NBC TR 2410 - Revisão de Informações Intermediárias Executada pelo Auditor

1.594 visualizações

Publicada em

Conheça o objetivo da revisão de informações intermediárias executada pelo autor, e definição de informações intermediárias, a limitação e muitas outras informações sobre o assunto.

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.594
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

NBC TR 2410 - Revisão de Informações Intermediárias Executada pelo Auditor

  1. 1. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.Moore Stephens Prisma PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.PRONUNCIAMENTOS TÉCNICOSNBC TR 2410Revisão de Informações Intermediárias Executada pelo Auditorda Entidade02 de novembro de 2012
  2. 2. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR - 2410REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADAPELO AUDITOR DA ENTIDADE
  3. 3. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADESUMÁRIO• OBJETIVO DA NBC TR 2410• DEFINIÇÃO DE INFORMAÇÕES INTERMEDIÁRIAS• LIMITAÇÃO• CONHECIMENTOS INICIAIS PARA PLANEJAR A REVISÃO•ALGUNS PROCEDIMENTOS DE REVISÃO APLICÁVEIS• RELATÓRIO DE REVISÃO INTERMEDIÁRIA• FATOS QUE REQUEREM MODIFICAÇÕES NO RELATÓRIO• MODELO DE CARTA DE ADMINISTRAÇÃO• MODELO DE RELATÓRIO SOBRE REVISÃO INTERMEDIÁRIA DASDEMONTRAÇÕES CONTÁBEIS (SEM E COM RESSALVA)
  4. 4. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEOBJETIVO DA NBC TR 2410:Fazer com que o auditor assegure-se da inexistência de desviosdas Práticas Contábeis adotadas no Brasil.Esta revisão pode revelar assuntos significativos afetando asdemonstrações contábeis, todavia, não garante que todos osassuntos relevantes sejam identificados.
  5. 5. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEExame do conjunto ou de parte das demonstraçõescontábeis de um período, sem a aplicação datotalidade dos procedimentos de auditoriarequeridos na auditoria contábil para a emissão deparecer de balanço, mas com a extensão eprofundidade necessários para externar opiniãoformal.DEFINIÇÃO DE INFORMAÇÕES INTERMEDIÁRIAS:
  6. 6. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADENão contempla a avaliação (testes) dos sistemas decontroles internos e os testes nos registros contábeis,para opinar sobre as demonstrações contábeis.LIMITAÇÃO:PODE REVELAR ASSUNTOSSIGNIFICATIVOS QUE AFETEM ASDEMONSTRAÇÕES CONTÁBEISMAS, NÃO PROPICIA SEGURANÇA DE QUETODOS OS ASSUNTOS FORAMIDENTIFICADOS
  7. 7. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADECONHECIMENTOS INICIAIS PARA PLANEJAR A REVISÃO :Base Geral => julgamento do auditora) Natureza e relevância dos componentes das demonstraçõescontábeis, práticas adotadas e mudanças de práticas;b) Erros nas demonstrações contábeis => que não possam serdetectados através de procedimentos usualmente adotadosem auditorias completas;
  8. 8. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADECONHECIMENTOS INICIAIS PARA PLANEJAR A REVISÃO :c) Conhecimento obtido durante a auditoria ou revisão deperíodos anteriores (atividades da empresa, mudanças naestruturas societária, relatórios de auditoria/emitidos);d) Qualificação técnica do pessoal da empresa revisada; ee) Nível de centralização das decisões da administração daempresa revisada e controles gerenciais exercidos sobre asdemonstrações contábeis.
  9. 9. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEALGUNS PROCEDIMENTOS DE REVISÃO APLICÁVEIS:a) Indagar sobre qualquer alteração significativa no sistema decontroles internos que possam ter efeito na elaboração dasdemonstrações contábeis;b) Revisão analítica => comparar saldos de contas com asposições de meses e períodos anteriores e buscar explicaçõessobre variações anormais, também baseando-se eminformações extra-contábeis (orçamentos, relatórios dedesempenho operacional,etc.);
  10. 10. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEALGUNS PROCEDIMENTOS DE REVISÃO APLICÁVEIS:c) Ler atas => conhecimento de decisões que possam afetar asdemonstrações contábeis (Conselho de Administração,Diretoria, AGE e AGO , Conselho Fiscal, Comitê de Auditoria,etc.);d) Obter relatórios e correspondências trocadas com auditoresindependentes anteriores, auditores internos, ouvidoria eórgãos reguladores , se houver;
  11. 11. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEALGUNS PROCEDIMENTOS DE AUDITORIA APLICÁVEIS:e) Pesquisar junto ao pessoal da empresa revisada se:=> as demonstrações contábeis foram preparadas de acordocom as Práticas Contábeis adotadas no Brasil;=> houve mudanças nas práticas contábeis em relação aoexercício anterior;=> no período sob exame, houve mudanças nodesenvolvimento dos negócios da empresa revisada e avaliarimpacto nas demonstrações contábeis.
