SlideShare uma empresa Scribd logo
http://www.youtube.com/watch?v=aEFKfXiCbLw
Freedom –      Maior liberdade de escolha


Customization – Personalização levada
ao extremo: até no emprego


Scrutinity – Novas possibilidades de
perscrutação


Integrity – O envolvimento social dos
jovens é maior do que se pensava


Collaboration – É a geração da
colaboração e da partilha


Entertainment – O entretenimento como
componente de todas as áreas da sociedade


Speed – Resposta imediata. O domínio da
instantaneidade


Innovation – Vivem e participam na cultura
de inovação
Modularidade




 Processos
 rápidos de
                               Abundância
produção e
distribuição




   Múltiplos
  suportes e
                               Evolução
 espaços de
                               constante
organização e
disseminação


                Aprendizagem
                 ao longo da
                     vida
Mapa de noções de Web 2.0 desenvolvido durante uma sessão
de brainstorming durante a FOO Camp, uma conferência na
O’Reilly Media (2004)
• Interfaces ricas e fáceis de usar;
• O sucesso do aplicativo depende do maior
número de utilizadores;
• Estrutura participativa: incentiva os
utilizadores a participar nas redes de
informação, enriquecendo o sistema;
• Gratuidade da maioria dos sistemas;
• Maior facilidade de armazenamento de dados
e criação de conteúdo;
• A informação muda quase instantaneamente;
• Os sítios/softwares estão associados a
outros aplicativos tornando-os mais ricos e
produtivos e trabalhando na forma de
plataforma (união de vários aplicativos -
mashups);
• Os softwares funcionam basicamente online
ou podem utilizar sistemas offline com opção
para exportar informações de forma rápida e
fácil para a Web;
• Os sistemas deixam de ter novas versões e
passam a ser actualizados a todo o momento
(beta perpétuo).
• Criação de grandes comunidades de pessoas
interessadas num determinado assunto;
• A actualização da informação é feita
colaborativamente e torna-se mais fiável com o
aumento do número de pessoas que acede,
valida e actualiza as mesmas.
• A utilização de tags em quase todos os
aplicativos constitui um dos primeiros passos
para a criação da Web semântica e a indexação
correcta dos conteúdos disponibilizados.
Redes de
                        colaboração e
                        comunicação
                                             Estimula a
        Audiência                           aprendizagem
                                               criativa




 Aprendizagem a                                    Literacias
qualquer hora e em                              tradicionais (ler
  qualquer lugar                               escrever e contar)




                                           Novas literacias
     Aprendizagem em                           tecnológica, da
                                          informação, dos media,
          grupo
                                             da criatividade, da
                                          responsabilidade social
                       Convergência com
                        o mundo fora da
                            escola
Promovem a
                literacia da
               informação,
               da leitura e
               tecnológica


                                Fomentam o
                                 diálogo, o
Promoção de
                                 debate e a
   valores
                               construção do
                               conhecimento




              Blogues


Apoio ao E-                    Organização
 learning                      do discurso




              Aprendizagem
               colaborativa
Notícias e
                        eventos




 Plataforma de
  serviços web
                                          Formação de
  2.0: podcast,
                                           utilizadores
videocast, social
  bookmarking



                       O
                    blogue
                    na BE
       Web-
                                          Envolvimento
  bibliografias:
                                         com o utilizador:
recomendação
                                            debates,
  de recursos,
                                           concursos,
   sítios web,
                                           sugestões
filmes, livros…


                         Grupo de
                    discussão sobre
                    livros e leituras:
                       recensões e
                    críticas de livros
• Serviço que permite enviar e ler mensagens,
  conhecidas como tweets.
• Tweets são posts de mensagens de texto com até 140
  caracteres que são mostradas na página de perfil do
  autor.
• Os tweets também são distribuídos a todos os seus
  seguidores, conhecidos como followers.
• Os tweets podem ser enviados pela web (sítio do
  Twitter ou vários outros aplicativos clients, ex.
  hootsuite), software específico ( ex. tweetdeck) ou
  telemóvel (SMS ou web).
N.º de tweets
                   por dia




