Aula miqueas interação 2

75 visualizações

Publicada em

aula de geografia

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
75
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula miqueas interação 2

  1. 1. Temas: Geografia Humana Prof. Miqueas Brito Graduando em geografia 8ª UFPE Interação
  2. 2. Antes, eram apenas as grandes cidades que se apresentavam como o império da técnica, objeto de modificações, suspensões, acréscimos, cada vez mais sofisticadas e carregadas de artifício. Esse mundo artificial inclui, hoje, o mundo rural. Considerando a transformação mencionada no texto, uma consequência socioespacial que caracteriza o atual mundo rural brasileiro é: a) a redução do processo de concentração de terras. b) o aumento do aproveitamento de solos menos férteis. c) a ampliação do isolamento do espaço rural. d) a estagnação da fronteira agrícola do país. e) a diminuição do nível de emprego formal. ENEM – 2010
  3. 3. a) a redução do processo de concentração de terras. b) o aumento do aproveitamento de solos menos férteis. c) a ampliação do isolamento do espaço rural. d) a estagnação da fronteira agrícola do país. e) a diminuição do nível de emprego formal.  Resolução  O desenvolvimento tecnológico da agricultura permite o uso de solos menos férteis que, anteriormente, se tornariam muito difíceis, senão impossíveis, de uma produção agrícola razoável. Como exemplo, pode-se citar a utilização dos solos amazônicos, cuja baixa fertilidade e comprovada – e com a tecnologia – tornaram-se produtivos. Tal fato também ocorreu com os solos lateríticos do Cerrado.
  4. 4. A maioria das pessoas daqui era do campo. Vila Maria é hoje exportadora de trabalhadores. Empresários de Primavera do Leste, Estado de Mato Grosso, procuram o bairro de Vila Maria para conseguir mão de obra. É gente indo distante daqui 300, 400 quilômetros para ir trabalhar, para ganhar sete conto por dia. (Carlito, 43 anos, maranhense, entrevistado em 22/03/98). O texto retrata um fenômeno vivenciado pela agricultura brasileira nas últimas décadas do século XX, consequência: a) dos impactos sociais da modernização da agricultura. b) da recomposição dos salários do trabalhador rural. c) da exigência de qualificação do trabalhador rural. d) da diminuição da importância da agricultura. e) dos processos de desvalorização de áreas rurais. ENEM – 2010
  5. 5. a) dos impactos sociais da modernização da agricultura. b) da recomposição dos salários do trabalhador rural. c) da exigência de qualificação do trabalhador rural. d) da diminuição da importância da agricultura. e) dos processos de desvalorização de áreas rurais. Resolução  O texto referente a questão retrata os impactos sociais que a modernização da agricultura brasileira trouxe ao deslocar trabalhadores de alguns centros para outros em função de trabalho, nem sempre formal. Tais impactos compreendem fatos como os enormes deslocamentos feitos pelos trabalhadores, os baixos salários auferidos, a situação do subemprego.
  6. 6. Os meios de comunicação funcionam como um elo entre os diferentes segmentos de uma sociedade. Nas últimas décadas, acompanhamos a inserção de um novo meio de comunicação que supera em muito outros já existentes, visto que pode contribuir para a democratização da vida social e política da sociedade à medida que possibilita a instituição de mecanismos eletrônicos para a efetiva participação política e disseminação de informações. Constitui o exemplo mais expressivo desse novo conjunto de redes informacionais a a) Internet. b) fibra ótica. c) TV digital. d) telefonia móvel. e) portabilidade telefônica. ENEM – 2010
  7. 7. Resolução Com a Internet, os dados podem ser transmitidos e, ao mesmo tempo, processados em tempo real. E a junção da informática com as telecomunicações. A disseminação de informações se torna cada vez mais democrática.  a) Internet.  b) fibra ótica.  c) TV digital.  d) telefonia móvel.  e) portabilidade telefônica.
