SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
Como o ENEM explora as novas
Tecnologias da Informação nas
provas?
Miquéias Vitorino
Linguagem e tecnologia
Os gêneros digitais
 São os gêneros que circulam no meio
cibernético e que tem uma ampla
função sociocomunicativa.
 Os gêneros digitais estão
estreitamente relacionados às redes
sociais.
 São gêneros digitais: postagem (de
blog e de facebook), e-
mail, tuitada, e-forum, e-
notícia, verbete
digital, script, chat, flog/fotolog,
check-in etc.)
As redes sociais e os suportes
de texto
 Twitter: Microblog, 140
caracteres, notícias e
opinião, agilidade da informação.
 Facebook: rede social de
relacionamentos, mídias digitais
(som, vídeo, fotos) etc.
 Youtube: rede social de vídeos.
 Principais características: tempo
real, linguagem desprovida de
cuidado gramatical,uso da linguagem
não-verbal.
Hipertexto
 Texto que se conecta a outros texto
por “linking”.
 Textos de jornalismo digital possuem
links para textos relacionados.
 Não há linearidade ou sequência
correta para a leitura dos textos –
leitor é livre para ler na sequência
que quiser.
TIC
 Sigla de Tecnologia da Informação e
Comunicação
 Está relacionado a todos os recursos
online que informam e possibilitam a
comunicação em tempo real.
Internetês
Linguagem de programação
 A linguagem usada na internet pelos
usuários comuns para a comunicação
do dia a dia é conhecida como
internetês, caracterizado pelas
abreviações, mudanças ortográficas e
sinais gráficos de carinhas.
 A linguagem usada para programar e
fazer as páginas de internet e
softwares de computador é a
linguagem de programação. São
diversos tipos de linguagem.
Questões do Enem
Questões do Enem
Questões do Enem
Questões do ENEM
Questões do ENEM
Questões do Enem
Questões do Enem
Questões do Enem
Procure saber mais sobre os
gêneros digitais, as redes
sociais
Bons estudos.
</b><BR>
<BR>

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Enem competências para a redação
Enem   competências para a redaçãoEnem   competências para a redação
Enem competências para a redaçãoElaine Maia
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerenciasilnog
 
AULA 02 - FATORES DE TEXTUALIDADE - PRONTO
AULA 02 -  FATORES DE TEXTUALIDADE  - PRONTOAULA 02 -  FATORES DE TEXTUALIDADE  - PRONTO
AULA 02 - FATORES DE TEXTUALIDADE - PRONTOMarcelo Cordeiro Souza
 
Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto Cláudia Heloísa
 
Compreensão e Interpretação de Textos
Compreensão e Interpretação de Textos Compreensão e Interpretação de Textos
Compreensão e Interpretação de Textos Professor Rômulo Viana
 
Coerência e coesão textual
Coerência e coesão textualCoerência e coesão textual
Coerência e coesão textualISJ
 
Texto Verbal e Não-Verbal
Texto Verbal e Não-VerbalTexto Verbal e Não-Verbal
Texto Verbal e Não-VerbalDenise
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância NominalAngela Santos
 
Redação enem
Redação enemRedação enem
Redação enemJosi Motta
 
Passos para uma boa redação
Passos para uma boa redaçãoPassos para uma boa redação
Passos para uma boa redaçãoSinara Lustosa
 
ColocaçãO Pronominal
ColocaçãO PronominalColocaçãO Pronominal
ColocaçãO Pronominalguest0cbfe
 
Estrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavrasEstrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavrasKeu Oliveira
 
Oficina de texto jornalístico
Oficina de texto jornalísticoOficina de texto jornalístico
Oficina de texto jornalísticoFausto Coimbra
 

Mais procurados (20)

Enem competências para a redação
Enem   competências para a redaçãoEnem   competências para a redação
Enem competências para a redação
 
Editorial
EditorialEditorial
Editorial
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
 
AULA 02 - FATORES DE TEXTUALIDADE - PRONTO
AULA 02 -  FATORES DE TEXTUALIDADE  - PRONTOAULA 02 -  FATORES DE TEXTUALIDADE  - PRONTO
AULA 02 - FATORES DE TEXTUALIDADE - PRONTO
 
Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto
 
Compreensão e Interpretação de Textos
Compreensão e Interpretação de Textos Compreensão e Interpretação de Textos
Compreensão e Interpretação de Textos
 
Coerência e coesão textual
Coerência e coesão textualCoerência e coesão textual
Coerência e coesão textual
 