Jan 07 Jul 07 Jan 08 Jul 09 Jan 09 Jul 09 Jan 10
• Construir comunidades
  – Redes pessoais ou profissionais
  – Comunidades de práticas
  – Comunidades de aprendizagem
• Partilhar recursos úteis para os alunos,
  adaptados ao currículo
• Histórias colectivas
• Comunidades de leitores
• Comunicar
  – Com outros professores e pessoas que partilham
    interesse comuns
  – Com alunos e colegas da escola
Limite máximo de cada mensagem




de tweets por dia
                    tweets por segundo




      de pesquisas por dia
www.savorchat.com      www.dial2do.com           http://bit.ly




  http://paper.li     http://tweetake.com    http://todaysmeet.com




 http://twitpic.com   www.twitdoc.com        www.twitterfall.com




 www.twitvid.com      http://tweetchat.com   www.grouptweet.com




   http://twt.fm      www.hootsuite.com        http://twtpoll.com
Responsabilidade
                                       no processo de
                                       aprendizagem


          Aumenta a
                                                                       Tira partido das
        quantidade de
                                                                       experiências de
      soluções e ideias e
                                                                      aprendizagem de
       a qualidade das
                                                                           cada um
      opções realizadas




   Incentiva o                                                                 Transforma a
desenvolvimento                                                                aprendizagem
 do pensamento                                                                numa actividade
      crítico                                                                      social




                        Desenvolve
                      competências                         Aumenta a
                        sociais, de                      satisfação pelo
                       interacção e                      próprio trabalho
                      comunicação
Disponibilidade
                              permanente




  Tira partido das
                                                          Estimula a
tecnologias móveis
                                                       participação e a
    (MP3/MP4,
                                                        aprendizagem
    telemóveis,
                                                         colaborativa
   smartphones)




            Adequação às
                                               Multimédia:
              formas de
                                           estimula diferentes
             consumo de
                                               formas de
          informação pelos
                                             aprendizagem
                jovens
Uma tag é uma palavra-chave (relevante)
ou termo associado com uma informação
(ex: uma imagem, um artigo, um vídeo)
que o descreve e permite uma
classificação da informação baseada em
palavras-chave.
The act of tagging is done by the person consuming the information.
                                        VanderWal, 2005, blog entry.
http://www.diigo.com/user/biblionet
Instituir uma cultura de mudança

“It is not the strongest of the species that
survives, nor the most intelligent, but the one
most responsive to change.”
                                  Charles Darwin
• As bibliotecas vão tornar-se serviços cada vez
mais complexos;
• A rápida mudança e a inovação constante são a
regra, não a excepção;
• Os bibliotecários vão ter de gerir não apenas
colecções, mas todas as contribuições dos seus
leitores;
• Mais do que gestores da informação, os
bibliotecários irão tornar-se arquitectos da
informação.
Cultura de
       aprendizagem




Cultura de      Cultura de
avaliação       inovação
Capacidade de assumir
                               riscos, flexibilidade,
                                  autoconfiança,
                              convicção, criatividade




  Avaliar o seu
 funcionamento,                                                 Pró-actividade
controlar os seus                                            centrada no utilizador
   resultados




           Liderar projectos de
            implementação de                      Atitude de mudança e
           ferramentas da web                      melhoria constante
           social na biblioteca.
http://www.youtube.com/watch?v=lFZ0z5Fm-Ng

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fundamentos sobre tecnologia digital e e-learning
Fundamentos sobre tecnologia digital e e-learningFundamentos sobre tecnologia digital e e-learning
Fundamentos sobre tecnologia digital e e-learning
Dênia Falcão de Bittencourt
 
Leitura internacional da América Latina no Brasil 2019
Leitura internacional da América Latina no Brasil 2019Leitura internacional da América Latina no Brasil 2019
Leitura internacional da América Latina no Brasil 2019
fabiolamore
 
Coaprendizagem para coautorias com recursos, práticas e redes educacionais ab...
Coaprendizagem para coautorias com recursos, práticas e redes educacionais ab...Coaprendizagem para coautorias com recursos, práticas e redes educacionais ab...
Coaprendizagem para coautorias com recursos, práticas e redes educacionais ab...
Colearn Coaprendizagem
 
Blogar para Ensinar
Blogar para EnsinarBlogar para Ensinar
Blogar para Ensinar
Barbara Dieu
 
