O impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidor

6.886 visualizações

Publicada em

Palestra sobre o impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidor, abordando o mercado, o internauta que nasceu com a internet brasileira, pesquisa y-trends da Editora Abril, comércio eletrônico, cauda longa (long tail), a queda na verba de publicidade para midias tradicionais, SEM, SEO, redes sociais, social media, web 2.0. Muitos assuntos para se aprofundar.

Publicada em: Tecnologia

O impacto das novas mídias digitais no comportamento do consumidor

  1. 1. O impacto das novas mídiasO impacto das novas mídias digitais no comportamentodigitais no comportamento do consumidordo consumidor Paulo Milreu Anhanguera Educacional – 22/08/2008
  2. 2. IBOPE/ABTA – 18/08/2008 Ibope culpaIbope culpa trânsito e web portrânsito e web por queda da TV.queda da TV.
  3. 3. mercado
  4. 4. novonovo consumidorconsumidor
  5. 5. 13 anos de Internet no Brasil... • Quem é o novo consumidor?
  6. 6. 13 anos de Internet... • Quem é o consumidor? • Quem nasceu em 1995 tem 13 anos. • Quem tinha 13 anos, tem agora 26 anos. • Esse consumidor não conhece um mundo sem internet, sem e-mail, sem messenger, sem orkut, sem twitter, sem... • Será que ele toma suas decisões da mesma forma?
  7. 7. Um novo consumidor • Valoriza menos a propaganda. • Ouve mais indicações de amigos, experts e até mesmo de marcas que ele considera relevantes. • Seu impulso de compra é motivado pela tentativa de se sentir parte de uma comunidade. • Para atingir esse consumidor são necessárias ações de cross-media.
  8. 8. 10 Tendências de Consumo Jovem10 Tendências de Consumo Jovem
  9. 9. Geração Seleção (1) • O jovem não quer perder mais tempo procurando as coisas que deseja consumir. • Ele necessita de referências que pré-selecionem as melhores opções. 10 Tendências de Consumo Jovem
  10. 10. Consumo Viral (2) • O jovem, inseguro diante das decisões de consumo, busca referências confiáveis entre amigos. • O próprio jovem torna-se a maior mídia disseminadora dentro do seu universo. 10 Tendências de Consumo Jovem
  11. 11. Consumo da Expectativa (3) • A expectativa da aquisição é mais intensamente vivida do que a própria posse do produto. • A imagem do artigo é, muitas vezes, mais importante que o artigo em sim. 10 Tendências de Consumo Jovem
  12. 12. Comportamento Indie (4) • O jovem desafia o sistema como forma de se opor à massa, mesmo que apenas no discurso. • A contracultura ganha força como produto. 10 Tendências de Consumo Jovem
  13. 13. Design Nation (5) •O design é cada vez mais um fator de decisão entre os jovens. 10 Tendências de Consumo Jovem
  14. 14. O Consumidor É o Conteúdo (6) • A interação da internet revela uma nova forma de conteúdo, principalmente para as novas gerações: os próprios usuários. • A tecnologia permite que a juventudade expresse a sua criatividade e mostre os seus desejos. 10 Tendências de Consumo Jovem
  15. 15. O Consumidor É o Conteúdo (6) •Por meio das informações que disponibiliza sobre si na internet, o jovem passa a ser ele mesmo o conteúdo. 10 Tendências de Consumo Jovem
  16. 16. Psiconomadismo (7) • A aceleração da sociedade provoca no jovem uma ânsia e uma tentativa de experimentar tudo, no menor tempo possível, sem se prender a crenças ou estilos. 10 Tendências de Consumo Jovem
  17. 17. Mente Global, Alma Local (8) • O jovem apóia discursos que colocam o Brasil no centro, mas continua antenado e curioso com o que vem de fora. • Conectado com o mundo, o jovem percebe os valores do nosso país. 10 Tendências de Consumo Jovem
