Palestra da Petrobrás na II Reunião da AMPROGÁS

4.869 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
2 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • R L


    Instant Karma John Lennon
    Instant Karma's gonna get you
    Gonna knock you right on the head
    You better get yourself together
    Pretty soon you're gonna be dead
    What in the world you thinking of
    Laughing in the face of love
    What on earth you tryin' to do
    It's up to you, yeah you

    Instant Karma's gonna get you
    Gonna look you right in the face
    Better get yourself together darlin'
    Join the human race
    How in the world you gonna see
    Laughin' at fools like me
    Who in the hell d'you think you are
    A super star
    Well, right you are

    Well we all shine on
    Like the moon and the stars and the sun
    Well we all shine on
    Ev'ryone come on

    Instant Karma's gonna get you
    Gonna knock you off your feet
    Better recognize your brothers
    Ev'ryone you meet
    Why in the world are we here
    Surely not to live in pain and fear
    Why on earth are you there
    When you're ev'rywhere
    Come and get your share

    Well we all shine on
    Like the moon and the stars and the sun
    Yeah we all shine on
    Come on and on and on on on
    Yeah yeah, alright, uh huh, ah

    Well we all shine on
    Like the moon and the stars and the sun
    Yeah we all shine on
    On and on and on on and on

    Well we all shine on
    Like the moon and the stars and the sun
    Well we all shine on
    Like the moon and the stars and the sun
    Well we all shine on
    Like the moon and the stars and the sun
    Yeah we all shine on
    Like the moon and the stars and the sun
    Carma imediato John Lennon Revisar tradução CancelarSalvar
    O carma imediato vai te pegar
    Baterá direto na sua cabeça
    É melhor você ficar junto
    Bem em breve você estará morta
    Você está pensando sobre o que no mundo?
    Rir na cara do amor
    O que você está tentando fazer na terra?
    É até você, é você

    O carma imediato vai te pegar
    Olhará direto no seu rosto
    É melhor você ficar junto querida
    Junte-se a raça humana
    Como você vai ver no mundo?
    Rindo dos tolos como eu
    Quem diabos você pensa que é?
    Uma superstar
    Bem, realmente você é

    Bem, todos nós brilhamos
    Como a lua e as estrelas e o sol
    Bem, todos nós brilhamos
    Todos, vamos lá

    O carma imediato vai te pegar
    Baterá nos seus pés
    Melhor reconhecer seus irmãos
    Todos que você encontra
    Porque estamos no mundo?
    Certamente não é para viver com dor e medo
    Porque você está lá na terra?
    Quando você está em todos os lugares
    Venha e pegue a sua parte

    Bem, todos nós brilhamos
    Como a lua e as estrelas e o sol
    Yeah, todos nós brilhamos
    Vamos lá
    Yeah yeah, certo, uh huh, ah

    Bem, todos nós brilhamos
    Como a lua e as estrelas e o sol
    Yeah, todos nós brilhamos
    Brilhamos, e brilhamos e brilhamos

    Como a lua e as estrelas e o sol
    Bem, todos nós brilhamos
    Como a lua e as estrelas e o sol
    Bem, todos nós brilhamos
    Como a lua e as estrelas e o sol
    Bem, todos nós brilhamos
    Como a lua e as estrelas e o sol
    Yeah, todos nós brilhamos
    Como a lua e as estrelas e o sol
    Salvar Cancelar

    Esta música pode estar no seu celular!
    Baixe ringtones agora!
    Clique aqui!

    http://www.vagalume.com.br/john-lennon/instant-karma-traducao.html#ixzz17Rjenf00
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • COMO ABRE ESTE ARQUIVO? É POSSIVEL SALVAR O ARQUIVO EM PDF?
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.869
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
40
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
173
Comentários
2
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra da Petrobrás na II Reunião da AMPROGÁS

