SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 45
Baixar para ler offline
DIVERSIDADE DE ANIMAIS




                    Ciências da Natureza
                           5º ano
Vamos recordar:

  CADERNO
     DE
 ATIVIDADES


      Onde existe vida – Ficha nº 1
DIVERSIDADE
• É grande a diversidade de animais na
  BIOSFERA.
     podemos encontrar diferenças:
        na cor, forma e dimensões;
        no revestimento do corpo;
        na forma como se deslocam;
        no regime alimentar;
        nas formas de reprodução;
        nos sons que emitem;
        nos comportamentos.
Tão diferentes…
Como é a forma do corpo dos animais?


        Cilíndrica
                     Alongada
                                achatada

                     Forma
          Achatada


                     Esférica
                                   Achatada
Sabes interpretar? Pág.26

Forma do   Esférica    Alongada   Achatada
corpo

Nome do     Ouriço-    Peixe      Estrela-do-
animal      caixeiro              mar e solha
Simetria?




                   Animais com forma
                   irregular, isto é são
Simetria           assimétricos
Animais com simetria




Simetria bilateral         Simetria radial



                     Pág.26 – Ler Sabias que…
Como é revestido o corpo dos animais?



                            Placas calcárias

                     Q
                     ui
                     ti
                     n
                     a
Funções do revestimento:
 Protege os animais dos seus predadores;
 Protege dos fatores do meio;
 Protege dos choques;
 Protege dos micróbios;
 Mantém a temperatura do corpo;
 É um órgão de respiração;
 Serve de camuflagem;
 Tem uma função importante na atração
sexual na altura da reprodução.
O revestimento dos animais está dividido em 2 grandes
                       grupos:

  Invertebrados (animais sem coluna vertebral nem
esqueleto interno) – REVESTIMENTO é a epiderme
  Vertebrados ( animais com coluna vertebral e esqueleto
interno) – REVESTIMENTO é a pele
Revestimento dos vertebrados



                         PELE
Questões de aula                  Pág.27
1. A pele é constituída por epiderme, na camada
exterior, e derme na camada interior.


2. Pele com escamas, pele com pelos, pele com penas ou
pele nua.

 3. O revestimento tem as funções de proteger os animais
 dos fatores do meio, dos choques e dos micróbios e
 também de manter a temperatura corporal, servir de
 camuflagem, respiração e atração sexual na época de
 reprodução.
Como é revestido o corpo dos animais
           vertebrados?

                              PELE
                              NUA



   Apresentam a pele sem protecção – pele nua

    A pele é coberta por um líquido gelatinoso –   o muco

    O muco mantém a pele húmida

    A pele húmida é importante para a respiração
Questões de aula                   Pág.28

1. A salamandra, o sapo e a rã têm pele nua.



 2. Os anfíbios mantêm a pele húmida porque possuem
 uma grande quantidade de glândulas que produzem um
 liquido viscoso.
Como é revestido o corpo dos animais Vertebrados?
PELE COM ESCAMAS DÉRMICAS




                          Peixes



     Têm o corpo coberto de escamas
     As escamas provêm da derme que é a camada mais
     profunda da pele
     As escamas não estão ligadas umas às outras
     Mantêm-se no corpo do animal toda a sua vida
Répteis
                                   PELE COM ESCAMAS
                                   EPIDERMICAS



• Têm o corpo coberto de escamas

• Estas escamas têm origem
 na epiderme

•   Estão ligadas umas às outras

•   Não acompanham o crescimento do animal

•   À medida que o animal cresce vão sendo substituídas – muda
Como é revestido o corpo dos animais
           vertebrados?
                  Alguns Répteis




         Alguns répteis , além de escamas
         têm:
         placas ósseas ou carapaças ósseas
Questões de aula                   Pág.29