  18. 18. A Revolução Natural (9) • As novas gerações manifestam o desejo de buscar o bem-estar, o equilíbrio entre o corpo e a mente, entre o indivíduo e o meio-ambiente. 10 Tendências de Consumo Jovem
  19. 19. Consumo do Vazio (10) • O jovem é bombardeado por informações caóticas, estímulos e identidades. • Por conta disso, consome cada vez mais um espaço no universo físico-virtual para lidar com o excesso de informações. 10 Tendências de Consumo Jovem
  20. 20. Rafinha TV1 Comunicação / São Paulo http://www.youtube.com/watch ?v=JMRF_ZXms9E
  21. 21. quem é o internauta? e-commerce 2008? o que é cauda longa?
  22. 22. Pesquisa Datafolha/F/Nazca – Março/2008 47% dos brasileiros tem acesso à web 59 milhões de internautas maiores de 16 anos 48% navegam em locais públicos 29% Lan House 10% Escolas, faculdades, universidades 9% Postos de acesso público
  23. 23. quem é oquem é o internautainternauta - Classes A, B e C - Renda média 6 x superior daqueles que não acessam - Maior tempo médio de navegação residencial - Acessam mais Orkut do que e-mail
  24. 24. tempo médiotempo médio mensal demensal de conexão nosconexão nos lareslares brasileirosbrasileiros 22h24min 2º) Estados Unidos - 19h52 3º) França - 19h40 4º) Japão - 18h29 5º) Reino Unido - 17h46 Ibope/NetRatings Fev/2008
  25. 25. O brasileiro eO brasileiro e os hábitosos hábitos onlineonline Ibope/NetRatings Fev/2008 5 horas de Orkut para cada 1h40 no e-mail 8-12 anos: 67% preferem web à TV 26% já têm seu próprio computador 48% têm celular 33% prefere fazer amigos na web 26% têm 2+ identidades na rede Já são mais de 20% dos internautas brasileiros residenciais e é o segmento que mais cresce!
  26. 26. O jovemO jovem brasileiro ebrasileiro e os hábitosos hábitos onlineonline Mensagem instantânea - 81% Busca por imagens - 80,7% Buscas em geral - 67,4% Redes sociais - 67,2% Wikipedia - 28% Jogos - 22,8% Música - 22,5% Ibope/NetRatings Fev/2008
  27. 27. Por ondePor onde todo otodo o POVO maisPOVO mais navega?navega? Ibope/NetRatings Fev/2008 Educação e Carreira Informações Corporativas Notícias e Informações Governo e ONGs Telecom e Serviços de Internet
  28. 28. Quais asQuais as categorias quecategorias que maismais cresceram nocresceram no último ano?último ano? Ibope/NetRatings Fev/2008 Viagem e Turismo 99,6% Informações Corporativas 91,7% Casa e Moda 86,1% Notícias e Informações 66,7% Governos e ONGs 66%
  29. 29. 10 categorias de maior crescimento na web mundial eMarketer 2008 Política 35% Comunidade (fem.) 35% Notícia e Entretenimento 32% Classificados 31% Educação e treinamento 31% GLS 28% Consumo bens varejo 25% Notícias merc. financeiro 20% Teen 20% Religião 20%
  30. 30. Audiência brasileira na internet Visitas por dia (x 1000) 24.242 3.302 56.598 5.131 4.537119.198 3.217 64.265 3.241
  31. 31. Perfil offline: Com o que disputamos a atenção do nosso usuário? O que a pessoa faz quando não está conectada? Perfil online: Como seu público costuma usar a internet? Com qual frequência? Quantas horas passa online? Usa celular? De onde ele acessa? Usa banda larga?
  32. 32. Hábitos de consumo de informação e entretenimento: Que outros meios seu público usa para se informar e se divertir ALÉM DA INTERNET? Hábitos de consumo da marca: O que o usuário mais acessa no site? Quais as páginas de maior índice de abandono? Potencial de interatividade Seu público está disposto a interagir? De que forma?
  33. 33. “Eles preferem o computador à TV, carregam celular no bolso e já decretaram a aposentadoria do e-mail e do telefone - gostam mesmo é de conversas instantâneas e interativas, seja pelos mensageiros eletrônicos, pelos torpedos SMS ou pelas redes sociais.” IDG Now - ago/2007
  34. 34. comércio eletrônico 2008
