A avaliação da aprendizagem comoum princípio no desenvolvimento da              autoria
A avaliação é uma etapaessencial para que ocorra    a aprendizagem. Avaliar é investigar se oaluno conseguiu construir seu...
Hoffman fala sobre a importância deobservarmos a individualidade de cada alunopara que possamos avaliá-lo e desafia-loleva...
As atividadesavaliativas formativas:auxiliam o professor a    acompanhar o   desenvolvimento  individualizado do    aluno,...
A essência da concepção formativa estáno envolvimento do professor com osalunos e na tomada de consciênciaacerca do seu co...
Dessa forma, tanto Piaget quantoVygotsky fundamentam o papelinsubstituível   do    educador    naconstrução      do      c...
Para Vygotsky essa mediação também develevar em conta os recursos utilizados peloprofessor para mediar e desafiar o aluno ...
Para acompanhar o ritmo alucinado de uma escola, demuitas horas de trabalho com crianças e adolescentes, écerto que não ba...
É importante valorizarmos    a aprendizagem      cooperativa. Quando fazemos a troca      de experiências      percebemos ...
Luckesi fala sobre a importância de buscar o conhecimento  visto que sem ele não podemos chegar a lugar algum. Nessa linha...
O ato de avaliar é utilizado há muito tempo naescola, no entanto, é preciso compreender que o objetivo e função deste ato ...
Luckesi, Cipriano Carlos. Avaliação da    aprendizagem componente do atopedagógico. 1 ed. São Paulo: Cortez, 2011.Hoffmann...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM

845 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
845
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM

  1. 1. A avaliação da aprendizagem comoum princípio no desenvolvimento da autoria
  2. 2. A avaliação é uma etapaessencial para que ocorra a aprendizagem. Avaliar é investigar se oaluno conseguiu construir seu conhecimento, para planejar os próximos passos.
  3. 3. Hoffman fala sobre a importância deobservarmos a individualidade de cada alunopara que possamos avaliá-lo e desafia-lolevando em conta seus conhecimentosadquiridos e suas dificuldades. Mas, o aluno precisa entender por que?, como? e para que? é avaliado.
  4. 4. As atividadesavaliativas formativas:auxiliam o professor a acompanhar o desenvolvimento individualizado do aluno, e fazer intervenções.
  5. 5. A essência da concepção formativa estáno envolvimento do professor com osalunos e na tomada de consciênciaacerca do seu comprometimento comoprogresso deles em termos deaprendizagens - na importância enatureza da intervenção pedagógica.(Hoffman Jussara, p. 20, 2005)
  6. 6. Dessa forma, tanto Piaget quantoVygotsky fundamentam o papelinsubstituível do educador naconstrução do conhecimento,defendendo a importância da interaçãoadulto/criança e criança/criança comodesencadeadora dos processos deaprendizagem e de desenvolvimento.(Hoffman Jussara, p. 23, 2005)
  7. 7. Para Vygotsky essa mediação também develevar em conta os recursos utilizados peloprofessor para mediar e desafiar o aluno paraque possa se tornar cada vez mais autônomo econstruir seu conhecimento. As tecnologias, por exemplo, são recursos que podem mediar o aluno na construção do seu conhecimento e autonomia, pois proporciona diferentes ferramentas que o levam a pensar, pesquisar, produzir e encontrar soluções.
  8. 8. Para acompanhar o ritmo alucinado de uma escola, demuitas horas de trabalho com crianças e adolescentes, écerto que não basta ser consciente do caráter mediador einterativo da avaliação. Penso que temos de admitir quenão sabemos e tentar descobrir como fazer. (HoffmanJussara, p. 26, 2005)
  9. 9. É importante valorizarmos a aprendizagem cooperativa. Quando fazemos a troca de experiências percebemos que podemos fazer adaptações em nossa prática que trarão melhores resultados efacilidades para nosso dia a dia.
  10. 10. Luckesi fala sobre a importância de buscar o conhecimento visto que sem ele não podemos chegar a lugar algum. Nessa linha, vale lembrar que “a ignorância é uma prisão e o conhecimento em si uma libertação”. De fato, é assim. O conhecimento não é tudo, mas sem ele não damos um passo à frente, por não termos a luz que ilumina o caminho. (Luckesi, Cipriano Carlos, p. 170, 2011)
  11. 11. O ato de avaliar é utilizado há muito tempo naescola, no entanto, é preciso compreender que o objetivo e função deste ato vêm mudando ese modernizando por isso o professor precisa se atualizar para que possa melhorar aqualidade de sua prática e a aprendizagem do seu aluno.
  12. 12. Luckesi, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem componente do atopedagógico. 1 ed. São Paulo: Cortez, 2011.Hoffmann, Jussara. O jogo do contrário emavaliação. Porto Alegre: Mediação, 2005.

×