  8. 8. Alem dos inúmeros eletrodomésticos e bens eletrônicos, o automóvel produzido pela industria fordista promoveu, a partir dos anos 50, mudanças significativas no modo de vida dos consumidores e também na habitação e nas cidades. Com a massificação do consumo dos bens modernos, dos eletroeletrônicos e também do automóvel, mudaram radicalmente o modo de vida, os valores, a cultura e o conjunto do ambiente construído. Da ocupação do solo urbano ate o interior da moradia, a transformação foi profunda. Uma das consequências das inovações tecnológicas das ultimas décadas, que determinaram diferentes formas de uso e ocupação do espaço geográfico, e a instituição das chamadas cidades globais, que se caracterizam por a) possuírem o mesmo nível de influencia no cenário mundial. b) fortalecerem os laços de cidadania e solidariedade entre os membros das diversas comunidades. c) constituírem um passo importante para a diminuição das desigualdades sociais causadas pela polarização social e pela segregação urbana. d) terem sido diretamente impactadas pelo processo de internacionalização da economia, desencadeado a partir do final dos anos 1970. e) terem sua origem diretamente relacionadas ao processo de colonização ocidental do século XIX. ENEM – 2010
  9. 9. Resolução A partir da ideia de que as cidades globais concentram os principais fluxos de capital e informação, conclui se que a globalização, que tende a intensificar esses fluxos, interfira diretamente na organização e na dinâmica dessas cidades.  a) possuírem o mesmo nível de influencia no cenário mundial.  b) fortalecerem os laços de cidadania e solidariedade entre os membros das diversas comunidades.  c) constituírem um passo importante para a diminuição das desigualdades sociais causadas pela polarização social e pela segregação urbana.  d) terem sido diretamente impactadas pelo processo de internacionalização da economia, desencadeado a partir do final dos anos 1970.  e) terem sua origem diretamente relacionadas ao processo de colonização ocidental do século XIX.
  10. 10. ENEM – 2009 O movimento migratório no Brasil e significativo, principalmente em função do volume de pessoas que saem de uma região com destino a outras regiões. Um desses movimentos ficou famoso nos anos 80, quando muitos nordestinos deixaram a região Nordeste em direção ao Sudeste do Brasil. Segundo os dados do IBGE de 2000, este processo continuou crescente no período seguinte, os anos 90, com um acréscimo de 7,6% nas migrações deste mesmo fluxo. A Pesquisa de Padrão de Vida, feita pelo IBGE, em 1996, aponta que, entre os nordestinos que chegam ao Sudeste, 48,6% exercem trabalhos manuais não qualificados, 18,5% são trabalhadores manuais qualificados, enquanto 13,5%, embora não sejam trabalhadores manuais, se encontram em áreas que não exigem formação profissional. O mesmo estudo indica também que esses migrantes possuem, em media, condição de vida e nível educacional acima dos de seus conterrâneos e abaixo dos de cidadãos estáveis do Sudeste. Com base nas informações contidas no texto, depreende se que: a) o processo migratório foi desencadeado por ações de governo para viabilizar a produção industrial no Sudeste. b) os governos estaduais do Sudeste priorizaram a qualificação da mão de obra migrante. c) o processo de migração para o Sudeste contribui para o fenômeno conhecido como inchaço urbano. d) as migrações para o sudeste desencadearam a valorização do trabalho manual, sobretudo na década de 80. e) a falta de especialização dos migrantes e positiva para os empregadores, pois significa maior versatilidade profissional.
  11. 11. Resolução Em A, não houve a ação governamental para incentivar a migração; Em B, os estados não priorizaram o preparo técnico da Mao de obra; Em D, poderíamos depreender que, ao invés da valorização do trabalho manual, houve, na realidade, uma desvalorização em face da maior concorrência do contingente migratório nordestino com a mão de obra já existente no Sudeste. E mesmo que houvesse uma valorização, seria ela que desencadearia a migração, e não o inverso, a migração desencadeando a valorização do trabalho, como enfatiza a alternativa D. Em E, a mão de obra sem especialização, ao contrario, limita a versatilidade profissional.  Com base nas informações contidas no texto, depreende se que:  a) o processo migratório foi desencadeado por ações de governo para viabilizar a produção industrial no Sudeste.  b) os governos estaduais do Sudeste priorizaram a qualificação da mão de obra migrante.  c) o processo de migração para o Sudeste contribui para o fenômeno conhecido como inchaço urbano.  d) as migrações para o sudeste desencadearam a valorização do trabalho manual, sobretudo na década de 80.  e) a falta de especialização dos migrantes e positiva para os empregadores, pois significa maior versatilidade profissional.