  12. 12. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEALGUNS PROCEDIMENTOS DE REVISÃO APLICÁVEIS:f) Indagar/pesquisar se ocorreram eventos ou transaçõessubsequentes à data das demonstrações contábeis quepoderiam afetar a sua apresentação;g) Obter informações sobre a existência de possíveiscontingencias fiscais/trabalhistas ou de outras naturezas, juntoaos responsáveis pela contabilidade e advogados da empresa.
  13. 13. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADE⇒ Declaração de que a revisão foi efetuada conforme TR 2410⇒ Identificar as demonstrações revisadas⇒ Descrição dos procedimentosRELATÓRIO DE REVISÃO INTERMEDIÁRIA:
  14. 14. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADE⇒ Declaração de que o trabalho não representou um exameconforme as Normas de Auditoria Independente e não expressaopinião sobre as Demonstrações Contábeis.RELATÓRIO DE REVISÃO INTERMEDIÁRIA:
  15. 15. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADE⇒ Declaração do não conhecimento de qualquer modificaçãorelevante que deva ser feita nas Demonstrações Contábeisrevisadas, para que as mesmas estejam de acordo com as PraticasContábeis adotadas no Brasil .RELATÓRIO DE REVISÃO INTERMEDIÁRIA:
  16. 16. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEFATOS QUE REQUEREM MODIFICAÇÕES NO RELATÓRIO:a) Todos os tipos de limitação, de efeito julgado relevante, naaplicação dos procedimentos mínimos;b) não aplicação das Práticas Contábeis adotadas no Brasil =>que preveem a necessidade da adequada divulgação defatos ou notas explicativas às demonstrações contábeis;c) se o auditor souber que as demonstrações anteriores foramafetadas por inadequada aplicação das Práticas Contábeisadotadas no Brasil;d) continuidade da entidade e incertezas significativas;
  17. 17. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEMODELO DE CARTA DE ADMINISTRAÇÃO:São Paulo, 10 de agosto de 2012ÀSilva & Silva Auditores IndependentesSão Paulo - SPPrezados Senhores:Esta carta de representação é fornecida em relação à sua revisão dasinformações contábeis intermediarias trimestrais integrantes doformulário de Informações Trimestrais (ITR) da AAJ Industria eComercio S.A., relativas ao trimestre findo em 30 de junho de 2012.
  18. 18. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEMODELO DE CARTA DE ADMINISTRAÇÃO:Estamos cientes de nossa responsabilidade sobre o conjuntodaquelas informações contábeis intermediárias trimestrais pornós apresentadas para a revisão de Vossas Senhorias quanto adeverem estar preparadas, em todos os aspectos relevantes, deacordo com a NBC TG 21 Demonstração Intermediária e a IAS 34Interim Financial Reporting, aplicáveis à elaboração deinformações Trimestrais (ITR), e a apresentadas de formacondizente com as normas expedidas pela Comissão de ValoresMobiliários.
  19. 19. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEMODELO DE CARTA DE ADMINISTRAÇÃO:Para fins de identificação, apresentamos a seguir alguns númerosintegrantes das mencionadas informações contábeis intermediáriastrimestrais apresentadas para a revisão de Vossas Senhorias (emreais), como segue:
  20. 20. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEMODELO DE CARTA DE ADMINISTRAÇÃO:30/06/2012Total do ativo circulante 105.121Total do ativo não circulante 267Total do ativo permanente 11.574Total do passivo circulante 61.443Total do passivo não circulante 2.536Total do patrimônio líquido 53.162Lucro líquido do trimestre 9.101Lucro líquido do semestre 10.021AAJ Industria e Comercio S.A.:
  21. 21. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEMODELO DE CARTA DE ADMINISTRAÇÃO:Esses números estão de acordo com os livros da CompanhiaAlém disso, colocamos à disposição de Vossas Senhorias todos oslivros contábeis e financeiros. Adicionalmente, todas as alteraçõesde estatuto social celebradas até esta data encontram-sedevidamente arquivadas nos respectivos Órgãos competentes.