  35. 35. Quase a metade (46%) de quem compra na web tem renda de até R$ 3 mil As mulheres, que totalizavam pouco mais de 1/3 dos compradores pela internet em 2000 se igualaram aos homens em 2008, ou seja, representam 50% dos que fazem compras pela web.
  36. 36. Compras das mulheres: ainda concentradas em itens de custo unitário mais barato, como livros e produtos de beleza. Compras dos homens: eletrônicos e artigos de informática. Faixa etária: os principais clientes continuam sendo pessoas entre 25 e 49 anos. Ticket médio masculino (R$ 375) Ticket médio feminino (R$ 272)
  37. 37. No Brasil, comércio eletrônicoNo Brasil, comércio eletrônico fatura R$ 3,8 bilhões no primeirofatura R$ 3,8 bilhões no primeiro semestre de 2008.semestre de 2008. Relatório Webshoppers (e-bit/Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico)Relatório Webshoppers (e-bit/Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico)
  38. 38. Long Tail = Cauda LongaLong Tail = Cauda Longa
  39. 39. Muitas escolhas, Muitos Nichos  Long Tail: O poder da escolha diminui os mega hits, mas aumenta as oportunidades. É o convite para marketing de nicho.
  40. 40. publicidadepublicidade
  41. 41. Relatório do mercado americano aponta que internet atinge receita de US$ 21,2 bilhões em 2007 e ultrapassa o rádio e a televisão por assinatura. Publicidade na internet ameaça a da TV 18/06/08 A internet ultrapassará a televisão como o maior meio de propaganda este ano na Inglaterra, com 19% do total gastos em publicidade, conforme previsão do Enders Analysis.
  42. 42. Web ultrapassa TV e jornais como mídia mais consumida no mundo, diz ONU O investimento publicitário em internet cresceu 36% no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, chegando a R$ 134,3 milhões. Com isso, pela primeira vez a internet recebeu mais recursos que a TV por assinatura no país. Os dados são do projeto Inter-Meios, que mede o faturamento dos veículos de comunicação.
  43. 43. Propaganda com os dias contados? 19/01/2008 Com a web, tecnologias móveis ganham mais adeptos e colocam em xeque formatos tradicionais de mídia. É irreversível o impacto da mídia on-line na vida dos consumidores e, por tabela, na publicidade. O que se debate agora é: o anúncio de 30 segundos na televisão, que sempre foi o padrão no mercado da propaganda, está mesmo com os dias contados? Dois estudos realizados recentemente - pela consultoria Accenture e pelo especialista em mídia on-line americano Jeffrey Cole - mostram que sim. O declínio das mídias tradicionais em prol de novos formatos seria inevitável frente ao avanço do acesso à internet e às tecnologias em aparelhos móveis. Há hoje no mundo 3,3 bilhões de celulares. Essa mobilidade disponível traz intensificação da interatividade, o que vai levar a uma mudança do modelo de negócio na comunicação. Fonte: Diário de Pernambuco - PE
  44. 44. ferramentas básicas da comunicação digital site banner e-mail marketing newsletter
  45. 45. SEMSEM SEOSEO
  46. 46. 70,77% 18,65% 5,36% 3,53% Porquê SEM/SEO?
  47. 47. Para pra pensar!
  48. 48. redes sociais
  49. 49. social media
  50. 50. http://www.youtube.com/watch?v=k3VMfbIM-Xo
  51. 51. Os 3 grandes benefícios da internet segundo Philip Kloter.
  52. 52. Conveniência Informação Comodidade
  53. 53. Conceitos centrais do marketing O desafio!
  54. 54. Mercados-alvo e Segmentação Necessidades, Desejos e Demandas Produto ou Oferta Valor e Satisfação Troca e Transações Philip Kotler
  55. 55. Relacionamento e Redes Canais de Marketing Cadeia de Suprimento Concorrência Ambiente de Marketing Mix de Marketing Philip Kotler
  56. 56. Obrigado! Paulo Milreu paulo@milreu.com.br www.pmcassociados.com.br www.smartis.com.br

×