Artigo 2
Artigo 2Artigo 2
Artigo 2
Lucasppassos
 
2.3.4.
2.3.4. 2.3.4.
Novas tecnologias e conhecimento
Novas tecnologias e conhecimentoNovas tecnologias e conhecimento
Novas tecnologias e conhecimento
Joaquim Borgato
 
Ferramentas da web 2
Ferramentas da web 2Ferramentas da web 2
Ferramentas da web 2
alerosantos
 
Monografia | Web Marketing
Monografia | Web MarketingMonografia | Web Marketing
Monografia | Web Marketing
Patricia Melo
 
Formação de professores para docência online - Marco Silva
Formação de professores para docência online - Marco SilvaFormação de professores para docência online - Marco Silva
Formação de professores para docência online - Marco Silva
SEJUD
 
Guia da unidade_4
Guia da unidade_4Guia da unidade_4
Guia da unidade_4
Margarida Costa
 
Inovação na Educação: Educação Transmídia - CONITEC
Inovação na Educação: Educação Transmídia - CONITECInovação na Educação: Educação Transmídia - CONITEC
Inovação na Educação: Educação Transmídia - CONITEC
Affero Lab
 
Of formação_be_web20_mod2_intro
Of formação_be_web20_mod2_introOf formação_be_web20_mod2_intro
Of formação_be_web20_mod2_intro
Teresa Pombo
 
Comunicação e Novas Mídias
Comunicação e Novas MídiasComunicação e Novas Mídias
Comunicação e Novas Mídias
Brunno Ogibowski
 
Inovar é olhar pra trás: teorias e perspectivas aplicadas à Mídias Sociais
Inovar é olhar pra trás: teorias e perspectivas aplicadas à Mídias SociaisInovar é olhar pra trás: teorias e perspectivas aplicadas à Mídias Sociais
Inovar é olhar pra trás: teorias e perspectivas aplicadas à Mídias Sociais
PaperCliQ Comunicação
 
Trabalho web
Trabalho webTrabalho web
Trabalho web
celinaribeiro62
 
Literacia digital
Literacia digitalLiteracia digital
Literacia digital
Biblioteca Avelar Brotero
 
Literacia Digital e Literacia da Informação
Literacia Digital e Literacia da InformaçãoLiteracia Digital e Literacia da Informação
Literacia Digital e Literacia da Informação
Ana Loureiro
 
Recursos Educacionais Abertos: Que Futuro?
Recursos Educacionais Abertos: Que Futuro?Recursos Educacionais Abertos: Que Futuro?
Recursos Educacionais Abertos: Que Futuro?
José Mota
 
Recursos multimídia na sala de aula
Recursos multimídia na sala de aulaRecursos multimídia na sala de aula
Recursos multimídia na sala de aula
tecnologiasemsala
 

Mais procurados (20)

Fundamentos sobre tecnologia digital e e-learning
Fundamentos sobre tecnologia digital e e-learningFundamentos sobre tecnologia digital e e-learning
Fundamentos sobre tecnologia digital e e-learning
 
Leitura internacional da América Latina no Brasil 2019
Leitura internacional da América Latina no Brasil 2019Leitura internacional da América Latina no Brasil 2019
Leitura internacional da América Latina no Brasil 2019
 
Coaprendizagem para coautorias com recursos, práticas e redes educacionais ab...
Coaprendizagem para coautorias com recursos, práticas e redes educacionais ab...Coaprendizagem para coautorias com recursos, práticas e redes educacionais ab...
Coaprendizagem para coautorias com recursos, práticas e redes educacionais ab...
 
Blogar para Ensinar
Blogar para EnsinarBlogar para Ensinar
Blogar para Ensinar
 
Artigo 2
Artigo 2Artigo 2
Artigo 2
 
2.3.4.
2.3.4. 2.3.4.
2.3.4.
 