  22. 22. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEMODELO DE CARTA DE ADMINISTRAÇÃO:As demonstrações financeiras da Companhia incluídas nasinformações trimestrais (ITR) e e/ou suas notas explicativas:I Indicam ou registram:1 Bases de avaliações dos ativos e ajustes dessas avaliaçõesmediante provisões adequadas, quando necessárias, para refletirvalores de realização ou outros valores previstos pelas práticascontábeis adotadas no Brasil.
  23. 23. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEMODELO DE CARTA DE ADMINISTRAÇÃO:2 Todas as obrigações e os passivos, bem como as informaçõespertinentes quanto a prazos, amortizações e encargos.3 Todos os compromissos firmados e informações pertinentes.4 Todos os prejuízos esperados em razão de certascircunstâncias já conhecidas.
  24. 24. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEMODELO DE CARTA DE ADMINISTRAÇÃO:II Pressupõem que:1 Todos os ativos são de propriedade da empresa e estão livrese desembaraçados de quaisquer ônus ou gravames.2 Não há acordos para manutenção de limites mínimos de saldosem bancos ou outras vinculações, estando esses saldosdisponíveis.3 As contas estão adequadamente classificadas, considerandoprazos e natureza dos ativos e passivos.
  25. 25. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEMODELO DE CARTA DE ADMINISTRAÇÃO:4 Todos os acordos ou operações estão adequadamente refletidosnas demonstrações financeiras incluídas nasinformações contábeis trimestrais.5 Que o sistema contábil e de controle interno adotado pelaentidade é de responsabilidade da administração e adequado aoseu tipo de atividade e volume de transações, assim comoadequado para a prevenção e/ou detecção de eventuais fraudese erros.6 Todas as garantias dadas estão, adequadamente divulgadas nasdemonstrações financeiras inseridas nas informações trimestrais(ITR).
  26. 26. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEMODELO DE CARTA DE ADMINISTRAÇÃO:Além disso, não temos conhecimento:1 De que membros da administração da Companhia nãotenham cumprido todas as leis, as normas e os regulamentos a que aempresa está sujeita. Também não temos conhecimento de quehouve, durante o trimestre findo em 30 de junho de 2012, operaçõesou transações que possam ser reconhecidas como irregulares ouilegais e/ou que não tenham sido realizadas no melhor interesse daCompanhia.2 De que diretores ou funcionários em cargos deresponsabilidade ou confiança tenham participado ou participem daadministração ou tenham interesses em sociedades com as quais aempresa manteve transações.
  27. 27. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEMODELO DE CARTA DE ADMINISTRAÇÃO:3 De quaisquer fatos ocorridos desde 30 de junho de 2012 quepossam afetar as demonstrações financeiras e as notas explicativasnaquela data ou que as afetam até a data desta carta ou, ainda, quepossam afetar a continuidade das operações da Companhia.4 De eventos e circunstâncias ocorridos ou esperados quepossam nos levar a crer que o ativo imobilizado possa estarregistrado por valores superiores ao seu respectivo valor derecuperação.
  28. 28. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEMODELO DE CARTA DE ADMINISTRAÇÃO:5 De efeitos relevantes nas demonstrações financeiras acimareferidas e identificadas, decorrentes das seguintes situações:(a) Ações ou reclamações relevantes contra a JJ Administradorade Consórcios Ltda.(b) Acordos ou operações estranhos aos negócios normais ouquaisquer outros acordos.(c) Inadimplências contratuais que possam resultar em prejuízospara a JJ Administradora de Consórcios Ltda.(d) Existência de contingências (ativas ou passivas), alémdaquelas que estejam descritas nas notas explicativas àsinformações trimestrais e daquelas reconhecidas ou aprovisionadas.
  29. 29. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEMODELO DE CARTA DE ADMINISTRAÇÃO:Também confirmamos que:A política de cobertura de seguros dos ativos e das operações daentidade é adequada às necessidades.Não houve:a) fraude envolvendo administração ou funcionários em cargosde responsabilidades ou confiança;b) fraude envolvendo terceiros que poderiam ter efeitorelevante nas demonstrações financeiras;c) violação ou possíveis violações de leis, normas ouregulamentos cujos efeitos deveriam ser considerados paradivulgação nas demonstrações financeiras ou mesmo dar origem aoregistro de provisão para contingências passivas.
