corações doces são feitos a cada ano com a frase "seja minha"
e "beije- me" inscrições sobre eles.
Hoje, durante as primeiras quatro semanas de Natal cerca de 2 bilhões de bastões de
doces serão vendidos.
Algodão doces normalmente encontrados em parques de diversões e festas já foi
chamado de "fio de fada” e a primeira máquina de fazer algodão doce foi patenteado em 1899.
George Smith alega ter inventado o primeiro pirulito em 1908. A barra Chocolate
original foi feita de chocolate amargo. Em 1875, David Pedro e Henry Nestlé adicionado creme de
leite ao chocolate para criar o chocolate de leite. Agora todos os tipos de outros ingredientes são
adicionados à barra de chocolate, como o caramelo, amendoim, amêndoas e coco.
Hoje o doce é encontrado na maioria das casas, e 99% das famílias vão comprar doces
pelo menos uma vez por semana. Os doces são um elemento chave para a maioria das pessoas nas
celebrações de feriado americano.
E essa gostosura, que encanta por seu formato, cor, textura e variedade esta presente
agora na roupa, e não simplesmente na roupa mais sim na roupa de crianças que são seus maiores e
mais populares admiradores. Muitas vezes esses doce são sinônimo de arte, beleza e magia, magia
usada agora por nossos pequeninos.”
Release
Tema da Coleção
Hoje os doces são encontrados em 99% das casas e a maioria
das famílias compra doces todas as semanas para o deleito das crianças,
eles são tão bom que ate viciam. Assim são os doces e nós sempre
tivemos fascínio por eles e a razão é bem simples, eles são deliciosos e
cheios de açúcar.
Existem doces dos mais variados tipos, formas, sabores e cores.
Encantam crianças e adultos desde o tempo das cavernas, onde
eram feitos com frutas e mel, até que com o tempo se tornaram essas
guloseimas que tanto amamos, preenchem os olhos, tudo neles nos
parecem chamar a atenção, então vamos coloca-los nas crianças, outra
coisa que nos preenchem os olhos e nos chama a atenção, tão alegres,
divertidas, sempre descobrindo e inovando, não param um minuto sequer
e ate já tem uma vida social.
Na idade media doces era comida de ricos, então porque não
coloca-los nas roupas dessas nossas pequenas realezas? Que são as
crianças, afinal de conta, doces gigantes, granulado de miçanga e botões
de chocolate, nada fora do comum aos olhos de uma criança.

Recomendados

Dingodin: Coleção Primavera-Verão 2011
Dingodin: Coleção Primavera-Verão 2011Dingodin: Coleção Primavera-Verão 2011
Dingodin: Coleção Primavera-Verão 2011Mirian Honda
 
Desenvolvimento de Coleção - A Noiva Cadáver
Desenvolvimento de Coleção - A Noiva CadáverDesenvolvimento de Coleção - A Noiva Cadáver
Desenvolvimento de Coleção - A Noiva CadáverLuciana Lins
 
Receita pudim chocolate bis
Receita pudim chocolate bisReceita pudim chocolate bis
Receita pudim chocolate bismucamaba
 

Mais conteúdo relacionado

Destaque

doces
 doces doces
docesrose
 
Projeto harald (1)
Projeto   harald (1)Projeto   harald (1)
Projeto harald (1)brotherguto
 
Doces finos natal - sobremesas
Doces finos   natal - sobremesasDoces finos   natal - sobremesas
Doces finos natal - sobremesasaletriak
 
E-book Receitas de Natal
E-book Receitas de NatalE-book Receitas de Natal
E-book Receitas de NatalAna Paula
 
E-book de Receitas de Inverno
E-book de Receitas de InvernoE-book de Receitas de Inverno
E-book de Receitas de InvernoAna Paula
 
Bimby do convento para a bimby (1)
Bimby   do convento para a bimby (1)Bimby   do convento para a bimby (1)
Bimby do convento para a bimby (1)Mariana Teixeira
 
Slides Bolos
Slides BolosSlides Bolos
Slides Boloscimart
 
100 docinhos para festas
100 docinhos para festas100 docinhos para festas
100 docinhos para festasmucamaba
 
Cecilia Markievicz - Chocolateria
Cecilia Markievicz - ChocolateriaCecilia Markievicz - Chocolateria
Cecilia Markievicz - ChocolateriaCristiano Sobrinho
 