Generos textuais
Generos textuaisGeneros textuais
Generos textuais
 
Elementos da comunicação
Elementos da comunicaçãoElementos da comunicação
Elementos da comunicação
 
LINGUAGEM CULTA X COLOQUIAL
LINGUAGEM CULTA X COLOQUIALLINGUAGEM CULTA X COLOQUIAL
LINGUAGEM CULTA X COLOQUIAL
 
Texto Verbal e Não-Verbal
Texto Verbal e Não-VerbalTexto Verbal e Não-Verbal
Texto Verbal e Não-Verbal
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
 
Redação enem
Redação enemRedação enem
Redação enem
 
Flexão do Substantivo
Flexão do SubstantivoFlexão do Substantivo
Flexão do Substantivo
 
Estrutura do-artigo-de-opinião
Estrutura do-artigo-de-opiniãoEstrutura do-artigo-de-opinião
Estrutura do-artigo-de-opinião
 
Passos para uma boa redação
Passos para uma boa redaçãoPassos para uma boa redação
Passos para uma boa redação
 
ColocaçãO Pronominal
ColocaçãO PronominalColocaçãO Pronominal
ColocaçãO Pronominal
 
Estrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavrasEstrutura e formação das palavras
Estrutura e formação das palavras
 
Oficina de texto jornalístico
Oficina de texto jornalísticoOficina de texto jornalístico
Oficina de texto jornalístico
 

Destaque

Gêneros Digitais. A importância do seu uso no contexto escolar.
Gêneros Digitais. A importância  do seu uso no contexto escolar.Gêneros Digitais. A importância  do seu uso no contexto escolar.
Gêneros Digitais. A importância do seu uso no contexto escolar.Seduc MT
 
Tecnologia Educacional Reelaborando Conceitos
Tecnologia Educacional Reelaborando ConceitosTecnologia Educacional Reelaborando Conceitos
Tecnologia Educacional Reelaborando ConceitosJuliene Silva Vasconcelos
 
UMA NOVA LINGUAGEM, UM NOVO FORMATO: WEBTV UNIVERSITÁRIA, DA IDEOLOGIA AOS MO...
UMA NOVA LINGUAGEM, UM NOVO FORMATO: WEBTV UNIVERSITÁRIA, DA IDEOLOGIA AOS MO...UMA NOVA LINGUAGEM, UM NOVO FORMATO: WEBTV UNIVERSITÁRIA, DA IDEOLOGIA AOS MO...
UMA NOVA LINGUAGEM, UM NOVO FORMATO: WEBTV UNIVERSITÁRIA, DA IDEOLOGIA AOS MO...Pra Seguir em Frente 13
 
Debate sobre Educação e Tecnologia
Debate sobre Educação e TecnologiaDebate sobre Educação e Tecnologia
Debate sobre Educação e TecnologiaKatia Tavares
 
Hipertexto e generos digitais[1]. novas formas de construção de sentido
Hipertexto e generos digitais[1]. novas formas de construção de sentidoHipertexto e generos digitais[1]. novas formas de construção de sentido
Hipertexto e generos digitais[1]. novas formas de construção de sentidoJoão Araujo
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digitalruasbruna
 
Generos e tipos textuais ppt
Generos e tipos textuais pptGeneros e tipos textuais ppt
Generos e tipos textuais pptpnaicdertsis
 
Carajás canaãn-2012)
Carajás canaãn-2012)Carajás canaãn-2012)
Carajás canaãn-2012)FALE - UFMG
 
Fundamentos da Linguagem Digital - Módulo 01
Fundamentos da Linguagem Digital - Módulo 01Fundamentos da Linguagem Digital - Módulo 01
Fundamentos da Linguagem Digital - Módulo 01midiasdigitais
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem DigitalLuúh Reis
 
Hipertexto e generos digitais
Hipertexto e generos digitaisHipertexto e generos digitais
Hipertexto e generos digitaisPatricia Barroso
 
Gêneros textuais
Gêneros textuaisGêneros textuais
Gêneros textuaisFabio Melo
 
Linguagem virtual e linguagem padrão
Linguagem virtual e linguagem padrãoLinguagem virtual e linguagem padrão
Linguagem virtual e linguagem padrãoFabiola Oliveira
 

Destaque (20)

Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digital
 
Gêneros Digitais. A importância do seu uso no contexto escolar.
Gêneros Digitais. A importância  do seu uso no contexto escolar.Gêneros Digitais. A importância  do seu uso no contexto escolar.
Gêneros Digitais. A importância do seu uso no contexto escolar.
 