Novas tecnologias e conhecimento
Novas tecnologias e conhecimentoNovas tecnologias e conhecimento
Novas tecnologias e conhecimento
 
Ferramentas da web 2
Ferramentas da web 2Ferramentas da web 2
Ferramentas da web 2
 
Monografia | Web Marketing
Monografia | Web MarketingMonografia | Web Marketing
Monografia | Web Marketing
 
Formação de professores para docência online - Marco Silva
Formação de professores para docência online - Marco SilvaFormação de professores para docência online - Marco Silva
Formação de professores para docência online - Marco Silva
 
Guia da unidade_4
Guia da unidade_4Guia da unidade_4
Guia da unidade_4
 
Inovação na Educação: Educação Transmídia - CONITEC
Inovação na Educação: Educação Transmídia - CONITECInovação na Educação: Educação Transmídia - CONITEC
Inovação na Educação: Educação Transmídia - CONITEC
 
Of formação_be_web20_mod2_intro
Of formação_be_web20_mod2_introOf formação_be_web20_mod2_intro
Of formação_be_web20_mod2_intro
 
Comunicação e Novas Mídias
Comunicação e Novas MídiasComunicação e Novas Mídias
Comunicação e Novas Mídias
 
Inovar é olhar pra trás: teorias e perspectivas aplicadas à Mídias Sociais
Inovar é olhar pra trás: teorias e perspectivas aplicadas à Mídias SociaisInovar é olhar pra trás: teorias e perspectivas aplicadas à Mídias Sociais
Inovar é olhar pra trás: teorias e perspectivas aplicadas à Mídias Sociais
 
Trabalho web
Trabalho webTrabalho web
Trabalho web
 
Literacia digital
Literacia digitalLiteracia digital
Literacia digital
 
Literacia Digital e Literacia da Informação
Literacia Digital e Literacia da InformaçãoLiteracia Digital e Literacia da Informação
Literacia Digital e Literacia da Informação
 
Recursos Educacionais Abertos: Que Futuro?
Recursos Educacionais Abertos: Que Futuro?Recursos Educacionais Abertos: Que Futuro?
Recursos Educacionais Abertos: Que Futuro?
 
Recursos multimídia na sala de aula
Recursos multimídia na sala de aulaRecursos multimídia na sala de aula
Recursos multimídia na sala de aula
 

Semelhante a Apresentacao da tematica

O Uso de tecnolgias na sala de aula
O Uso de tecnolgias na sala de aulaO Uso de tecnolgias na sala de aula
O Uso de tecnolgias na sala de aula
Mila Gonçalves
 
Pedagogia no ensino online
Pedagogia no ensino onlinePedagogia no ensino online
Pedagogia no ensino online
José Mota
 
Importância da web 2
Importância da web 2Importância da web 2
Importância da web 2
saionaria
 
Importância da web 2
Importância da web 2Importância da web 2
Importância da web 2
saionaria
 
PowerPoint da professora Adriana Clementino
PowerPoint da professora Adriana ClementinoPowerPoint da professora Adriana Clementino
PowerPoint da professora Adriana Clementino
Renata Aquino
 
Informática Educativa Dois
Informática Educativa DoisInformática Educativa Dois
Informática Educativa Dois
Talitha21
 
Comunicar e colaborar com murais digitais
Comunicar e colaborar com murais digitaisComunicar e colaborar com murais digitais
Comunicar e colaborar com murais digitais
EB 2,3 Rainha Santa Isabel - Carreira
 
Desenho didático online
Desenho didático onlineDesenho didático online
Desenho didático online
marcoparangole
 
Tarefa 4
Tarefa 4Tarefa 4
Tarefa 4
Cida_Kuriki
 
Tarefa 4
Tarefa 4Tarefa 4
Tarefa 4
Cida_Kuriki
 
Palestra sobre aprendizagem colaborativa
Palestra sobre aprendizagem colaborativaPalestra sobre aprendizagem colaborativa
Palestra sobre aprendizagem colaborativa
Marta Amaral
 
Importância da web 2
Importância da web 2Importância da web 2
Importância da web 2
saionaria
 
Importância da web 2
Importância da web 2Importância da web 2
Importância da web 2
saionaria
 
Curso online desenho didático-méa
Curso online   desenho didático-méaCurso online   desenho didático-méa
Curso online desenho didático-méa
marcoparangole
 
Relatório final isabel morais.doc 1
Relatório final isabel morais.doc 1Relatório final isabel morais.doc 1
Relatório final isabel morais.doc 1
isamorais54
 