  1. 1. II Reunião Ordinária “Associação dos Municípios Produtores de Gás Natural da Bacia de Santos – AMPROGÁS Campo de Mexilhão – Gasoduto UTG – Monteiro Lobato Paulo Braga Trigueiro Petrobras Unidade de Negócio de Exploração e Produção da Bacia de Santos Caraguatatuba, 13 de novembro de 2009
  2. 2. Província Pré-Sal: uma nova era para o Brasil Área total da província:................... 149.000 km2 Área total concedida:........................ 41.772 km2 (28%) Área não concedida:........................107.228 km2 (72%) Área concedida c/partic. Petrobras: 35.739 km2 (24%) Parque das Baleias Poços Perfurados Poços Testados Campos Blocos Exploratórios Pré- sal Santos
  3. 3. Bacia de Santos Visão Geral dos Polos de Produção Investimentos 2009-2013 US$ 39,9 bilhões UTGCA Pólo Uruguá RPBC/UGN Pólo Mexilhão Pólo Merluza Pólo Pré-Sal (Área de 352.000 km2 e LDA de 0 a Pólo Sul 3000m)
  4. 4. Desenvolvimento da Produção da Bacia de Santos até 2010 Investimentos US$ 12 bilhões UGN UTGCA RPBC PMXL-1 174 Km 18” URG PMLZ-1 Área do TUPI TEFRAN Existente SS-11 Em construção
  5. 5. Projeto Tupi Teste de Longa Duração (TLD) no Pré-Sal (em operação desde 01/05/2009)
  6. 6. Localização da Área do Tupi e do TLD Litoral Norte BS Mexilhão Merluza Lagosta Tupi Pólo Pré-Sal Litoral Sul BS 50 km
  7. 7. Tupi – Teste de Longa Duração (TLD) • 2 Poços produtores: 3-RJS-646 e RJS-660 • Vazão: 15 a 20 mil bpd de óleo • Duração: 18 a 20 meses de teste • Investimento: US$ 540 milhões • Em operação desde 01/05/2009
  8. 8. Projeto Tupi – TLD FPSO BW Cidade São de Vicente FPSO BW Cidade São de Vicente - Rio Janeiro - Brasil Data da Foto - 01/05/2009
  9. 9. Projeto Piloto de Tupi (operação prevista para dez/2010)
  10. 10. Tupi – Projeto Piloto • 100 mil bpd de óleo FPSO Cidade de Angra dos Reis • 4 milhões m3/dia de gás • Investimento: US$ 4,6 bilhões • Operação: dez/2010
  11. 11. Tupi – Projeto Piloto FPSO Cidade de Angra dos Reis em 3D
  12. 12. Tupi – Projeto Piloto Conversão do FPSO Cidade de Angra dos Reis Estaleiro Cosco – Dalian – China (entrada no dique-seco) Data da Foto - 17/09/2009
  13. 13. Tupi – Projeto Piloto Conversão do FPSO Cidade de Angra dos Reis Estaleiro Cosco – Dalian – China Data da Foto - 17/09/2009
  14. 14. Tupi – Projeto Piloto Conversão do FPSO Cidade de Angra dos Reis Convés Principal Estaleiro Cosco – Dalian – China Data da Foto - Ago/2009
  15. 15. Tupi – Projeto Piloto Conversão do FPSO Cidade de Angra dos Reis Fabricação da Linha de Combate à Incêndio Estaleiro Cosco – Dalian – China Data da Foto - Ago/2009
  16. 16. Tupi – Projeto Piloto Instalações de Superfície do FPSO Cidade de Angra dos Reis Piperack Tianjin – China Data da Foto - Ago/2009
  17. 17. Tupi – Projeto Piloto Instalações de Superfície do FPSO Cidade de Angra dos Reis Tratamento de Água de Injeção Tianjin – China Data da Foto - Ago/2009
  18. 18. Tupi – Projeto Piloto Instalações de Superfície do FPSO Cidade de Angra dos Reis Fabricação e Montagem da Parte Inferior – Fabricação e Montagem da Parte Superior – Riser Porch Riser Porch Laem Chabang – Tailândia Data da Foto - Ago/2009