Introdução a Tecnologias Web
Introdução a Tecnologias WebIntrodução a Tecnologias Web
Introdução a Tecnologias Web
 
Tecnologia Educacional Reelaborando Conceitos
Tecnologia Educacional Reelaborando ConceitosTecnologia Educacional Reelaborando Conceitos
Tecnologia Educacional Reelaborando Conceitos
 
UMA NOVA LINGUAGEM, UM NOVO FORMATO: WEBTV UNIVERSITÁRIA, DA IDEOLOGIA AOS MO...
UMA NOVA LINGUAGEM, UM NOVO FORMATO: WEBTV UNIVERSITÁRIA, DA IDEOLOGIA AOS MO...UMA NOVA LINGUAGEM, UM NOVO FORMATO: WEBTV UNIVERSITÁRIA, DA IDEOLOGIA AOS MO...
UMA NOVA LINGUAGEM, UM NOVO FORMATO: WEBTV UNIVERSITÁRIA, DA IDEOLOGIA AOS MO...
 
Debate sobre Educação e Tecnologia
Debate sobre Educação e TecnologiaDebate sobre Educação e Tecnologia
Debate sobre Educação e Tecnologia
 
Hipertexto e generos digitais[1]. novas formas de construção de sentido
Hipertexto e generos digitais[1]. novas formas de construção de sentidoHipertexto e generos digitais[1]. novas formas de construção de sentido
Hipertexto e generos digitais[1]. novas formas de construção de sentido
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digital
 
Generos e tipos textuais ppt
Generos e tipos textuais pptGeneros e tipos textuais ppt
Generos e tipos textuais ppt
 
Carajás canaãn-2012)
Carajás canaãn-2012)Carajás canaãn-2012)
Carajás canaãn-2012)
 
Linguagens digitais
Linguagens digitaisLinguagens digitais
Linguagens digitais
 
Fundamentos da Linguagem Digital - Módulo 01
Fundamentos da Linguagem Digital - Módulo 01Fundamentos da Linguagem Digital - Módulo 01
Fundamentos da Linguagem Digital - Módulo 01
 
Reflexões pnep
Reflexões pnepReflexões pnep
Reflexões pnep
 
Linguagem Digital
Linguagem DigitalLinguagem Digital
Linguagem Digital
 
Planejamento: gêneros digitais
Planejamento: gêneros digitaisPlanejamento: gêneros digitais
Planejamento: gêneros digitais
 
Hipertexto e generos digitais
Hipertexto e generos digitaisHipertexto e generos digitais
Hipertexto e generos digitais
 
Gêneros textuais
Gêneros textuaisGêneros textuais
Gêneros textuais
 
Linha do tempo das aeronaves
Linha do tempo das aeronavesLinha do tempo das aeronaves
Linha do tempo das aeronaves
 
Linguagem virtual e linguagem padrão
Linguagem virtual e linguagem padrãoLinguagem virtual e linguagem padrão
Linguagem virtual e linguagem padrão
 
Projetos interdisciplinares
Projetos interdisciplinaresProjetos interdisciplinares
Projetos interdisciplinares
 

Semelhante a Linguagem e tecnologia

Uma introdução a utilização das TIC's na Educação
Uma introdução a utilização das TIC's na EducaçãoUma introdução a utilização das TIC's na Educação
Uma introdução a utilização das TIC's na EducaçãoMarcio Oliverio
 
AULA 3 - JORNALISMO NA INTERNET E FASES DO JORNALISMO
AULA 3 - JORNALISMO NA INTERNET E FASES DO JORNALISMOAULA 3 - JORNALISMO NA INTERNET E FASES DO JORNALISMO
AULA 3 - JORNALISMO NA INTERNET E FASES DO JORNALISMOaulasdejornalismo
 
Trabalho twiter final grupo26-2
Trabalho twiter final grupo26-2Trabalho twiter final grupo26-2
Trabalho twiter final grupo26-2Maria Flores
 
Introdução à Educação Digital
Introdução à Educação DigitalIntrodução à Educação Digital
Introdução à Educação Digitalcardosogago
 
Curso introdução à educação digital
Curso introdução à educação digitalCurso introdução à educação digital
Curso introdução à educação digitalmarialopes120
 
Curso introdução à educação digital
Curso introdução à educação digitalCurso introdução à educação digital
Curso introdução à educação digitalmarialopes120
 
