Texto 1 -_testes_psicológicos_e_técnicas_projetivas

1.418 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.418
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
52
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Texto 1 -_testes_psicológicos_e_técnicas_projetivas

  1. 1. Texto 1 – Testes Psicológicos e técnicas projetivas FORMIGA, S. N.; MELLO, I. Testes psicológicos e técnicas projetivas, Psicologia Ciência e Profissão, vol. 20, n 2, p. 12-19, 2000.
  2. 2. Debate • Objetividade x subjetividade; • Testes psicológicos – objetivos, caráter científico; • Técnicas projetivas – resgate do incosciente do sujeito – cientificidade questionada – dados qualitativos; • Técnicas projetivas – uso no diagnóstico – científica;
  3. 3. Histórico • Testes de inteligência geral e aptidões: • Psicologia sai da tradição filosófica (segunda metade do séc. XIX); • Influência da biologia, psicofísica; • Deficiência mental x doença mental; • Evolução da estatística; • Método experimental;
  4. 4. Testes de inteligência geral e aptidões • Influência das concepções mecânicas e empíricas; • Positivismo de Augusto Comte; • Busca de fatos observáveis; • Materialismo – todas as coisas são passíveis de descrição em termos de propriedades físicas da matéria ou energia.
  5. 5. Técnicas projetivas • 1939 – Frank – termo “método projetivo” • Estudo da personalidade – teste de associação de palavras de Jung, Rorschah, e o T.A.T.; • Dinâmica holística da personalidade, uma estrutura evolutiva onde os elementos se interagem e a pessoa expressa em uma atividade construtiva e interpretativa a fantasia interior;
  6. 6. Técnicas projetivas • Estímulos pouco estruturados – resposta projetiva, reveladora de sua maneira de ver a situação, sentir e interpretar; • Não busca a quantificação, mas na compreensão do sujeito; • Valorização do simbólico; • Freud – associação livre e interpretação dos sonhos;
  7. 7. Técnicas projetivas • Jung – simbolismo coletivo; • Depois da 2ª guerra – psicanalistas culturais; • Mudanças na ciência que valorizam uma visão menos determinista: • Física dialética – causalidade em rede; • Teoria do caos; • Gestalt – visão holística;
  8. 8. Técnicas projetivas • Princípio da incerteza – o observável pode ser modificado; • Física quântica – onda ou partícula – duas realidades; • Não há mais uma única verdade, mas muitas verdades; • Espaço para a subjetividade/intersubjetividade;
  9. 9. Técnicas projetivas • Não representam um signo, mas uma espécie de oposição ao signo; • Não se escolhe o signo – imaginação; • Esse campo subjetivo adentrou a Psicologia e suas técnicas diagnósticas quebrando a explicação linear e demasiada racional da Psicologia Clássica ou Fenomenológica.
  10. 10. Técnicas projetivas • “Essas técnicas implicam em uma solicitação ao sujeito para que libere sua criatividade, sob condições impostas pelo “teste”, podendo, através destes testes, projetar, “o mal objeto”, obtendo controle sobre a fonte de perigo revelada ficando livre, para atacar ou destruílo, como também, evitar a separação do bom objeto, reparando-o” (Fine, 1981).
  11. 11. Técnicas projetivas • Captar o mundo simbólico, difícil de ser expressado pela linguagem verbal; • Artistas – obras expressam seu mundo psíquico; • Técnicas projetivas favorecem ao indivíduo revelar seu mundo e sua realidade pessoal;

×