  19. 19. Tupi – Projeto Piloto Instalações de Superfície do FPSO Cidade de Angra dos Reis Separação em Alta Pressão Laem Chabang – Tailândia Data da Foto - Ago/2009
  20. 20. Gasoduto Tupi - Mexilhão (conclusão prevista para out/2010)
  21. 21. Gasoduto Tupi - Mexilhão 10 milhões m3/dia de gás Investimento: US$ 760 milhões Conclusão: Out/2010 Escoamento Contratos (ENGENHARIA/IEDS): • Confab e Corus (Tubos) • Cameron (L.A profunda) e Valvitalia (L.A rasa) (Válvulas) • União/Oil States (PLEM/PLET) • Technip/Allseas (Instaladora)
  22. 22. Gasoduto Tupi IEDS – Descarregamentos dos Tubos da Corus (1º lote) Angra dos Reis – Rio de Janeiro - Brasil Data da Foto – 01/09/2009
  23. 23. Projeto Uruguá – Tambaú (operação prevista para fev-mar/2010)
  24. 24. Projeto Uruguá - Tambaú UTGCA 10 milhões m3/dia de gás 40 mil bpd de óleo e condensado Investimento: US$ 2,6 bilhões Operação: fev-mar/2010
  25. 25. Projeto de Uruguá - Tambaú Barcos de instalação e apoio do gasoduto de 18” Uruguá - Mexilhão DSV - Norman Cutter Saipem FDS
  26. 26. Projeto Uruguá - Tambaú FPSO Cidade de Santos – Vista geral Estaleiro de COSCO – Dalian - China Data da Foto – 31/08/2009
  27. 27. Projeto Uruguá - Tambaú FPSO Cidade de Santos Estaleiro de COSCO – Dalian - China Data da Foto – 11/09/2009
  28. 28. Projeto Uruguá - Tambaú FPSO Cidade de Santos - Flare Estaleiro de COSCO – Dalian - China Data da Foto – 07/09/2009
  29. 29. Projeto Uruguá - Tambaú FPSO Cidade de Santos – Turbo-geradores Estaleiro de COSCO – Dalian - China Data da Foto – 31/08/2009
  30. 30. Projeto Uruguá - Tambaú FPSO Cidade de Santos - Heliporto Estaleiro de COSCO – Dalian - China Data da Foto – 07/09/2009
  31. 31. Projeto Uruguá - Tambaú FPSO Cidade de Santos – Módulos de Produção Estaleiro de COSCO – Dalian - China Data da Foto – 17/09/2009
  32. 32. Projeto Mexilhão (operação prevista para mai-jun/2010)
  33. 33. Projeto Mexilhão 15 milhões m3/dia de gás 20 mil bpd de condensado Investimento: US$ 2,2 bilhões 2300 empregos durante a obra Operação: mai-jun/2010
  34. 34. Projeto Mexilhão Fabricação das Árvores de Natal Molhadas (ANM) Fornecedor FMC Rio de Janeiro – Rio de Janeiro - Brasil Data da Foto - 18/05/2009
  35. 35. Projeto Mexilhão PMXL-1 – Jaqueta Estaleiro Mauá Fotos do projeto. (Quando aplicável) Rio de Janeiro – Niteroi - Brasil Data da Foto - 01/09/2009
  36. 36. Projeto Mexilhão (loud-out da jaqueta em 15/10/2009)
  37. 37. Projeto Mexilhão (loud-out da jaqueta em 15/10/2009)
  38. 38. Projeto Mexilhão (loud-out da jaqueta em 15/10/2009)
  39. 39. Projeto Mexilhão (loud-out da jaqueta em 15/10/2009)
  40. 40. Projeto Mexilhão (loud-out da jaqueta em 15/10/2009)
  41. 41. Projeto Mexilhão (loud-out da jaqueta em 15/10/2009)
  42. 42. Projeto Mexilhão PMXL-1 – Módulo 1 Estaleiro Mauá Rio de Janeiro – Niteroi - Brasil Data da Foto - 14/09/2009