1. Rastejar melhor no solo, deslizar melhor no ambiente
aquático e diminuir a desidratação em ambiente terrestre.

2. As escamas encontram-se orientadas da frente para
trás não oferecendo resistência à água.
Como é revestido o corpo dos animais vertebrados?
                PELE COM PELOS




Têm o corpo coberto de pêlos
Os pêlos nascem na camada mais superficial da pele – epiderme
Os pêlos mudam de cor em certas alturas do ano – camuflagem
Os pêlos mantêm a temperatura do corpo constante
Muitas vezes, os pêlos, são impermeáveis à água
SABES INTERPRETAR?                        Pág.30

1. Porco-espinho.

2.1. O javali tem pelos de cor escura, confundindo-se
com a floresta.

 2.2. O urso-polar tem pelos de cor clara, confundindo-se
 com o gelo.
Como é revestido o corpo dos animais vertebrados?

           PELE COM PENAS




                            AVES

Tem o corpo coberto de penas
As penas são isoladoras – evitam as trocas de calor entre o corpo
do animal e o meio ambiente
 As penas são impermeáveis – não deixam passar a água por
causa de uma camada de gordura
Como é revestido o corpo dos animais vertebrados?

          PELE COM PENAS




                            AVES

FUNÇÕES:
•Dão forma ao corpo das aves;
•Facilitam o voo;
•Ajudam a manter a temperatura corporal;
•Papel importante na atração sexual e
•Ajudam na camuflagem.
PENAS
        A estrutura de uma pena consiste em
        um eixo central, chamado de
        ráquis, que se encontra inserido em
        uma base chamada de cálamo. Da
        ráquis saem pequenos filamentos
        chamados de barbas, e das barbas
        saem outros filamentos ainda menores
        chamados de bárbulas. Na figura
        podemos perceber que as bárbulas
        prendem-se umas às outras através
        de ganchos. Isso mantém as penas
        organizadas e promove a proteção da
        pele e a sustentação para o voo.
SABES INTERPRETAR?                         Pág.31

1. A função das penas é facilitar o voo, manter a
temperatura corporal e dar forma ao corpo.
2. A – Cálamo
   B – Eixo
   C- Barbas.
Como é revestido o corpo dos animais
              invertebrados?




• A epiderme é protegida por uma fina camada impermeável – a cutícula

                                 Relaciona, pág.33
                             A – 3; B – 5; C – 4; D – 1; E – 3; F - 2
Como é revestido o corpo dos animais
          invertebrados?




   • Exosqueleto dos insetos: A cutícula é endurecida pela
   quitina.

 •Protege o corpo do animal da perda excessiva de água
O exosqueleto é reforçado por
sais de cálcio formando uma
carapaça.
Epiderme segrega uma estrutura
calcária - CONCHA                UNIVALVES

BIVALVES
Como é revestido o corpo dos animais
          invertebrados?

            O corpo da estrela do mar está
            coberto por placas calcárias.
            Algumas apresentam espinhos
            calcários.




            O ouriço-do-mar tem o corpo coberto por
            placas e espinhos calcários
Verifica o que aprendeste Pág.34

1.1. A solha tem forma achatada.

1.2. O ouriço-do-mar tem forma esférica.
Que outras formas estudaste?
1.3.    solha – pele com escamas dérmicas;
        mosca – Exosqueleto endurecido com quitina;
        lagostim -Exosqueleto endurecido por sais de cálcio;
        Gavião – pele com penas;
        Porco – pele com pelos;
        Tartaruga – pele com escamas epidérmicas
2. A – quitina
B- sais de cálcio;
C – predadores;
D – mudas;
E – concha;
F – univalve;
G - bivalve.