  12. 12. ENEM – 2009 O gráfico mostra o percentual de áreas ocupadas, segundo o tipo de propriedade rural no Brasil, no ano de 2006. ÁREA OCUPADA PELOS IMÓVEIS RURAIS
  13. 13. ENEM – 2009 De acordo com o gráfico e com referencia a distribuição das áreas rurais no Brasil, conclui-se que a) imóveis improdutivos são predominantes em relação as demais formas de ocupação da terra no âmbito nacional e na maioria das regiões. b) o índice de 63,8% de imóveis improdutivos demonstram que grande parte do solo brasileiro e de baixa fertilidade, impróprio para a atividade agrícola. c) o percentual de imóveis aos minifúndios, o que justifica a existência de conflitos por terra. d) a região Norte apresenta o segundo menor percentual de imóveis produtivos, possivelmente em razão da presença de densa cobertura florestal, protegida por legislação ambiental. e) a região Centro-Oeste apresenta o menor percentual de área ocupada por minifúndios, o que inviabiliza políticas de reforma agrária nesta região.
  14. 14.  a) imóveis improdutivos são predominantes em relação as demais formas de ocupação da terra no âmbito nacional e na maioria das regiões.  b) o índice de 63,8% de imóveis improdutivos demonstram que grande parte do solo brasileiro e de baixa fertilidade, impróprio para a atividade agrícola.  c) o percentual de imóveis aos minifúndios, o que justifica a existência de conflitos por terra.  d) a região Norte apresenta o segundo menor percentual de imóveis produtivos, possivelmente em razão da presença de densa cobertura florestal, protegida por legislação ambiental.  e) a região Centro-Oeste apresenta o menor percentual de área ocupada por minifúndios, o que inviabiliza políticas de reforma agrária nesta região.  Resolução  Em âmbito nacional, ha o predomínio de imóveis improdutivos (63,8%), bem como na maior parte das regiões, exceto na região Sul.
  15. 15. ENEM – 2009 No mundo contemporâneo, as reservas energéticas tornam-se estratégicas para muitos países no cenário internacional. Os gráficos apresentados mostram os dez países com as maiores reservas de petróleo e gás natural em reservas comprovadas ate janeiro de 2008. Posição / País Posição / País 1 Rússia 6 Estados Unidos 2 Irã 7 Nigéria 3 Catar 8 Argélia 4 Arábia Saudita 9 Venezuela 5 Emirados Árabes 10 Iraque Gás natural - reservas provadas (metros cúbicos) 1 – 47.570.000.000.000 2 – 26.370.000.000.000 3 – 25.790.000.000.000 4 – 6.568.000.000.000 5 – 5.823.000.000.000 6 – 5.551.000.000.000 7 – 5.015.000.000.000 8 – 4.359.000.000.000 9 – 4.112.000.000.000 10 – 3.170.000.000.000 Posição / País Posição / País 1 Arábia Saudita 6 Emirados Árabes 2 Canadá 7 Venezuela 3 Irã 8 Rússia 4 Iraque 9 Líbia 5 Kuwait 10 Nigéria Petróleo - reservas provadas (barris) 1 – 266.800.000.000.000 2 – 178.800.000.000.000 3 – 132.500.000.000.000 4 – 115.000.000.000.000 5 – 104.000.000.000.000 6 – 97.800.000.000.000 7 – 79.730.000.000.000 8 – 60.000.000.000.000 9 – 39.130.000.000.000 10 – 35.880.000.000.000
  16. 16. ENEM – 2009 As reservas venezuelanas figuram em ambas as classificações porque a) a Venezuela já esta integrada ao Mercosul. b) são reservas comprovadas, mas ainda inexploradas. c) podem ser exploradas sem causarem alterações ambientais. d) já estão comprometidas com o setor industrial interno daquele pais. e) a Venezuela e uma grande potencia energética mundial.