  30. 30. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEMODELO DE CARTA DE ADMINISTRAÇÃO:Todas as transações efetuadas no período foram devidamenteregistradas no sistema contábil de acordo com a legislação vigente.Atenciosamente,AAJ Industria e Comercio S.A.DiretorContador
  31. 31. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADEMODELO DE RELATÓRIO SOBRE REVISÃO INTERMEDIÁRIA DASDEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS:Relatório sem RessalvaAoConselho de Administração e aos Acionistas daABC S.A.Indaiatuba – SPIntroduçãoRevisamos as informações contábeis intermediárias, individuais e consolidadas, da ABC S.A.(“Companhia”), contidas no Formulário de Informações Trimestrais - ITR referentes ao trimestrefindo em 30 de junho de 2012, que compreendem o balanço patrimonial em 30 de junho de 2012e as respectivas demonstrações do resultado e do resultado abrangente para o período de três eseis meses findo naquela data e das mutações do patrimônio líquido e dos fluxos de caixa para operíodo de seis meses findo naquela data, incluindo as notas explicativas.
  32. 32. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADERelatório sem RessalvaA administração é responsável pela elaboração das informações contábeis intermediáriasindividuais de acordo com o CPC 21 – Demonstração Intermediária e das informações contábeisintermediárias consolidadas de acordo com o CPC 21 e com a norma internacional IAS 34 – ÍnterimFinancial Reporting, emitida pelo International Accounting Standards Board (IASB), assim comopela apresentação dessas informações de forma condizente com as normas expedidas pelaComissão de Valores Mobiliários - CVM, aplicáveis à elaboração das Informações Trimestrais - ITR.Nossa responsabilidade é a de expressar uma conclusão sobre essas informações contábeisintermediárias com base em nossa revisão.
  33. 33. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADERelatório sem RessalvaAlcance da revisãoConduzimos nossa revisão de acordo com as normas brasileiras e internacionais de revisão deinformações intermediárias (NBC TR 2410 – Revisão de Informações Intermediárias Executadapelo Auditor da Entidade e ISRE 2410 – Review of Ínterim Financial Information Performed by theIndependent Auditor of the Entity, respectivamente). Uma revisão de informações intermediáriasconsiste na realização de indagações, principalmente às pessoas responsáveis pelos assuntosfinanceiros e contábeis e na aplicação de procedimentos analíticos e de outros procedimentos derevisão. O alcance de uma revisão é significativamente menor do que o de uma auditoriaconduzida de acordo com as normas de auditoria e, consequentemente, não nos permitiu obtersegurança de que tomamos conhecimento de todos os assuntos significativos que poderiam seridentificados em uma auditoria. Portanto, não expressamos uma opinião de auditoria
  34. 34. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADERelatório sem RessalvaConclusão sobre as informações intermediárias individuaisCom base em nossa revisão, não temos conhecimento de nenhum fato que nos leve a acreditarque as informações contábeis intermediárias individuais incluídas nas informações trimestraisacima referidas não foram elaboradas, em todos os aspectos relevantes, de acordo com o CPC 21aplicável à elaboração de Informações Trimestrais - ITR, e apresentadas de forma condizente comas normas expedidas pela Comissão de Valores Mobiliários - CVM.
  35. 35. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADERelatório sem RessalvaConclusão sobre as informações intermediárias consolidadasCom base em nossa revisão, não temos conhecimento de nenhum fato que nos leve a acreditarque as informações contábeis intermediárias consolidadas incluídas nas informações trimestraisanteriormente referidas não foram elaboradas, em todos os aspectos relevantes, de acordo com oCPC 21 aplicáveis à elaboração de Informações Trimestrais - ITR, e apresentadas de formacondizente com as normas expedidas pela Comissão de Valores Mobiliários - CVM.
