Estudos CACD Missão Diplomática - História Mundial Aula Resumo 03 - Formação das Nações Americanas

1.066 visualizações

Publicada em

Estudos para o CACD
missaodiplomatica.blogspot.com.br

História Mundial
Formação das Nações Americanas

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.066
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
470
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
48
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estudos CACD Missão Diplomática - História Mundial Aula Resumo 03 - Formação das Nações Americanas

  1. 1. História Mundial Aula 3: Formação das Nações Americanas 02.01.2014
  2. 2. 1. Formação EUA 1.1 George Washington – primeiros anos 1.2 Thomas Jefferson – liberalismo 1.3 Doutrina Monroe – hegemonia nas Américas 1.4 Abraham Lincoln – Guerra de Secessão 1.5 Emergência da política externa americana 2. Independência das colônias hispânicas 3. Independência do Brasil 4. Limitações econômicas após independência 5. Conflitos entre as Nações Americanas Aula 03 – Formação das Nações Americanas
  3. 3. 1.1 Formação dos EUA – George Washington . George Washington (presidente de 1789 a 1796) - Federalista - preocupação inicial era consolidação da União da nova nação - busca resolver questões diplomáticas c/ países europeus que possuíam colônias com fronteiras com o território americano - política externa fundamentada na manutenção paz p/ recuperar economia - posicionamento de isolamento: - não proximidade de inimigos vizinhos - não envolvimento nos conflitos da Europa - Busca da auto-suficiência interna - Desenvolvimento de capacidade de expansão territorial . Divergências entre Federalistas e Republicanos - Federalistas achavam que Rev. Francesa não passava de anarquia - Republicanos achavam que Rev. Francesa era choque entre Monarquia e República . Novo presidente Federalista John Adams (1797 a 1801) mantém políticas de Washington Aula 03 – Formação das Nações Americanas
  4. 4. 1.2 Formação dos EUA – Thomas Jefferson . Thomas Jefferson (1801 a 1809) – Republicano - posicionamento mais liberal - direito de voto aos não proprietários - estímulo à agricultura e expansão para Oeste . James Madison (1809 a 1817) - relações com Inglaterra tornam-se insustentáveis - 2ª Guerra de Independência (1812 a 1814) - conflitos comerciais: controle marítimo - Inglaterra desejava retomar controle colônias do sul - EUA desejavam expandir para territórios do Canadá - Sentimento de nacionalismo consolida União Americana Aula 03 – Formação das Nações Americanas
  5. 5. 1.3 Formação dos EUA – Doutrina Monroe e aumento do território . James Monroe (1817 a 1825) - Reafirmação da Independência - Doutrina Monroe - política contrária a quaisquer tentativas de recolonização nas Américas - busca de liderança e influência sobre nações americanas . Aumento de território - Compra da Louisiana à Franca (1803) - Compra da Flórida à Espanha (1819) - Compra do território de Gadsden ao México (1853) - Compra do Alasca à Rússia (1867) - Guerras contra índios: pioneiros avançam sobre territórios do Texas. 1836 proclamação da República Independente do Texas que é em seguida incorporada à união - Guerra contra o México (1846 a 1848) - anexados Texas, Califórnia, Nevada, Colorado, Novo México e Arizona - Consolidada ligação do Leste com Oeste – Oceanos Atlântico ao Pacífico Aula 03 – Formação das Nações Americanas
  6. 6. 1.4.1 Formação dos EUA – Guerra de Secessão . Abraham Lincoln e a Guerra de Secessão (1861 a 1865) - Partido Republicano cresce rapidamente no Norte - aprofundamento das diferenças entre Norte (União) e Sul (Confederados) - 23 estados no Norte (22 milhões de homens livres) - 11 estados no Sul (5,5 mihões de homens livres) - Lincoln não aceita secessão e se posiciona pela preservação da União - Para que os EUA se libertassem definitivamente de toda dependência da Inglaterra, era necessário que a elite do Norte derrotasse a aristocracia do Sul - Sul defendia regime escravista contrário ao trabalho assalariado - Norte defendia políticas protecionistas e de estímulo ao desenvolvimento capitalista industrial . Analistas acreditam que a explosão industrial deveu-se à Guerra Civil Aula 03 – Formação das Nações Americanas