3. Proteção, respiração e atração sexual.
Diversidade de animais
Diversidade de animais
Diversidade de animais
Diversidade de animais
Diversidade de animais
Diversidade de animais
Diversidade de animais
Diversidade de animais
Diversidade de animais

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A diversidade dos seres vivos
A diversidade dos seres vivosA diversidade dos seres vivos
A diversidade dos seres vivosCarlos Duarte
 
Revestimento Dos Animais
Revestimento Dos AnimaisRevestimento Dos Animais
Revestimento Dos Animaisfrancisca
 
Variedade de formas e revestimentos
Variedade de formas e revestimentosVariedade de formas e revestimentos
Variedade de formas e revestimentosCarla Gomes
 
Diversidade nos animais
Diversidade nos animaisDiversidade nos animais
Diversidade nos animaismarcommendes
 
Revestimento
RevestimentoRevestimento
Revestimentopjlc
 
Diversidade nos animais variedade de formas e revestimento
Diversidade nos animais   variedade de formas e revestimentoDiversidade nos animais   variedade de formas e revestimento
Diversidade nos animais variedade de formas e revestimentoanacrmachado
 
Forma e revestimento do corpo dos animais
Forma e revestimento do corpo dos animaisForma e revestimento do corpo dos animais
Forma e revestimento do corpo dos animaisvera1974
 
1.1 diversidade dos animais - forma e revestimento - ficha informativa
1.1   diversidade dos animais - forma e revestimento - ficha informativa1.1   diversidade dos animais - forma e revestimento - ficha informativa
1.1 diversidade dos animais - forma e revestimento - ficha informativaHugo Esteves
 
Revestimento dos animais invertebrados
Revestimento dos animais invertebradosRevestimento dos animais invertebrados
Revestimento dos animais invertebrados00367p
 
Revestimento dos animais 5º ano
Revestimento dos animais 5º anoRevestimento dos animais 5º ano
Revestimento dos animais 5º anoIsabel Ribeiro
 
Forma Dos Animais E Simetria
Forma Dos Animais E SimetriaForma Dos Animais E Simetria
Forma Dos Animais E Simetriafernandesilvia
 
Diversidade dos animais
Diversidade dos animaisDiversidade dos animais
Diversidade dos animaisJorge Mata
 
Forma Dos Animais
Forma Dos AnimaisForma Dos Animais
Forma Dos Animaisevaaraujo
 

Mais procurados (20)

A diversidade dos seres vivos
A diversidade dos seres vivosA diversidade dos seres vivos
A diversidade dos seres vivos
 
Revestimento Dos Animais
Revestimento Dos AnimaisRevestimento Dos Animais
Revestimento Dos Animais
 
Variedade de formas e revestimentos
Variedade de formas e revestimentosVariedade de formas e revestimentos
Variedade de formas e revestimentos
 
Diversidade nos animais
Diversidade nos animaisDiversidade nos animais
Diversidade nos animais
 
Revestimento
RevestimentoRevestimento
Revestimento
 
Diversidade nos animais variedade de formas e revestimento
Diversidade nos animais   variedade de formas e revestimentoDiversidade nos animais   variedade de formas e revestimento
Diversidade nos animais variedade de formas e revestimento
 
Revestimentos 5
Revestimentos 5Revestimentos 5
Revestimentos 5
 
Forma e revestimento do corpo dos animais
Forma e revestimento do corpo dos animaisForma e revestimento do corpo dos animais
Forma e revestimento do corpo dos animais
 
Diversidade dos seres vivos animais
Diversidade dos seres vivos   animaisDiversidade dos seres vivos   animais
Diversidade dos seres vivos animais
 
1.1 diversidade dos animais - forma e revestimento - ficha informativa
1.1   diversidade dos animais - forma e revestimento - ficha informativa1.1   diversidade dos animais - forma e revestimento - ficha informativa
1.1 diversidade dos animais - forma e revestimento - ficha informativa
 
Revestimento dos animais invertebrados
Revestimento dos animais invertebradosRevestimento dos animais invertebrados
Revestimento dos animais invertebrados
 
Revestimento dos animais 5º ano
Revestimento dos animais 5º anoRevestimento dos animais 5º ano
Revestimento dos animais 5º ano
 
