M J da Mata
2016
manueldamata.blogs.sapo.pt
Sub-UNIDADE# 2.1
Sub-Tema:
São hidrocarbonetos saturados, constituidos
apenas por átomos de carbono e átomos de
hidrogénio.
CnH2n+2
PROPRIEDADES FÍSICAS DOS ALCANOS
*As propriedades físicas dos alcanos, como o ponto de fusão, ponto de
ebulição, densidade...
NOMENCLATURA DOS ALCANOS DE CADEIA NORMAL
Os alcanos nomeian-se empregando o “prefixo grego” que (indica o número de
átomo...
Regras de nomenclatura oficial estabelecidas pela União Internacional de
Química Pura e Aplicada (IUPAC) para os alcanos:
...
3 2 2 2 2 2 3
(7 átomos de carbono)----- Prefixo grego ----- “hept”
(ligação simples) ---------- Infixo ------------------...
an
Fórmula Semi-desenvolvida F. Global Nomenclatura
CH4 CH4 Metano
H3C – CH3 C2H6 Etano
H3C – CH2 – CH3 C3H8 Propano
H3C –...
Nomenclatura oficial dos alcanos com cadeia ramificada Segundo a
(I.U.P.A.C.)
Regra 1: Determinar a cadeia principal.
(A c...
3 2 2 3
Exemplo:
Nome do composto: 3etil,2,5dimetil
33
2 5
Cadeia principal
ramificações
3 Metil (2,5)
2 5 Etil (3)
1 2 3 ...
Propriedades físicas dos alcanos
*F i m
*Anolectivo2016
*manueldamata.blogs.sapo.pt
Estudo da família dos alcanos 004
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estudo da família dos alcanos 004

55 visualizações

Publicada em

características dos hidrocarbonetos saturados mais importantes que exitem

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
55
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
0
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estudo da família dos alcanos 004

  1. 1. M J da Mata 2016 manueldamata.blogs.sapo.pt Sub-UNIDADE# 2.1 Sub-Tema:
  2. 2. São hidrocarbonetos saturados, constituidos apenas por átomos de carbono e átomos de hidrogénio. CnH2n+2
  3. 3. PROPRIEDADES FÍSICAS DOS ALCANOS *As propriedades físicas dos alcanos, como o ponto de fusão, ponto de ebulição, densidade, solubilidade, entre outros, irão dependem do tipo e da intensidade das forças intermoleculares. *Geralmente quanto maior a força intermolecular, maiores serão os valores do ponto de fusão, ponto de ebulição e densidade. É a primeira classe de substâncias orgânicas, as outras famílias obtêm-se apartir desta por diferentes processos.
  4. 4. NOMENCLATURA DOS ALCANOS DE CADEIA NORMAL Os alcanos nomeian-se empregando o “prefixo grego” que (indica o número de átomos de carbono), seguindo do “infixo an” (que indica o tipo de ligação simples entre átomos de carbono) e terminado com o “sufixo O” (a classe do composto “Hidrocarboneto”) Prefixo grego Infixo “an” Sufixo “o” Exemplo: 3 2 2 2 3 Sufixo -------------- O pentano Prefixo grego ----- pent Infixo -------------------- an
  5. 5. Regras de nomenclatura oficial estabelecidas pela União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC) para os alcanos: Regra 1: Determinar a cadeia principal ou fundamental e seu nome. (cadeia principal ou fundamental é a maior seqüência de átomos de carbono); Regra 2: Escolher o prefixo grego que indica o número de átomos de carbonos na cadeia principal: 1 átomo de carbono - MET 6 átomos de carbonos - HEX 2 átomos de carbonos - ET 7 átomos de carbonos - HEPT 3 átomos de carbonos - PROP 8 átomos de carbonos - OCT 4 átomos de carbonos - BUT 9 átomos de carbonos - NON 5 átomos de carbonos - PENT 10 átomos de carbonos - DEC Regra 3: Escolher o infixo que indica o tipo de ligação entre os átomos de carbono: “ an”. Regra 4: Terminar o nome escrevendo o Sufixo que indica a classe de composto orgânico: “o”
  6. 6. 3 2 2 2 2 2 3 (7 átomos de carbono)----- Prefixo grego ----- “hept” (ligação simples) ---------- Infixo -------------------- “an” (hidrocarboneto) ---------- Sufixo -------------- “O” Exemplo: Regra 1: Determine a cadeia principal: É a cadeia linear ou normal Regra 2: prefixo que indica o número de átomos de carbono: Regra 3: Tipo de ligação: Regra 4: Classificação do composto: Nome do composto:
  7. 7. an Fórmula Semi-desenvolvida F. Global Nomenclatura CH4 CH4 Metano H3C – CH3 C2H6 Etano H3C – CH2 – CH3 C3H8 Propano H3C – CH2– CH2 – CH3 C4H10 Butano H3C – CH2 – CH2 – CH2 – CH3 C5H12 Pentano H3C – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH3 C6H14 Hexano H3C – CH2 – CH2 – CH2 – CH2– CH2 – CH3 C7H16 Heptano H3C – CH2 – CH2 – CH2 – CH2– CH2– CH2 – CH3 C8H18 Octano H3C – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH2– CH2– CH2 – CH3 C9H20 Nonano H3C – CH2 – CH 2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH2– CH2– CH2 – CH3 C10H22 Decano
  8. 8. Nomenclatura oficial dos alcanos com cadeia ramificada Segundo a (I.U.P.A.C.) Regra 1: Determinar a cadeia principal. (A cadeia principal apresenta o maior número de átomos de Carbono possível); Regra 2: Determinar as ramificação existentes na cadeia principal; (determinar o tipo, a quantidade e as posições da ramificações na cadeia do hidrocarboneto. As ramificações iguais são agrupadas e representadas por uma única palavra. Regra 3: A regra dos menores números Localizar a posição da ramificação, enumerando a cadeia principal, caso existirem duas ramificações em ambos extremos da cadeia deve-se ter em conta para a numeração duas possibilidades, da direita para a esquerda ou vice-versa, seguindo à regra dos menores números possíveis, prevalecendo como cadeia principal, portanto a soma desses números em que o resultado for menor. Regra 4: Ordem alfabética As ramificações ou substituintes devem ser escritos por ordem alfabética dos seus prefixos gregos (nomes). Assim excluem-se os prefixos multiplicativos di, tri, tetra, etc.
  9. 9. 3 2 2 3 Exemplo: Nome do composto: 3etil,2,5dimetil 33 2 5 Cadeia principal ramificações 3 Metil (2,5) 2 5 Etil (3) 1 2 3 4 5 6 7 7 6 5 4 3 2 1 No exemplo dado acima, podemos considerar duas possibilidades: Possibilidade 1: Da direita para a esquerda: 2 + 5 = 7 Possibilidade 2: Da esquerda para a direita: 3 + 6 = 9 Portanto podemos concluir que a orientação para a nomenclatura é dada através da primeira possibilidade que apresenta menor resultado. Através daí concluímos que o nome do composto de nosso exemplo é 2,5
  10. 10. Propriedades físicas dos alcanos
  11. 11. *F i m *Anolectivo2016 *manueldamata.blogs.sapo.pt

×