  43. 43. Projeto Mexilhão PMXL-1 – Módulo 2 Estaleiro Mauá Rio de Janeiro – Niteroi - Brasil Data da Foto - 14/09/2009
  44. 44. Projeto Mexilhão Gasoduto 34” – Pier Fotos do projeto. (Quando aplicável) São Paulo – Caraguatatuba - Brasil Data da Foto - 26/08/2009
  45. 45. UTG Monteiro Lobato (UTGCA) Instalação da DPP e dos Módulos I e II para Mexilhão, Uruguá-Tambaú e Piloto de Tupi (operação prevista para mai, set e out/2010)
  46. 46. Projeto UTG Monteiro Lobato – UTGCA Caraguatatuba - SP DPP UTGCA Módulos 1 e 2 18 milhões m3/dia de gás 25 mil bpd de GLP e C5+ Investimento: US$ 1 bilhão 2300 empregos durante a obra Operação: 2010
  47. 47. UTG Monteiro Lobato Visão da Geral da UTGCA Local: Caraguatatuba Data: 04/11/2009
  48. 48. UTG Monteiro Lobato Visão da Geral da UTGCA Local: Caraguatatuba Data: 18/09/2009
  49. 49. UTG Monteiro Lobato Almoxarifado Local: Caraguatatuba Data: 18/09/2009
  50. 50. UTG Monteiro Lobato Armazenagem dos Turbogeradores Local: Caraguatatuba Data: 18/09/2009
  51. 51. UTG Monteiro Lobato Compressores de Propano Local: Caraguatatuba Data: 18/09/2009
  52. 52. UTG Monteiro Lobato Coletor de Condensado Local: Caraguatatuba Data: 18/09/2009
  53. 53. UTG Monteiro Lobato Visão da UTGCA (DPP) Local: Caraguatatuba Data: 18/09/2009
  54. 54. UTG Monteiro Lobato Equipamentos da DPP Local: Caraguatatuba Data: 18/09/2009
  55. 55. UTG Monteiro Lobato Equipamentos da DPP Local: Caraguatatuba Data: 18/09/2009
  56. 56. UTG Monteiro Lobato Torres e Vasos Data: 18/09/2009 Data: 03/11/2009 Local: Caraguatatuba
  57. 57. UTG Monteiro Lobato Base para Turbogeradores Local: Caraguatatuba Data: 18/09/2009
  58. 58. UTG Monteiro Lobato Casa dos Motocompressores Local: Caraguatatuba Data: 18/09/2009
  59. 59. UTG Monteiro Lobato Montagem das Esferas de GLP Local: Caraguatatuba Data: 18/09/2009
  60. 60. UTG Monteiro Lobato Base do Tanque de C5+ Local: Caraguatatuba Data: 18/09/2009
  61. 61. UTG Monteiro Lobato Tanque de combate a incêndio Local: Caraguatatuba Data: 22/10/2009
  62. 62. UTG Monteiro Lobato Área para o Flare Local: Caraguatatuba Data: 18/09/2009
  63. 63. UTG Monteiro Lobato Heliponto Local: Caraguatatuba Data: 18/09/2009
  64. 64. UTG Monteiro Lobato Construção das Edificações Local: Caraguatatuba Data: 18/09/2009
  65. 65. UTG Monteiro Lobato Construção das Edificações (Subestação) Local: Caraguatatuba Data: 18/09/2009
  66. 66. UTG Monteiro Lobato Construção das Edificações (Manutenção) Local: Caraguatatuba Data: 18/09/2009
  67. 67. UTG Monteiro Lobato Construção das Edificações (Portaria) Local: Caraguatatuba Data: 18/09/2009
  68. 68. Gasoduto Caraguatatuba-Taubaté (GASTAU) (operação prevista para jun e out/2010)
  69. 69. GASTAU – Obras Especiais POÇO VERTICAL Paraibuna /SP (Extensão aprox. 530 metros) TÚNEL (Extensão aprox. 5 Parque Estadual KM) da Serra do Mar Caraguatatuba/SP EMBOQUE DO TÚNEL UTGCA
  70. 70. Furo Direcional - GASTAU Taubaté São José dos Campos GASTAU Furo Direcional Diâmetro = 28” Diâmetro = 9 5/8” Vazão de Gás Vazão de Gás 20 milhões m3/d 5,0 milhões m3/d Túnel é o Caminho Crítico Caraguatatuba
