Cepea leite julho 10

666 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
666
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cepea leite julho 10

  1. 1. UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA "LUIZ DE QUEIROZ" Piracicaba, 27 de julho de 2010. Captação em junho aumenta 3% com investimentos em alimentação e safra sulista Cepea, 27 – Em junho, o Índice de Captação de Leite do Cepea (ICAP-L/Cepea) aumentou 3,43% em relação ao mês anterior – este índice considera de forma ponderada as produções dos estados de RS, PR, SP, MG, GO e BA. O crescimento da oferta foi maior no Rio Grande do Sul, onde chegou a 11,07% de maio para junho, e no Paraná, de 6,49%. No Rio Grande do Sul, o aumento atual foi o maior para o período desde 2006. No primeiro semestre do ano, o ICAP-L/Cepea aponta que o volume recebido por laticínios/cooperativas dos cinco estados desta pesquisa foi 4,34% maior que o do mesmo período de 2009, mas ainda 2,4% menor que o acumulado em igual período de 2008. De acordo com agentes do setor consultados pelo Cepea, o clima nos estados do Sul entre maio e junho favoreceu o desenvolvimento de pastagens de inverno e, com isso, a produção de leite. Entretanto, a partir de meados de julho, a chegada de uma frente fria de maior intensidade aliada às chuvas limitou a produção de leite em algumas regiões, principalmente no sul do Rio Grande do Sul. Assim, espera-se que em julho o índice de captação de leite diminua em algumas partes do Sul. Em Minas Gerais também houve aumento da captação média diária de leite, de 2,14% em relação a maio. A alta pode ser justificada pelo maior investimento em concentrado, dada a valorização do leite entre abril e maio – valor recebido em junho. Já nos outros três estados que compõem este índice, o ICAP-L/Cepea recuou. Quanto ao preço pago aos produtores, houve nova redução em julho (referente à produção entregue em junho). Agora, a queda foi de 6,16%, equivalente a 4,7 centavos por litro, com a média bruta a R$ 0,7242/litro. Esse valor passa, então, a representar queda de 6,17% em relação à média nominal do mesmo período de 2009 e de 3% sobre a de julho de 2008. A média nacional do preço do leite considera os estados de RS, PR, SC, SP, MG, GO e BA. Além do aumento da produção na média dos estados, agentes consultados pelo Cepea destacam também a influência da fraqueza do mercado de leite UHT, das elevadas importações e do fraco desempenho das exportações. Neste cenário, 70% dos compradores (representantes de laticínios/cooperativas) entrevistados pelo Cepea, responsáveis por 83,6% do volume de leite amostrado na pesquisa, acreditam em novo recuo de preços para o próximo pagamento. Para 27,2% dos compradores (que respondem por 13,6% do volume da amostra), deve prevalecer a estabilidade de preços e outros 2,5% (responsáveis por 2,8% do volume) acreditam em alta de preços em agosto. Por sua vez, o mercado spot de leite cru (comercializado entre as empresas) deu sinais de desaceleração das quedas de preços em julho. No segmento de derivados, os queijos foram os únicos produtos a ter valorizações em junho. No atacado de São Paulo, o queijo mussarela teve média de R$ 10,45/kg – aumento de 1,5% em relação a maio –, e o queijo prato foi cotado à média de R$ 12,29/kg, alta de 1,9% no período. Já o preço médio CAIXA POSTAL 132 • 13400-970 • PIRACICABA - SP • BRASIL • TEL: 19 3429-8837 • FAX: 19 3429-8829
  2. 2. UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA "LUIZ DE QUEIROZ" Piracicaba, 27 de julho de 2010. do leite UHT teve novo recuo em junho, de 2,6% frente ao mês anterior, a R$ 1,59/litro. O leite pasteurizado teve média de R$ 1,28/litro, queda de 1,2% frente a maio, e o leite em pó foi cotado à média de R$ 10,06/kg, redução de 3,4%. JULHO – O produtor do Rio Grande do Sul teve a maior queda de preço em julho, de 7,52% (5,2 centavos por litro), com a média passando para R$ 0,6378/litro. No Paraná, houve recuo de 6,9% (5,3 centavos por litro), a R$ 0,7198/litro e, em Santa Catarina, a redução foi de 6,5% (5,1 centavos por litro), com média de R$ 0,7291/litro. Em Minas Gerais, o preço médio bruto caiu 7% (5,7 centavos por litro), indo para R$ 0,7550/litro. Em Goiás, o recuo foi de 6,8% (5,2 centavos por litro), passando para R$ 0,7141/litro, e em São Paulo houve desvalorização de 4,8% (ou 3,8 centavos por litro), com média de R$ 0,7524/litro. Na Bahia, os preços tiveram leve recuo de 