Cibercultura em tempos de mobilidade e Redes Sociais
Cibercultura em tempos de mobilidade e Redes SociaisCibercultura em tempos de mobilidade e Redes Sociais
Cibercultura em tempos de mobilidade e Redes SociaisRosemary Santos
 
Encontro de Assessores de Imprensa
Encontro de Assessores de ImprensaEncontro de Assessores de Imprensa
Encontro de Assessores de ImprensaL T
 
Uso consciente das redes sociais
Uso consciente das redes sociaisUso consciente das redes sociais
Uso consciente das redes sociaisRaphael Araujo
 
OFICINA DE TWITTER AREALVA 17.11.2011
OFICINA DE TWITTER AREALVA 17.11.2011OFICINA DE TWITTER AREALVA 17.11.2011
OFICINA DE TWITTER AREALVA 17.11.2011Jose Luiz Goldfarb
 
Ai ad aula 1
Ai ad aula 1Ai ad aula 1
Ai ad aula 1aiadufmg
 
Mídias e tecnologias.pptx
Mídias e tecnologias.pptxMídias e tecnologias.pptx
Mídias e tecnologias.pptxeron7
 
Palestra Sobre Segurança em Redes Sociais - A Privacidade Online em Foco
Palestra Sobre Segurança em Redes Sociais - A Privacidade Online em FocoPalestra Sobre Segurança em Redes Sociais - A Privacidade Online em Foco
Palestra Sobre Segurança em Redes Sociais - A Privacidade Online em FocoDeivison Pinheiro Franco.·.
 
as tecnologias digitais de informação e comunicação
  as tecnologias digitais de informação e comunicação  as tecnologias digitais de informação e comunicação
as tecnologias digitais de informação e comunicaçãonayanepedagoga
 
Beneficio de-educacao-continuada-palestra-tecnologia-educacional
Beneficio de-educacao-continuada-palestra-tecnologia-educacionalBeneficio de-educacao-continuada-palestra-tecnologia-educacional
Beneficio de-educacao-continuada-palestra-tecnologia-educacionalappairj
 
C:\Fakepath\Tic Pre Escolar 1 Ceb 2010 2 Fiaes
C:\Fakepath\Tic Pre Escolar 1 Ceb 2010 2 FiaesC:\Fakepath\Tic Pre Escolar 1 Ceb 2010 2 Fiaes
C:\Fakepath\Tic Pre Escolar 1 Ceb 2010 2 FiaesParrinho
 
C:\Documents And Settings\Utilizador\Ambiente De Trabalho\Tic Pre Escolar 1 C...
C:\Documents And Settings\Utilizador\Ambiente De Trabalho\Tic Pre Escolar 1 C...C:\Documents And Settings\Utilizador\Ambiente De Trabalho\Tic Pre Escolar 1 C...
C:\Documents And Settings\Utilizador\Ambiente De Trabalho\Tic Pre Escolar 1 C...vendasnovas fiaes
 

Semelhante a Linguagem e tecnologia (20)

Uma introdução a utilização das TIC's na Educação
Uma introdução a utilização das TIC's na EducaçãoUma introdução a utilização das TIC's na Educação
Uma introdução a utilização das TIC's na Educação
 
AULA 3 - JORNALISMO NA INTERNET E FASES DO JORNALISMO
AULA 3 - JORNALISMO NA INTERNET E FASES DO JORNALISMOAULA 3 - JORNALISMO NA INTERNET E FASES DO JORNALISMO
AULA 3 - JORNALISMO NA INTERNET E FASES DO JORNALISMO
 
Trabalho twiter final grupo26-2
Trabalho twiter final grupo26-2Trabalho twiter final grupo26-2
Trabalho twiter final grupo26-2
 
Introdução à Educação Digital
Introdução à Educação DigitalIntrodução à Educação Digital
Introdução à Educação Digital
 
Projeto midias sociais
Projeto midias sociaisProjeto midias sociais
Projeto midias sociais
 
Internet e Educa
Internet e EducaInternet e Educa
Internet e Educa
 
Capacitação
CapacitaçãoCapacitação
Capacitação
 
Curso introdução à educação digital
Curso introdução à educação digitalCurso introdução à educação digital
Curso introdução à educação digital
 
Curso introdução à educação digital
Curso introdução à educação digitalCurso introdução à educação digital
Curso introdução à educação digital
 