10 Receitas de Docinhos para Vender
10 Receitas de Docinhos para Vender10 Receitas de Docinhos para Vender
10 Receitas de Docinhos para VenderAna Paula
 
Os mais belos bolos de casamento
Os mais belos bolos de casamentoOs mais belos bolos de casamento
Os mais belos bolos de casamentoNéo Correia
 
Doces conventuais dos açores
Doces conventuais dos açoresDoces conventuais dos açores
Doces conventuais dos açoresmaria_aal_costa
 

Destaque (20)

doces
 doces doces
doces
 
BOLOS DA YEDA
BOLOS DA YEDABOLOS DA YEDA
BOLOS DA YEDA
 
Projeto harald (1)
Projeto   harald (1)Projeto   harald (1)
Projeto harald (1)
 
Cápsulas Blue de Chocolate
Cápsulas Blue de ChocolateCápsulas Blue de Chocolate
Cápsulas Blue de Chocolate
 
Doces finos natal - sobremesas
Doces finos   natal - sobremesasDoces finos   natal - sobremesas
Doces finos natal - sobremesas
 
E-book Receitas de Natal
E-book Receitas de NatalE-book Receitas de Natal
E-book Receitas de Natal
 
Sobremesas
SobremesasSobremesas
Sobremesas
 
E-book de Receitas de Inverno
E-book de Receitas de InvernoE-book de Receitas de Inverno
E-book de Receitas de Inverno
 
Tecnologia Bluetooth
Tecnologia BluetoothTecnologia Bluetooth
Tecnologia Bluetooth
 
Bimby do convento para a bimby (1)
Bimby   do convento para a bimby (1)Bimby   do convento para a bimby (1)
Bimby do convento para a bimby (1)
 
Slides Bolos
Slides BolosSlides Bolos
Slides Bolos
 
100 docinhos para festas
100 docinhos para festas100 docinhos para festas
100 docinhos para festas
 
Bolos
BolosBolos
Bolos
 
Doçaria
DoçariaDoçaria
Doçaria
 
Bolos Russos
Bolos RussosBolos Russos
Bolos Russos
 
Cecilia Markievicz - Chocolateria
Cecilia Markievicz - ChocolateriaCecilia Markievicz - Chocolateria
Cecilia Markievicz - Chocolateria
 
Receitas Bolos
Receitas BolosReceitas Bolos
Receitas Bolos
 
10 Receitas de Docinhos para Vender
10 Receitas de Docinhos para Vender10 Receitas de Docinhos para Vender
10 Receitas de Docinhos para Vender
 
Os mais belos bolos de casamento
Os mais belos bolos de casamentoOs mais belos bolos de casamento
Os mais belos bolos de casamento
 
Doces conventuais dos açores
Doces conventuais dos açoresDoces conventuais dos açores
Doces conventuais dos açores
 

Semelhante a Doce infância (1)

CULTURARTEEN 141 - dezembro 2014
CULTURARTEEN 141 - dezembro 2014CULTURARTEEN 141 - dezembro 2014
CULTURARTEEN 141 - dezembro 2014Pery Salgado
 
Revista Moda Atacado - Setembro
Revista Moda Atacado - Setembro Revista Moda Atacado - Setembro
Revista Moda Atacado - Setembro grupomegamoda
 
Jornal de julho 2013
Jornal de julho   2013Jornal de julho   2013
Jornal de julho 2013MClara
 
Catálogo 03.2013 - Verão Rede Asta
Catálogo 03.2013 - Verão Rede AstaCatálogo 03.2013 - Verão Rede Asta
Catálogo 03.2013 - Verão Rede AstaRede Asta
 
Jornal Agrupamento "Baú das Letras"
Jornal Agrupamento "Baú das Letras"Jornal Agrupamento "Baú das Letras"
Jornal Agrupamento "Baú das Letras"Carlos Antunes
 
PLANO DE COMUNICAÇÃO COM FOCO EM REDES SOCIAIS DE IMAGENS/MY SELFIE: MODA FEM...
PLANO DE COMUNICAÇÃO COM FOCO EM REDES SOCIAIS DE IMAGENS/MY SELFIE: MODA FEM...PLANO DE COMUNICAÇÃO COM FOCO EM REDES SOCIAIS DE IMAGENS/MY SELFIE: MODA FEM...
PLANO DE COMUNICAÇÃO COM FOCO EM REDES SOCIAIS DE IMAGENS/MY SELFIE: MODA FEM...CURSO DE PP NA ZUMBI DOS PALMARES
 
Projeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarProjeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarRaquel Barboza
 
Projeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarProjeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarRaquel Barboza
 
Boletim 2 - O Dinis
Boletim 2 - O DinisBoletim 2 - O Dinis
Boletim 2 - O DinisCaia Évora
 
Saletinho 2013 agosto definitivo
Saletinho 2013    agosto  definitivoSaletinho 2013    agosto  definitivo
Saletinho 2013 agosto definitivoBeatriz Sayuri
 
Livro de atividades para o dia das crianças
Livro de atividades para o dia das criançasLivro de atividades para o dia das crianças
Livro de atividades para o dia das criançasAlice Lima
 
CULTURARTEEN 162 - JULHO 2016
CULTURARTEEN 162 - JULHO 2016CULTURARTEEN 162 - JULHO 2016
CULTURARTEEN 162 - JULHO 2016Pery Salgado
 
Cestas Jacarepaguá
Cestas JacarepaguáCestas Jacarepaguá
Cestas Jacarepaguáv9lmjyr548
 
MODELO_SEQUÊNCIA DIDÁTICA.docx
MODELO_SEQUÊNCIA DIDÁTICA.docxMODELO_SEQUÊNCIA DIDÁTICA.docx
MODELO_SEQUÊNCIA DIDÁTICA.docxBiaFerreira69
 
Brincadeiras baby-chá
Brincadeiras baby-cháBrincadeiras baby-chá
Brincadeiras baby-cháClaudiandrea
 

Semelhante a Doce infância (1) (20)

CULTURARTEEN 141 - dezembro 2014
CULTURARTEEN 141 - dezembro 2014CULTURARTEEN 141 - dezembro 2014
CULTURARTEEN 141 - dezembro 2014
 
Revista Moda Atacado - Setembro
Revista Moda Atacado - Setembro Revista Moda Atacado - Setembro
Revista Moda Atacado - Setembro
 
Jornal de julho 2013
Jornal de julho   2013Jornal de julho   2013
Jornal de julho 2013
 
Jornal de julho 2013
Jornal de julho   2013Jornal de julho   2013
Jornal de julho 2013
 
Catálogo 03.2013 - Verão Rede Asta
Catálogo 03.2013 - Verão Rede AstaCatálogo 03.2013 - Verão Rede Asta
Catálogo 03.2013 - Verão Rede Asta
 
Presentes Dia Das CriançAs Scj
Presentes Dia Das CriançAs ScjPresentes Dia Das CriançAs Scj
Presentes Dia Das CriançAs Scj
 
Jornal Agrupamento "Baú das Letras"
Jornal Agrupamento "Baú das Letras"Jornal Agrupamento "Baú das Letras"
Jornal Agrupamento "Baú das Letras"
 
PLANO DE COMUNICAÇÃO COM FOCO EM REDES SOCIAIS DE IMAGENS/MY SELFIE: MODA FEM...
PLANO DE COMUNICAÇÃO COM FOCO EM REDES SOCIAIS DE IMAGENS/MY SELFIE: MODA FEM...PLANO DE COMUNICAÇÃO COM FOCO EM REDES SOCIAIS DE IMAGENS/MY SELFIE: MODA FEM...
PLANO DE COMUNICAÇÃO COM FOCO EM REDES SOCIAIS DE IMAGENS/MY SELFIE: MODA FEM...
 
Projeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarProjeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinar
 
Projeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarProjeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinar
 
Saletinho 2013
Saletinho 2013    Saletinho 2013
Saletinho 2013
 
Boletim 2 - O Dinis
Boletim 2 - O DinisBoletim 2 - O Dinis
Boletim 2 - O Dinis
 
Saletinho 2013 agosto definitivo
Saletinho 2013    agosto  definitivoSaletinho 2013    agosto  definitivo
Saletinho 2013 agosto definitivo
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Livro de atividades para o dia das crianças
Livro de atividades para o dia das criançasLivro de atividades para o dia das crianças
Livro de atividades para o dia das crianças
 
