Introdução a Projeto Gráfico.

6.120 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.120
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
191
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Explicar os tipos de projeto gráfico e exemplificar cada um deles de acordo com sua função e características. EDITORIAL Objetivo: informar Características: encadernação, cadernos. Exemplos: jornal, revista, livros, manuais de instruções, house organs (jornais internos empresariais) etc. PROMOCIONAL Objetivo: promoção/divulgação Características: inserção em mídias, aplicações especiais, formatos diferenciados Exemplos: mala-direta, anúncios, folders, folhetos, catálogo de produto, material de PDV etc. EMBALAGEM: Objetivo: Identificar e proteger Características: rígida, semi-rígida (cartuchos) e flexível; formatos e aplicações especiais. Exemplos: cartuchos (caixas), rótulos, solapas etc OUTROS Objetivo: diversos Características: livre Exemplos: camiseta de grife, encarte de CD etc.
  • O Projeto Gráfico é formado por 3 fases, desde que se tenha em mãos o briefing. Na fase de CONCEPÇÃO , todo o material é desenvolvido, desde o brainstorm, que é a reunião inicial entre as pessoas envolvidas na criação para desenvolver o conceito da comunicação; passa pela fase de rafe, esboço que o criativo faz para estudar qual a melhor formulação, e distribuição dos elementos que formarão a peça gráfica; até a confecção do layout, uma peça física que tem como objetivo apresentar a idéia ao cliente e, portanto, deve ser o mais próximo do produto final que o criativo imaginou. Uma vez que o layout é aprovado pelo cliente, entramos na fase de PRODUÇÃO . Nesta fase serão produzidos os originais necessários (fotos, ilustrações), a arte-final, que deve conter todas as informações técnicas necessárias para a reprodução da idéia, com as cores corretas, imagens com qualidade para reprodução, margens e medidas de segurança, pois dessa etapa serão produzidas as matrizes de impressão que vão fazer com que essa criação realmente se torne um produto gráfico. A fase da REPRODUÇÃO é a fase onde acontece a impressão do material e todo o acabamento. É a fase que monta o produto gráfico.
  • Existem várias empresas que compõem o ciclo de um material gráfico, desde o cliente que tem o produto ou serviço a ser divulgado, passando pela agência, que é a responsável por todo o desenvolvimento e criação dos materiais. A agência contrata empresas de impressão (reprodução) e de produção de originais para compor a criação desenvolvida. E tem ainda a distribuição desses materiais impressos. Olhando de uma maneira genérica, o fluxo aparenta ser simples mas em cada um dos players existem também várias etapas que devem ser seguidas para que o material gráfico seja eficaz. Em CPG, nosso foco está dentro da Agência de comunicação, em apenas dois setores dele e também na relação de um desses setores e seu contato com os fornecedores no processo de produção e reprodução.
  • Quando entramos em uma agência de comunicação encontramos basicamente 5 setores que fazem parte do processo de desenvolvimento de um material de comunicação e sua divulgação. Outras disciplinas vão tratar de forma mais aprofundada das áreas que não são essenciais para o projeto gráfico, mas veremos aqui de uma forma geral todas elas para eu possamos entender as fases do projeto gráfico. Nenhum material entra para a concepção/criação sem que tenha sido planejada e orientada pelo atendimento e pelo planejamento. O primeiro é a interface entre a agência e o cliente e o segundo é o responsável pela estratégia que deverá ser seguida pela campanha. Desse triângulo Cliente/Atendimento/Planejamento é gerado um briefing para que a criação desenvolva o caminho criativo e outro para que a mídia desenvolva a estratégia de mídia para que o produto seja exposto da melhor forma. Uma vez que o material foi concebido/criado pela criação, segue para o departamento de produção gráfica que é o responsável pelas fases de produção e reprodução de um material. Existe ainda um departamento que ainda encontramos em algumas agências que tem o papel de controlar os processos do desenvolvimento de um material gráfico no que diz respeito a prazos e qualidade das informações que trafegam dentro da agência. Esse departamento é o TRÁFEGO. Sua função é garantir que o trabalho tenha o andamento ideal dentro da agência, cobrando os departamentos necessários em cada etapa do trabalho.
