Direitos da mulher

13.509 visualizações

Publicada em

trabalho sobre os direitos das mulheres

Publicada em: Educação
2 comentários
21 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.509
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
164
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
2
Gostaram
21
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Direitos da mulher

  1. 1. Direitos da Mulher
  2. 2. ÍNDICEIntrodução……………………………………………………………………………………………… pág. 2Direitos das Mulheres ………………………………………………………………………….. pág. 3O Feminismo ……………………………………………………………………………………….. pág. 4Apoiantes Feministas ………………………………………………………………………….. pág. 5Texto de Opinião ………………………………………………………………………………… pág. 6Dia Internacional da Mulher ………………………………………………………………… pág. 7Citações ………………………………………………………………………………………………… pág.8Rosseau………………………………………………………………………………………………..... pág. 9Conclusão …………………………………………………………………………………………..... pág.10
  3. 3. Introdução Neste trabalho abordaremos o tema “Direitos da Mulher”.Mostraremos também o lado feminista por parte de alguma população pelas desigualdades existentes nos séculos passados e ainda nos dias de hoje.
  4. 4. * Direito à vida.* Direito à liberdade e à segurança pessoal.* Direito à igualdade e a estar livre de todas as formas de discriminação.* Direito à liberdade de pensamento.* Direito à informação e à educação.* Direito à privacidade.* Direito à saúde e à protecção desta.* Direito a construir relacionamento conjugal e a planejar a sua família.* Direito a decidir ter ou não ter filhos , e quando tê-los.* Direito aos benefícios do progresso científico.* Direito à liberdade de reunião e participação política* Direito a não ser submetida a torturas e maltratos.
  5. 5. O Feminismo Feminismo é o movimento social quedefende igualdade de direitos e estatutosprivilegiados entre homens e mulheres emtodos os campos. Envolve diversos movimentos, teorias efilosofias advogando pela igualdade parahomens e mulheres e a campanha pelosdireitos das mulheres e seus interesses.
  6. 6. O feminismo foi responsável por várias mudanças nas sociedades ocidentais como:* O direito ao voto (para as mulheres);* Crescimento das oportunidades de trabalho para mulheres e salários mais próximos aosdos homens, muito longe ainda de oportunidades e promoções equiparadas;* Direito ao divórcio;* Controle sobre o próprio corpo em questões de saúde, inclusive quanto ao uso depreservativos e ao aborto. Maggie Humm e Rebecca Walker foram importantes feministas para que a história do feminismo pudesse ser dividida em três “ondas”. A primeira teria ocorrido no século XIX e início do século XX, a segunda nas décadas de 1960 e 1970, e a terceira teria sido da década de 1990 até a actualidade. A teoria feminista surgiu destes movimentos femininos, e se manifesta em diversas disciplinas como a geografia feminista, a história feminista e a crítica literária feminista.
  7. 7. As mulheres de antigamente não tinham direito a expressar as suas vontades, pensamentos e desejos. Uma das coisas que Antigamente a ainda há em comum educação da mulhernos dias de hoje, e se era dada em casa, calhar até de uma ela não podia ir atéforma mais grave, é a a uma escola e só violência doméstica. aprendia a fazer asNesse aspecto muitas tarefas domésticas e das mulheres ainda tomar conta dosnão conseguiram lutar filhos. Hoje têm uma contra isso. educação livre. A mulher agora tem a possibilidade de participar na vida activa da sociedade, podendo usufruir de um status privilegiado.
  8. 8. O Dia Internacional daMulher é celebrado a 8 de Março e temcomo origem as manifestações das mulheresrussas por melhores condições de vida e trabalhoe contra a entrada do seu país na PrimeiraGuerra Mundial. Essas manifestaçõesmarcaram o início da Revolução de 1917.Entretanto a ideia de celebrar um dia damulher já havia surgido desde os primeirosanos do século XX, nos Estados Unidose na Europa, no contexto das lutas demulheres por melhores condições de vida etrabalho, bem como pelo direito de voto.
  9. 9. “As mulheres sejam submissas ao seu próprio marido, como ao SENHOR; porque o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da Igreja, sendo este mesmo o Salvador do corpo.”Muitas feministas ao lerem esta passagem da Bíblia, ou umapassagem semelhante, gostam de dizer: “A Bíblia é um livromachista.” Triste engano!Basta continuar a leitura para perceber a verdade.“Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a Igrejae a si mesmo se entregou por ela”E completando…“Assim também os maridos devem amar a sua mulher como a seupróprio corpo. Quem ama a esposa a si mesmo se ama.”
  10. 10. “Visto que se se encontra provado que o homem e a mulher não têm nem devem ter o mesmo carácter e temperamento , segue-se que não devem ter a mesma educação (…)” “(…)A mulher deve estudar o espírito do homem, não abstractamente o espírito do homem em geral, mas os espírito dos homens que a rodeiam, o espírito dos homensaos quais está submetido , quer pela força da lei, quer do costume (…)”“(…) Eles, filosofarão melhor do que ela sobre o coração humano; mas ela lerá melhor do que eles o coração dos homens. Compete assim as mulheres, por assim dizer, encontrar a moral experimental; a nós, transformá-la num sistema. […] A mulher observa, o homem raciocina.”
  11. 11. ConclusãoEste trabalho fez-nos reflectir sobre a importância da Mulher na sociedade e a sua desvalorização, embora ao longo dos anos isso esteja a melhorar. Os homens e a sociedade em geral já respeitam mais a mulher e já aceitam a sua participação activa na sociedade. A mulher hoje em dia tem um peso tão importante quanto o homem.
  12. 12. “Ainda há muito a fazer para conseguirmospertencer a uma sociedade onde as mulheres e homens vivam em igualdade e livres de preconceitos.” Sandra Ribeiro, Presidente da CITE Trabalho realizado por: Catarina João, nº 6 Joana Rocha, nº

×