JORNAL DO CIEJA
JORNAL DO CIEJAJORNAL DO CIEJA
JORNAL DO CIEJA
 
CULTURARTEEN 162 - JULHO 2016
CULTURARTEEN 162 - JULHO 2016CULTURARTEEN 162 - JULHO 2016
CULTURARTEEN 162 - JULHO 2016
 
Cestas Jacarepaguá
Cestas JacarepaguáCestas Jacarepaguá
Cestas Jacarepaguá
 
MODELO_SEQUÊNCIA DIDÁTICA.docx
MODELO_SEQUÊNCIA DIDÁTICA.docxMODELO_SEQUÊNCIA DIDÁTICA.docx
MODELO_SEQUÊNCIA DIDÁTICA.docx
 
Brincadeiras baby-chá
Brincadeiras baby-cháBrincadeiras baby-chá
Brincadeiras baby-chá
 

Mais de Morgana Gianesini

Mais de Morgana Gianesini (10)

Re-coloração de estampas
Re-coloração de estampasRe-coloração de estampas
Re-coloração de estampas
 
Relatorio de estagio Morgana Gianesini
Relatorio de estagio Morgana GianesiniRelatorio de estagio Morgana Gianesini
Relatorio de estagio Morgana Gianesini
 
Artigo Morgana Gianesini
Artigo Morgana Gianesini Artigo Morgana Gianesini
Artigo Morgana Gianesini
 
Produção fotorafica revista nova
Produção fotorafica revista novaProdução fotorafica revista nova
Produção fotorafica revista nova
 
Stand renovando e walentex
Stand renovando e walentexStand renovando e walentex
Stand renovando e walentex
 
Desenvolvimento de Vitrinas
Desenvolvimento de VitrinasDesenvolvimento de Vitrinas
Desenvolvimento de Vitrinas
 
Artigo Daily Queens
Artigo Daily QueensArtigo Daily Queens
Artigo Daily Queens
 
DISCURSO DA INDUMENTÁRIA DOS CANDIDATOS A PRESIDENCIA 2014
DISCURSO DA INDUMENTÁRIA DOS CANDIDATOS A PRESIDENCIA 2014DISCURSO DA INDUMENTÁRIA DOS CANDIDATOS A PRESIDENCIA 2014
DISCURSO DA INDUMENTÁRIA DOS CANDIDATOS A PRESIDENCIA 2014
 
Acima de Tudo
Acima de TudoAcima de Tudo
Acima de Tudo
 
Introdução
IntroduçãoIntrodução
Introdução
 

Último

Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...
Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...
Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...Dl assessoria 20
 
CurriculoPortifolio.pptx - meu curriculo com trabalhos realizados
CurriculoPortifolio.pptx -  meu curriculo com trabalhos realizadosCurriculoPortifolio.pptx -  meu curriculo com trabalhos realizados
CurriculoPortifolio.pptx - meu curriculo com trabalhos realizadosfeyre79
 
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...Prime Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024DL assessoria 27
 
ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024DL assessoria 30
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024Assessoria DL s2
 
Leia um trecho da reportagem sobre o coronavírus, publicada no site do Instit...
Leia um trecho da reportagem sobre o coronavírus, publicada no site do Instit...Leia um trecho da reportagem sobre o coronavírus, publicada no site do Instit...
Leia um trecho da reportagem sobre o coronavírus, publicada no site do Instit...DL assessoria 29
 
Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...
Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...
Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...Dl assessoria 20
 
MAPA - IFPC - PERÍCIA TOXICOLÓGICA - 51/2024
MAPA - IFPC - PERÍCIA TOXICOLÓGICA - 51/2024MAPA - IFPC - PERÍCIA TOXICOLÓGICA - 51/2024
MAPA - IFPC - PERÍCIA TOXICOLÓGICA - 51/2024DL assessoria 30
 
Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...
Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...
Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...DL assessoria 29
 
Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...
Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...
Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...DL assessoria 29
 
MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024
MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024
MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024AssessoriaDldl
 
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...DL assessoria 28
 
Não percam tempo. Teste para verificar.pdf
Não percam tempo. Teste para verificar.pdfNão percam tempo. Teste para verificar.pdf
Não percam tempo. Teste para verificar.pdfsmaria01964
 
Em um protocolo de avaliação física, a avaliação da composição corporal é fun...
Em um protocolo de avaliação física, a avaliação da composição corporal é fun...Em um protocolo de avaliação física, a avaliação da composição corporal é fun...
Em um protocolo de avaliação física, a avaliação da composição corporal é fun...assessoria dl 10
 
MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024dl assessoria
 
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...DassessoriaAa
 
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...DL assessoria 28
 
Quando submetemos um indivíduo a um programa de exercícios resistidos, a depe...
Quando submetemos um indivíduo a um programa de exercícios resistidos, a depe...Quando submetemos um indivíduo a um programa de exercícios resistidos, a depe...
Quando submetemos um indivíduo a um programa de exercícios resistidos, a depe...assessoria dl 10
 
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...assessoria dl 10
 

Último (20)

Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...
Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...
Considerando a interdisciplinaridade entre Psicologia da Educação e diferente...
 
CurriculoPortifolio.pptx - meu curriculo com trabalhos realizados
CurriculoPortifolio.pptx -  meu curriculo com trabalhos realizadosCurriculoPortifolio.pptx -  meu curriculo com trabalhos realizados
CurriculoPortifolio.pptx - meu curriculo com trabalhos realizados
 
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
DISCORRA sobre os quatro níveis de biossegurança e apresente as barreiras pri...
 
ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
 
ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
ATIVIDADE 1 - PED - TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS - 51/2024
 
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
MAPA - BEDU - ATIVIDADE FÍSICA E QUALIDADE DE VIDA - 51/2024
 
Leia um trecho da reportagem sobre o coronavírus, publicada no site do Instit...
Leia um trecho da reportagem sobre o coronavírus, publicada no site do Instit...Leia um trecho da reportagem sobre o coronavírus, publicada no site do Instit...
Leia um trecho da reportagem sobre o coronavírus, publicada no site do Instit...
 
Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...
Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...
Quero que você LEIA atentamente a situação abaixo: LHT, sexo masculino, 33 an...
 
MAPA - IFPC - PERÍCIA TOXICOLÓGICA - 51/2024
MAPA - IFPC - PERÍCIA TOXICOLÓGICA - 51/2024MAPA - IFPC - PERÍCIA TOXICOLÓGICA - 51/2024
MAPA - IFPC - PERÍCIA TOXICOLÓGICA - 51/2024
 
Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...
Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...
Análise de Cadeia de Suprimentos - Estudo de Caso O objetivo desta atividade ...
 
Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...
Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...
Uma organização de grande porte, fabricante de autopeças, apresenta um Sistem...
 
MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024
MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024
MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024MAPA - BIOLOGIA CELULAR - 51/2024
 
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
Entender e compreender as teorias que embasaram e ainda embasam as tendências...
 
Não percam tempo. Teste para verificar.pdf
Não percam tempo. Teste para verificar.pdfNão percam tempo. Teste para verificar.pdf
Não percam tempo. Teste para verificar.pdf
 
Em um protocolo de avaliação física, a avaliação da composição corporal é fun...
Em um protocolo de avaliação física, a avaliação da composição corporal é fun...Em um protocolo de avaliação física, a avaliação da composição corporal é fun...
Em um protocolo de avaliação física, a avaliação da composição corporal é fun...
 
MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
MAPA - TEOL - ESPIRITUALIDADE CRISTÃ - 51/2024
 
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
Seu aluno de personal trainer chegou até você e solicitou que prescrevesse um...
 
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
Um empreendedor está considerando a compra de duas propriedades no interior d...
 
Quando submetemos um indivíduo a um programa de exercícios resistidos, a depe...
Quando submetemos um indivíduo a um programa de exercícios resistidos, a depe...Quando submetemos um indivíduo a um programa de exercícios resistidos, a depe...
Quando submetemos um indivíduo a um programa de exercícios resistidos, a depe...
 
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
O ATP (Adenosina Tri-fosfato) é descrito como uma “moeda energética”, por ser...
 

