Emprenova Briefing

637 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
637
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Emprenova Briefing

  1. 2. Índice <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Objeto </li></ul><ul><li>Estratégia </li></ul><ul><li>Ambiente </li></ul><ul><li>Emprenova </li></ul><ul><li>Benchmarking </li></ul><ul><li>Parceiros Sugeridos </li></ul>
  2. 3. CENÁRIO/DESAFIOS Introdução Mudanças Drásticas Globais
  3. 4. Índice <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Objeto </li></ul><ul><li>Estratégia </li></ul><ul><li>Ambiente </li></ul><ul><li>Emprenova </li></ul><ul><li>Benchmarking </li></ul><ul><li>Parceiros Sugeridos </li></ul>
  4. 5. Objeto
  5. 6. Índice <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Objeto </li></ul><ul><li>Estratégia </li></ul><ul><li>Ambiente </li></ul><ul><li>Emprenova </li></ul><ul><li>Benchmarking </li></ul><ul><li>Parceiros Sugeridos </li></ul>
  6. 7. Estratégia Objetivo Através de parcerias (spin-offs), comercializando resultado de pesquisas das universidades
  7. 8.   <ul><li>  </li></ul><ul><li>RESULTADO ESPERADO: </li></ul><ul><li>Gerar investimentos em novos negócios e benefícios para a universidade, seus parceiros industriais e a comunidade. </li></ul><ul><li>Gerar uma interface altamente eficaz, em que as demandas do mercado sejam atendidas pela produção da pesquisa universitária. </li></ul><ul><li>Aumentar significativamente o índice histórico (6%) de comercialização das patentes registradas pelas universidades </li></ul>Estratégia Resultados Esperados
  8. 9. <ul><li>  </li></ul><ul><li>Conectar profissionais competentes na academia e na indústria para colaborar e transformar o conhecimento e as inovações guardadas nos laboratórios e mentes dos pesquisadores em produtos para o mercado. </li></ul><ul><li>Aumentar as capacitações de comercialização de tecnologia dos núcleos de comercialização de tecnologia das universidades, assim como assessorar as universidades que estão apenas começando a desenvolver seu programa de apoio à comercialização </li></ul><ul><li>ESCOPO:   </li></ul><ul><li>Comercialização da tecnologia – instituição de pesquisa </li></ul><ul><li>Comercialização/Empreendedorismo – empresa de base tecnológica </li></ul><ul><li>Finanças - Capital de risco ou firma de financiamento/investimento. </li></ul>Estratégia Resultado Esperado e Escopo
  9. 10. Índice <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Objeto </li></ul><ul><li>Estratégia </li></ul><ul><li>Ambiente </li></ul><ul><li>Emprenova </li></ul><ul><li>Benchmarking </li></ul><ul><li>Parceiros Sugeridos </li></ul>
  10. 11. <ul><li>Spin-off empresarial </li></ul><ul><li>Mais experiência negocial </li></ul><ul><li>Mais acesso ao capital </li></ul><ul><li>Mais acesso aos mercados </li></ul><ul><li>Mais capacidade para correr riscos </li></ul><ul><li>Start-up acadêmico </li></ul><ul><li>Desenvolve-se em ritmo próprio </li></ul><ul><li>Comercialização prejudicada </li></ul><ul><li>pela burocracia </li></ul><ul><li>Abordagem empresarial tímida </li></ul><ul><li>Restrições orçamentárias </li></ul>Ambiente Benefícios Spin-off empresarial Vs. Start-up Acadêmico
  11. 12. Muitos agentes com objetivos diferentes, mas metas convergentes!! INDÚSTRIA Mercado Lucro ACADEMIA Formação e pesquisa GOVERNO Políticas programas <ul><li>Educação </li></ul><ul><li>Desenvolvimento econômico sustentável </li></ul><ul><li>Melhoria de Vida </li></ul>Ambiente Desafios
  12. 13. Ambiente Ameaças
  13. 14. Índice <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Objeto </li></ul><ul><li>Estratégia </li></ul><ul><li>Ambiente </li></ul><ul><li>Emprenova </li></ul><ul><li>Benchmarking </li></ul><ul><li>Parceiros Sugeridos </li></ul>
  14. 15. <ul><li>A EMPRENOVA deve buscar alianças de colaboração a longo-prazo entre a universidade e os investidores para desenvolver e comercializar suas tecnologias. </li></ul><ul><li>A universidade não cria produtos prontos para o mercado e não tem as capacidades empresariais para comercializar as tecnologias em estágio inicial. </li></ul><ul><li>Na condição de central de ferramentas e capacitações de comercialização da inovação, A EMPRENOVA detém a capacidade de articular competências para aproximar o mercado no atendimento de suas demandas junto aos centros geradores da inovação. </li></ul><ul><li>A universidade detém as propriedades e direitos dos resultados de pesquisa produzidos em sua estrutura, as quais são disponibilizadas para serem comercializadas de forma estruturada. </li></ul>Emprenova Princípios
