O consumidor em tempos de mídias digitais e sociais

1.919 visualizações

Publicada em

Palestra apresentada para alunos de jornalismo da UNIP - Universidade Paulista, de Bauru/SP, a convite da jornalista e professora Fernanda Villas Boas, em 26/10/2009.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.919
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
193
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
108
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O consumidor em tempos de mídias digitais e sociais

  1. 1. O consumidor em tempos de mídias digitais e sociais Jornalismo – UNIP – 26/10/2009 Paulo Milreu
  2. 2. Livre para copiar e distribuir, apenas cite o autor. Os slides e links para os vídeos estarão disponíveis no blog www.paulomilreu.com.br. http://creativecommons.org/licenses/by/2.0/br/
  3. 3. www.acopadi.com.br
  4. 4. Sabem como escolhi o título desta palestra?
  5. 5. A pergunta...
  6. 6. A melhor resposta...
  7. 7. “O maior impacto da internet não foi por ter surgido como uma nova mídia e sim por ter mudado o comportamento do consumidor... sturchi / ESPM
  8. 8. ... e essa mudança se deu principalmente pelo surgimento das comunidades virtuais e intensificação da atuação do internauta como ator principal.” sturchi / ESPM
  9. 9. Com tantos dispositivos, vamos consumir a informação da mesma forma?
  10. 10. Eles irão consumir a mídia no mesmo suporte que seus pais consumiram?
  11. 11. O que vai acontecer com o papel?
  12. 12. Mas o jornal é muito bom! Eu adoro ler jornal. É o melhor suporte que existe.
  13. 13. Na minha opinião...
  14. 14. Meu filho vai acompanhar as notícias aqui...?
  15. 15. ... ou aqui?
  16. 16. Em dezembro de 2008, os jornais perderam 13% em seu faturamento publicitário em relação ao mesmo período de 2007. Projeto Inter-Meios (Meio & Mensagem)
  17. 17. A circulação de jornais em janeiro de 2009 foi, em média, 2,2% menor do que em janeiro do ano passado (IVC). Meio & Mensagem
  18. 18. 24/02/2009 80% dos jornais serão extintos nos próximos 18 meses? A estimativa é que 1.144 diários deixariam de existir. Nieman Journalist Lab
  19. 19. Alguns números...
  20. 20. A receita da publicidade na Internet foi a mídia que cresceu mais rápido na história. http://www.businessinsider.com/chart-of-the-day-internet-ad-dollars-growing-faster-than-any-other-medium-in-history-2009-4
  21. 21. O que está mudando...
  22. 22. tendências dos meios de comunicação interatividade canais bidirecionais de relacionamento convergência com telefonia celular convergência com internet customização de serviços e programação
  23. 23. como atingir o consumidor? fragmentação do consumo de mídia
  24. 24. Pesquisa da Lightspeed com 2 mil britânicos • 91% dos entrevistados “nunca pagariam” por notícias online • 90% do povo não pagaria por análises (artigos opinativos) • Apenas 5% estariam interessados em comprar notícias avulsas • Só 4% cogitariam assinar o conteúdo de um site • 79% disseram que nunca pagariam por transmissões ao vivo de esportes
  25. 25. “Quantos livros, revistas e jornais você carrega na bolsa ou na mochila? Quantas vezes você não se arrependeu de ter deixado um deles em casa, por causa do peso? E com que frequência quis lembrar de algum artigo que leu em algum lugar e não consegue mais localizar?”
  26. 26. http://imezzo.wordpress.com/2008/09/12/por-que-o-fantastico-o-globo-esportes-e-o-portal-exame-criaram-aplicativos-para-o-orkut/
  27. 27. http://anabrambilla.com/blog/2009/09/24/70-dos-jornalistas-usam-midias-sociais/
  28. 28. Veiculada na PRWeek, a pesquisa também mostrou que: • 66% destes jornalistas usam blog • 51% usam a Wikipedia • 48% recorrem a vídeos online • 47% usam Twitter ou outros serviços de microblogging • 57% percebem que o Twitter ajudou a aumentar sua credibilidade perante os leitores http://anabrambilla.com/blog/2009/09/24/70-dos-jornalistas-usam-midias-sociais/
  29. 29. http://webinsider.uol.com.br/index.php/2009/10/06/como-usar-as-midias-sociais-no-jornalismo/