Doce infância (1)

  • 2. Petit Royauté uma marca infantil, trabalha com crianças de 2 a 6 anos e que os pais tenham um poder aquisitivo maior. A Petit Royauté foi fundada no dia 01 de maio de 2013, por Morgana Gianesini. O objetivo da marca é se destacar no mercado, trazendo produtos inovadores para o universo infantil, trazendo conforto e irreverencia para os pequeninos, e satisfação para os pais. A Petit Royauté procura passar o máximo de conforto possível, confeccionando peças com bastante qualidade, sofisticação e divertimento. Proporcionando acima de tudo o bem estar dos pequeninos que as vestem. Os looks foram desenvolvidos especialmente para o publico infantil, focando nos pequenos de 2 a 6 anos, modernos e vaidosos. Marca
  • 3. Logomarca Tornando a fantasia realidade. Slogan
  • 5. “Os primeiros a comerem doces foram os homens das cavernas quando comeram o mel de colmeias. 3500 anos atrás, o egípcio combinando frutas e nozes com mel para fazer doces. O açúcar Idade Média era tão caro que era um produto que estava disponível apenas para os ricos. Doces de açúcar cozidos eram populares nas colônias americanas e em 1800 as fábricas americanas estavam produzindo "doces baratos". O chocolate de leite foi feito pelo suíço Peter David que acrescentou leite e criou o primeiro chocolate de leite em 1876. Richard Cadbury introduziu a primeira caixa de doces do dia dos namorados. Ele decorou uma caixa de doces com uma pintura de sua filha e de seu gatinho. Isso foi em 1868. Corações doces foram feitos primeiramente pelos primeiros colonos riscando notas de amor em doces. Hoje, cerca de 8 bilhões de corações doces são feitos a cada ano com a frase "seja minha" e "beije- me" inscrições sobre eles. Hoje, durante as primeiras quatro semanas de Natal cerca de 2 bilhões de bastões de doces serão vendidos. Algodão doces normalmente encontrados em parques de diversões e festas já foi chamado de "fio de fada” e a primeira máquina de fazer algodão doce foi patenteado em 1899. George Smith alega ter inventado o primeiro pirulito em 1908. A barra Chocolate original foi feita de chocolate amargo. Em 1875, David Pedro e Henry Nestlé adicionado creme de leite ao chocolate para criar o chocolate de leite. Agora todos os tipos de outros ingredientes são adicionados à barra de chocolate, como o caramelo, amendoim, amêndoas e coco. Hoje o doce é encontrado na maioria das casas, e 99% das famílias vão comprar doces pelo menos uma vez por semana. Os doces são um elemento chave para a maioria das pessoas nas celebrações de feriado americano. E essa gostosura, que encanta por seu formato, cor, textura e variedade esta presente agora na roupa, e não simplesmente na roupa mais sim na roupa de crianças que são seus maiores e mais populares admiradores. Muitas vezes esses doce são sinônimo de arte, beleza e magia, magia usada agora por nossos pequeninos.” Release
  • 6. Tema da Coleção Hoje os doces são encontrados em 99% das casas e a maioria das famílias compra doces todas as semanas para o deleito das crianças, eles são tão bom que ate viciam. Assim são os doces e nós sempre tivemos fascínio por eles e a razão é bem simples, eles são deliciosos e cheios de açúcar. Existem doces dos mais variados tipos, formas, sabores e cores. Encantam crianças e adultos desde o tempo das cavernas, onde eram feitos com frutas e mel, até que com o tempo se tornaram essas guloseimas que tanto amamos, preenchem os olhos, tudo neles nos parecem chamar a atenção, então vamos coloca-los nas crianças, outra coisa que nos preenchem os olhos e nos chama a atenção, tão alegres, divertidas, sempre descobrindo e inovando, não param um minuto sequer e ate já tem uma vida social. Na idade media doces era comida de ricos, então porque não coloca-los nas roupas dessas nossas pequenas realezas? Que são as crianças, afinal de conta, doces gigantes, granulado de miçanga e botões de chocolate, nada fora do comum aos olhos de uma criança.