  • Batendo na porta da criação, encontramos alguns profissionais que são responsáveis pela qualidade criativa de tudo o que sai de uma agência. A primeira pessoa que encontramos é o Diretor de criação. Sua função é entender a necessidade do briefing e escolher os profissionais que melhor podem desenvolver o projeto. Sua equipe é formada por Redatores, Diretores de Arte, Assistentes de Arte e Estagiários de texto e de arte. O redator é o profissional com talento criativo para trabalhar em textos e idéias enquanto o Diretor de Arte é talentoso com imagens e linguagem visual. Como o trabalho do Diretor de Arte é mais extenso, muitas vezes ele precisa de um assistente para conseguir entregar o material no prazo determinado. Em CPG, no departamento de criação, nos interessa as funções e o trabalho do Diretor de Arte, pois é responsável pela linguagem visual do material, incluindo suas formas, tamanhos e conteúdo (fotos, cores, imagens, tipografia, diagramação).
  • Na Produção Gráfica, normalmente encontramos 3 tipos de profissionais, responsáveis pelas funções citadas no slide. O responsável pelo setor é o Produtor Gráfico, que acompanha tecnicamente o trabalho dos dois outros profissionais além de ser a interface da agência com os fornecedores gráficos. É ele quem levanta os custos do material criado, assim como quem acompanha a qualidade de todo o material envolvido na produção. Além disso, tem também o papel de dar suporte à criação quando existe alguma dúvida técnica que possa inviabilizar a produção de um material e de trazes as novidades do mercado que possam agregar valor ao material criado. Desse suporte nasce o que chamamos de Descritivo técnico do Projeto Gráfico, um documento que contém todas as informações técnicas de um material gráfico necessárias para que uma gráfica faça a cotação para a produção e para que não passe nenhum detalhe desapercebido. O Art Buyer é o profissional responsável pela escolha e gerenciamento de profissionais terceirizados para a produção de originais (fotos e ilustrações). Também auxilia o Produtor no controle de qualidade desses originais para que ofereçam uma boa qualidade de reprodução. O terceiro profissional do setor é o Arte-finalista, que é responsável por juntar todas as informações técnicas de cores, margens, originais e acertos finais que um arquivo criado pelo Diretor de Arte. Tem uma responsabilidade pela qualidade final do material que servirá de base para a reprodução: a arte-final.
  • Algumas funções do Produtor Gráfico
  • Entender as fases envolvidas na produção gráfica do material e a importância do envolvimento do Produtor Gráfico nessas fases.
  • Ter um panorama geral do caminho que um material gráfico percorre, desde a identificação de sua necessidade até o ponto de contato com o consumidor. É também um resgate das fases tratadas em aula.
  • Introdução a Projeto Gráfico.

    1. 1. Composição e Projeto Gráfico - UNIP PROJETO GRÁFICO
    2. 2. Composição e Projeto 2 Projeto
    3. 3. Composição e Projeto 3 Tipos de Projeto Gráfico • Editorial • Promocional • Embalagem • Outros
    4. 4. Composição e Projeto 4 Projeto Gráfico Editorial • Objetivo: informação • Exemplos: jornais, revistas, houseorgans, livros • Características físicas: encadernação, diagramação em colunas, várias páginas, cadernos. • Conteúdo: textos médios e longos, letras serifadas, projeto gráfico promocional (anúncios), imagens de fatos (foto jornalística), infográficos, gráficos, ilustrações.
    5. 5. Composição e Projeto 5 Projeto Gráfico Editorial
    6. 6. Composição e Projeto 6 Projeto Gráfico Editorial
    7. 7. Composição e Projeto 7 Projeto Gráfico Promocional • Objetivo: divulgação • Exemplos: mala-direta, anúncios, PDV, folhetos • Características físicas: sem formato definido, acabamentos diferenciados, diagramação livre • Conteúdo: textos curtos e médios, letras não-serifadas, informações promocionais (promoções, preços), conceituais, descritivas etc, imagens com apelo racional ou emocional, dependendo do conceito criativo, ilustrações.
    8. 8. Composição e Projeto 8 Projeto Gráfico Promocional
    9. 9. Composição e Projeto 9 Projeto Gráfico Promocional
    10. 10. Composição e Projeto 10 Projeto Gráfico Promocional
    11. 11. Composição e Projeto 11 Projeto Gráfico Embalagem • Objetivo: proteção e identificação • Exemplos: rótulos, latas, caixas, sacolas • Características físicas: formato livre dentro das especificações, acabamentos diferenciados, aplicações especiais, diagramação livre • Conteúdo: letras não-serifadas (com exceções), informações do produto (peso, composição, código de barras), imagens do produto ou seu uso, ilustrações.