Apresentação final oficinas tic 2
Apresentação final oficinas tic 2Apresentação final oficinas tic 2
Apresentação final oficinas tic 2
Madalena Augusto
 
O e-Learning e a Web 2.0 como ferramentas de apoio à aprendizagem e gestão do...
O e-Learning e a Web 2.0 como ferramentas de apoio à aprendizagem e gestão do...O e-Learning e a Web 2.0 como ferramentas de apoio à aprendizagem e gestão do...
O e-Learning e a Web 2.0 como ferramentas de apoio à aprendizagem e gestão do...
Sara Petiz
 
Coisas Boas 2007
Coisas Boas 2007Coisas Boas 2007
Coisas Boas 2007
SONIA BERTOCCHI
 
G2 ana lucia tr 38 do ensinamento interativo...nova sociabilidade na educação
G2 ana lucia tr 38 do ensinamento interativo...nova sociabilidade na educaçãoG2 ana lucia tr 38 do ensinamento interativo...nova sociabilidade na educação
G2 ana lucia tr 38 do ensinamento interativo...nova sociabilidade na educação
Isabel Santos
 
G2 ana lucia tr 38 do ensinamento interativo...nova sociabilidade na educação
G2 ana lucia tr 38 do ensinamento interativo...nova sociabilidade na educaçãoG2 ana lucia tr 38 do ensinamento interativo...nova sociabilidade na educação
G2 ana lucia tr 38 do ensinamento interativo...nova sociabilidade na educação
Isabel Santos
 

Semelhante a Apresentacao da tematica (20)

O Uso de tecnolgias na sala de aula
O Uso de tecnolgias na sala de aulaO Uso de tecnolgias na sala de aula
O Uso de tecnolgias na sala de aula
 
Pedagogia no ensino online
Pedagogia no ensino onlinePedagogia no ensino online
Pedagogia no ensino online
 
Importância da web 2
Importância da web 2Importância da web 2
Importância da web 2
 
Importância da web 2
Importância da web 2Importância da web 2
Importância da web 2
 
PowerPoint da professora Adriana Clementino
PowerPoint da professora Adriana ClementinoPowerPoint da professora Adriana Clementino
PowerPoint da professora Adriana Clementino
 
Informática Educativa Dois
Informática Educativa DoisInformática Educativa Dois
Informática Educativa Dois
 
Comunicar e colaborar com murais digitais
Comunicar e colaborar com murais digitaisComunicar e colaborar com murais digitais
Comunicar e colaborar com murais digitais
 
Desenho didático online
Desenho didático onlineDesenho didático online
Desenho didático online
 
Tarefa 4
Tarefa 4Tarefa 4
Tarefa 4
 
Tarefa 4
Tarefa 4Tarefa 4
Tarefa 4
 
Palestra sobre aprendizagem colaborativa
Palestra sobre aprendizagem colaborativaPalestra sobre aprendizagem colaborativa
Palestra sobre aprendizagem colaborativa
 
Importância da web 2
Importância da web 2Importância da web 2
Importância da web 2
 
Importância da web 2
Importância da web 2Importância da web 2
Importância da web 2
 
Curso online desenho didático-méa
Curso online   desenho didático-méaCurso online   desenho didático-méa
Curso online desenho didático-méa
 
Relatório final isabel morais.doc 1
Relatório final isabel morais.doc 1Relatório final isabel morais.doc 1
Relatório final isabel morais.doc 1
 
Apresentação final oficinas tic 2
Apresentação final oficinas tic 2Apresentação final oficinas tic 2
Apresentação final oficinas tic 2
 
O e-Learning e a Web 2.0 como ferramentas de apoio à aprendizagem e gestão do...
O e-Learning e a Web 2.0 como ferramentas de apoio à aprendizagem e gestão do...O e-Learning e a Web 2.0 como ferramentas de apoio à aprendizagem e gestão do...
O e-Learning e a Web 2.0 como ferramentas de apoio à aprendizagem e gestão do...
 