  • 8. Meninos e meninas de 2 á 6 anos de idade e classe media. São crianças muito ativas que vão a creche e tem muitos amigos e para queimar um pouco dessa energia toda vão ao balé, judô, natação e capoeira. Quando não estão em alguma dessas atividades estão vendo tigrão, Shrek, carros, meninas super poderosas e galinha pintadinha, que são seus desenhos e filmes favoritos, adoram a Disney e como não poderia ser diferente, o Mickey mouse. Crianças super saudáveis e espertas que amam ouvir historinhas dos pais e já sabem “fingir” que leem, seus livros preferidos são chapeuzinho vermelho e Bichodário que ensinam com qual letra começa cada nome de animal, eles adoram saber novidades e aprender coisas novas desse tipo, gostão muito de livrinhos de pintar, giz de cera e massinha de modelar. São totalmente apegados á seus pai e avós, nos quais se espelham e a quem copiam, e não poderiam ser diferentes, pois os consideram super heróis e que os protege. Outras criaturinhas amadas e estimadas por essas pessoinhas são seus bichinhos de estimação e seus ursinhos de pelúcia, e óbvio viciados em pipoca e doces. E das cantigas de roda que sabem, a que mais gostam é atirei o pau no gato, vivem cantarolando pela casa e contagiando os que estão ao seu redor com sua energia e sua alegria. Público
  • 10. Coleção DOCE INFÂNCIA foi o nome escolhido para essa coleção de 10 looks. Um dos motivos é a coleção ser infantil, crianças de 2 a 6 anos. Outro motivo foi o tema da coleção, que é justamente doces. Não é conhecida nenhuma criança que não aprecie um bom e açucarado doce não é, nem os próprios pais não resistem a um doce ou a alguma gostosura, falando em pais, quais deles que não se lembram das suas doces lembranças da infância, suas travessuras, artes, suas idas ao parque, e a escola, seus amigos, suas brigas, suas birras, suas comida preferidas, desenhos preferidos, cantigas de roda e ate as broncas que tomavam dos pais, tudo isso foi se juntando e se tornando ingrediente para assim como em um belo doce, ou em uma coleção se tornar uma bela recordação da sua infância, e assim todas as crianças, um dia adultas terão essas belas lembranças da sua infância, de sua DOCE INFÂNCIA.
  • 11. O segmento escolhido para essa coleção foi CASUAL, porque qualquer pessoa gosta de andar bem arrumada, e com as crianças não é diferente porém, não é necessário o desconforto para se na moda, a roupa casual é uma das melhores opções para o dia-a-dia, ela combina a moda básica com o conforto. A moda casual é perfeita para ir a qualquer lugar. Geralmente a moda casual trás muitas peças leves feitas de algodão e malha. Básicas, porém na moda a roupa casual pode ser usada em diversas ocasiões exceto locais que pedem um tipo de roupa específica como, por exemplo, a social chique, vestidos e etc… Segmento
  • 12. A marca entra na estação mais gostosa do ano com uma coleção cheia de alegria e estilo. Sempre trazendo as principais referências mundiais e internacionais. Aposta em diversos estilos com cores contrastantes, referências aos doces, com muitas estampas e aplicações. Referência
  • 13. CONFORTO, MODERNO, ALEGRE. Essa coleção mostra a paixão pelo sorriso, pela alegria e pela fase mais ‘doce’ da vida, e para isso buscou o conforto, sem deixar de ser moderna. Conceito
  • 14. A estação trabalhada nessa coleção foi outonoinverno a estação mais glamorosa na moda, onde os looks ficam mais trabalhados e elegantes e onde se pode ousar mais no mix de produtos. Nessa estação as mangas e pernas ficam mais longas e a sobreposição de peças se torna uma arte, e com as crianças não é diferente, elas gostão e querem estar na moda também nessa estação mais fria, ainda querem continuar parecidos com os pais e com o resto das pessoas que a cercam, e vamos combinar que essa estação combina muito com doces, com chocolate quente principalmente, então vamos mergulhar nessa gostosura de estação. Estação
  • 15. Definição e Mix de Produto O mix de produtos desta coleção é bem amplo, vai de calças à vestidos e de cardigãs à saias, uma variedade de produtos bem grande mas que no fim se ligam de um jeito muito “doce”. E esse mix é formado de:  4 camisetas;  3 calças;  1 shorts;  1 saia;  3 vestidos;  1 cardigã;  3 camisas;  2 leggings;
  • 16. Cartela De Cores Esta cartela é formada por 12 Inspiradas em doces, feita e pensada para crianças. Beijinho Trufa Confeito 444 c Marshmellow 3945 c Caramelo 380 c Bala de Goma 7466 c Jujuba 7471 c Confete 7438 c Algodão Doce 7424 c Sonho de Valsa 1797 c Rosa Chiclete 1575 c Granulado 175 c