Forma Dos Animais E Simetria
Forma Dos Animais E SimetriaForma Dos Animais E Simetria
Forma Dos Animais E Simetria
 
Diversidade dos animais
Diversidade dos animaisDiversidade dos animais
Diversidade dos animais
 
1_Diversidade Animal
1_Diversidade Animal1_Diversidade Animal
1_Diversidade Animal
 
Diversidade de animais
Diversidade de animaisDiversidade de animais
Diversidade de animais
 
Diversidade Animal 5D
Diversidade Animal 5DDiversidade Animal 5D
Diversidade Animal 5D
 
Diversidade dos animais
Diversidade dos animaisDiversidade dos animais
Diversidade dos animais
 
Forma Dos Animais
Forma Dos AnimaisForma Dos Animais
Forma Dos Animais
 
Forma dos animais 5F
Forma dos animais 5FForma dos animais 5F
Forma dos animais 5F
 

Destaque

Ficha de Trabalho de Matemática - Novembro
Ficha de Trabalho de Matemática - NovembroFicha de Trabalho de Matemática - Novembro
Ficha de Trabalho de Matemática - NovembroMariaJoão Agualuza
 
InfluêNcia Do Meio Nos Animais
InfluêNcia Do Meio Nos AnimaisInfluêNcia Do Meio Nos Animais
InfluêNcia Do Meio Nos AnimaisTânia Reis
 
LocomoçãO No Solo
LocomoçãO No SoloLocomoçãO No Solo
LocomoçãO No SoloTânia Reis
 
Factores abióticos
Factores abióticosFactores abióticos
Factores abióticosTânia Reis
 
1.2 diversidade dos animais - locomoção - ficha informativa
1.2   diversidade dos animais - locomoção -  ficha informativa1.2   diversidade dos animais - locomoção -  ficha informativa
1.2 diversidade dos animais - locomoção - ficha informativamarcommendes
 
LocomoçãO Dos Animais
LocomoçãO Dos AnimaisLocomoçãO Dos Animais
LocomoçãO Dos Animaisilda
 
Animais revestimento,locomoção e alimentação23
Animais revestimento,locomoção e alimentação23Animais revestimento,locomoção e alimentação23
Animais revestimento,locomoção e alimentação23MINEDU
 
Factores Abióticos - Temperatura
Factores Abióticos - TemperaturaFactores Abióticos - Temperatura
Factores Abióticos - TemperaturaCatir
 

Destaque (10)

Animais ambiente vida
Animais ambiente vidaAnimais ambiente vida
Animais ambiente vida
 
Ficha de Trabalho de Matemática - Novembro
Ficha de Trabalho de Matemática - NovembroFicha de Trabalho de Matemática - Novembro
Ficha de Trabalho de Matemática - Novembro
 
InfluêNcia Do Meio Nos Animais
InfluêNcia Do Meio Nos AnimaisInfluêNcia Do Meio Nos Animais
InfluêNcia Do Meio Nos Animais
 
LocomoçãO No Solo
LocomoçãO No SoloLocomoçãO No Solo
LocomoçãO No Solo
 
Factores abióticos
Factores abióticosFactores abióticos
Factores abióticos
 
Fatores abióticos
Fatores abióticosFatores abióticos
Fatores abióticos
 
1.2 diversidade dos animais - locomoção - ficha informativa
1.2   diversidade dos animais - locomoção -  ficha informativa1.2   diversidade dos animais - locomoção -  ficha informativa
1.2 diversidade dos animais - locomoção - ficha informativa
 
LocomoçãO Dos Animais
LocomoçãO Dos AnimaisLocomoçãO Dos Animais
LocomoçãO Dos Animais
 
Animais revestimento,locomoção e alimentação23
Animais revestimento,locomoção e alimentação23Animais revestimento,locomoção e alimentação23
Animais revestimento,locomoção e alimentação23
 
Factores Abióticos - Temperatura
Factores Abióticos - TemperaturaFactores Abióticos - Temperatura
Factores Abióticos - Temperatura
 