Coisas Boas 2007
Coisas Boas 2007Coisas Boas 2007
Coisas Boas 2007
 
G2 ana lucia tr 38 do ensinamento interativo...nova sociabilidade na educação
G2 ana lucia tr 38 do ensinamento interativo...nova sociabilidade na educaçãoG2 ana lucia tr 38 do ensinamento interativo...nova sociabilidade na educação
G2 ana lucia tr 38 do ensinamento interativo...nova sociabilidade na educação
 
G2 ana lucia tr 38 do ensinamento interativo...nova sociabilidade na educação
G2 ana lucia tr 38 do ensinamento interativo...nova sociabilidade na educaçãoG2 ana lucia tr 38 do ensinamento interativo...nova sociabilidade na educação
G2 ana lucia tr 38 do ensinamento interativo...nova sociabilidade na educação
 

Mais de Margarida Costa

Pedagogia do olhar
Pedagogia do olharPedagogia do olhar
Pedagogia do olhar
Margarida Costa
 
Relatorio critico
Relatorio criticoRelatorio critico
Relatorio critico
Margarida Costa
 
Caderno teorico
Caderno teoricoCaderno teorico
Caderno teorico
Margarida Costa
 
Ficha enquiry based science education
Ficha enquiry based science educationFicha enquiry based science education
Ficha enquiry based science education
Margarida Costa
 
Power point sessão 1
Power point sessão 1Power point sessão 1
Power point sessão 1
Margarida Costa
 
Ficha enquiry based science education
Ficha enquiry based science educationFicha enquiry based science education
Ficha enquiry based science education
Margarida Costa
 
Ameijoas
AmeijoasAmeijoas
Ameijoas
Margarida Costa
 
Sindicacion contenidos investigacion
Sindicacion contenidos investigacionSindicacion contenidos investigacion
Sindicacion contenidos investigacion
Margarida Costa
 
Google dsi y la sindicacion de contenidos mediante rdf rss
Google dsi y la sindicacion de contenidos mediante rdf rssGoogle dsi y la sindicacion de contenidos mediante rdf rss
Google dsi y la sindicacion de contenidos mediante rdf rss
Margarida Costa
 
Guia da unidade_unidade_8-versao1.1
Guia da unidade_unidade_8-versao1.1Guia da unidade_unidade_8-versao1.1
Guia da unidade_unidade_8-versao1.1
Margarida Costa
 
Sessao 5 sintese
Sessao 5 sinteseSessao 5 sintese
Sessao 5 sintese
Margarida Costa
 
Formacao utilizadores
Formacao utilizadoresFormacao utilizadores
Formacao utilizadores
Margarida Costa
 
Sessao partilha de_conteudos_sintese
Sessao partilha de_conteudos_sinteseSessao partilha de_conteudos_sintese
Sessao partilha de_conteudos_sintese
Margarida Costa
 
Sessao 2 sintese
Sessao 2 sinteseSessao 2 sintese
Sessao 2 sintese
Margarida Costa
 
Introducao a tematica_-_o_microblogue
Introducao a tematica_-_o_microblogueIntroducao a tematica_-_o_microblogue
Introducao a tematica_-_o_microblogue
Margarida Costa
 
Tematica-o microblogue
Tematica-o microblogueTematica-o microblogue
Tematica-o microblogue
Margarida Costa
 
Introducao a tematica-o_microblogue
Introducao a tematica-o_microblogueIntroducao a tematica-o_microblogue
Introducao a tematica-o_microblogue
Margarida Costa
 
Síntese da Sessão
Síntese da SessãoSíntese da Sessão
Síntese da Sessão
Margarida Costa
 
Sessao 1 sintese
Sessao 1 sinteseSessao 1 sintese
Sessao 1 sintese
Margarida Costa
 

Mais de Margarida Costa (20)

IBSME
IBSMEIBSME
IBSME
 
Pedagogia do olhar
Pedagogia do olharPedagogia do olhar
Pedagogia do olhar
 
Relatorio critico
Relatorio criticoRelatorio critico
Relatorio critico
 
Caderno teorico
Caderno teoricoCaderno teorico
Caderno teorico
 
Ficha enquiry based science education
Ficha enquiry based science educationFicha enquiry based science education
Ficha enquiry based science education
 
Power point sessão 1
Power point sessão 1Power point sessão 1
Power point sessão 1
 