  7. 7. 1.4.2 Formação dos EUA – Guerra de Secessão . Fatores para crescimento industrial - Demandas e produção de Guerra - Existência de sistema financeiro organizado - Medidas favoráveis aos negócios tomadas durante à Guerra - Construção de estradas de ferro transcontinentais . Formação de empresas em grande escala - populações urbanas necessitavam de bens de consumo - agricultura, transporte e a própria indústria demandavam novas máquinas - concorrência reduziu preços, forçando concorrentes mais fracos a se retirar do mercado e favoreceu a formação de grandes grupos Aula 03 – Formação das Nações Americanas
  8. 8. 1.5.1 Formação dos EUA – política externa . Emergência dos EUA na política mundial . Principais temas 1) Simpatia por instituições Republicanas e Constitucionais 2) Doutrina Monroe: interesse por hegemonia sobre hemisfério ocidental (Américas) 3) Relacionamento ambivalente com Inglaterra 4) Desejo de expansão do comércio exterior 5) Desejo de expansão da influência militar – especialmente no extremo oriente, costa pacífico . Tentativa de criação de organização multilateral dos Estados das Américas (1880) - desejo de ampliação de influência sobre países da região - desejo de exclusão dos países europeus no controle do comércio na região Aula 03 – Formação das Nações Americanas
  9. 9. 1.5.2 Formação dos EUA – política externa . I Conferência Internacional dos Estados Americanos (Washington 1889) - proposta de União aduaneira e Arbitragem obrigatória não aceitos pelos países participantes - Criação da união Internacional das Repúblicas Americanas (1890) . Guerra Hispano-americana (1898) - EUA fez com que Espanha se retirasse de Cuba - Espanha cede Porto Rico e Filipinas - Havaí e Samoa também são anexadas . Theodore Roosevelt (1901 a 1909) – discussões sobre controle do canal do Panamá . Início da fase intervencionista da política externa americana Aula 03 – Formação das Nações Americanas
  10. 10. 2.1 Independência das colônias Ibero-Americanas . Influência da Independência dos EUA e da Rev. Francesa . Apoio da Espanha à França contra Inglaterra impediu Espanha de enviar tropas para controlar rebeliões na América . Espanha continua em guerra agora contra Napoleão e não consegue reagir aos movimentos separatistas na América . 1ª guerra de Independência (1810 a 1816) - Resistência das minorias espanholas locais - Divergências de interesses entre os líderes criollos - Inglaterra e EUA em guerra (1812 a 1814) e não tomam partido nos conflitos na região . 2ª guerra de independência (1817 a 1825) - Inglaterra e EUA voltam suas atenções para os conflitos na região - Espanha luta internamente contra revolução liberal em Cádiz (1820 a 1823) - Inglaterra veta interferência da Santa Aliança e envio de tropas espanholas Aula 03 – Formação das Nações Americanas
  11. 11. 2.2 Independência das colônias Ibero-Americanas . México - independência de Nova Granada (1811) - Constituição de Monarquia Constitucional Independente (1821) – Agustín Iturbide proclama-se Imperador - Agustin abdica em 1823 e é morto em 1824 - Constituição República dos Estados Unidos do México em 1824 . Atuação de Simón Bolívar na Colômbia, Venezuela e Equador . Atuação de José Sucre (auxiliar de Bolívar) no Equador e na Bolívia . Atuação de San Martin no Chile e no Peru Aula 03 – Formação das Nações Americanas
  12. 12. 2.3 Independência das colônias Ibero-Americanas . Vice-Reinado do Prata - Região onde se encontram hoje Argentina, Uruguai, Paraguai e Bolívia . Argentina - junta Provincial (1810) - Manuel Belgrano favorável à Monarquia Liberal ligada à Espanha - Mariano Moreno favorável à República - Ascensão de San Martin - Independência e instauração da República das Províncias Unidas sob direção do general Juan Martin Pueyrredón (1816) . Paraguai - Junta governativa (1811) - José Gaspar Francia (1813 a 1839) – ditador da República do Paraguai (política isolacionista) . Uruguai - sob domínio da Espanha até 1817 quando foi anexado ao Brasil - com Independência do Brasil, iniciaram guerras para independência do Uruguai - Uruguai se separa do Brasil mas é incorporado à República das Províncias Unidas – o que levou à guerra entre Brasil e Argentina - Terminada guerra Cisplatina, Uruguai se separa definitivamente e é constituída República oriental do Uruguai com apoio do Brasil e da Inglaterra – que tinham interesses na navegação na região Aula 03 – Formação das Nações Americanas