Semelhante a Diversidade de animais

Semelhante a Diversidade de animais (20)

Powerpoint Diversidade
Powerpoint DiversidadePowerpoint Diversidade
Powerpoint Diversidade
 
3 Revestimento.pptx
3 Revestimento.pptx3 Revestimento.pptx
3 Revestimento.pptx
 
Revestimento 5ºF
Revestimento 5ºFRevestimento 5ºF
Revestimento 5ºF
 
Diversidade nos animais
Diversidade nos animaisDiversidade nos animais
Diversidade nos animais
 
01 variedade de formas e revestimentos
01 variedade de formas e revestimentos01 variedade de formas e revestimentos
01 variedade de formas e revestimentos
 
Resumo: Filo Artrópodes
Resumo: Filo ArtrópodesResumo: Filo Artrópodes
Resumo: Filo Artrópodes
 
Locomoção
LocomoçãoLocomoção
Locomoção
 
001678868.pdf
001678868.pdf001678868.pdf
001678868.pdf
 
Os seres vivos animais2
Os seres vivos  animais2Os seres vivos  animais2
Os seres vivos animais2
 
Répteis
RépteisRépteis
Répteis
 
2 diversidade dos animais
2 diversidade dos animais2 diversidade dos animais
2 diversidade dos animais
 
Porferos e celenterados_-_2011
Porferos e celenterados_-_2011Porferos e celenterados_-_2011
Porferos e celenterados_-_2011
 
Ciências da natureza animais
Ciências da natureza animaisCiências da natureza animais
Ciências da natureza animais
 
Os animais
Os animaisOs animais
Os animais
 
Revestiemento dos animais
Revestiemento dos animaisRevestiemento dos animais
Revestiemento dos animais
 
Animais vertebrados e invertebrados
Animais vertebrados e invertebradosAnimais vertebrados e invertebrados
Animais vertebrados e invertebrados
 
Filo chordata
Filo chordataFilo chordata
Filo chordata
 
Os vertebrados
Os vertebradosOs vertebrados
Os vertebrados
 
Diversidade animal
Diversidade animalDiversidade animal
Diversidade animal
 
Os grupos de seres vivos
Os grupos de seres vivosOs grupos de seres vivos
Os grupos de seres vivos
 

Mais de MariaJoão Agualuza (20)

Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
 
Locomoção dos animais - Ciências Naturais
Locomoção dos animais - Ciências NaturaisLocomoção dos animais - Ciências Naturais
Locomoção dos animais - Ciências Naturais
 
4 FormasSimetriaRevestimento
4 FormasSimetriaRevestimento4 FormasSimetriaRevestimento
4 FormasSimetriaRevestimento
 
Sistema cardiovascular
Sistema cardiovascularSistema cardiovascular
Sistema cardiovascular
 
Diversidade Animal 5D
Diversidade Animal 5DDiversidade Animal 5D
Diversidade Animal 5D
 
Animais Reprodução 5F
Animais Reprodução 5F Animais Reprodução 5F
Animais Reprodução 5F
 
Alimentacao 5F
 Alimentacao 5F Alimentacao 5F
Alimentacao 5F
 
Animal Reproducao
Animal ReproducaoAnimal Reproducao
Animal Reproducao
 
Animais
Animais Animais
Animais
 
Animais Locomoção
Animais LocomoçãoAnimais Locomoção
Animais Locomoção
 
Animais Revestimento
Animais RevestimentoAnimais Revestimento
Animais Revestimento
 
Animais Revestimento
Animais RevestimentoAnimais Revestimento
Animais Revestimento
 
Formas dos Animais
Formas dos AnimaisFormas dos Animais
Formas dos Animais
 
Grelha Animais de Portugal
Grelha Animais de Portugal Grelha Animais de Portugal
Grelha Animais de Portugal
 