  17. 17. As reservas venezuelanas figuram em ambas as classificações porque a) a Venezuela já esta integrada ao Mercosul. b) são reservas comprovadas, mas ainda inexploradas. c) podem ser exploradas sem causarem alterações ambientais. d) já estão comprometidas com o setor industrial interno daquele pais. e) a Venezuela e uma grande potencia energética mundial. Resolução A Venezuela e a maior exportadora de petróleo da America do Sul. Grande potencia energética mundial. Se integrar o MERCOSUL, tornara a organização o único bloco regional autossuficiente em energia.
  18. 18. ENEM – 2009 Com a perspectiva do desaparecimento das geleiras no Polo Norte, grandes reservas de petróleo e minérios, hoje inacessíveis, poderão ser exploradas. E já atiçam a cobiça das potencias. No cenário de que trata o texto, a exploração de jazidas de petróleo, bem como de minérios – diamante, ouro, prata, cobre, chumbo, zinco – torna-se atraente não só em função de seu formidável potencial, mas também por a) situar-se em uma zona geopolítica mais estável que o Oriente Médio. b) possibilitar o povoamento de uma região pouco habitada, alem de promover seu desenvolvimento econômico. c) garantir, aos países em desenvolvimento, acesso a matérias-primas e energia, necessárias ao crescimento econômico. d) contribuir para a redução da poluição em áreas ambientalmente já degradadas devido ao grande volume da produção industrial, como ocorreu na Europa. e) promover a participação dos combustíveis fosseis na matriz energética mundial, dominada, majoritariamente, pelas fontes renováveis, de maior custo.
  19. 19. a) situar-se em uma zona geopolítica mais estável que o Oriente Médio. b) possibilitar o povoamento de uma região pouco habitada, além de promover seu desenvolvimento econômico. c) garantir, aos países em desenvolvimento, acesso a matérias-primas e energia, necessárias ao crescimento econômico. d) contribuir para a redução da poluição em áreas ambientalmente já degradadas devido ao grande volume da produção industrial, como ocorreu na Europa. e) promover a participação dos combustíveis fosseis na matriz energética mundial, dominada, majoritariamente, pelas fontes renováveis, de maior custo. Resolução O petróleo e a principal fonte da matriz energética mundial. A área de maior ocorrência e o Golfo Pérsico, no Oriente Médio, área politicamente instável. A exploração de novas jazidas em áreas subpolares, a despeito das dificuldades de acesso, desperta interesse, pois, disputas a parte, trata-se de região politicamente estável.
  20. 20. ENEM – 2010 O gráfico representa a relação entre o tamanho e a totalidade dos imóveis rurais no Brasil. Que característica da estrutura fundiária brasileira está evidenciada no gráfico apresentado? a) A concentração de terras nas mãos de poucos. b) A existência de poucas terras agricultáveis. c) O domínio territorial dos minifúndios. d) A primazia da agricultura familiar. e) A debilidade dos plantations modernos.
  21. 21. a) A concentração de terras nas mãos de poucos. b) A existência de poucas terras agricultáveis. c) O domínio territorial dos minifúndios. d) A primazia da agricultura familiar. e) A debilidade dos plantations modernos. Resolução A característica da estrutura fundiária evidenciada pelo gráfico e a concentração de terras nas mãos de poucos proprietários, já que as propriedades com área superior a 1.000 ha (os chamados latifúndios) concentram 53% das terras agricultáveis do Pais.
  22. 22. ENEM – 2009 Apesar do aumento da produção no campo e da integração entre a industria e a agricultura, parte da população da America do Sul ainda sofre com a subalimentação, o que gera conflitos pela posse de terra que podem ser verificados em varias áreas e que frequentemente chegam a provocar mortes. Um dos fatores que explica a subalimentação na America do Sul e: a) a baixa inserção de sua agricultura no comercio mundial. b) a quantidade insuficiente de mão-de-obra para o trabalho agrícola. c) a presença de estruturas agrárias arcaicas formadas por latifúndios improdutivos. d) a situação conflituosa vivida no campo, que impede o crescimento da produção agrícola. e) os sistemas de cultivo mecanizado voltados para o abastecimento do mercado interno.