  71. 71. Furo Direcional - GASTAU Estratégia: Realizar dois furos Furo Principal Furo Secundário
  72. 72. Furo Direcional - GASTAU Base da Sonda na planície Data: 16/09/09 Data: 30/09/09 Local: Caraguatatuba
  73. 73. Furo Direcional - GASTAU Posicionamento da Sonda na planície Local: Caraguatatuba Data: 16/09/09
  74. 74. Furo Direcional - GASTAU Posicionamento da Sonda na planície Local: Caraguatatuba Data: 16/09/09
  75. 75. Furo Direcional - GASTAU Acesso à locação no planalto Local: Paraibuna Data: 18/09/09
  76. 76. Furo Direcional - GASTAU Acesso à locação no planalto Local: Paraibuna Data: 18/09/09
  77. 77. Túnel - GASTAU
  78. 78. Túnel - GASTAU
  79. 79. Túnel - GASTAU
  80. 80. Túnel - GASTAU
  81. 81. Túnel - GASTAU
  82. 82. Toneladora / Túnel - GASTAU
  83. 83. Toneladora / Túnel - GASTAU
  84. 84. Toneladora / Túnel - GASTAU
  85. 85. Toneladora / Túnel - GASTAU
  86. 86. Toneladora / Túnel - GASTAU
  87. 87. Capacidade de fornecimento de gás nacional em SP: cresce de 600 mil m3/dia para 22,2 milhões m3/dia São Carlos (SP) REPLAN Compressão Japeri (RJ) TAUBATÉ Araucária (PR) Taubaté V. Redonda (RJ) M REVAP GASTAU: 98 km, 28 pol GASTAU Capacidade de Escoamento 98 km x 28 pol de 20 milhões m³/dia Operação: 2010 TERMINAL DE M GUARAREMA Túnel 5 km SUZANO UTE Fernando RECAP Gasparian UTGCA Unidade de Merluza-Lagosta / RPBC S B CAMPO Tratamento UTE Euzébio Rocha ESBC Capacidade de Escoamento RPBC TERMINAL DE de 2,2 milhões m³/dia SÃO SEBASTIÃO Operação: 2009 Merluza Mexilhão
  88. 88. Instalações Prediais e Bases de Apoio Operacional da Bacia de Santos • Março/2006: 1º prédio alugado em Santos • Dezembro/2007: 2º prédio alugado em Santos • Agosto/2009: 3º e 4º prédios alugados em Santos • Outubro/2009: Laboratório de Geologia
  89. 89. EDISA I e EDISA II (Rua Dom Pedro II, 25 e Av. Conselheiro Nébias, 159)
  90. 90. EDISA II-A (Av. Conselheiro Nébias, 175)
  91. 91. EDISA II-B – Estações de Trabalho e Laboratório de Geologia (Rua Benedito Pinheiro, 35) Centro de Estudos Sedimentológicos e Estratigráficos Rodi Ávila Medeiros
  92. 92. Centro de Estudos Sedimentológicos e Estratigráficos Rodi Ávila Medeiros
  93. 93. Centro de Estudos Sedimentológicos e Estratigráficos Rodi Ávila Medeiros
  94. 94. Centro de Estudos Sedimentológicos e Estratigráficos Rodi Ávila Medeiros
  95. 95. Construção da Sede Própria da UN-BS Santos – SP, bairro do Valongo Terreno de 25.000 m2 adquirido em 2008 Três prédios para 2000 pessoas 1200 empregos durante a obra Conclusão do primeiro prédio: 2012
  96. 96. Bases de Apoio Operacional da UN-BS Santos, Praia Grande, Itanhaém e Cubatão / SP Caraguatatuba / SP Itajaí e Navegantes / SC
  97. 97. Desenvolvimento da Produção Polo Pré-Sal da Bacia de Santos Investimentos 2009-2013 2009-2020 US$ bilhões 18,6 98,8 Produção de Petróleo 2017 2020 milhão de barris por dia >1 1,8 18 TLDs até 2013 (TLD de Tupi já em operação) 11 FPSOs até 2016 (10 a contratar – Piloto de Tupi já em implantação)