Triangulo angulointerno5ano
Triangulo angulointerno5anoTriangulo angulointerno5ano
Triangulo angulointerno5ano
 
W 5 c_n5
W 5 c_n5W 5 c_n5
W 5 c_n5
 
Triangulos paralelogramos
Triangulos paralelogramosTriangulos paralelogramos
Triangulos paralelogramos
 
Gafanhoto
GafanhotoGafanhoto
Gafanhoto
 
A Vida Mágica da Sementinha
A Vida Mágica da SementinhaA Vida Mágica da Sementinha
A Vida Mágica da Sementinha
 
As aves do livro "A Vida Mágica da Sementinha"
As aves do livro "A Vida Mágica da Sementinha"As aves do livro "A Vida Mágica da Sementinha"
As aves do livro "A Vida Mágica da Sementinha"
 

Último

Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...DominiqueFaria2
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 

Último (20)

Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 

Diversidade de animais

  • 1. DIVERSIDADE DE ANIMAIS Ciências da Natureza 5º ano
  • 2. Vamos recordar: CADERNO DE ATIVIDADES Onde existe vida – Ficha nº 1
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7. DIVERSIDADE • É grande a diversidade de animais na BIOSFERA. podemos encontrar diferenças: na cor, forma e dimensões; no revestimento do corpo; na forma como se deslocam; no regime alimentar; nas formas de reprodução; nos sons que emitem; nos comportamentos.
  • 9. Como é a forma do corpo dos animais? Cilíndrica Alongada achatada Forma Achatada Esférica Achatada
  • 10. Sabes interpretar? Pág.26 Forma do Esférica Alongada Achatada corpo Nome do Ouriço- Peixe Estrela-do- animal caixeiro mar e solha
  • 11. Simetria? Animais com forma irregular, isto é são Simetria assimétricos
  • 12. Animais com simetria Simetria bilateral Simetria radial Pág.26 – Ler Sabias que…
  • 13. Como é revestido o corpo dos animais? Placas calcárias Q ui ti n a
  • 14. Funções do revestimento: Protege os animais dos seus predadores; Protege dos fatores do meio; Protege dos choques; Protege dos micróbios; Mantém a temperatura do corpo; É um órgão de respiração; Serve de camuflagem; Tem uma função importante na atração sexual na altura da reprodução.
  • 15. O revestimento dos animais está dividido em 2 grandes grupos: Invertebrados (animais sem coluna vertebral nem esqueleto interno) – REVESTIMENTO é a epiderme Vertebrados ( animais com coluna vertebral e esqueleto interno) – REVESTIMENTO é a pele
  • 17. Questões de aula Pág.27 1. A pele é constituída por epiderme, na camada exterior, e derme na camada interior. 2. Pele com escamas, pele com pelos, pele com penas ou pele nua. 3. O revestimento tem as funções de proteger os animais dos fatores do meio, dos choques e dos micróbios e também de manter a temperatura corporal, servir de camuflagem, respiração e atração sexual na época de reprodução.
  • 18. Como é revestido o corpo dos animais vertebrados? PELE NUA Apresentam a pele sem protecção – pele nua A pele é coberta por um líquido gelatinoso – o muco O muco mantém a pele húmida A pele húmida é importante para a respiração
  • 19. Questões de aula Pág.28 1. A salamandra, o sapo e a rã têm pele nua. 2. Os anfíbios mantêm a pele húmida porque possuem uma grande quantidade de glândulas que produzem um liquido viscoso.
  • 20. Como é revestido o corpo dos animais Vertebrados? PELE COM ESCAMAS DÉRMICAS Peixes Têm o corpo coberto de escamas As escamas provêm da derme que é a camada mais profunda da pele As escamas não estão ligadas umas às outras Mantêm-se no corpo do animal toda a sua vida