1,4% (menos de 1 centavo por litro), a R$ 0,6829/litro. No Rio de Janeiro, o preço médio bruto foi para R$ 0,6709/litro, queda de 3,9% (2,7 centavos por litro) em relação ao pagamento de junho. Em Mato Grosso do Sul, os valores se mantiveram praticamente estáveis, com leve redução de 0,8% (0,5 centavo por litro), a R$ 0,6047/litro. Gráfico 1: ICAP-L/Cepea - Índice de Captação de Leite - JUNHO/10. (Base 100=Junho/2004) 160 153,45 151,37 151,04 150 146,38 140,45 140,46 140 136,51 135,75 133,86 131,27 133,07 134,23 130 128,47 Patamar de Junho de 2009 129,78 127,49 124,37 125,45 120 110 100 90 80 6 0 0 1 5 0 5 0 6 0 7 0 9 0 9 0 m m m m m m 4 0 n u 4 0 e n u e 6 0 n u e 7 0 n u e 8 0 n u 8 0 e n u e 0 1 n u s s s s s s 4 0 e d 5 0 e d 6 0 e d 7 0 e d 8 0 e d 9 0 e d z z z z z z 5 0 a a 7 0 a 8 0 a 9 0 a a / / t / / t / / t / / t / / t / / t / j j j j j j j / / / / / / r r r r r r / / / / / / ICAP-L/CEPEA-Esalq/USP IBGE - PTL Fonte: Cepea-Esalq/USP CAIXA POSTAL 132 • 13400-970 • PIRACICABA - SP • BRASIL • TEL: 19 3429-8837 • FAX: 19 3429-8829
  3. 3. UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA "LUIZ DE QUEIROZ" Piracicaba, 27 de julho de 2010. Tabela 1. Preços pagos pelos laticínios (brutos) e recebidos pelos produtores (líquidos) em JULHO/10 referentes ao leite entregue em JUNHO/10. Preços Pagos em JULHO/2010 Preço Bruto Preço Var% Var% referente à produção de Inclusos frete e CESSR Líquido Bruto Líquido JUNHO/2010 (ex-Funrural) UF Mesorregião Máximo Mínimo Médio Médio JUL/JUN JUL/JUN RS Noroeste 0,6960 0,5591 0,6181 0,5742 -8,39% -10,30% RS Metropolitana Porto Alegre 0,7490 0,6426 0,7088 0,6651 -9,93% -10,71% Média Estadual - RS 0,7211 0,5684 0,6378 0,5919 -7,52% -9,10% SC Oeste Catarinese 0,7911 0,6312 0,7493 0,6965 -7,07% -7,14% SC Vale do Itajaí 0,7500 0,4900 0,6519 0,6300 -2,70% -1,56% Média Estadual - SC 0,7795 0,6140 0,7291 0,6810 -6,50% -6,27% PR Centro Oriental Paranaense 0,8095 0,6336 0,7901 0,7541 -4,16% -5,46% PR Oeste Paranaense 0,7803 0,6338 0,7111 0,6647 -3,35% -3,60% PR Norte Central Paranaense 0,8535 0,5092 0,7475 0,6884 -5,33% -6,36% Média Estadual - PR 0,7815 0,6163 0,7198 0,6718 -6,89% -7,69% SP São José do Rio Preto 0,7502 0,6163 0,6849 0,6338 -6,69% -7,56% SP Macro Metropolitana Paulista 0,7869 0,7288 0,7558 0,7286 -11,10% -10,30% SP Vale do Paraíba Paulista 0,8510 0,7821 0,8141 0,7640 -0,93% -1,60% Média Estadual - SP 0,8050 0,6879 0,7524 0,7050 -4,75% -0,96% MG Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba 0,8901 0,7313 0,8226 0,7623 -7,31% -8,47% MG Sul/Sudoeste de Minas 0,8042 0,6166 0,7097 0,6810 -10,31% -11,11% MG Vale do Rio Doce 0,7876 0,6575 0,7164 0,6870 -10,85% -9,29% Média Estadual - MG 0,8234 0,6721 0,7550 0,7161 -7,04% -7,42% GO Centro Goiano 0,8069 0,7076 0,7917 0,7218 -2,67% -4,68% GO Sul Goiano 0,8178 0,4837 0,6741 0,6476 -9,09% -9,35% Média Estadual - GO 0,8141 0,5599 0,7141 0,6728 -6,77% -7,70% BA Centro Sul Baiano 0,6995 0,5734 0,6575 0,6403 2,73% 2,41% BA Sul Baiano 0,8015 0,6742 0,7626 0,7077 -4,31% -4,19% Média Estadual - BA 0,7158 0,6135 0,6829 0,6533 -1,39% -0,89% Média NACIONAL 0,7939 0,6328 0,7242 0,6811 -6,16% -6,03% Fonte: Cepea-Esalq/USP Médias estaduais das novas regiões – RJ e MS RJ Noroeste Fluminense 0,7392 0,7002 0,7205 0,6644 -4,79% -5,52% RJ Centro 0,7553 0,6929 0,7199 0,6946 6,29% 5,34% Média Estadual - RJ 0,6912 0,6502 0,6709 0,6313 -3,89% -5,39% MS Leste 0,6416 0,5725 0,6234 0,5490 -3,56% -7,11% MS Sudoeste 0,6396 0,5355 0,5896 0,5617 1,66% -0,87% Média Estadual - MS 0,6405 0,5519 0,6047 0,5560 -0,80% -3,71% Fonte: Cepea-Esalq/USP CAIXA POSTAL 132 • 13400-970 • PIRACICABA - SP • BRASIL • TEL: 19 3429-8837 • FAX: 19 3429-8829
  4. 4. UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA "LUIZ DE QUEIROZ" Piracicaba, 27 de julho de 2010. Gráfico 2: Série de preços médios pagos ao produtor - deflacionada pelo IPCA (média de RS, SC, PR, SP, MG, GO e BA) 0,94 2007 0,90 0,86 2008 0,82 2009 0,78 2010 0,74 0,70 Média 0,66 2001 a 2009 0,62 2006 R o $ r t i l / 0,58 0,54 0,50 0,46 0,42 JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ Fonte: Cepea-Esalq/USP Outras informações sobre o mercado lácteo: www.cepea.esalq.usp.br/leite e através do Laboratório de Informação do Cepea, com a pesquisadora Aline Barrozo Ferro e prof. Sergio De Zen: 19-3429-8837 / 8836 e cepea@esalq.usp.br CAIXA POSTAL 132 • 13400-970 • PIRACICABA - SP • BRASIL • TEL: 19 3429-8837 • FAX: 19 3429-8829

×