  13. 13. 3. Independência do Brasil . Independência do Brasil tomou rumo diferente das revoluções da América espanhola devido à vinda da corte portuguesa para o Brasil em 1808 . Pressões da elite local após retorno de D.João à Portugal . Independência de Portugal e consolidação do Império com D. Pedro I . Subordinação comercial à Inglaterra – tratado de livre comércio . Grandes proprietários mantiveram privilégios e poder – principalmente com o regime escravista Aula 03 – Formação das Nações Americanas
  14. 14. 4. Limitações econômicas após Independência . Autonomia política mas manutenção dos laços econômicos e ideológicos do período colonial . Diferentemente da Europa, na América Latina não foi consolidada uma nova classe burguesa no poder, nem incentivado processo de industrialização . Interesses do capitalismo industrial internacional levaram a: - maior desigualdade social - crescimento não sustentado - dependência de capital internacional - enfraquecimento da classe média - não formação de mercado interno - concentração de poder nas elites dominantes (Caudilhos, Criollos) Aula 03 – Formação das Nações Americanas
  15. 15. 5.1 Conflitos entre países americanos . O não sucesso de idéias pan-americanas deveu-se aos seguintes fatores: - falta de relacionamentos e contatos comerciais entre as novas nações - rivalidades territoriais geradas nos processos de formação dos Estados - conflitos internos entre governos e caudilhos/líderes regionais - interesses e intervenções das potências européias, dos EUA e do Brasil . Guerras internas na Grã-Colômbia (1830) levam à separação de Venezuela e do Equador . Peru invade Bolívia (1827/1828) formando Confederação Peru-Bolívia - Argentina e Chile lutam para dissolver Confederação devido aos interesses próprios na região . Inglaterra invade Malvinas em 1833 Aula 03 – Formação das Nações Americanas
  16. 16. 5.2 Conflitos entre países americanos . Guerra Cisplatina (1825 a 1828) - Província Cisplatina luta pela independência do Brasil - Apoio das Províncias do Prata (Argentina) - Independência e formação do Uruguai . Guerra do Prata (1851 a 1852) - Juan Manuel de Rosas tenta reunificar o antigo Vice-Reino do Prata e tenta conquistar Bolívia, Uruguai e Paraguai - Brasil luta contra Rosas para defender avanço da Argentina - Vitória brasileira manteve independência do Paraguai e Uruguai, além de consolidar hegemonia do Brasil na região e na América do Sul como potência regional . Guerra do Uruguai (1864 a 1865) - Instabilidades políticas no Uruguai, clima de tensão na fronteira com o Brasil, invasões ao território brasileiro - Presidente Atanásio Aguirre do Uruguai não negocia acordo diplomático e o Brasil invade Uruguai - Aguirre é deposto e Brasil mais uma vez consolida posição na região Platina . Guerra do Paraguai (1865 a 1870) - Presidente do Paraguai Solano Lopez temendo avanço imperialista do Brasil e da Argentina, ataca o Brasil - tríplice aliança Brasil, Argentina e Uruguai derrotam o regime de Solano López - Brasil e Argentina lutam pela divisão das terras conquistadas após vitória sobre Paraguai - Brasil sai vitorioso mas contrai grande dívida em decorrência dos gastos com a guerra - Argentina sai fortalecida da guerra e se aproxima da Inglaterra – grande avanço argentino no final do século XIX que se torna 8ª maior economia mundial Aula 03 – Formação das Nações Americanas
  17. 17. 5.3 Conflitos entre países americanos . 1ª Guerra do Pacífico - Espanha luta contra Peru e Chile (1866 a 1868) . 2ª Guerra do Pacífico (guerra do Salitre) - 1879 - Bolívia perde territórios e saída para o oceano Pacífico para o Chile - Peru perde parte de seu litoral para o Chile . Argentina e Uruguai se destacam como Estados prósperos, mais desenvolvidos e integrados ao capitalismo mundial que os demais países latino-americanos Aula 03 – Formação das Nações Americanas
  18. 18. missaodiplomatica.blogspot.com.br

×