  30. 30. O DNA de cada mídia social • “Apesar de todos eles se sustentarem pelo UGC (user generated content), o cerne destes serviços varia drasticamente. Suas aplicações, portanto, também podem variar.” • “Ao passo em que o YouTube e o Flickr são reconhecidos pela veiculação de vídeos e fotos, os sites de relacionamento estão ligados ao diálogo pessoal.” http://webinsider.uol.com.br/index.php/2009/10/06/como-usar-as-midias-sociais-no-jornalismo/
  31. 31. O DNA de cada mídia social • “Isso pode representar um problema se o veículo pretende criar um perfil no Orkut com o logo da marca e não mostrar a “cara” de quem está por trás, operando.” • “Discussões em comunidades pedem espontaneidade e não pronunciamentos oficiais.” http://webinsider.uol.com.br/index.php/2009/10/06/como-usar-as-midias-sociais-no-jornalismo/
  32. 32. O DNA de cada mídia social • “Já o Twitter tem outras peculiaridades. Ele se presta tanto para diálogo quanto para veiculação unidirecional. Se o dono de um perfil deseja utilizá-lo apenas para divulgar conteúdo do site, então o jeito é avisar seus seguidores para não gerar frustração diante de um reply.” http://webinsider.uol.com.br/index.php/2009/10/06/como-usar-as-midias-sociais-no-jornalismo/
  33. 33. O DNA de cada mídia social •“Entender cada um destes espaços faz com que estimemos quem está presente neles. Daí a pergunta que cada editor de mídias sociais deve se fazer: se o meu veículo fosse uma pessoa, por quais destas mídias ele navegaria?” http://webinsider.uol.com.br/index.php/2009/10/06/como-usar-as-midias-sociais-no-jornalismo/
  34. 34. O DNA de cada mídia social •“Obviamente é necessário conhecer o público do veículo para fazer esta estimativa. Mas nada que um perfil básico de faixa etária, renda familiar, hábitos digitais e profissão não resolva. Afinal, uma das riquezas das mídias sociais é justamente fazer com que o nosso veículo conheça melhor o seu público.” http://webinsider.uol.com.br/index.php/2009/10/06/como-usar-as-midias-sociais-no-jornalismo/
  35. 35. O que dá pra fazer? Algumas possibilidades que podem nortear uma estratégia editorial em mídias sociais. Ana Brambilla http://webinsider.uol.com.br/index.php/2009/10/06/como-usar-as-midias-sociais-no-jornalismo/
  36. 36. Estratégia Editorial em Mídias Sociais • inspiração para pautas; • coleta de feedbacks sobre materiais já publicados; • busca por fontes; • aproximação com o público (e isso deve ser compartilhado com o depto. de marketing - peça instruções sobre SMO - Social Media Optimization); http://webinsider.uol.com.br/index.php/2009/10/06/como-usar-as-midias-sociais-no-jornalismo/
  37. 37. Estratégia Editorial em Mídias Sociais • auxílio na apuração de fatos com quem está mais próximo dos fatos; • divulgação de conteúdo publicado; • busca por novos públicos (especialmente os mais jovens, que não têm o hábito de visitar sites noticiosos e passam a maior parte do tempo online em mídias sociais. Como essa galerinha vai consumir notícia? Os widgets como o NYT bem explora no Facebook podem ser um caminho); http://webinsider.uol.com.br/index.php/2009/10/06/como-usar-as-midias-sociais-no-jornalismo/
  38. 38. Estratégia Editorial em Mídias Sociais • identificar conteúdos que possam ser associados ao veículo mediante permissão do autor; • aumentar a visitação ao site da marca; • busca pelo “outro lado” da informação - afinal, o que não falta nestas mídias é opinião e visões variadas! • conquistar novos públicos para a marca. http://webinsider.uol.com.br/index.php/2009/10/06/como-usar-as-midias-sociais-no-jornalismo/
  39. 39. Livre para copiar e distribuir, apenas cite o autor. Os slides e links para os vídeos estarão disponíveis no blog www.paulomilreu.com.br. http://creativecommons.org/licenses/by/2.0/br/
  40. 40. obrigado! smartis.com.br twitter.com/smartisnow Paulo Milreu paulo.milreu@smartis.com.br twitter.com/paulomilreu Inteligência em estratégias na internet

×