Ficha enquiry based science education
Ficha enquiry based science educationFicha enquiry based science education
Ficha enquiry based science education
 
Ameijoas
AmeijoasAmeijoas
Ameijoas
 
Sindicacion contenidos investigacion
Sindicacion contenidos investigacionSindicacion contenidos investigacion
Sindicacion contenidos investigacion
 
Google dsi y la sindicacion de contenidos mediante rdf rss
Google dsi y la sindicacion de contenidos mediante rdf rssGoogle dsi y la sindicacion de contenidos mediante rdf rss
Google dsi y la sindicacion de contenidos mediante rdf rss
 
Guia da unidade_unidade_8-versao1.1
Guia da unidade_unidade_8-versao1.1Guia da unidade_unidade_8-versao1.1
Guia da unidade_unidade_8-versao1.1
 
Sessao 5 sintese
Sessao 5 sinteseSessao 5 sintese
Sessao 5 sintese
 
Formacao utilizadores
Formacao utilizadoresFormacao utilizadores
Formacao utilizadores
 
Sessao partilha de_conteudos_sintese
Sessao partilha de_conteudos_sinteseSessao partilha de_conteudos_sintese
Sessao partilha de_conteudos_sintese
 
Sessao 2 sintese
Sessao 2 sinteseSessao 2 sintese
Sessao 2 sintese
 
Introducao a tematica_-_o_microblogue
Introducao a tematica_-_o_microblogueIntroducao a tematica_-_o_microblogue
Introducao a tematica_-_o_microblogue
 
Tematica-o microblogue
Tematica-o microblogueTematica-o microblogue
Tematica-o microblogue
 
Introducao a tematica-o_microblogue
Introducao a tematica-o_microblogueIntroducao a tematica-o_microblogue
Introducao a tematica-o_microblogue
 