  • 17. Tabela de superfícies Esta tabela corresponde ao produto, e não a estampas e nem a cores Tecido Plano Sarja Meia Malha Cotton Moleton Chiffon Plissado Ribana Chiffon Plissado Forro
  • 18. Cartela de Aviamentos Botão para jeans Linha de Costura Botões de Massa Feltro Zíper Botões de Pressão Pedraria Spike Elásticos
  • 19. Cartela de DecoraçãoNesta cartela contem aplicações e estampas e recortes usados na coleção Estampa Estampa Estampa Estampa Estampa Listras Aplicação em feltro Aplicação em feltro Aplicação em Feltro e estampa Aplicação com pedras Recorte
  • 20. Etiquetas Petit Royauté 6 Para evitar alergias desconforto As etiquetas serão estampadas Com a marca e o tamanho da peça.
  • 21. Tag
  • 22. CROQUIS As cores, na sua maioria são em tom pasteis, ou seja uns tons a menos do que nos croquis, mais claras.
  • 23. Todas as peças são confortáveis e permitem movimento livre para a criança. Crianças gostam roupas confortáveis, algo com o qual ela sentira-se bem em utilizar, e com que ela possa realizar as atividades diárias sem maiores problemas e impedimentos. Geração de Alternativa
  • 34. Os 2 looks foram escolhidos para se combinarem nas estampas e aplicações, no caso a camisa masculina tem estampa de picolés e o vertido feminino aplicação de sorvetes. Look Escolhido
  • 35. Masculino O look masculino escolhido foi o look 8: Camisa de tecido plano rosa com estampa de picolés verde agua, com gravata verde agua, e suspensório, e uma bermuda de sarja marrom com barra italiana e bolso faca. Os picolés também lembram formas geométricas. Esse look foi escolhido também por suas cores que contrastam umas com as outras, também por ter uma aparência mais tradicional.
  • 37. FemininoO look feminino escolhido foi o look 4. Legging verde agua, com vestido de meia malha com modelagem reta, na cor burgundy (que vai de um vermelho escuro a um quase roxo), e esse vestido possui na barra uma aplicação de sorvetes em feltro, que nos remete a formas geométricas. Esse look foi escolhido por suas cores que contrastam entre si, também esse foi escolhido para confeccionar por sua fácil modelagem já que o look masculino escolhido é mais cheio de detalhes, tanto na modelagem quanto na costura e também porque não nos leva logo ao nosso tema, no caso ele não esta tão explicito nesta peça, e sim nos pequenos detalhes.
  • 40. Tabela de referência Aqui consta a referencia que usamos para identificar cada produto desta coleção. Fica organizado da seguinte forma com 3 letras seguidas de 3 números. E cada tipo de produto tem letras iniciais diferentes, onde camisas têm as letras CAM, calças as letras CAL, shorts as letras SHO, saias as letras SAI, vestidos as letras VES, cardigãs as letras CAR, camisetas as letras CAS, leggings as letras LEG. Segue a tabela com todas as referencias:
  • 41. • CAL001 – calça Sarouel. • CAL002 – calça com barra italiana. • CAL003 – calça listrada. • SHO001 – shorts barra italiana e bolso faca. • CAM001 – camisa com barra na manga. • CAM002 – camisa listrada. • CAM003 – camisa com recorte chocolate escorrendo. • Cam004 – camisa pirulito. • SAI001 – saia plissada. • VES001 – vestido brigadeiro. • VES002 – vestido doce de natal. • VES003 – vestido sorvetes. • CAR001 – cardigã com pedraria. • CAS001 – camisa brigadeiro. • CAS002 – camisa picolés. • CAS003 – camisa bombom. • LEG001 – legging amarela. • LEG002 – legging bombom. • LEG003 – legging azul.
  • 43. REFERÊNCIAS  <http://coisadediva.fashionblog.com.br/502829/tendencias-outono- inverno-2013/>  <http://tribofashion.wordpress.com/2011/12/03/consumo-autoral-lively- kids/>  <http://galerinhabigfesta.com.br/blog/2011/a-historia-dos-doces- resumida/>  <http://restauranteemsp.com.br/blog/conheca-a-historia-de-alguns-dos- doces-mais-tradicionais-da-nossa-cultura/ - historia de varios doces>  < http://pipocandoes.com.br/blog/2011/08/a-historia-da-marca-wonka/ - marca wonka>  http://wwws.br.warnerbros.com/movies/chocolatefactory/  https://www.google.com.br/search?q=ronaldo+fraga&oq=ronaldo+fraga& aqs=chrome.0.0j60j0l3j62.5499j0&sourceid=chrome&ie=UTF-8