  36. 36. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADERelatório sem RessalvaOutros assuntosInformações intermediárias do valor adicionadoRevisamos, também, as demonstrações do valor adicionado (DVA), individuais e consolidadas,referentes ao período de seis meses findo em 30 de junho de 2012, elaboradas sob aresponsabilidade da administração da Companhia, cuja apresentação nas informaçõesintermediárias é requerida de acordo com as normas expedidas pela Comissão de ValoresMobiliários - CVM aplicáveis à elaboração de Informações Trimestrais - ITR e consideradainformação suplementar pela IFRSs, que não requerem a apresentação da DVA. Essasdemonstrações foram submetidas aos mesmos procedimentos de revisão descritos anteriormentee, com base em nossa revisão, não temos conhecimento de nenhum fato que nos leve a acreditarque não foram elaboradas, em todos os seus aspectos relevantes, de acordo as informaçõescontábeis intermediárias individuais e consolidadas tomadas em conjunto.São Paulo, 03 de agosto de 2012
  37. 37. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADERelatório com RessalvaRELATÓRIO DE REVISÃO DOS AUDITORES INDEPENDENTESAos Conselheiros e Diretores daFundação ABC1. Revisamos o balanço patrimonial da Fundação ABC em 30 de junho de 2012e as respectivas demonstrações do resultado, das mutações do patrimôniosocial e dos fluxos de caixa para o semestre findo naquela data, elaboradossob a responsabilidade de sua administração. Nossa responsabilidade é emitirum relatório sobre essas demonstrações contábeis com base em nossarevisão.
  38. 38. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADERelatório com Ressalva2. Nossa revisão foi efetuada de acordo com as normas brasileiras einternacionais de revisão. Essas normas requerem que a revisão sejaplanejada e executada com o objetivo de obter segurança limitada de que asdemonstrações contábeis apresentadas estão livres de distorção relevante.Uma revisão está limitada, principalmente, a indagações ao pessoal daentidade e a aplicação de procedimentos analíticos aos dados financeiros e,portanto, proporcionam menos segurança do que uma auditoria. Nãorealizamos uma auditoria e, consequentemente, não expressamos umaopinião de auditoria.
  39. 39. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADERelatório com Ressalva3. Nessa revisão foram identificadas as questões mencionadas a seguir:- Não nos foram disponibilizadas as conciliações das rubricas deAdiantamentos a fornecedores (saldo de R$ 2.829.865), Fornecedores (saldoR$ 640.687), e, como consequência, não foi praticável concluir sobre aadequação desses saldos contábeis em 30 de junho de 2012.- O investimento na controlada WWW Tech Company não foi avaliado pelométodo de equivalência patrimonial em 30 de junho de 2012, sendo mantidoo mesmo valor apurado em 31 de dezembro de 2011.
  40. 40. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADERelatório com Ressalva4. Com base em nossa revisão, exceto pelos assuntos comentados noparágrafo anterior, não temos conhecimento de nenhum fato que nos leve aacreditar que as demonstrações contábeis não estão apresentadasadequadamente, em todos os aspectos relevantes, em conformidade com aspráticas contábeis adotadas no Brasil.São Paulo, de 2012SILVA & SILVAAuditores IndependentesCRC 2SP 000.000/O-0João SilvaContador CRC 1SP 000.000/O-0
  41. 41. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.DÚVIDAS SOBRE O TEMA:NBC TR 2410 – REVISÃO DE INFORMAÇÕESINTERMEDIÁRIAS EXECUTADA PELO AUDITOR DAENTIDADE
  42. 42. PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.PRECISE. PROVEN. PERFORMANCE.A Moore Stephens é uma das maiores redes de auditoria, consultoria e outsourcingcontábil do mundo. A empresa é formada por aproximadamente 630 escritórios e estápresente em mais de 100 países. Está entre as 12 maiores posições no ranking mundial,com faturamento anual de mais de US$ 2 bilhões.A Moore Stephens Auditores e Consultores presta serviços em auditoria, consultoriatributária e empresarial, tecnologia de informação, outsourcing de serviços contábeis,tributários e administrativos, e corporate finance. Há ainda determinadas divisões, comestruturas próprias, criadas para atendimento de interesses específicos, como a Divisãode Auditoria Interna e a Divisão de Small Business, entre outras.Fale com a Moore Stephens: mscorp@msbrasil.com.brSiga-nos na internet e nas redes sociais:Homepage: www.msbrasil.com.brFacebook: http://www.facebook.com/moorestephensbrTwitter: http://twitter.com/#!/moorestephensbrLinkedin:http://www.linkedin.com/companies/moore-stephens-brasilBlog: http://msbrasil.com.br/blog/SlideShare: http://www.slideshare.net/moorestephensbYoutube: http://www.youtube.com/moorestephensbrSOBRE AMOORE STEPHENS AUDITORES E CONSULTORES

×