    12. 12. Composição e Projeto 12 Projeto Gráfico Embalagem
    13. 13. Composição e Projeto 13 Projeto Gráfico Embalagem
    14. 14. Composição e Projeto 14 Projeto Gráfico Embalagem - Marlboro Mild in May Marlboro Man
    15. 15. Composição e Projeto 15 Projeto Gráfico - Outros • Objetivo: une duas ou mais funções/objetivos • Exemplos: encarte de CD, camisetas, brindes • Não segue padrão, depende do projeto em si, tanto de conteúdo (textos ou imagens) como de características físicas. • Pode ter característica tendendo pra uma das categorias anteriores, mas não exclusivamente.
    16. 16. Composição e Projeto 16 AGÊNCIA/ESTÚDIO FOTOLITO/GRÁFICA As fases do Projeto Gráfico CLIENTE • Briefing • Aprovação CONCEPÇÃO • Brainstorm • Roughs (rafes) • Layout (leiaute) • Estudo de cores • Tipologia • Formato • Papel PRODUÇÃO • Originais • Arte-final • Separação de cores • Fotolito • Prep. Matrizes • Descritivo técnico REPRODUÇÃO • Provas • Impressão • Acabamento AGÊNCIA/ESTÚDIO/EDIÇÃO FOTOLITO/GRÁFICA
    17. 17. Composição e Projeto 17 Ciclo do Material Gráfico CLIENTE AGÊNCIA ESTÚDIO EDIÇÃO FOTOLITO GRÁFICA ILUSTRADOR FOTÓGRAFO DISTRIBUIÇÃO
    18. 18. Composição e Projeto 18 Agência de Comunicação ATENDIMENTO PLANEJAMENTO CRIAÇÃO MÍDIA PRODUÇÃO GRÁFICA
    19. 19. Composição e Projeto 19 Criação REDATOR DIRETOR DE ARTE ASSISTENTE DE ARTE DIRETOR DE CRIAÇÃO
    20. 20. Composição e Projeto 20 Redação REDATOR EDITOR DE ARTE DIAGRAMADOR EDITOR CHEFE JORNALISTA DESIGNER / PROJETO GRÁFICO
    21. 21. Composição e Projeto 21 Alguns conceitos... BRIEFING Pedido de trabalho do cliente. Informações básicas de marketing de um trabalho: tipo de trabalho, objetivo pretendido com a campanha / peça; informações que possam ser úteis na criação do material; pesquisas; materiais da concorrência, etc. RAFE (ROUGH) Esboço feito pelo diretor de arte de uma agência de propaganda ou por um designer para estudar e aprimorar, de forma rápida, o layout de uma peça a ser produzida.
    22. 22. Composição e Projeto 22 Alguns conceitos... LEIAUTE (LAYOUT) Representação detalhada de uma peça gráfica, com todos os elementos (fotos, textos, logotipos e elementos visuais) em sua forma, tamanho, posição e cor final, ou o mais próximo possível do final, com toda a diagramação e estudos definidos. Tem a finalidade de apresentar ao cliente a proposta da Agência/Designer. ARTE-FINAL Layoutpreciso,comtodasasinformaçõesfinais:fotoseilustrações corretaseemresoluçãoparaprodução,coresadequadasaométodode impressão,medidasprecisas.
    23. 23. Composição e Projeto 23 Alguns conceitos... MANCHA GRÁFICA Conjunto de todos os elementos impressos em uma página de projeto gráfico editorial, normalmente a área limitada pelas margens definidas no projeto. Composto pelas colunas, textos e imagens. GRADE DE COMPOSIÇÃO “Esqueleto” com espaços de colunas e entre colunas, área de cabeçalho e rodapé na página do projeto gráfico. Serve como guia para a composição e posicionamento dos elementos da página.
    24. 24. Composição e Projeto 24 Mancha Gráfica Grade de Composição
    25. 25. Composição e Projeto 25 Rough X Arte-final
    26. 26. Composição e Projeto 26 Apresentação do Layout • Cada vez mais próximo do produto final. • Textos quase finais. • Imagens com qualidade, representando o que realmente é pretendido conceitualmente. • Papel próximo ou o real escolhido. • Cores corretas. • SEMPRE EM PRANCHAS (quando folhas soltas)
    27. 27. Composição e Projeto 27 Apresentação do Projeto Gráfico • Plano indicando todas as informações técnicas de um trabalho de mídia impressa, auxiliando sua produção (produção gráfica), arte final e levantamento de custos e materiais. • Apresentação do layout /boneco com exemplos de aplicações especiais pensadas para o projeto.

    ×