  98. 98. 10 novos FPSOs na 1a. Fase do Desenvolvimento do Pré-Sal da Bacia de Santos 2 primeiros FPSOs a serem afretados (2013-2014) – Produção de Óleo: 120.000 bpd – Compressão de Gás: 5 MM m³/d 8 FPSOs Adicionais (2015-2016) – Construção dos cascos no Estaleiro Rio Grande – Planta de processamento em estudo: • Produção de Óleo: 150.000 bpd • Compressão de Gás: 5,5 MM m³/d • Capacidade de Injeção WAG (Water-Alternating-Gas)
  99. 99. Demanda de Longo Prazo para Embarcações Situação Futura Recursos Críticos 2009 Até 2013 2013 Até 2015 De 2016 Até 2020 Barcos de Apoio e Especiais 92 50 53 Plataformas de Produção 15 8 22 Outros (Jaqueta) 2 2 3 Navios de Grande Porte (VLCC) 44 5 0 Total 153 65 78 Navio de grande porte Barco de Apoio (VLCC) Plataforma de Produção (FPSO) Sondas de Perfuração - 40 navios sonda e plataformas de perfuração submersíveis até 2017 para operação em águas profundas e ultra-profundas. - 12 primeiras obtidas de licitação internacional, com recebimento até 2012 - Atender à necessidade de curto-prazo da Petrobras enquanto a indústria nacional se prepara para as demais encomendas - 28 construídas no Brasil e operadas por empresas brasileiras, com recebimento entre 2013 e 2017
  100. 100. Tradição Petrobras Desenvolvimento de projetos em fases 2a. Fase do Desenvolvimento do Pré-Sal  Desenvolvimento definitivo  Aumento significativo da produção 1,8 MM bopd 2008 2009 2010 2011 ... 2017 ... 2020 ... 2030
  101. 101. Desafios Tecnológicos PLANSAL - Plano de Desenvolvimento do Pré-Sal Suporte Logístico WAG-Injeção Plataformas Alternada – água - Centrais de gas (HC ou CO2) Escoamento Poços Desviados e Estocagem de CO2 em de Longo Alcance aquíferos, reservatórios (salt) depletados e cavernas Pré-Sal Garantia de Monobóias em Escoamento e Dano Desenvolvimento Águas de Formação Definitivo Ultraprofundas Sistema de Completação Caracterização de Seca (SPAR, TLP, Reservatório FPDSO, …) Armazenamento GNL Embarcado Offshore de gas em cavernas de sal Tecnologia de separação de CO2
  102. 102. Estratégia Petrobras Desenvolvimento Definitivo do Pré-sal Investir, inclusive em tempos de crise, para estar melhor posicionada no futuro, em parceria com a indústria nacional (PROMINP) – Ser uma das maiores empresas produtoras de petróleo do mundo Busca pela redução de custos em exploração e produção (E&P) para satisfazer economicamente a demanda Investimento contínuo em exploração – Aspecto crítico para o crescimento sustentável da produção
  103. 103. Produção de Petróleo – Metas e Desafios Criação da 45 ANOS (em 1998) Petrobras (1953) 55 ANOS (em 2008) Bacia de Campos Descoberta de Garoupa (1974) 27 ANOS (em 2001) Bacia de Campos Campos Gigantes Albacora (1984) 22 ANOS (em 2006) 12 ANOS Pré-Sal (Plano) Parati (2006) 16 ANOS 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 Meta: Produção de 1,0 milhão bpd Meta: Produção de 1,8 milhão bpd
  104. 104. Obrigado

×