  23. 23. a) a baixa inserção de sua agricultura no comercio mundial. b) a quantidade insuficiente de mão-de-obra para o trabalho agrícola. c) a presença de estruturas agrárias arcaicas formadas por latifúndios improdutivos. d) a situação conflituosa vivida no campo, que impede o crescimento da produção agrícola. e) os sistemas de cultivo mecanizado voltados para o abastecimento do mercado interno. Resolução A subalimentação na America Latina decorre da ma distribuição de terras e da histórica improdutividade dos latifúndios, e não da falta de terras ou de espaços agricultáveis, embora esses problemas possam, pontualmente, ser encontrados em algumas regiões.
  24. 24. ENEM – 2010 A evolução do processo de transformação de matérias primas em produtos acabados ocorreu em três estágios: artesanato, manufatura e maquinofatura. Um desses estágios foi o artesanato, em que se: a) trabalhava conforme o ritmo das máquinas e de maneira padronizada. b) trabalhava geralmente sem o uso de máquinas e de modo diferente do modelo de produção em série. c) empregavam fontes de energia abundantes para o funcionamento das máquinas. d) realizava parte da produção por cada operário, com uso de máquinas e trabalho assalariado. e) faziam interferências do processo produtivo por técnicos e gerentes com vistas a determinar o ritmo de produção.
  25. 25. a) trabalhava conforme o ritmo das máquinas e de maneira padronizada. b) trabalhava geralmente sem o uso de máquinas e de modo diferente do modelo de produção em série. c) empregavam fontes de energia abundantes para o funcionamento das máquinas. d) realizava parte da produção por cada operário, com uso de máquinas e trabalho assalariado. e) faziam interferências do processo produtivo por técnicos e gerentes com vistas a determinar o ritmo de produção. Resolução Durante a evolução da chamada Revolução Industrial, um dos primeiros estágios do processo foi o artesanato, quando o operário trabalhava geralmente sem o uso de maquinas e não havia produção em serie (uma característica que iria ocorrer no período fordista de produção). O trabalho era pouco organizado e com baixa produtividade.
  26. 26. ENEM – 2010 A usina hidrelétrica de Belo Monte será construída no rio Xingu, no município de Vitória de Xingu, no Pará. A usina será a terceira maior do mundo e a maior totalmente brasileira, com capacidade de 11,2 mil megawatts. Os índios do Xingu tomam a paisagem com seus cocares, arcos e flechas. Em Altamira, no Pará, agricultores fecharam estradas de uma região que será inundada pelas águas da usina. Os impasses, resistências e desafios associados à construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte estão relacionados a) ao potencial hidrelétrico dos rios no norte e nordeste quando comparados às bacias hidrográficas das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país. b) à necessidade de equilibrar e compatibilizar o investimento no crescimento do país com os esforços para a conservação ambiental. c) à grande quantidade de recursos disponíveis para as obras e à escassez dos recursos direcionados para o pagamento pela desapropriação das terras. d) ao direito histórico dos indígenas à posse dessas terras e à ausência de reconhecimento desse direito por parte das empreiteiras. e) ao aproveitamento da mão de obra especializada disponível na região Norte e o interesse das construtoras na vinda de profissionais do Sudeste do país.
  27. 27. a) ao potencial hidrelétrico dos rios no norte e nordeste quando comparados às bacias hidrográficas das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país. b) à necessidade de equilibrar e compatibilizar o investimento no crescimento do país com os esforços para a conservação ambiental. c) à grande quantidade de recursos disponíveis para as obras e à escassez dos recursos direcionados para o pagamento pela desapropriação das terras. d) ao direito histórico dos indígenas à posse dessas terras e à ausência de reconhecimento desse direito por parte das empreiteiras. e) ao aproveitamento da mão de obra especializada disponível na região Norte e o interesse das construtoras na vinda de profissionais do Sudeste do país. Resolução Na fase desenvolvimentista do período militar, adotavam-se medidas que se consideravam plausíveis para o desenvolvimento, sem maiores consultas as partes sociais interessadas. Hoje em dia, vários atores sociais dialogam e se confrontam pelos mais diversos interesses. Assim, a instalação de uma usina hidroelétrica do porte de Belo Monte envolve diversos interesses e mostra a necessidade de equilibrar e compatibilizar o investimento no crescimento do Pais com os esforços para conservação ambiental.