Síntese da Sessão
Síntese da SessãoSíntese da Sessão
Síntese da Sessão
 
Sessao 1 sintese
Sessao 1 sinteseSessao 1 sintese
Sessao 1 sintese
 

Apresentacao da tematica

  • 1.
  • 3. Freedom – Maior liberdade de escolha Customization – Personalização levada ao extremo: até no emprego Scrutinity – Novas possibilidades de perscrutação Integrity – O envolvimento social dos jovens é maior do que se pensava Collaboration – É a geração da colaboração e da partilha Entertainment – O entretenimento como componente de todas as áreas da sociedade Speed – Resposta imediata. O domínio da instantaneidade Innovation – Vivem e participam na cultura de inovação
  • 4. Modularidade Processos rápidos de Abundância produção e distribuição Múltiplos suportes e Evolução espaços de constante organização e disseminação Aprendizagem ao longo da vida
  • 5. Mapa de noções de Web 2.0 desenvolvido durante uma sessão de brainstorming durante a FOO Camp, uma conferência na O’Reilly Media (2004)
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9. • Interfaces ricas e fáceis de usar; • O sucesso do aplicativo depende do maior número de utilizadores; • Estrutura participativa: incentiva os utilizadores a participar nas redes de informação, enriquecendo o sistema; • Gratuidade da maioria dos sistemas; • Maior facilidade de armazenamento de dados e criação de conteúdo; • A informação muda quase instantaneamente;
  • 10. • Os sítios/softwares estão associados a outros aplicativos tornando-os mais ricos e produtivos e trabalhando na forma de plataforma (união de vários aplicativos - mashups); • Os softwares funcionam basicamente online ou podem utilizar sistemas offline com opção para exportar informações de forma rápida e fácil para a Web; • Os sistemas deixam de ter novas versões e passam a ser actualizados a todo o momento (beta perpétuo).
  • 11. • Criação de grandes comunidades de pessoas interessadas num determinado assunto; • A actualização da informação é feita colaborativamente e torna-se mais fiável com o aumento do número de pessoas que acede, valida e actualiza as mesmas. • A utilização de tags em quase todos os aplicativos constitui um dos primeiros passos para a criação da Web semântica e a indexação correcta dos conteúdos disponibilizados.
  • 12. Redes de colaboração e comunicação Estimula a Audiência aprendizagem criativa Aprendizagem a Literacias qualquer hora e em tradicionais (ler qualquer lugar escrever e contar) Novas literacias Aprendizagem em tecnológica, da informação, dos media, grupo da criatividade, da responsabilidade social Convergência com o mundo fora da escola
  • 13.
  • 14.
  • 15. Promovem a literacia da informação, da leitura e tecnológica Fomentam o diálogo, o Promoção de debate e a valores construção do conhecimento Blogues Apoio ao E- Organização learning do discurso Aprendizagem colaborativa
  • 16. Notícias e eventos Plataforma de serviços web Formação de 2.0: podcast, utilizadores videocast, social bookmarking O blogue na BE Web- Envolvimento bibliografias: com o utilizador: recomendação debates, de recursos, concursos, sítios web, sugestões filmes, livros… Grupo de discussão sobre livros e leituras: recensões e críticas de livros
  • 17.
  • 18. • Serviço que permite enviar e ler mensagens, conhecidas como tweets. • Tweets são posts de mensagens de texto com até 140 caracteres que são mostradas na página de perfil do autor. • Os tweets também são distribuídos a todos os seus seguidores, conhecidos como followers. • Os tweets podem ser enviados pela web (sítio do Twitter ou vários outros aplicativos clients, ex. hootsuite), software específico ( ex. tweetdeck) ou telemóvel (SMS ou web).
  • 19. N.º de tweets por dia Jan 07 Jul 07 Jan 08 Jul 09 Jan 09 Jul 09 Jan 10
  • 20. • Construir comunidades – Redes pessoais ou profissionais – Comunidades de práticas – Comunidades de aprendizagem • Partilhar recursos úteis para os alunos, adaptados ao currículo • Histórias colectivas • Comunidades de leitores • Comunicar – Com outros professores e pessoas que partilham interesse comuns – Com alunos e colegas da escola
  • 21. Limite máximo de cada mensagem de tweets por dia tweets por segundo de pesquisas por dia
  • 22.
  • 23. www.savorchat.com www.dial2do.com http://bit.ly http://paper.li http://tweetake.com http://todaysmeet.com http://twitpic.com www.twitdoc.com www.twitterfall.com www.twitvid.com http://tweetchat.com www.grouptweet.com http://twt.fm www.hootsuite.com http://twtpoll.com
  • 24.
  • 25.
  • 26. Responsabilidade no processo de aprendizagem Aumenta a Tira partido das quantidade de experiências de soluções e ideias e aprendizagem de a qualidade das cada um opções realizadas Incentiva o Transforma a desenvolvimento aprendizagem do pensamento numa actividade crítico social Desenvolve competências Aumenta a sociais, de satisfação pelo interacção e próprio trabalho comunicação
  • 27.
  • 28. Disponibilidade permanente Tira partido das Estimula a tecnologias móveis participação e a (MP3/MP4, aprendizagem telemóveis, colaborativa smartphones) Adequação às Multimédia: formas de estimula diferentes consumo de formas de informação pelos aprendizagem jovens
  • 29.
  • 30. Uma tag é uma palavra-chave (relevante) ou termo associado com uma informação (ex: uma imagem, um artigo, um vídeo) que o descreve e permite uma classificação da informação baseada em palavras-chave.
  • 31. The act of tagging is done by the person consuming the information. VanderWal, 2005, blog entry.
  • 33.
  • 34. Instituir uma cultura de mudança “It is not the strongest of the species that survives, nor the most intelligent, but the one most responsive to change.” Charles Darwin
  • 35.
  • 36. • As bibliotecas vão tornar-se serviços cada vez mais complexos; • A rápida mudança e a inovação constante são a regra, não a excepção; • Os bibliotecários vão ter de gerir não apenas colecções, mas todas as contribuições dos seus leitores; • Mais do que gestores da informação, os bibliotecários irão tornar-se arquitectos da informação.
  • 37. Cultura de aprendizagem Cultura de Cultura de avaliação inovação
  • 38.
  • 39. Capacidade de assumir riscos, flexibilidade, autoconfiança, convicção, criatividade Avaliar o seu funcionamento, Pró-actividade controlar os seus centrada no utilizador resultados Liderar projectos de implementação de Atitude de mudança e ferramentas da web melhoria constante social na biblioteca.