Cibercultura em tempos de mobilidade e Redes Sociais
Cibercultura em tempos de mobilidade e Redes SociaisCibercultura em tempos de mobilidade e Redes Sociais
Cibercultura em tempos de mobilidade e Redes Sociais
 
Encontro de Assessores de Imprensa
Encontro de Assessores de ImprensaEncontro de Assessores de Imprensa
Encontro de Assessores de Imprensa
 
Uso consciente das redes sociais
Uso consciente das redes sociaisUso consciente das redes sociais
Uso consciente das redes sociais
 
OFICINA DE TWITTER AREALVA 17.11.2011
OFICINA DE TWITTER AREALVA 17.11.2011OFICINA DE TWITTER AREALVA 17.11.2011
OFICINA DE TWITTER AREALVA 17.11.2011
 
Ai ad aula 1
Ai ad aula 1Ai ad aula 1
Ai ad aula 1
 
Mídias e tecnologias.pptx
Mídias e tecnologias.pptxMídias e tecnologias.pptx
Mídias e tecnologias.pptx
 
Palestra Sobre Segurança em Redes Sociais - A Privacidade Online em Foco
Palestra Sobre Segurança em Redes Sociais - A Privacidade Online em FocoPalestra Sobre Segurança em Redes Sociais - A Privacidade Online em Foco
Palestra Sobre Segurança em Redes Sociais - A Privacidade Online em Foco
 
as tecnologias digitais de informação e comunicação
  as tecnologias digitais de informação e comunicação  as tecnologias digitais de informação e comunicação
as tecnologias digitais de informação e comunicação
 
Beneficio de-educacao-continuada-palestra-tecnologia-educacional
Beneficio de-educacao-continuada-palestra-tecnologia-educacionalBeneficio de-educacao-continuada-palestra-tecnologia-educacional
Beneficio de-educacao-continuada-palestra-tecnologia-educacional
 
C:\Fakepath\Tic Pre Escolar 1 Ceb 2010 2 Fiaes
C:\Fakepath\Tic Pre Escolar 1 Ceb 2010 2 FiaesC:\Fakepath\Tic Pre Escolar 1 Ceb 2010 2 Fiaes
C:\Fakepath\Tic Pre Escolar 1 Ceb 2010 2 Fiaes
 
C:\Documents And Settings\Utilizador\Ambiente De Trabalho\Tic Pre Escolar 1 C...
C:\Documents And Settings\Utilizador\Ambiente De Trabalho\Tic Pre Escolar 1 C...C:\Documents And Settings\Utilizador\Ambiente De Trabalho\Tic Pre Escolar 1 C...
C:\Documents And Settings\Utilizador\Ambiente De Trabalho\Tic Pre Escolar 1 C...
 

Mais de Miquéias Vitorino

Relações lexicais e coesão textual
Relações lexicais e coesão textualRelações lexicais e coesão textual
Relações lexicais e coesão textualMiquéias Vitorino
 
Argumentação em redações do enem
Argumentação em redações do enemArgumentação em redações do enem
Argumentação em redações do enemMiquéias Vitorino
 
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementosBreve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementosMiquéias Vitorino
 
Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014
Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014
Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014Miquéias Vitorino
 
Proposta de redação - REPENSAR O PAPEL DO TORCEDOR: LIMITES ENTRE A PAIXÃO E ...
Proposta de redação - REPENSAR O PAPEL DO TORCEDOR: LIMITES ENTRE A PAIXÃO E ...Proposta de redação - REPENSAR O PAPEL DO TORCEDOR: LIMITES ENTRE A PAIXÃO E ...
Proposta de redação - REPENSAR O PAPEL DO TORCEDOR: LIMITES ENTRE A PAIXÃO E ...Miquéias Vitorino
 
Principais obras e autores do modernismo
Principais obras e autores do modernismoPrincipais obras e autores do modernismo
Principais obras e autores do modernismoMiquéias Vitorino
 
Algumas dicas básicas para a redação do enem
Algumas dicas básicas para a redação do enemAlgumas dicas básicas para a redação do enem
Algumas dicas básicas para a redação do enemMiquéias Vitorino
 
Conceitos básicos em análise semântica
Conceitos básicos em análise semânticaConceitos básicos em análise semântica
Conceitos básicos em análise semânticaMiquéias Vitorino
 
Anáfora, contexto e coesão textual
Anáfora, contexto e coesão textualAnáfora, contexto e coesão textual
Anáfora, contexto e coesão textualMiquéias Vitorino
 

Mais de Miquéias Vitorino (20)