  • 21. Répteis PELE COM ESCAMAS EPIDERMICAS • Têm o corpo coberto de escamas • Estas escamas têm origem na epiderme • Estão ligadas umas às outras • Não acompanham o crescimento do animal • À medida que o animal cresce vão sendo substituídas – muda
  • 22. Como é revestido o corpo dos animais vertebrados? Alguns Répteis Alguns répteis , além de escamas têm: placas ósseas ou carapaças ósseas
  • 23. Questões de aula Pág.29 1. Rastejar melhor no solo, deslizar melhor no ambiente aquático e diminuir a desidratação em ambiente terrestre. 2. As escamas encontram-se orientadas da frente para trás não oferecendo resistência à água.
  • 24. Como é revestido o corpo dos animais vertebrados? PELE COM PELOS Têm o corpo coberto de pêlos Os pêlos nascem na camada mais superficial da pele – epiderme Os pêlos mudam de cor em certas alturas do ano – camuflagem Os pêlos mantêm a temperatura do corpo constante Muitas vezes, os pêlos, são impermeáveis à água
  • 25. SABES INTERPRETAR? Pág.30 1. Porco-espinho. 2.1. O javali tem pelos de cor escura, confundindo-se com a floresta. 2.2. O urso-polar tem pelos de cor clara, confundindo-se com o gelo.
  • 26. Como é revestido o corpo dos animais vertebrados? PELE COM PENAS AVES Tem o corpo coberto de penas As penas são isoladoras – evitam as trocas de calor entre o corpo do animal e o meio ambiente As penas são impermeáveis – não deixam passar a água por causa de uma camada de gordura
  • 27. Como é revestido o corpo dos animais vertebrados? PELE COM PENAS AVES FUNÇÕES: •Dão forma ao corpo das aves; •Facilitam o voo; •Ajudam a manter a temperatura corporal; •Papel importante na atração sexual e •Ajudam na camuflagem.
  • 28. PENAS A estrutura de uma pena consiste em um eixo central, chamado de ráquis, que se encontra inserido em uma base chamada de cálamo. Da ráquis saem pequenos filamentos chamados de barbas, e das barbas saem outros filamentos ainda menores chamados de bárbulas. Na figura podemos perceber que as bárbulas prendem-se umas às outras através de ganchos. Isso mantém as penas organizadas e promove a proteção da pele e a sustentação para o voo.
  • 29. SABES INTERPRETAR? Pág.31 1. A função das penas é facilitar o voo, manter a temperatura corporal e dar forma ao corpo. 2. A – Cálamo B – Eixo C- Barbas.
  • 30. Como é revestido o corpo dos animais invertebrados? • A epiderme é protegida por uma fina camada impermeável – a cutícula Relaciona, pág.33 A – 3; B – 5; C – 4; D – 1; E – 3; F - 2
  • 31. Como é revestido o corpo dos animais invertebrados? • Exosqueleto dos insetos: A cutícula é endurecida pela quitina. •Protege o corpo do animal da perda excessiva de água
  • 32. O exosqueleto é reforçado por sais de cálcio formando uma carapaça.
  • 33. Epiderme segrega uma estrutura calcária - CONCHA UNIVALVES BIVALVES
  • 34. Como é revestido o corpo dos animais invertebrados? O corpo da estrela do mar está coberto por placas calcárias. Algumas apresentam espinhos calcários. O ouriço-do-mar tem o corpo coberto por placas e espinhos calcários
  • 35. Verifica o que aprendeste Pág.34 1.1. A solha tem forma achatada. 1.2. O ouriço-do-mar tem forma esférica. Que outras formas estudaste? 1.3. solha – pele com escamas dérmicas; mosca – Exosqueleto endurecido com quitina; lagostim -Exosqueleto endurecido por sais de cálcio; Gavião – pele com penas; Porco – pele com pelos; Tartaruga – pele com escamas epidérmicas
  • 36. 2. A – quitina B- sais de cálcio; C – predadores; D – mudas; E – concha; F – univalve; G - bivalve. 3. Proteção, respiração e atração sexual.