  15. 16. <ul><li>Análise de Oportunidade do negócio: Após um acordo de trabalho (Statement of Work), a EMPRENOVA começa a trabalhar com o pesquisador para entender o potencial da pesquisa e sua aplicabilidade ao mercado. Um relatório de oportunidade é preparado descrevendo: a oportunidade (como o produto vai fazer dinheiro); a tecnologia; a situação de propriedade intelectual; os produtos/serviços decorrentes da tecnologia; os mercados; o processo de comercialização e próximos passos. </li></ul>Emprenova Funções
  16. 17. <ul><li>Preparação do Plano de Comercialização: documento breve descrevendo porque uma empresa “start-up” é conveniente, como a sociedade pode ser distribuída, incorporação legal, financiamento, preparação do plano de negócio e gestão da nova empresa. </li></ul><ul><li>Preparação do Plano de Negócio: o plano tem uma série de ações para o desenvolvimento do produto; desenvolvimento do mercado, obtenção de financiamento, alianças estratégias etc. </li></ul>Emprenova Funções
  17. 18. <ul><li>Identificação do investidor/parceiro certo : capital semente para projetos em estágio inicial e capital de risco e fundos privados para projetos avançados </li></ul>Emprenova Funções
  18. 19. <ul><li>Lançamento das Atividades da Companhia: à medida que as atividades corporativas aumentam, o envolvimento operacional da EMPRENOVA diminui: quanto mais cedo a companhia tiver sua própria gestão, mais chances terá de êxito. </li></ul>Emprenova Funções
  19. 20. Índice <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Objeto </li></ul><ul><li>Estratégia </li></ul><ul><li>Ambiente </li></ul><ul><li>Emprenova </li></ul><ul><li>Benchmarking </li></ul><ul><li>Parceiros Sugeridos </li></ul>
  20. 21. <ul><li>INSTITUCIONAL: Estado de British Columbia/Universidade de British Columbia, Canadá. </li></ul><ul><li>Com mais de 5.300 companhias de alta tecnologia, empregando perto de 45.000 pessoas, o Estado de BC é o hub de cias jovens em biotecnologia, software e setores de produtos manufaturados de vanguarda. A pesquisa e transferência de tecnologia da universidade local (UBC) tem exercido papel fundamental. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>PRÁTICA: A UILO da universidade de UBC. </li></ul><ul><li>Atua como link para a indústria impulsionando a formação, desenvolvimento e sucesso inicial de empresas por ela gestadas ( spin-off ). A UBC criou 117 spin-offs. É criadora e gestora do renomado portal mundial (Central de projetos de base tecnológica) : FLINTBOX. </li></ul>Benchmarking Institucional e Prático
  21. 22. <ul><li>Westlink Innovation Network Ltd, Calgary, Alberta, Canadá. </li></ul><ul><li>Associação sem fins lucrativos que tem como objetivo preencher a lacuna da inovação dentro do Canadá. Visa conectar as entidades de educação e pesquisa (membros e afiliados) com os especialistas do ramo por meio de uma serie de programas e serviços. </li></ul><ul><li>A missão da Weslink é acelerar o ritmo de comercialização de invenções cientificas criadas por suas organizações membros por meio da colaboração, construção de habilidades e programas e serviços orientados capazes de preencher a lacuna universidade-mercado. </li></ul>Benchmarking Educacional
  22. 23. <ul><li>MINASINVEST: gestora institucional </li></ul><ul><li>INOVARTE: gestora operacional </li></ul><ul><li>BUSINESS SCHOOL: FDC e]ou IBMEC: plano de negócio </li></ul><ul><li>SECTES]SIMI:institucionalização </li></ul><ul><li>LAW FIRM: Azevedo Sette: propriedade intelectual e relações societárias </li></ul><ul><li>EMPRESAS DE VENTURE CAPITAL]SEED MONEY </li></ul><ul><li>UNIVERSIDADES EM MINAS : Federal , Estadual e Privadas </li></ul><ul><li>FLINTBOX]WELLSPRING: Online Network of University Technologies </li></ul>Parceiros Sugeridos

×