A redação do enem hoje
A redação do enem hojeA redação do enem hoje
A redação do enem hoje
 
Relações lexicais e coesão textual
Relações lexicais e coesão textualRelações lexicais e coesão textual
Relações lexicais e coesão textual
 
Argumentação em redações do enem
Argumentação em redações do enemArgumentação em redações do enem
Argumentação em redações do enem
 
Paráfrase
ParáfraseParáfrase
Paráfrase
 
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementosBreve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
 
Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014
Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014
Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014
 
Proposta de redação - REPENSAR O PAPEL DO TORCEDOR: LIMITES ENTRE A PAIXÃO E ...
Proposta de redação - REPENSAR O PAPEL DO TORCEDOR: LIMITES ENTRE A PAIXÃO E ...Proposta de redação - REPENSAR O PAPEL DO TORCEDOR: LIMITES ENTRE A PAIXÃO E ...
Proposta de redação - REPENSAR O PAPEL DO TORCEDOR: LIMITES ENTRE A PAIXÃO E ...
 
Principais obras e autores do modernismo
Principais obras e autores do modernismoPrincipais obras e autores do modernismo
Principais obras e autores do modernismo
 
Quinhentismo no brasil
Quinhentismo no brasilQuinhentismo no brasil
Quinhentismo no brasil
 
Modernismo no brasil
Modernismo no brasilModernismo no brasil
Modernismo no brasil
 
Modernismo fases
Modernismo fasesModernismo fases
Modernismo fases
 
Barroco no brasil
Barroco no brasilBarroco no brasil
Barroco no brasil
 
Arcadismo no brasil
Arcadismo no brasilArcadismo no brasil
Arcadismo no brasil
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Arte renascentista
Arte renascentistaArte renascentista
Arte renascentista
 
Arcadismo no brasil
Arcadismo no brasilArcadismo no brasil
Arcadismo no brasil
 
Arcadismo no brasil
Arcadismo no brasilArcadismo no brasil
Arcadismo no brasil
 
Algumas dicas básicas para a redação do enem
Algumas dicas básicas para a redação do enemAlgumas dicas básicas para a redação do enem
Algumas dicas básicas para a redação do enem
 
Conceitos básicos em análise semântica
Conceitos básicos em análise semânticaConceitos básicos em análise semântica
Conceitos básicos em análise semântica
 
Anáfora, contexto e coesão textual
Anáfora, contexto e coesão textualAnáfora, contexto e coesão textual
Anáfora, contexto e coesão textual
 

Último

Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteIpdaWellington
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persafelipescherner
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdfdanielagracia9
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxpatriciapedroso82
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 

Último (20)

Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 

Linguagem e tecnologia

  • 1. Como o ENEM explora as novas Tecnologias da Informação nas provas? Miquéias Vitorino Linguagem e tecnologia
  • 2. Os gêneros digitais  São os gêneros que circulam no meio cibernético e que tem uma ampla função sociocomunicativa.  Os gêneros digitais estão estreitamente relacionados às redes sociais.  São gêneros digitais: postagem (de blog e de facebook), e- mail, tuitada, e-forum, e- notícia, verbete digital, script, chat, flog/fotolog, check-in etc.)
  • 3. As redes sociais e os suportes de texto  Twitter: Microblog, 140 caracteres, notícias e opinião, agilidade da informação.  Facebook: rede social de relacionamentos, mídias digitais (som, vídeo, fotos) etc.  Youtube: rede social de vídeos.  Principais características: tempo real, linguagem desprovida de cuidado gramatical,uso da linguagem não-verbal.
  • 4. Hipertexto  Texto que se conecta a outros texto por “linking”.  Textos de jornalismo digital possuem links para textos relacionados.  Não há linearidade ou sequência correta para a leitura dos textos – leitor é livre para ler na sequência que quiser.
  • 5. TIC  Sigla de Tecnologia da Informação e Comunicação  Está relacionado a todos os recursos online que informam e possibilitam a comunicação em tempo real.
  • 6. Internetês Linguagem de programação  A linguagem usada na internet pelos usuários comuns para a comunicação do dia a dia é conhecida como internetês, caracterizado pelas abreviações, mudanças ortográficas e sinais gráficos de carinhas.  A linguagem usada para programar e fazer as páginas de internet e softwares de computador é a linguagem de programação. São diversos tipos de linguagem.
  • 15. Procure saber mais sobre os gêneros digitais, as redes sociais Bons estudos. </b><BR> <BR>