  28. 28. ENEM – 2010 No dia 28 de fevereiro de 1985, era inaugurada a Estrada de Ferro Carajás, pertencente e diretamente operada pela Companhia Vale do Rio Doce (CVRD), na região Norte do país, ligando o interior ao principal porto da região, em São Luís. Por seus, aproximadamente, 900 quilômetros de linha, passam, hoje, 5353 vagões e 100 locomotivas. A ferrovia em questão é de extrema importância para a logística do setor primário da economia brasileira, em especial para porções dos estados do Pará e Maranhão. Um argumento que destaca a importância estratégica dessa porção do território é a: a) produção de energia para as principais áreas industriais do país. b) produção sustentável de recursos minerais não metálicos. c) capacidade de produção de minerais metálicos. d) logística de importação de matérias-primas industriais. e) produção de recursos minerais energéticos.
  29. 29. a) produção de energia para as principais áreas industriais do país. b) produção sustentável de recursos minerais não metálicos. c) capacidade de produção de minerais metálicos. d) logística de importação de matérias-primas industriais. e) produção de recursos minerais energéticos. Resolução A construção da Estrada de Ferro dos Carajás esta dentro do contexto do desenvolvimento econômico estabelecido durante o período militar. Esse se baseava na exploração e na produção de minerais metálicos, como ferro e manganês, tanto com o objetivo de obter fontes de renda, como gerar recursos para cobrir os empréstimos contraídos para desenvolver obras de infraestrutura.
  30. 30. ENEM – 2010 Opinião Podem me prender Podem me bater Podem até deixar-me sem comer Que eu não mudo de opinião. Aqui do morro eu não saio não Aqui do morro eu não saio não. Se não tem água Eu furo um poço Se não tem carne Eu compro um osso e ponho na sopa E deixa andar, deixa andar... Falem de mim Quem quiser falar Aqui eu não pago aluguel Se eu morrer amanhã seu doutor, Estou pertinho do céu Essa música fez parte de um importante espetáculo teatral que estreou no ano de 1964, no Rio de Janeiro. O papel exercido pela Música Popular Brasileira (MPB) nesse contexto, evidenciado pela letra de música citada, foi o de: a) entretenimento para os grupos intelectuais. b) valorização do progresso econômico do país. c) crítica à passividade dos setores populares. d) denúncia da situação social e política do país. e) mobilização dos setores que apoiavam a Ditadura Militar.
  31. 31. a) entretenimento para os grupos intelectuais. b) valorização do progresso econômico do país. c) crítica à passividade dos setores populares. d) denúncia da situação social e política do país. e) mobilização dos setores que apoiavam a Ditadura Militar. Resolução O espetáculo Opinião, apresentado no Rio de Janeiro em 11 de dezembro de 1964, criticava o regime militar instaurado naquele ano (critica expressa nos quatros primeiros versos transcritos). Mas também retrata a miséria e exclusão da população que vivia nos morros cariocas.
  32. 32. ENEM – 2010 Um banco inglês decidiu cobrar de seus clientes cinco libras toda vez que recorressem aos funcionários de suas agências. E o motivo disso é que, na verdade, não querem clientes em suas agências; o que querem é reduzir o número de agências, fazendo com que os clientes usem as máquinas automáticas em todo o tipo de transações. Em suma, eles querem se livrar de seus funcionários. O exemplo mencionado permite identificar um aspecto da adoção de novas tecnologias na economia capitalista contemporânea. Um argumento utilizado pelas empresas e uma consequência social de tal aspecto estão em: a) qualidade total e estabilidade no trabalho. b) pleno emprego e enfraquecimento dos sindicatos. c) diminuição dos custos e insegurança no emprego d) responsabilidade social e redução do desemprego. e) maximização dos lucros e aparecimento de empregos.
  33. 33. a) qualidade total e estabilidade no trabalho. b) pleno emprego e enfraquecimento dos sindicatos. c) diminuição dos custos e insegurança no emprego d) responsabilidade social e redução do desemprego. e) maximização dos lucros e aparecimento de empregos. Resolução Se, por um lado, a globalização permite ganhos de capital cada vez maiores, por outro lado, faz com que a ganância própria do capitalismo relativize cada vez mais as vitorias capitalistas, trazendo total insegurança as classes trabalhadoras.
  34. 34. ENEM – 2009 A partir do mapa apresentado, e possível inferir que nas ultimas décadas do século XX, registraram-se processos que resultaram em transformações na distribuição das atividades econômicas e da população sobre o território brasileiro, com reflexos no PIB por habitante. Assim,
  35. 35. ENEM – 2009 a) as desigualdades econômicas existentes entre regiões brasileiras desapareceram, tendo em vista a modernização tecnológica e o crescimento vivido pelo pais. b) os novos fluxos migratórios instaurados em direção ao Norte e ao Centro-Oeste do pais prejudicaram o desenvolvimento socioeconômico dessas regiões, incapazes de atender ao crescimento da demanda por postos de trabalho. c) o Sudeste brasileiro deixou de ser a região com o maior PIB industrial a partir do processo de desconcentração espacial do setor, em direção a outras regiões do pais. d) o avanço da fronteira econômica sobre os estados da região Norte e do Centro-Oeste resultou no desenvolvimento e na introdução de novas atividades economicas, tanto nos setores primário e secundário, como no terciário. e) o Nordeste tem vivido, ao contrario do restante do pais, um período de retração econômica, como consequência da falta de investimentos no setor industrial com base na moderna tecnologia.
  36. 36. a) as desigualdades econômicas existentes entre regiões brasileiras desapareceram, tendo em vista a modernização tecnológica e o crescimento vivido pelo pais. b) os novos fluxos migratórios instaurados em direção ao Norte e ao Centro-Oeste do pais prejudicaram o desenvolvimento socioeconômico dessas regiões, incapazes de atender ao crescimento da demanda por postos de trabalho. c) o Sudeste brasileiro deixou de ser a região com o maior PIB industrial a partir do processo de desconcentração espacial do setor, em direção a outras regiões do pais. d) o avanço da fronteira econômica sobre os estados da região Norte e do Centro-Oeste resultou no desenvolvimento e na introdução de novas atividades economicas, tanto nos setores primário e secundário, como no terciário. e) o Nordeste tem vivido, ao contrario do restante do pais, um período de retração econômica, como consequência da falta de investimentos no setor industrial com base na moderna tecnologia. Resolução A expansão econômica da região implica no seu desenvolvi mento geral, abrangendo todos os setores produtivos.
  37. 37. ENEM – 2009 Ate o século XVII, as paisagens rurais eram marcadas por atividades rudimentares e de baixa produtividade. A partir da Revolução Industrial, porem, sobretudo com o advento da revolução tecnológica, houve um desenvolvimento continuo do setor agropecuário. São, portanto, observadas consequências econômicas, sociais e ambientais inter-relacionadas no período posterior a Revolução Industrial, as quais incluem a) a erradicação da fome no mundo. b) o aumento das áreas rurais e a diminuição das áreas urbanas. c) a maior demanda por recursos naturais, entre os quais os recursos energéticos. d) a menor necessidade de utilização de adubos e corretivos na agricultura. e) o continuo aumento da oferta de emprego no setor primário da economia, em face da mecanização.
  38. 38. a) a erradicação da fome no mundo. b) o aumento das áreas rurais e a diminuição das áreas urbanas. c) a maior demanda por recursos naturais, entre os quais os recursos energéticos. d) a menor necessidade de utilização de adubos e corretivos na agricultura. e) o continuo aumento da oferta de emprego no setor primário da economia, em face da mecanização. Resolução Com a revolução tecnológica, a demanda por matérias-primas e recursos energéticos aumentou exponencial mente, exigindo uma reorientação na produção agropecuária, que deixou de gerar, quase que exclusivamente, produtos alimentícios, passando a suprir a industria com a produção de matérias- primas (algodão, oleaginosas, etc.), e recursos energéticos (etanol, por exemplo).
  39. 39. Obrigadoooooo!!!! The end...

×